Dívidas do grupo Latam Airlines chegam a quase R$ 100 bilhões; Latam Brasil pode ser comprada pela Azul

E os perrengues com o grupo Latam Airlines só continuam.

Ontem, foi noticiado (aqui) que credores da empresa teriam se oposto a uma proposta de empréstimo, argumentando que a empresa deveria explorar empréstimos mais baratos.

O que me chamou a atenção na reportagem não foi nem a matéria principal em si, mas sim o fato de que a empresa deve na praça mais de USD 18 bilhões, o que corresponderia, com o dólar na faixa dos R$ 5,20 a R$ 5,40, a quase cem bilhões de reais em dívidas.

É muita grana, mesmo para o porte de uma empresa internacional, como a Latam.

Por outro lado, a AeroIn (fonte) informou que o Bradesco acredita que a Azul teria condições de comprar as operações brasileiras da Latam, o que eu particularmente acho inviável, haja vista que a própria Azul está com suas dificuldades financeiras particulares.

Enfim, a situação das aéreas brasileiras não é nada fácil, razão pela qual você deve pensar duas vezes antes de estocar seus pontos nos programas das cias. aéreas. O melhor a fazer, por enquanto, é evitar enviar os pontos a menos que você tenha alguma emissão em mente para o curto prazo, o que é a exceção, e não a regra.

Além disso, no caso específico da Latam, como a empresa já está em recuperação judicial, há muitas incertezas sobre se ela de fato conseguirá se recuperar da crise sozinha. Se ela for por água abaixo, os pontos acumulados dentro do Latam Pass terão valor igual a zero. Risco existe, então é recomendável diminuir a exposição a risco, e não aumentá-la.

Tagged as: ,