Faça a *sua* parte na luta contra o coronavírus

Estamos todos vivenciando uma cruel, triste e sombria realidade: o avanço cada vez mais aterrorizante do coronavírus no Brasil.

Fonte: G1

Os números não mentem, e até não precisaria repetir aqui: na contramão do resto do mundo, o Brasil não para de registrar recordes de mortes diárias – sempre acima de mil há não sei quantos dias na média móvel – e de novos contaminados.

Fonte: G1

Em função do momento que estamos vivendo, é oportuno dar o alerta: façam a sua parte na luta contra o coronavírus.

Precisamos, mais do que nunca, unir esforços nessa luta contra o inimigo invisível:

  • Evite aglomerações;
  • Sempre use máscara ao sair de casa (por incrível que pareça, apesar de ser uma medida simples, ainda hoje é surreal você andar na rua e ver pessoas completamente “nem aí” sem nenhum tipo de proteção);
  • Sempre saia de casa com álcool gel 70 INPM;
  • Quando chegar em casa, lave bem as mãos;
  • Evite contato das mãos com os olhos e a boca;
  • Etc.

São medidas simples, mas que podem fazer uma grande diferença, não só para você preservar sua própria saúde, mas também para evitar que você seja um agente disseminador do vírus.

Há toda uma polêmica em torno da eficácia do lockdown, que diversos Estados da Federação e inclusive algumas cidades têm começado a adotar, mas no Reino Unido o lockdown decretado em nível nacional baixou o número de mortos em mais de 80% – fonte.

O Brasil, na verdade, vai na contramão do resto do mundo: enquanto o resto do mundo observa uma melhora gradual dos resultados das vacinações e na diminuição da quantidade de mortos e infeccionados, no Brasil é “ao contrário”, os números negativos só aumentam e pioram a cada dia que passa – e tem especialista falando que o mês de março, se nada for feito, será caótico.

Prossigamos com as medidas preventivas de cuidado – se cada fizer sua parte, as chances de vencermos essa batalha serão maiores.

Como eu disse ano passado, cautela e prudência são virtudes essenciais em um mundo cada vez mais perigoso e caótico.

Tagged as: