Fronteiras fechando, lockdowns (re)iniciando, mortes por corona aumentando, dólar subindo: bem-vindos a 2020, versão 2.1

Todos esperávamos um 2021 diferente de 2020, devido ao início das vacinações, novas impressões de dinheiro sendo despejados nos mercados financeiros prometendo melhora na economia etc. etc.

Porém, já estamos às vésperas de começar fevereiro, e as notícias em geral não têm sido nada boas:

E não vou nem comentar as notícias envolvendo países e cias. aéreas que decidiram suspender voos com ligação oriunda do Brasil: Emirates, TAP, Colômbia, Portugal, África do Sul… a lista só aumenta a cada dia que passa.

No Brasil, os novos casos de contaminados e de mortes estão se acelerando à medida que o tempo vai passando, fazendo com que continuem absolutamente necessárias as medidas de prevenção ao risco, tais como uso de máscaras, uso constante de álcool gel, evitar aglomerações etc. etc.

E os planos para viagens?

A meu ver, devem continuar suspensos por ora. Não há, na linha do horizonte, sinais ou percepção de um sentimento de melhora nos próximos meses, de modo que o ideal é evitar o risco de ser contaminado ou, pior, ser contaminado novamente, pois as sequelas desse tipo de doença ainda não são completamente conhecidas pela ciência.

Portanto, os gastos na área de milhas e pontos devem continuar sendo objeto de controle e, se possível, até redução, pois de nada adianta, por exemplo, pagar R$ 989 por mês num Clube Esfera da vida, visando a comprar pontos Iberia para um resgate para a Europa, se são muito diminutas as chances de a Espanha voltar a reabrir as fronteiras para os viajantes oriundos do Brasil.

Com uma crise fiscal rondando o Brasil, e a inflação novamente chegando a galope, o mais sensato no momento é justamente fazer o contrário: reduzir gastos desnecessários ao menos no presente momento, e, em vez disso, priorizar a formação de reservas financeiras para os momentos que se avizinham, que têm potencial para serem tão difíceis quanto aqueles vividos entre março e maio do ano passado.

Tagged as: