O fracasso do cartão de crédito Bradesco Visa Infinite Aeternum

Lançado com muita pompa e circunstância há alguns anos, o cartão de crédito Bradesco Visa Infinite Aeternum provou ser mais um fracassado produto que não caiu na graça do público especializado.

Com salgada anuidade de R$ 1.500,00, limitação das parcerias aéreas aos mesmos de sempre, e pontuação padrão que não passa de uma pontuação normal igual aos de sua categoria (VI ou MB), esse produto ficou muito aquém do que se esperava.

Recentemente, o banco implementou algumas mudanças visando a torná-lo mais atrativo, criando franquias de visitas gratuitas ilimitadas para o titular e adicionais (antes eram 12 visitas anuais gratuitas apenas), e criando uma versão do cartão para o segmento do Bradesco Prime. Mas só.

Conclusão

O produto continua, na essência, o mesmo de antes: sem pontuação normal diferenciada, sem parceiros aéreos diferenciados etc. Enfim, um Amex TPC “melhoradinho”.

Antigamente (e não faz tanto tempo assim), dois cartões se destacavam por estarem bem acima dos demais: Amex TPC vinculado ao Membership Rewards, e Santander Master Black Unlimited com Priority Pass.

Mas hoje em dia quase todos estão no mesmo patamar, o que acaba obrigando muitos clientes a terem um “combo” de cartões visando a reunir o maior número de benefícios interessantes, haja vista que é quase impossível haver a concentração de boa parte desses benefícios num só cartão.