Fim de uma era: Pague Contas no Santander deixou de pontuar

Essa semana marcou a pá de cal numa das (antigamente) melhores ferramentas para a geração de pontos a baixo custo: o Pague Contas do Santander deixou de pontuar.

É bem verdade que desde há muitos anos o Pague Contas no Santander já não mais valia a pena, por conta das limitações de boletos e de valores, bem como pela drástica diminuição da pontuação.

Nos seus anos dourados, não havia limitação de valores no boleto, e o custo era fixo de R$ 15, por boleto. Os boletos podiam ser de R$ 100, R$ 1.000,00, R$ 10.000,00, R$ 20.000,00.

Melhor ainda: na época, o Latam Pass – que era Multiplus Fidelidade – transferir para o Accor Le Club sem deságio. Ou seja, 10 mil pontos Multiplus viravam 10 mil pontos Accor.

Mas não acabava nisso: na época, a Accor transferia para o Iberia Plus no fator de conversão 2:5.

Isso mesmo.

Ou seja, 10 mil pontos Accor viravam 25 mil Avios Iberia Plus.

E por aí vai….

E isso sem falar no Pague Contas do Itaú, que tinha juros pro rata no pagamento de boletos, e ainda pontuava no (então) Sempre Presente.

E tinha Pague Contas (aproveitável) no Banco do Brasil, na (finada) Nossa Caixa etc. etc.

Conclusão

Hoje em dia, as oportunidades para gerar pontos a baixo custo estão ficando cada vez mais difíceis.

Aqui e ali ainda pode surgir uma oportunidade ou outra, mas no geral a tendência é os benefícios ficarem cada vez mais transitórios e voláteis.

Tagged as: