Ótima notícia: TAP Miles & Go limitará passagens para terceiros em 10 passageiros por ano!

A dica foi do Leandro Nicolau:

“A TAP fez um movimento importante para coibir a venda de milhas e prejudicar esses malditos gafanhotos.

É de longe a melhor noticia do mundo das milhas dos últimos anos.

Acho interessante abrir um post a respeito pra galera debater!”

O Rodrigo complementou:

“E vem mais mudanças por aí, vai ter uma lista de beneficiários para emissão de passagens, composta inicialmente pelos primeiros 10 nomes para quem emitir a partir de janeiro de 2023, válida até 31 de dezembro de cada ano.

Só vai poder trocar o nome no ano seguinte.

Trata-se de um caminho sem volta, agora é torcer para que o M&NO GO volte a ser o M&G.”

Na página da TAP já consta a nova normativa:

Conclusão

Ótima notícia vinda da TAP, já que a limitação de beneficiários tende a dar um freio no comércio paralelo de milhas, que tanto prejudica aquelas pessoas que acumulam pontos para resgatar por voos próprios.

É a melhor notícia dos últimos tempos. Quem sabe não voltem as promoções de 100% de bônus de transferências de cartões de crédito?

Latam Pass e Smiles poderiam seguir o exemplo da TAP e também diminuir o limite de beneficiários de 25 para 10 por ano – como está fazendo a TAP – ou a 5 por ano – como faz o Tudo Azul.

Ou poderiam adotar a rígida política de uso de milhas que o AAdvantage faz, que aplica até a pena de suspensão definitiva da conta de quem comercializa milhas.

E você, o que achou da ideia da TAP?

Tagged as: