[Guest post] Aprenda as regras do Iberia Plus e não se deixe enganar

O Emmanuel Kalispera compartilha conosco, de forma pública e absolutamente gratuita (aqui você não paga nada para ter acesso ao conhecimento da mais alta qualidade 😉 ), mais uma série de conhecimentos avançados no mundo das milhas e pontos.

Dessa vez, o objeto do artigo é o programa Iberia Plus.

Confiram!

…………….

“Uma das táticas que os influencers vêm adotando para vender a Latam como um bom programa de milhagem é comparação de emissões com a Ibéria, para demonstrar que o programa chileno é melhor do que o espanhol.

Isso foi discutido nesse post: link.

No entanto, para se fazer uma comparação justa e não se deixar enganar apenas pela quantidade de milhas, é preciso entender as regras do programa da Iberia em comparação com o da Latam, pois uma comparação direta deixa de revelar muitos aspectos interessantes.

Em primeiro lugar, o Iberia Plus é um programa de precificação por trecho. Portanto, se você pegar uma passagem com dois trechos (por exemplo, GRU – Calama, com escala em SCL), você pagará “duas” emissões, ainda que seja em bilhete único (GRU/SCL e SCL/CJC, nesse exemplo). Além disso, a precificação é por distância, então no primeiro trecho teremos uma emissão de 11.000 pontos e na segunda uma emissão de 9.000.

Na Latam, isso não acontece, pois a precificação é por preço da passagem. Assim, numa emissão dessas, você pode ter 20.000 pontos Iberia contra uma precificação em pontos menor na Latam, porque o preço da passagem está baixo. Mas, se isso acontecer, muito provavelmente pagar a emissão em dinheiro é a mais vantajosa das opções.

Em segundo lugar, como conclusão do primeiro ponto, o melhor uso dos pontos Iberia são para trechos em voos direto, sem conexão ou escala, para fora da América do Sul. Obviamente trazer a comparação com a Latam para voos no quintal da empresa chilena não irá favorecer a Iberia. Mas há excelentes emissões para os EUA em voos direto pela Latam (25.000 pontos Iberia para NY, saindo de GRU ou Miami, saindo GRU, CNF ou GIG)

Em terceiro lugar, a vantagem da Iberia é o fato de os preços não se alterarem de acordo com os preços da passagem, então, as melhores emissões na espanhola em parceiras é para alta temporada. Uma comparação em baixa temporada, como em maio, tende a favorecer a emissão em dinheiro na Latam. Mas será que a Latam, propagandeada por aí, é a melhor opção no terreno da Iberia? Não e todos sabem o motivo.

Desse modo, pq a Iberia seria boa para voos curtos na América do Sul em baixa temporada? Não faz sentido, esse argumento e estratagema são usados por aqueles que desejam vender a Latam como uma boa opção, ainda. Não caia nessa.

A Latam é boa sim, uma excelente companhia, mas seu programa de milhagem está há “KILOMETROS” (ou seriam milhas?) atrás da Iberia e do AA, por exemplo. Outrora era um excelente programa, com emissões excelentes na OW e na própria Latam, hoje é um programa fraco baseado na precificação dinâmica que não faz qualquer sentido em termos de fidelidade.

Os últimos benefícios foram aos poucos sendo retirados, como a isenção de multa para clientes Elite, e o teto de 25 k para quem era Platinum para cima.

Hoje não faz qualquer sentido se fidelizar ao Latam Pass e na maioria dos casos em que ele seria melhor que outros programas, acaba sendo melhor a compra da passagem diretamente em dinheiro.

Fique Ligado:

Iberia Plus

– precificação por trecho
– precificação fixa nas parceiras
– melhor uso em trechos de longo alcance sem conexão e sem escala
– melhor uso em alta temporada

Latam Pass

– precificação dinâmica, portanto, tanto faz comprar em milhas ou dinheiro
– melhor uso em trechos curtos e de baixa temporada (como ocorre nas passagens em dinheiro)
– fora das alianças, não faz sentido em termos de fidelização, não oferecendo vantagens relevantes para clientes elite

Mais um detalhe importante que não te falam…

Uma coisa importante que não te falam: a multa na Latam para voos internacionais é variável e depende do perfil da tarifa, mas pode chegar a 450 dólares, fazendo com que, na prática, você perca qualquer emissão em milhas abaixo desse valor.

Por outro lado, a multa de Iberia é bem mais palatável, 40 euros por trecho por passageiro.

No entanto, não há reembolso em parceiras, então, se você precisar cancelar um trecho com parceira na Iberia, não irá conseguir.