[Guest post] AAdvantage: Tarifa de combustível (YQ) impacta nos pontos do programa de fidelidade.

Segue o importante relato do leitor Flávio:

“No final de 2023 precisei comprar uma passagem entre GRU-LHR (ida e volta), como não havia disponibilidade com milhas das datas que eu precisava, resolvi procurar pagante e encontrei em torno de R$ 10.000 em executiva, achei um valor razoável e como já estava nos planos conhecer a business do A350 da British acabei comprando.

Quando recebi o bilhete por email uma coisa me chamou a atenção no detalhe da tarifa (em valores aproximados):

Bilhete: R$ 4.500,00

Tarifa de combustível (YQ): R$ 5.000,00

Outras taxas (aeroporto, etc) R$ 500,00

Achei muito estranho essa composição, porém alguma vez no passado havia lido que algumas cias usam a YQ para efeitos contábeis/tributários e para mim o que importava era o valor total, acabei deixando por isso mesmo.

A viagem aconteceu e coloquei para pontuar no AAdvantage, atualmente mesmo em algumas parceiras estão pontuando pelo valor pago/status no programa e não mais por distância/cabine. Eu sabia dessa regra, mas como o site do AAdvantage diz que as taxas da cia aérea são consideradas eu achei que pontuaria normalmente.

Trecho retirado do site AAdvantage:

“For travel on British Airways marketed flights, miles are earned based on ticket price (includes base fare plus carrier-imposed fees; excludes government-imposed taxes and fees). The more you spend, and the higher your AAdvantage® status, the more you’ll earn.”

Eis que a viagem aconteceu e os pontos foram creditados e o valor foi um pouco menos da metade do que eu esperava, de fato a diferença foi da taxa YQ.

Entrei em contato com a AAdvantage e eles insistem em dizer que está correto e a YQ não é considerada no cálculo mesmo eu citando esse trecho do regulamento”.

………………….

Mais alguém teve o mesmo tipo de problema?

Tagged as: ,