[Dúvida do leitor]  Pontuação cartão spread zero x cartão com spread

Interessante debate ocorreu na caixa de comentários de um post da semana passada, onde se discutia as melhores formas de se acumular pontos com cartões de crédito.

O leitor Emitir com milhas disse:

“Eu tinha esta dúvida há bastante tempo, e como nunca encontrei uma resposta consistente e pode ser dúvida de outros, segue aqui na prática.

Cartão Sisprime Black (2,2 pontos): valor da fatura / pontos creditados = R$ 2,293 por cada ponto
Cartão C6 Carbon (2,5 pontos): 1 transação / pontos creditados = R$ 1,985 por cada ponto
Deu uma diferença de 15,5% (2,293 / 1,985) de vantagem pro C6, sendo a pontuação 13,63% (2,5 / 2,2) maior.

A data referência para o valor da fatura do Sisprime é 29/02/24, e desta transação do C6 é 30/01/24.

Cheguei a 3 conclusões:

1- Os 2,5 pontos do C6 mesmo com o spread na hora de converter valem mais que os 2,2 pontos do Sisprime;
2- Na conversão dos pontos o C6 não cobra spread (acho essa a mais plausível);
3- O Sisprime creditou menos pontos do que deveria, no entanto foram somente gastos em compras, nenhuma manobra geradora de pontos.

Se mais pessoas que tenham outros cartões que pontuem nesta faixa de 2 a 2,5 pontos puderem fazer essa conta (fatura fechada / pontos recebidos) e colocar aqui, a comparação ficaria muito melhor pra gente saber o que realmente acontece, na prática, sem chutes”.

Já o Flavio respondeu:

“Não faria mais sentido você considerar apenas a diferença de pontos e de valor nas compras? (Entendo que você já decidiu usar cartão de crédito e só está em dúvida de qual é mais vantajoso)
Considerando uma compra de US$ 100, dólar a R$ 5 e iof de 5,38%

Cartão sem spread com 2,2 pontos:
Custo: 100 * 5 * 5,38% = R$ 526,9
Pontos: 526,9 / 5 * 2,2 = 231

Cartão com spread de 6% com 2,5 pontos:
Custo: 100 * 5,3 * 5,38% = R$ 558,5
Pontos: 558,5 / 5 (sem spread na conversão) * 2,5 = 279

A pergunta que eu faria é, vale a pena pagar R$ 31,6 (558,5 – 526,9) a mais para ganhar 48 (279 – 231) pontos a mais? (na minha opinião não valeria)

Claro que precisa ser considerada outras variáveis como para onde cada cartão envia, se tem promoção de metas e acúmulos diferenciados como a BG por exemplo”.

…………………..

E você, já considerou fazer esse tipo de cálculo com a sua carteira de cartões, a fim de verificar qual é o mais vantajoso?