Aberta uma janela de oportunidade para comprar dólar um pouco menos caro

A confirmação da eleição de Joe Biden como o próximo presidente dos EUA deve, no curto prazo, abrir uma janela de oportunidade para quem pretendia comprar dólares a preços menos caros, a fim de fazer reservas para viagens internacionais.

Isto, aliás, já foi sentido ao longo da última semana, especialmente na sexta-feira, onde a moeda norte-americana despencou fortemente para a casa dos R$ 5,39 – vale lembrar que ela estava acima de R$ 5,70 até há pouco tempo, tendo chegado acima de R$ 5,90 no pico da pandemia.

Porém, não sabemos se essa baixa vai se sustentar a médio e longo prazos, uma vez que há outros fatores igualmente fortes que pressionam o dólar pra cima, conforme essa matéria do UOL:

“Já no Brasil, o dólar pode seguir forte porque prevalecem dúvidas com relação a problemas internos. A maior preocupação dos investidores é com o tamanho e com o ritmo de crescimento da dívida pública.

Segundo profissionais de mercado, o receio de que o governo Bolsonaro tenha que elevar juros para seguir rolando o endividamento crescente reduz a entrada de investimentos externos na economia brasileira, limitando a oferta de dólares aqui no país.

Por isso, o espaço para uma desvalorização maior da moeda americana ante o real é uma incerteza entre gestores de recursos, mesmo após o dólar ter acumulado já mais de 40% de valorização este ano”.

Conclusão

Quando estávamos em janeiro, época em que o dólar estava a R$ 4,06, nem o mais pessimista dos pessimistas imaginava a moeda norte-americana valendo a cotação de agora.

Infelizmente, apesar de o dólar poder se enfraquecer perante várias outras moedas no mundo, isso muito provavelmente não irá acontecer perante o real, em face dos notórios problemas fiscais enfrentados pelo Estado brasileiro.

O melhor a fazer mesmo é evitar aumentar a exposição em dívidas em moeda estrangeira, pois assim se elimina o risco de problemas financeiros ainda maiores no futuro.

Vale lembrar, ademais, que o preço do dólar comercial é diferente do preço do dólar praticado nas casas de câmbio. Mesmo assim, felizmente surgiu uma baixa agora, que não se sabe por quanto tempo perdurará.

E você, pretende comprar dólar em breve?

Tagged as: