Ômicron altamente contagiosa, voos cancelados por falta de tripulação, cias. aéreas nem aí para os clientes, síndromes gripais se espalhando… até que ponto vale a pena se arrisc… quero dizer, viajar?

E os problemas pandêmicos continuam.

Apesar de a ômicron ser aparentemente menos problemática que as variantes anteriores, ela está causando um problema até então inédito, que nem a Delta ou a Delta Plus conseguiram: voos sendo cancelados por falta de tripulação.

As últimas notícias não têm sido nada animadoras:

O Henry escreveu:

“Muita, mas muita gente se ferrando de verde e amarelo (a gente tem que ser coerente… achou que eu ia dizer se ferrando de vermelho ??? negativo…rsrs) por conta do verdadeiro caos instalado nos últimos dias pelas cias. aéreas e operadores de cruzeiros…

É notório que está havendo cancelamento de voos, devido ao fato que muitos tripulantes estão contraindo o Omicron… […] fato é que um tripulante contaminado, por razões óbvias, não pode voar…

A coisa está tão complicada que a ANAC permitiu em caráter de liberalidade, que os aviões voem com menos comissários…

Mas.. o que está realmente causando um caos é o tratamento dado pelas cias. aéreas/agências, que estão se lixando para o consumidor…

São os velhos problemas que nós aqui no MMM já relatamos, de uns 5 anos pra cá em relação à LATÃO e nos últimos 24 meses, também englobando Gol/Smiles e Azul/TudoAzul, ah.. e sim, o patrício TAP também….

Só que, com tantas “Risoluções da ANAC” (sim… os caras da ANAC são uma graça.. fazem umas resoluções que ficariam melhores num picadeiro) dando uma colher de chá, colher não, dando uma concha de chá para as cias. aéreas, que essas empresas se aproveitam disso e “tchum” no consumidor (rezando aqui pra ninguém perguntar o que significa este “tchum”… eu sou tímido… rsrs)

[…]

Com as devidas vênias do Sr. Guilherme, Editor e Comandante em Chefe do MMM, vou postar aqui um vídeo do youtuber Viajando com o Luiz, onde ele fala de maneira bem clara, toda a sacanagem que está rolando com o mercado aéreo no momento…”

Vídeo – link

…………………………

E a pergunta que fica para reflexão é: até que ponto vale a pena se arriscar, quero dizer, viajar de avião?

Quem optar por não viajar no presente momento estará evitando não só a exposição ao risco de contrair a nova variante, mas também estará evitando o risco do próprio voo ser cancelado ou alterado.

Ou seja, consegue-se evitar uma dupla dor de cabeça.

Em certos momentos, prudência, moderação e caldo de galinha parecem ser a melhor coisa a ser feita, pelo menos até as coisas se normalizarem no “novo normal”.

E você, teve um voo cancelado recentemente?

Tagged as: ,