[Guest post] Pontos Latam Pass: você deve se preparar para o pior

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 0 Flares ×

A respeito dos problemas envolvendo a Latam Pass, segue um excelente texto onde o leitor Henry traz profundas reflexões sobre a necessidade de vocês se preparar para o pior.

“Colegas….

Existe uma hora em que devemos nos preparar para o pior…

Nós sempre imaginamos o melhor cenário até o momento em que a realidade se impõe….

Existe um risco altíssimo de vocês perderem ainda mais…

Já perderam o prazer de acumular milhas e realizar o sonho…

Mesmo os que talvez consigam emitir alguma coisa, será que o vôo acontecerá??? Será que os vôos da Latam acontecerão daqui há uns 4 / 8 meses ??? Ela sobrevive até lá???

Você vai querer viver com essa expectativa toda ????

Você vai gastar dinheiro e planejamento com uma viagem que não tem certeza que acontecerá por falta de vôo???

Mesmo aqueles que consigam emitir alguma coisa nas parceiras, será que elas honrarão ou terão condições financeiras de honrar ou ainda, será que as parceiras ainda estarão funcionando????? Quanto tempo as aéreas vão conseguir suportar os impactos do coronavírus??? Será que os governos ou os contribuintes estarão dispostos a colocar recursos públicos no setor de turismo…

E você colega, pode perder, além das suas milhas o seu dinheiro das tarifas aeroportuárias e despesas de hotel, de ingressos e perder SUAS FÉRIAS que você negociou na empresa…

Pense nisso…

Hoje, se alguém está disposto a torrar seus pontos Latam Pass, pense na opção Le Club e/ou trocar por produtos…

Mesmo correndo o risco da coisa não se concluir…

Pelo menos você só perderá mais o valor do frete…isso se ele não puder ser pago com milhas, no caso de resgatar produto…

Conclusão

É lamentável chegar-se a esse ponto…

Eu me desfiz das minhas milhas há 2 anos atrás quando decidi nunca mais voar num avião da Latam…

Hoje meu saldo é zerado…

Mas vejo com tristeza os colegas que acreditaram na empresa, que investiram sonhos e estão nessa situação…

Pense que o mundo às vezes nos obriga a dar 3 passos para trás… e muitas vezes é para que possamos pular 30 passos a frente…

Como eu disse há uns 3 meses atrás aqui nesse site:

“… o momento é de nós defendermos o nosso castelo….”

É lá que vivem as pessoas e estão as coisas que realmente são importantes para nós….

“… nós prevaleceremos…”(TM)

(TM) By George VI…”

…………………………………………

Em resumo: você deve se preparar para o pior. Caso o pior não aconteça, tudo certo, você poderá voltar a transferir e a usar seus pontos. Mas… e caso o pior realmente aconteça?

Tome atitudes preventivas. Não aumente seu grau de exposição ao risco: diminua-o.

Se a empresa conseguir pagar os cem bilhões de reais de dívidas, ok, isso restaurará a confiança na empresa, e então os pontos voltarão a ter um respiro.

Mas até lá… será que vale a pena comprar pontos com 70% de desconto, transferir pontos com 90% de bônus, pagar mensalidades de Clube… não tendo a certeza se a empresa continuará voando até lá?

Particularmente, acho arriscado. Bem arriscado.

O momento requer cautela e muita prudência.

Tagged as: ,
  • Assolini

    Eu acho que a Latam sobrevive. Tem muita grana sendo aportada nela, há até briga pra ver quem aporta dentro do DIP, que tem garantia de recebimento.

    Mas nada impede que filiais locais (como a brasileira) sejam fatiadas, vendidas, desmembradas, diminuídas, etc. A filial Argentina não está pagando salários aos funcionários desde Maio, as rotas de voos nacionais foram canceladas, mas no Perú estão retomando os voos nacionais; vejo o codeshare com a Azul como um plano B, onde se não der certo o chapter 11, eles podem vender a operação pra Azul (O Bradesco aventou a idéia), ou a Latam pode negociar as rotas nacionais deficitárias, deixando-as com a Azul, se concentrando mais no internacional.

    A melhor forma de obter notícias direto da fonte sobre o que ocorre com a Latam é no site Emol, que pertence ao maior jornal do Chile, o El Mercurio. Eles noticiaram que terça-feira próxima ocorrerá uma audiência com o juiz em NY que está coordenando o chapter 11, ele irá julgar o DIP e a reclamação dos minoritários, esse ponto é crucial para a empresa. Enquanto isso, aqui no Brasil, eles tem agido muito de má fé, cancelando a maioria dos voos, mas disponibilizando-os para compra no site, dificultando resgates de pontos, site com problemas constantes, etc.

    Enfim, tudo pode acontecer. A Latam que conhecíamos não existe mais. Ela voltará bastante diminuída desse processo. As milhas valerão bem pouco, com poucas rotas onde poderão ser usadas.
    Para limpar a conta, vejo 3 opções: 1) enviar para o ALL, pagando um spread escorchante de 5,6:1; 2) resgatar com a Delta (que recebeu dólares do Laranjão; 3) resgatar com a British/Ibéria/outros parceiros, mas aí haja paciência, eles estão dificultando isso ao máximo..

    • Maikon

      Seu comentário é sensato e mais esclarecedor que o texto acima.

      • Leonardo

        A Latam pode sobreviver, mas o valor de suas milhas não. É simples assim. Milha é passivo para a empresa. Então eles vão tender a desvalorizar ou em caso de venda da filial brasileira para outra empresa, a compradora não vai querer levar esse passivo no negócio.

        • Henry

          Seu comentário é sensato e mais esclarecedor que o comentário acima…. rsrs

          • Maikon

            Parte do seu texto foi censurado por divulgar mentiras,tenha vergonha rapaz.
            kkk

      • Ricardo Caldeira

        na minha vida vi muitos comentários sobre possível falência de empresas. quase todas faliram. quando se tratava de empresa aérea todas faliram. tem um ditado que fala : sorte existe para quem acredita nela. boa sorte, se é que tem sorte em negócios, se é que alguém dá dinheiro para alguém, sem ser dinheiro público, e se for, será que sem corrupção isto possa acontecer. no momento atual corrupção parece estar muito em baixa.

    • Henry

      Eu concordo com quase todo o seu comentário..
      A única coisa que não faria, nesse momento e até que todo esse problema da pandemia do vírus chinês passasse, seria colocar mais algum centavo lá, com a emissão de passagens.. seja para voar na Delatão, ou na Delta ou em outra cia. aérea qualquer…
      Porque tem o detalhe das tarifas aeroportuárias…
      Nós não sabemos ao certo o que é verídico ou não nesse processo da DELATÃO… investidores mudam de humor com muita facilidade.. junto com isso, seus capitais… muitas promessas podem não se cumprir.. e, mesmo que se cumpram, muitos viajantes estão priorizando direcionar seu dinheiro para necessidades mais prementes…
      Nós não sabemos até quando essa pandemia vai…
      Pela rigidez que a medicina está revendo protocolos de utilização de remédios que são usados há mais de 90 anos com muita segurança e eficácia comprovada, temo que até mesmo os protocolos para liberação das vacinas sejam muito mais rigorosos do que antes…
      Claro que vacina sendo cotada a US$ 60,00 a dose por pessoa, tem um certo condão de flexibilizar a rigidez com segurança de certos órgãos e mesmo da “ciência”…
      Enfim… é muita instabilidade e insegurança para acreditar numa empresa que nunca foi sinal de boa administração e governança…
      Eu não tenho mais milhas lá há 2 anos… se tivesse, eu deixaria quieto.. esperava .. eu, particularmente, pagava pra ver…
      Ou então, despachava pra Le Club ou comprava um vaporizador para o inverno nos parceiros deles…

    • neolight

      Concordo com a grossa maioria do argumento seu, só chamo a atenção para um detalhe técnico: o DIP não tem garantia de recebimento, ele só está privilegiado perante aos demais créditos. Se a barca afundar, o DIP afunda junto e salvem-se quem puder – embora que com mais chances que os demais créditos.

      Segundo li, um dos emprestadores seria o grupo da família Cueto, histórica investidora da LAN e agora um dos donos da LATAM. Se a própria família investidora prefere montar um DIP a injetar capital – considerando que os Cueto têm acesso irrestrito à todas as informações da empresa – isso cheira mal, pois no limite nem ele está seguro que este dinheiro voltará. Se nem ele está seguro tendo informações, não deverá o joãozinho nem a mariazinha a capitalizá-los com milhas aqui.

  • Maikon

    O Autor do texto insiste na mentira que o virus é chinês.

  • Flavio

    A a Latam fazendo promo atras de promo para (desavisados) enviarem os pontos…
    Está no ar uma como até 80%, sendo que em condições normais eles dificilmente passavam dos 50%…

  • Nuno

    Concordo com a cautela de não acumular pontos na Latam neste momento.
    Mas sempre que o @Henry fala de “vírus chinês” dá vontade de deixar de ler o resto e mina toda a credbilidade de qualquer conteudo que escreva.
    Cientificamente falso, politicamente enviesado e absurdo. E vírus não querem saber de política.

    • Guilherme

      Nuno, substitui a expressão mencionada por “coronavírus”.

    • Henry

      Sempre que eu vejo essa preocupação das pessoas ao lerem a expressão “vírus chinês” de questionar a realidade científica disso, mina toda credibilidade do público leitor e dá vontade de parar de escrever…
      Nunca vi até hoje nenhum ser humano se insurgir contra a expressão “gripe espanhola”… não vejo ninguém protestar quando alguém digita isso..
      Eu, particularmente acho cientificamente falso tentar omitir que o vírus tenha vindo de lá.. é o que se tem hoje… é reconhecimento de toda a ciência…
      Politicamente enviesado e absurdo é um regime político omitir do mundo a existência de um vírus e quando libera a informação, quando já não tinha mais jeito, já é tarde demais…
      A única coisa que concordo contigo é que vírus não querem saber de política, embora, a política tenha se apropriado do vírus… ou você tem alguma dúvida de que políticos e empresas estão usando o vírus para faturar em cima ??
      Eu ando pelos locais das minhas duas cidades: Rio e Niterói.. vejo muitas lojas fechadas.. algumas definitivamente…
      Fico imaginando se o vírus tivesse sido pego pela primeira vez no mundo por nordestinos ao comerem calangos – única fonte de proteína que alguns têm por lá – e todo mundo chamando de “o vírus brasileiro”, se vc teria a mesma preocupação com aspectos científicos e políticos…
      Agora que vc afirmou taxativamente que é falso que vírus tenha origem à partir da Wuhan, tendo surgido em novembro/2019, estamos ansiosos pela divulgação das pesquisas mundiais que comprovam que o vírus tem outra origem..
      De repente, veio nas pedras da Lua, que a Apollo 11 trouxe…
      Vai ver, Neil Armstrong foi sua primeira vítima.. aí, é só atualizar o nome do vírus para “vírus lunático” ou COVID-12…
      Aguardando ansioso os estudos científicos comprovando que o vírus não é chinês..

      • Bernardo Rozen

        Só um adendo, a gripe espanhola não surgiu na Espanha, como sugere o nome, tudo indica que o foco veio das américas kkkkk Só ficou sendo chamado de gripe espanhola pois a Espanha era a único que contabilizava as mortes causada pelo influenza, vulgo gripe espanhola. Sábias palavras no tópico do assunto Henry kkkkkkkkk

        • Henry

          O interessante é que não vejo os defensores do politicamente correto se insurgirem contra o nome..
          E olha que a Espanha não tentou esconder a informação do resto do mundo…
          Ok que eram outros tempos.. mal se tinha comunicação entre os países…

        • Henry

          Vou esperar ansiosamente quando a China fizer embargos à compra de nossa carne, usando barreiras fitossanitárias…
          Putz… chega a ser hilário, que um povo que come cachorros, morcegos, cobras etc etc vir falar em barreiras fitossanitárias…
          Todo mundo sabe que os caras fazem isso para forçar queda nos preços da carne..
          Eu acho uma estratégia errada… vc não precisa negociar desmerecendo ou inventando mentiras sobre o seu fornecedor..
          Mas.. os chineses fazem isso muitas vezes e não vejo ninguém criticar esse comportamento deles..
          Já quando europeus e americanos fazem o mesmo.. o mundo desaba.. principalmente se forem os americanos..
          Nesse ponto, eu acho que o Brasil é super correto… não usa dos mesmos argumentos para forçar negociações/condições comerciais melhores..

          • Maslow

            Sem falar que a China vai continuar comprando carne brasileira via Hong Kong e Tailândia. Fora a estocagem que ela já fez…

      • Nuno

        Caramba, Henry, fatos são fatos, ficção é ficção.
        1) a China tem um regime autocrático, cruel, e usa esse sistema interno de desrespeito pelas liberdades do muitos dos seus cidadãos para fazer concorência desleal com o resto do mundo.
        2) tenho muito a criticar no EUA, mas terei muito mais quando for a China a dominar o mundo
        (está a ver como não sou um comuna?)
        3) as práticas de concorrência desleal da China á vêm de há muito tempo e são uma das principais causadoras dos problemas económicas que a Europa, por exemplo, enfrenta.
        (tá vendo?)
        4) a China escondeu informação sobre o vírus o máximo de tempo que pode, como faz com tudo o que de ruim tem o país. Fato. Mas como manter 2 bilhões de pessoas etnica e culturalmente diversas sob uma mesma bandeira de outro jeito? É a consequência e a causa do autoritarismo.
        5) vírus, bactérias, fungos… não têm passaporte. Com uma análise genética, você não sabe se veio de Wuhan (mas sim, veio).
        Sou bioquímico; se quiser estender-se nesse argumento, melhor apresentar bons argumentos…
        6) depois que a China fez a m*rda de ter atrasado a publicação de informações por talvez 2 meses, em Janeiro o MUNDO INTEIRO já sabia!! No Brasil, o vírus chegou cerca de 2 meses depois de se conhecer as informações. A China não obrigou ninguém a não fazer nada. A China não escondeu o que se devia fazer para evitar a propagação do vírus. A China não escondeu a melhor rota para voltar a ter a economia a rodar.
        Exemplo: a Coreia do Sul foi o primeiro atingido depois da China, seguiu o mesmo guião chinês para resolver o problema, e resolveu.
        O Brasil conhecia o problema, conhecia a solução, o vírus chegou na Europa, nos EUA,e continuava-se dizendo que ia dar certo.

        -> e esse é o meu problema com a expressão “vírus chinês”. Ela tem UM objetivo: desviar as responsabilidades para longe. O problema das companhias aéreas brasileiras é a economia brasileira estrangulada. A economia está estrangulada (e vai piorar) por que o combate ao vírus foi mais que péssimo, foi ridículo. E foi ridículo porque por opção política interna. Eu resumo: qualquer problema social ou económico decorrente desta pandemia é fruto de más soluções, no caso, brasileiras. Nada tem a ver com a origem do vírus, se da China ou da Antártida. Isso é irrelevante.
        Então, se quer falar do vírus, biologicamente, vamos tratá-lo pelo nome: SARS-CoV-2
        Se quer falar da doença, cientificamente, vamos tratá-la pelo nome: COVID-19.
        https://www.who.int/emergencies/diseases/novel-coronavirus-2019/technical-guidance/naming-the-coronavirus-disease-(covid-2019)-and-the-virus-that-causes-it
        Se quer falar do problema econômico, vamos trtá-lo pelo nome: Brasil.
        Viu como a China não tem a nada a ver com o que se passa com a Latam?

        7) A gripe espanhola: ficou conhecida por interesse de outros países. Não vamos reptir o erro 100 depois. Ou não aprendemos mesmo com o passado?

        8) s

        e vc teria a mesma preocupação com aspectos científicos e políticos

        Claro que teria. Descriminar um povo, de qualquer país, desse jeito é um absurdo. E nós, viajantes, deveríamos ser os primeiros a não fazê-lo.
        Ainda para mais moro no Brasil.

        9) na verdade, moro no Nordeste. Mais que isso, no interior. Nunca vi ou ouvi falar de alguém se alimentando de calango.
        Pode até ter alguém, mas acharia normal eu dar o exemplo das pessoas cuja única fonte de proteína por lá no Rio são os ratos?
        Entende o preconceito? De novo?

        10)

        Aguardando ansioso os estudos científicos comprovando que o vírus não é chinês

        Estatisticamente, você não consegue comprovar o uma coisa não é. Então não vai ver nenhum estudo comprovando que não é chinês, ou brasileiro, ou espanhol. Ou que Deus não existe. É a ciência que temos.

        Acabando com o tema inicial: dizer que o problema da Latam começa com o “vírus chinês”, é colocar as culpas na China (como se vê no resto do seu discurso). Mas a culpa, e a solução, estão cá no Brasil. A discussão deeria ser uma: o que é que os governantes daqui estão fazendo e querem fazer?
        E entreter-se à volta do vírus “chinês”, do comunismo, ou outro -ismo, é atrasar a solução, é aumentar o desemprego, a fome, e a morte… aqui.

        (não sei se ficou claro que não dizer “vírus chinês” não é o mesmo que apioar a China)

        • SwineOne

          4) a China escondeu informação sobre o vírus o máximo de tempo que pode, como faz com tudo o que de ruim tem o país. Fato. Mas como manter 2 bilhões de pessoas etnica e culturalmente diversas sob uma mesma bandeira de outro jeito? É a consequência e a causa do autoritarismo.

          Podem até fazer isso com os problemas internos deles. Mas quando afeta o resto do mundo, como nesse caso, ou a China deveria ser 100% aberta, ou deveriam haver consequências seríssimas da parte do resto do mundo (estou falando de sanções globais, bloqueios, cortar todo o fornecimento de comida da China até um pedido formal de desculpas pelo genocídio, e se necessário, guerra mesmo). A China precisaria entender que, quando isto voltar a acontecer (e vai acontecer, com as práticas sanitárias que eles tem por lá), eles não podem de maneira alguma se comportar da mesma maneira.

          Então, chamar o vírus pelo nome factualmente correto de vírus chinês cumpre o papel de evitar que as pessoas esqueçam exatamente do que aconteceu. Imagina se fôssemos proibidos de nos referir ao holocausto? Ou ao protesto da praça de Tiananmen (isso eles já tentam fazer por lá)?

          6) depois que a China fez a m*rda de ter atrasado a publicação de informações por talvez 2 meses, em Janeiro o MUNDO INTEIRO já sabia!! No Brasil, o vírus chegou cerca de 2 meses depois de se conhecer as informações. A China não obrigou ninguém a não fazer nada. A China não escondeu o que se devia fazer para evitar a propagação do vírus. A China não escondeu a melhor rota para voltar a ter a economia a rodar.

          Tudo indica que a China fez um lobby fortíssimo junto à OMS para se passar como o anjinho da história.

          No final de janeiro/início de fevereiro, a OMS se recusava a restringir viagens da China. Foi necessário que o tão-criticado Trump bancasse a medida de banir passageiros da China, ainda em janeiro, sem o aval da OMS. Só em 29/02 a OMS cedeu à já insuportável pressão e passou a restringir viagens.

          Apesar dos pedidos do governo brasileiro ainda em fevereiro para declarar o vírus chinês como pandemia, isso só ocorreu em 11/03.

          No caso da SARS em 2003, aconteceu a mesma coisa. A China tentou esconder o problema, atrasar os relatos à OMS e censurar sua imprensa, como aconteceu dessa vez. Só que o pessoal da OMS parecia ser mais sério nessa época, pois 3 dias após o alerta inicial sobre a SARS, já publicou uma recomendação contra viagens para a Ásia. Claramente a China não gostou disso na época, e garantiu que um lambedor de saco desta ditadura genocida estaria comandando a OMS para a próxima pandemia, como todos sabemos que aconteceu.

          Quanto à melhor rota para a economia rodar, você sugere uma dissolução total de qualquer resquício de direitos humanos e liberdades civis, como acontece por lá? Ainda mais se a China impedia que o mundo tivesse clareza do nível do problema (que eles sabiam, e tentaram esconder para não ficar tão feio para eles). Políticos são leigos e acreditaram no que a OMS dizia — inclusive, pelo que vi, o STF julgou que isso é lei aqui: gestor público que não seguir recomendações dessa organização corrupta e fantoche da China será posteriormente responsabilizado. Se a OMS tivesse declarado que era uma pandemia antes do carnaval aqui no Brasil, dá pra imaginar a diferença que teria feito?

          -> e esse é o meu problema com a expressão “vírus chinês”. Ela tem UM objetivo: desviar as responsabilidades para longe.

          Fale por você, se você pensa que esse é o objetivo.

          O meu objetivo é jamais deixar esquecer quem é o único e exclusivo culpado por esse genocídio: o regime ditatorial assassino da China.

          Espero que em 2025 ou 2030 ainda estejam falando do “vírus chinês de 2020”. Assim, da próxima vez que se ouvirem rumores de uma nova doença na China (que evidentemente, não serão confirmados pelos ditadores assinados daquele país), esperamos que a memória das pessoas esteja fresca o suficiente para exigir que esse país seja imediatamente isolado do resto do mundo, que qualquer pessoa vinda da China a partir daquele momento seja tratada como um leproso.

          Deu pra entender? E se achou exagerado (especialmente a última parte de tratar qualquer pessoa vinda da China como um leproso), lembre-se que foi a própria China que se colocou nessa posição, com seu histórico de repetidamente esconder as doenças que surgem em seu território (devidas, como bem lembrado, às pré-históricas práticas sanitárias de sua população).

          Também, cuidado ao falar para não se referirem ao vírus como chinês. Quer apostar que daqui uns 2 ou 3 anos, teremos notícia de que na China está se ensinando sobre “o vírus americano de 2020” ou “o vírus brasileiro de 2020″… E depois vão tentar exportar isso pro resto do mundo. Os chineses já estão começando a lavagem cerebral no resto do mundo ao fingirem revolta quando as pessoas chamam o vírus pelo nome factualmente correto.

          economia está estrangulada (e vai piorar) por que o combate ao vírus foi mais que péssimo, foi ridículo. E foi ridículo porque por opção política interna. Eu resumo: qualquer problema social ou económico decorrente desta pandemia é fruto de más soluções, no caso, brasileiras. Nada tem a ver com a origem do vírus, se da China ou da Antártida. Isso é irrelevante.

          Evidentemente que o Brasil tem uma série de problemas. Mas é absolutamente inegável que a contenção da doença seria algo muito mais factível se a China não sonegasse informações, e a OMS não passasse pano para a China. Então, sim, tem tudo a ver com a origem do vírus. Se tivesse surgido num país com imprensa aberta e instituições sérias, as chances de terem sido contidos seriam muito maiores. Ou então se a OMS não fosse presidida por um lambe-saco de ditador genocida.

        • Nuno

          Escrevi bastante para tentar esclarecer. Parece que não valeu a pena.

          Mas duas coisas espero que tenham ficado claras:
          1) de jeito algum apoio ou passo pano no regime chinês. Deveria haver sanções, ou no mínimo, justiça nas relações bilaterais de muitos países com a China. Não só por causa do coronavírus, mas também por todo o histórico.

          2) Não encontrei nos comentários autocrítica à estratégia de contenção interna. Tudo parece ser sobre a China. E esse é o meu problema com todo o assunto. A expressão “vírus chinês” serve esse propósito.

          E acho que não nos vamos convencer de lados diferentes de uma barricada em que cada um acha ter a posse do bom senso (claro que sou eu! kkk)
          Então vou resumir a minha ideia numa metáfora:
          Um caminhão deixa um buraco na estrada e a prefeitura sabe mas não faz nada. A prefeitura nao avisa ninguém nem sinaliza.
          Os carros vão caindo no buraco, quebram. Claro que a culpa é da prefeitura.
          Uma semana depois a prefeitura avisa todo o mundo que tem um buraco, diz que vai demorar para concertar, mas coloca uns avisos, sinais luminosos, indicação de novos trajetos para desviar do maldito buraco.
          Tu vês carros na tua frente indo em frente caindo no buraco e quebrando. Vês carros desviando com a solução apresentada e passando ilesos.
          Tu decides ir em frente e cais no buraco. A culpa é tua!!
          Podes culpar a prefeitura de toda a má gestão do mandato que quiseres. Podes querer chamar o buraco de “Buraco Municipal” para aumentar a raiva de mais gente contra a prefeitura. Mas os teus filhos e a tua mulher estão no hospital por tua culpa.
          Pode ser que o prefeito mude. Mas eu não entraria nunca mais no carro contigo.

          p.s.: e esqueci-me de referir que o problema da Latam também foi gerado pela própria, claro! Qualidade de serviço sofrível ao ponto de estragarem viagens ainda antes de começarem.

          • Henry

            Não é questão de usar a expressão VÍRUS CHINÊS…
            E sim se recusar a usar essa expressão COVID-19, essa sim, feita com critérios “politicamente corretos”
            Não dá pra ser politicamente correto com quem é politicamente incorreto…
            E o interessante é que o termo “vírus chinês” foi citado “an passant”.. o assunto era a DELATÃO… mas parece que a revolta da ciência com o termo vírus chinês, acabou desvirtuando o tópico..

            • Henry

              E sim… eu vivo no Brasil… se eu tenho liberdade para ofender publicamente o Sr. Presidente da República (embora eu não o faça) e fica tudo na mesma, tenho que ter liberdade para usar o termo “vírus chinês”… sem precisar ter que juntar uma tese de doutorado comprovando que o vírus é sim chinês…
              Isto se chama democracia… e, por enquanto e não se sabe até quando, é o que temos em nosso país…

              • Renato Fonseca

                Pode espernear à vontade. A nomenclatura que prevalecerá para o vírus na história não será essa que você e os seus lutam ferozmente. Pare de se achar tão espirituoso só porque a maioria aqui o consideram assim. Às vezes a gente não percebe o quão enfadonhas são discussões desse tipo.

        • Maslow

          Fiquei curioso em saber qual seria o enfrentamento correto da epidemia na sua opinião?

          • Henry

            Pelo visto, o “cientista” imagina que o enfrentamento correto da epidemia seria:
            1- Vestir ternos escuros, sombrios, carregar no botox pra ficar com a cara mais séria… e dar entrevistas com cara de “Maria Arrependida”;
            2- Sair por aí construindo hospitais de lona plástica,vulgo Hospitais de Campanha, super/mega/hiperfaturados, demorando 2 meses para entregar os hospitais inacabados, sujeitos à inundações, e, deixando de usar a estrutura pronta e muito mais barata dos hospitais particulares, que poderiam ser imediatamente utilizados… mas, pra fazer isso precisa ter determinação…
            3- Sempre que der entrevista, estar ao lado de vaquinhas de presépio que fiquem abanando as cabeças corroborando as falas do chefe… de preferência pegue uma vaquinha de presépio que seja um “cientista” com viés político, e como tal, “maleável”..
            4- Ah sim.. ia esquecendo e isso é FUNDAMENTAL para o combate ao vírus chinês. Coloque no “púlpito” onde vc vai dar seu showzinho diário midiático, a frase #FIQUEEMCASA…
            5- Pra não carregar negativamente a imagem do patrões, contrate os serviços do I Love Jabá, estagiário dono de Jabalândia, para dar assessoria de marketing para limpar a imagem dos patrõeszinhos asiáticos.. senão, não vei ter patrocínio em 2022… certamente, após os brilhantes trabalhos de limpeza de imagem, ia ter muita criança aqui pedindo pro papai comprar o bonequinho do ViruLing – o charmoso coroninha chinês… claro, usando trajes em vermelho…
            6- Sempre que quiser falar de coisas positivas, como o número de curados use uma máscara com a imagem do Dória…. sempre que for falar que o número de mortes causadas pelo vírus chinês aumentou, use a máscara do Bozo… aproveita, envia cria uma petição virtual para ele ser denunciado na ONÃO, por genocídio…

    • Henry

      Se vc tivesse um mínimo de consideração com seu país, que presumo seja o Brasil, deveria também criticar o absurdo que está acontecendo hoje, nesses dias..
      Vc sabia que os chineses estão exigindo que todos os frigoríficos brasileiros que exportam carne para lá, têm que comprovar 100% de testagem de seus funcionários para o vírus chinês não voltar para China ??
      Tão de sacanagem, né não ??
      Os caras comem cachorros, ratos, morcegos, cobras etc etc de animais recém abatidos e sem nenhuma higiene e vem exigir que os nossos frigoríficos apresentem testagem das pessoas que manipulam o vírus em carnes que são congeladas ???
      Eu acho que essa exigência é cientificamente falsa, politicamente enviesada e absurda e os vírus não querem saber de questões econômicas..
      Apreciaria muito a sua opinião sobre essa exigência dos chineses…
      A propósito… não se apegue a questões fitossanitárias, mas sim ao aspecto comercial… que eles sempre fizeram isso, pra forçar a queda no preço da carne… isso não é de agora… tem anos que eles (e americanos e europeus) fazem isso…

    • neolight

      A parada apareceu na China, lá se irradiou pelo país e daí infectou a todo o mundo – não está errado falar em vírus chinês não. Dizer isso não quer afirmar que “o virus foi inventado pela China em laboratório”.

      • Maslow

        E surgiu justamente na cidade da China que abriga o único laboratório de pesquisa chinês com vírus letais. Mas deve ser só TMC (teoria da mera coincidência)

    • SwineOne

      “Cientificamente falso”: está fazendo uma acusação que vai contra todo o senso comum, o ônus da prova é seu: mostre uma única fonte minimamente crível que o vírus não surgiu na China.

      “politicamente enviesado”: descreve perfeitamente o pessoal politicamente correto como você, passadores de pano mor para a ditadura comunista assassina que é a única responsável por esse genocídio em massa, dado que preferiu jogar o assunto para baixo do tapete, calar a boca do médico que descobriu o vírus (deveriam ter erguido uma estátua para ele ao invés) e usar sua influência junto à OMS para elogiar a China e dizer que lidaram perfeitamente com o assunto, a mentira mais deslavada do século.

      “absurdo”: absurdo é essa mania de gente como você de policiar até a maneira como as pessoas pensam. É aquela tática ensinada no livro 1984: restringir a linguagem até o ponto em que a pessoa desconheça palavras para ofender o governo que a oprime, e pare de pensar mal dele.

      Para seu conhecimento: andava relapso em chamar o VÍRUS CHINÊS pelo seu nome certo e estava deixando escapar um “coronavírus” ou “covid” de vez em quando. Seu comentário renovou minhas vontade de revisar cada texto que eu escrever de agora em diante para garantir que estou escrevendo VÍRUS CHINÊS mesmo e não capitulando para passadores de pano de ditaduras assassinas em massa como você. Inclusive, vou tentar garantir a inclusão do termo em todos os meus comentários de agora em ano, mesmo que haja uma conexão tênue com o tema.

      • SwineOne

        Um adendo final, um ponto bem apontado pelo colega neolight.

        Vamos considerar a possibilidade menos pior que você tenha problemas básicos de compreensão de texto (sim, é muito melhor isso do que achar que você apoia a censura do pensamento e passa pano para ditadores assassinos): falar em VÍRUS CHINÊS não quer dizer que você é partidário de teorias (longe de serem impossíveis, mas sem comprovação por ora) que a China criou o vírus em laboratório.

        VÍRUS CHINÊS apenas indica que o vírus surgiu na China. Se você floreou o sentido da palavra, que fique claro que essa é uma deficiência sua e não de quem usou um termo absolutamente correto.

        • Henry

          Swine…
          Eu jamais insinuei que o vírus tenha sido fabricado em laboratórios da China… até porque, se o fosse, certamente seria um vírus de qualidade duvidosa, sem condições de contaminar o mundo todo… rsrs

          • SwineOne

            Meu comentário foi para o sujeito que reclamou de chamar o VÍRUS CHINÊS pelo seu nome factualmente correto.

            Estava apenas levantando a possibilidade que o problema dele não seja alinhamento ideológico a uma ditadura genocida, mas uma simples questão básica de compreensão de texto: talvez ele de alguma forma pense que quem chama de VÍRUS CHINÊS possa estar querendo dizer que o vírus foi fabricado em laboratório — mas evidentemente, isso é floreio da cabeça dele, pois não há nada no termo VÍRUS CHINÊS que permita chegar a esta conclusão. O termo apenas indica a origem geográfica do vírus.

            Existe o conceito da “navalha de Hanlon”: nunca atribua à maldade aquilo que pode ser adequadamente explicado pela estupidez. Resta saber em qual dos dois esse sujeito se encaixa.

            • neolight

              Swine, obrigado pelo nome do conceito da navalha. Acho que até é um conceito de boa-fé para com o próximo: a maldade deve sempre depender de prova e não ser presumida objetivamente. Aliás, o debate hoje de quase tudo se torna desgastante porque essa navalha NÃO vem sendo observada. Vide as desgraçadas campanhas de cancelamento.

              • SwineOne

                A verdade é que o debate, e isso sobre qualquer assunto, está caindo sempre em extremos de polarização. Não existe tentativas sinceras de convencimento da outra parte, só ofensas para o outro lado e passação de pano para o seu lado.

                Eu mesmo caí nessa péssima prática com o colega que reclamou do vírus chinês. Pela pouca informação que ele deu, apenas se opondo ao termo “vírus chinês” sem explicar a motivação, achei que fosse mais um desses de esquerda que não aceitam qualquer comentário negativo sobre a China. Agora que ele explicou melhor seu raciocínio, embora ainda discorde, torna-se possível ter uma discussão mais civilizada.

                O certo seria ter pedido esclarecimentos sobre o que ele quis dizer, ao invés de automaticamente assumir o pior. Enfim, fica até difícil tentar ter uma discussão civilizada quando você precisa explicar coisas óbvias para o pessoal da esquerda tipo “é errado deixar homem jogar em time de vôlei feminino”. Tem hora que cansa mesmo.

      • Henry

        E o pior de tudo: é capaz do Brasil acabar pagando uma fortuna pra usar a “vacina chinesa”, que está sendo testada na couraça e colocando em risco os brasileiros…

        • Laertes

          Acredite Henry, Gov Doria já deu entrevista no sentido que o “Brasil” só voltará ao normal após a vacina “chinesa” …

          • Henry

            Cara, o Dória, todo mundo sabe que é financiado pelos caras de lá…

      • Nuno

        Já tentei esclarecer o que podia em outro comentário. Mas como cientista, é importante esclarecer essa parte também. (já viu como gosto de didividir os assunto por tópicos mais simples, numerados?)
        1) eu afirmei que parece que o vírus surgiu em Wuhan sim!
        2) o meu problema era a “exigência” do Henry para eu provar cietificamente que o vírus não surgiu na China. A minha resposta foi esta:
        https://ezinearticles.com/?Statistics-of-Probability-Should-Not-Be-Used-to-Prove-Something-Does-Not-Exist&id=152377
        (este link não é opinião do autor; é parte de como estudos científicos são realizados;na China, nos EUA ou no Brasil)
        3) cuidado ao assumir que o vírus surgiu porque alguém comeu morcegos no mercado. A causa mais provável para a origem mais provável ser o mercado de Wuhan é a grande aglomeração de pessoas. O resto são conjecturas. (ou vontades muito fortes de criticar a cultura alheia; e cultura pode ser bem diferente de regime político)

        • Henry

          Sejamos analíticos para atender à “Ciência”.
          1- Não.. você não disse…
          2- Quem afirma que o vírus não é chinês, contrariando o mundo todo que diz que ele surgiu lá, tem que provar.. se for “cientista”, então, deve seguir todos os critérios científicos…
          3- É impertinente saber se o vírus chinês veio do morcego (acho até bem plausível, porque os morcegos estão sofrendo mutações genéticas seríssimas.. veja o caso do Batman, o homem morcego.. o cara sempre foi super herói… e não é que agora ele virou bandido e matou o Super Homem… rsrs)… não importa o que o CHINÊS ZERO comeu… o que se tem até agora é que vírus é igual as geringonças que usamos no dia a dia, ou seja: MADE IN CHINA….
          Conclusão: o vírus poderia ter vindo dos calangos do Nordeste do Brasil, poderia vir dos cangurus australianos…
          Em princípio, nenhum país ou povo pode ser atribuído algo de ruim, que seja decorrência de um evento da natureza…
          A coisa muda totalmente de figura, quando esse país, através do seu governo, esconde, criminosamente, a existência do vírus, que acabou empesteando o mundo..
          Por isso que eu dei o nome carinhoso de “vírus chinês”…
          Mesmo que amanhã se descubra que ele é proveniente da Índia.. o fato que não vai mudar é que, em novembro/2019, a CHINA já sabia do vírus e tentou esconder, omitir… perseguiu o médico que divulgou…

  • Rafael Mendes de Oliveira

    Nao faz sentido algum esse post. A LATAM entrou no Chapter11 com mais de 1.7 bilhão de doláres em caixa, tem um financiamento aprovado de mais de 2.4 bilhoes de dolares e segue operando normalmente. Quem escreveu essa matéria não fez questão de realizar 1 simples buscar no Google antes de denegrir e gerar pânico para quem tem milhas na LATAM.

    • Henry

      Citando vc:
      “…segue operando normalmente…..”
      Jura que vc acredita nisso ???
      Antes de escrever coisas sem sentido, dá uma pesquisada no calvário que tem sido para as pessoas emitir/comprar/transferir alguma coisa lá na DELATÃO…..
      Então, pelo seu comentário, deve-se imaginar que todas as pessoas que postaram comentários com seus problemas com a DELATÃO, devem ser pecadores e estão pagando, aqui na Terra, pelo seus pecados..
      Antes de postar, dá uma pesquisada pelo mundo das milhas… Há 3 anos que o site da DELATÃO tem problemas… o 0800 é caótico..
      OK.. até ano passado, algumas pessoas conseguiam até emitir alguma coisa lá… mas, depois de passar horas tentando..
      Fala sério.. é nisso que vc acredita como atendimento ao seu público ??

    • Bernardo Rozen

      Negócio de alto risco, lembrando que milhas não tem lastro. A qualquer momento a empresa desvaloriza esse seu “investimento” e você perde o valor, do dia pra noite. Temos que aprender com o que aconteceu com a tap a 2 anos atrás, o que aconteceu com a Avianca, antes de falir. Começou da mesma forma.

      • Henry

        Pois é… tem uma galera que chega de repente no mundo das milhas e não tem o histórico de tudo que já rolou conosco…
        E o pior: querem que as pessoas entendam de legislação de recuperação de empresas + conhecimentos sobre finanças… etc etc..
        A vida não precisa ser tão complexa… vamos nos ater ao “feijão com arroz”…
        A empresa já há muito tempo não está atendendo as pessoas… isso sem vírus chinês e sem Chapter 11(*) … parece que é o DNA dela no período “pós TAM” (não vou chamar de “gestão chilena” senão o mundo desaba por aqui….rsrs)

        (*)… engraçado… antigamente as pessoas/empresas tinham vergonha e/ou usavam o termo “proteção contra falência” com uma certa descrição..
        Agora, parece que isso virou um “plus”, algo positivo… rsrs
        Não precisa ser economista globalizado pra saber que o Chapter 11 nos EUA sempre tem em mente preservar as empresas… muitas conseguiram, mas muitas não..
        A American Airlines foi uma dessas…
        Mas.. os tempos eram outros… era uma coisa de uma empresa, não uma crise de um setor em nível mundial..
        Aí, dá até pra desconfiar quando alguém aconselha que tá tudo OK.. que pode emitir que a empresa vai voar…
        Hoje.. eu não confiaria nisso…
        Se eu tivesse milhas na DELATÃO adotava umas das 3 hipóteses:
        1- deixava elas lá (caso não estivessem em vias de expirar);
        2- Enviava pro Le Club ALL;
        3- Comprava liquidificador nos parceiros DELATÃO e com ele preparava uma caipinhas pra esquecer o desgosto de usar as milhas assim…rsrs
        Particularmente, eu Henry, deixava quieto…
        Como fiz com o Smiles nos últimos anos… recentemente ele lançaram uma promo interessante com a Shell… comprei 3 mil em gasolina…
        Só me arrependo de não ter comprado mais… achava que em 90 dias não iria gastar, mas a Srª Henry está me ajudando nisso…
        Até o carrinho de mão do senhor que cuida dos jardins lá de casa agora é movido à gasolina… rsrs

        • Bernardo Rozen

          Pois é!! Kkkkk até fazendo um adendo ao seu posicionamento, ninguém aqui está falando que a latão vai falir ou torcendo pra isso, é o contrário, torço para que se recupere. Mas é bom lembrar quem será sacrificado nessa “recuperação”, é sempre bom lembrar que milhas são passivos das empresas, e um passivo que elas tem “poder” para desvalorizar, e pelo andamento dos bônus, promoções e valores “baratos” para adquirir as milhas etc, tudo indica que a empresa precisa fazer caixa com urgência, tomando isso como um empréstimo a “juros baixíssimos”. Já vimos muitas vezes essa história, e ela sempre se repete. Melhor manter meus pontos Livelo aonde estão, esperando o mercado se ajustar pós pandemia.

        • Maslow

          Eu, particularmente, estou deixando quieto. Só tenho milhas lá porque programei viagem para maio e os voos foram cancelados. E me recuso a transferir para o LeClub com está taxa. Vou pagar pra ver e esperar.

          • SwineOne

            A esta altura, a taxa de 5,68:1 para o ALL está uma verdadeira pechincha. Se você conseguir completar a transferência, isto é. Já expliquei aqui que fiz uma transferência em 13/07, e até agora (duas semanas depois) nem sinal dos meus pontos. Pelo menos eram só 5.680 pontos Latam/1.000 pontos ALL, que já estou dando como perdidos. Poderia ser bem pior.

  • Maikon

    É questão de tempo para Gol e Azul também pedirem recuperação judicial, a Latam só saiu na frente das duas prevendo
    as dificuldades no futuro,varias outras pediram ajuda a governos como Lufthansa,Tap, Britsh e até Emirates,torço para que
    todas se recuperem.

  • Mr_flying

    perfeito Henry

  • Luiz Alberto

    Talvez eu esteja errado e com o pouco que entendo deste assunto acabe usando de termos não muito adequados, mas chego a pensar que a Latam está sim longe da sua recuperação, lançando promoções com muita frequência e com uma generosidade que há tempos não vemos, fato que me parece uma aposta muito boa para ELA e arriscadíssima para os que se aventurarem (Quase a mesma coisa do texto, certo?).
    Falando da Azul e da Gol, que seguem numa estratégia não muito diferente, exceto pelo fato de não decidirem pela RJ, eu pergunto: será que estão saudáveis? Alguém confiaria seus pontos à elas? Na verdade acho que estão confiando…
    Acredito que o conselho do Henry no post sirva pras outras Cias tb…

    Eu tenho emitido passagens pelo Brasil pra fazer algumas visitas à lugares que me interessam, mesmo na incerteza e perigo da pandemia e também mandado os pontos pro ALL, pra gastar o que estava parado nos programas de fidelidade, mesmo mantendo os clubes ativos (exceto Latampass), apesar de Não recomendar essa estratégia. Os pontos Livelo e dos cartões estão ficando por lá mesmo…

  • Lorenzo Rodrigues

    Achei péssimo o post, desnecessário, com um único objetivo de aterrorizar os usuários, sem qualquer base ou dados concretos. Henry sempre totalmente parcial, parece que tem ódio das companhias aéreas.

    • Maikon

      E olha que o post ainda foi censurado ( apagado mentiras pra ficar um pouco melhor ) e você
      ainda achou péssimo . kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  • RAG

    Eu concordo com o post morri 100 k de Avianca, sendo que esse saldo foi pq incentivando por um site de milhas, fui tentar voar para Miami para realizar um sonho da minha esposa de conhecer a Disney em Maio de 2019, sendo que realizei essa operação em setembro de 2018 e ninguém fazia essas ressalvas acerca da situação financeira da mesma, agora nós sabemos que o mundo da aviação está difícil para todas as grandes Cias, porém as que irão sofrer mais são sempre as que estão numa situação mais exposta como a Latam. E no fim assumi o prejuízo com Avianca e fui de Gol para realiza os desejos da patroa e passei as benditas férias em Orlando em maio de 2019 e afirmo não compensa o estresse de passar 2h a 3h por semanas em ligação em call center para saber se você poderá voar. E morri com 100k, pois fui fazer negócio para emitir passagem para meu cunhado pela TAP e faltando poucos dias a voo a TAP falou que não ia honrar nenhum voo de bilhete Avianca, postura que mudou num momento posterior, mas por segurança tive que desfazer o negócio.

    • Lorenzo Rodrigues

      Uma dica, processa a LIVELO (responsabilidade solidária, integrante da cadeia de fornecimento) e a AEROVIAS DEL CONTINENTE AMERICANO (Avianca Internacional) – teoria da aparência, e ganhe na justiça perdas e danos pelas milhas perdidas. Já fiz isso, aguardando sentença.

      • Fernando Mattos

        Passa o número do processo pra nós por favor.

    • SwineOne

      Pior é ver que tem gente (ainda peguei um comentário falando isso, antes de ser apagado) que acha que esse serviço de utilidade pública é semear o caos.

      Infelizmente, para quem não conhece o assunto há mais tempo e não fica antenado nas fontes (isentas) de informação como aqui, pode acabar caindo nesse golpe.

      Só peço um favor: ignore a outra sugestão, feita pela mesma pessoa do comentário apagado que mencionei acima, de processar Deus e o mundo para compensar a sua falta de análise da situação das empresas na qual você estava se envolvendo. Seja de onde vieram os pontos que você mandou (Livelo ou outro banco), depois que eles entregaram os pontos na conta da Avianca, eles cumpriram a parte deles. Senão, daqui a pouco vai ter gente processando o Bradesco porque fez uma TED pro Banco Santos, que quebrou depois, ou porque pagou um boleto da empresa X de comércio eletrônico que quebrou, com uma teoria maluca que o banco deveria te proibir de fazer uma ação arriscada. O próximo passo nessa sequência lógica é processar corretora de ações porque comprou ações de uma empresa “ruim” só porque estavam baratas, e o preço caiu mais (ou a empresa quebrou), ou então processar corretora de moedas porque você comprou dólar caro hoje e daqui a alguns dias ele caiu.

      Agora até consigo entender por que a pessoa não quer que chamemos a atenção para o fato que a Latam já está morta, só falta agendarem o enterro: qualquer coisa que der errado, ela acha alguém na cadeia para acionar judicialmente, e provavelmente algum juiz que se recusa a aceitar que um consumidor possa ter tomado uma única decisão irresponsável na vida. E claro, as empresas processadas embutem o custo de lidar com este pessoal, que adora capitalizar seu lucro e socializar seu prejuízo, e faz com que tudo fique mais caro para o resto de nós, que sabemos engolir um erro quando o cometemos.

      • Maikon

        Apagar comentários, é não aceitar o contraditório amigo.

      • RAG

        Eu concordo, para mim o melhor benefício que tive com a Avianca foi aprendizado, pois hoje meu prejuízo poderia ter sido bem maior como os colegas que ”investem” em milhas para revender no mercado e que estão amargando vários prejuízos com 123milhas e outras. E falo da Latam com conhecimento desse assunto da Latam, visto que iria para Santigo em Abril, porém tive que remarca para o carnaval de 2021 e se já estou dando baixa dessa viagem por não acreditar na existência da Latam nesse período.

      • Lorenzo Rodrigues

        Não é bem assim amigão. A LIVELO no caso do AMIGO é responsável sim, porque fez promoção de transferencia bonus com eles 10 dias antes da decretação de falência. O consumidor é parte frágil da relação, não pode ser penalizado, ainda mais por ser parte vulnerável que não sabia (ou não tinha certeza) do risco de falência. Vai estudar antes de sair cuspindo asneiras por ai. Vou ter o prazer de compartilhar a sentença condenando a LIVELO aqui em breve.

    • neolight

      Eu quase rodei com os pontos da Avianca Brasil (O6), mas acabei conseguindo emitir voos puros da O6 no carnaval de 2019 pra MIA. No voo já faltavam coisas básicas de catering da executiva, o que preconizava já o ocaso. No voo seguinte à minha volta ao Brasil, deu aquele problema que o voo foi impedido de passar em uma ilha do caribe (Cuba?!) e teve de aterrar em Porto Rico. Sinistro! Foi por muito pouco… Concordo contigo, não vale a pena todo este estresse!

  • Ismael Guimarães

    Aos colegas mais experientes, estou com uma dúvida que não encontro a resposta: se eu emitir passagens puras com as companhias parceiras (Qatar, por exemplo) para voar no próximo ano, existe a chance de, eventualmente, a Latam quebrando não honrarem esses bilhetes? Ou a partir do momento em que o bilhete é emitido a minha relação (alterações, reembolsos etc) passa a ser diretamente com a companhia parceira? Calhou de eu precisar queimar as milhas que tenho na Latam (mais de 200k) e encontrar preços razoáveis para voar com a Qatar em destino que eu já estava namorando, então seria unir o útil ao agradável (caso as condições de viagens estejam normalizadas até junho de 2021).

    • pauloleo

      A chance existe, caso a Latam não repasse o custo do bilhete à Qatar. Mas é muito difícil você não conseguir voar, até pq a Qatar tem base no Brasil, são obrigados a honrar com base no CDC.

  • pauloleo

    Caramba, o assunto rendeu aqui hoje!! 😂 Parabéns Henry, SwineOne, Assolini e demais que contribuíram para o debate. Maldito vírus chinês!!

  • pauloleo

    A propósito, eu zerei meu saldo do Latam Pass há um mês, justamente enviando tudo para o ALL.

  • Almir dos Santos

    Será que teremos novidades amanhã às 11:00hs no evento realizado pela Azul??? Evento foi divulgado hoje após a empresa realizar durante 2h30m um voo de ATR desenhando em sua rota o mapa do Brasil.

    • Henry

      A “surpresa” foi que eles compraram o título de melhor cia. aérea do mundo na TripAdvisor…
      Chega a ser ridículo….
      Se fosse melhor cia. aérea do Brasil, já seria pau a pau com a Gol de 2 anos pra cá….
      Só falta amanhã o Maduro comprar o título da Venezoada ter a mais poderosa força aérea do mundo…
      Chega a ser constrangedor essa patuscada…
      Sejamos justos que a Azul tem um serviço bem enxuto e agradável… eu gosto… atende muito bem….
      Mas a coisa para por aí….

  • Henry

    Eu sou uma pessoa que respeita ou tenta respeitar e reconhecer a autoria/direitos das pessoas, físicas ou jurídicas…
    Vcs já devem ter percebido meu tradicional (TM) nos meus textos, indicando ao final o detentor dos direitos…
    Assim, venho aqui publicamente apresentar minhas desculpas por ter omitido, ainda que sem a intenção de faze-lo, os detentores do Trade Mark de duas expressões…
    Embora um pouco tarde, corrijo meu erro..
    Assim, onde se lê “vírus chinês” e “COVID-19”, leia-se:
    Vírus chinês(TM)
    COVID-19(TM)
    (TM) By China….

    • Henry

      Antes que a ciência e os cientistas venham se descabelar, é apenas uma questão de direito autoral…

  • Leandro

    Alguém saberia me dizer qual é a melhor opção de resgate para 160000 milhas do Krisflyer da Singapore que não seja reservar um vôo ? Elas podem ser transferidas para a Accor? Essas ainda valem algo por enquanto , daria para voar em executiva uma ida e volta Brasil Europa ou umas 3 executivas Brasil América do Sul e ainda sobrariam milhas , mas …. o temos o vírus chinês ai e não da para saber se embarca , não embarca , se perde hotel, se fica em quarentena, se paga para ficar em quarentena, se precisa de teste de covid, quanto tempo de antecedência de teste de covid , se paga seguro saúde quando chega , infelizmente tudo muito incerto e esses todos ainda são os menores problemas para mim,porque da para arriscar ou ter uma idéia do que esperar, porém, o principal problema seria alguém da minha família ser contaminado fora do país, por melhor que seja o lugar que você esteja, não será a sua casa. Zerei minhas milhas na Latam , Smiles 5 mil , Azul zerado , finada Avianca salvei 320000 mas me levou 50000 pontos mesmo assim.Me ajuda Guilherme !!! Preciso torrar essas milhas , tenho somente 7 meses.

    • Henry

      Leandro..
      Eu dei uma pesquisada e li no site da Singapore que vc pode prorrogar uma vez a validade de suas milhas ANTES que elas expirem… MAS, tem uma taxa pra isso… e não deu pra descobrir qual é a taxa..
      Procurando telefones de contato, no Brasil só tem Sampa… os telefones são:
      +55 11 31856775 e 0800 7774227.
      Ao telefonar, antes de perguntar sobre a taxa, questiona se o KrisFlyer não vai prorrogar a validade por 12 meses automaticamente por causa da COVID-19.. caso digam que não.. aí, vc pergunta detalhes de como faz pra prorrogar pagando a tal taxa..
      Depois dá um retorno aqui pra gente aprender sobre isso.. de repente tem outros colegas que terão o mesmo problema…

      • Leandro

        Henry, eu tentei ligar mas depois de 20 min tive que desligar pois não podia aguardar mais , vou tentar novamente. Sobre a prorrogação eu achei no site, fica na aba milhas expirando, é possível prorrogar por no máximo 6 meses pagando 12 dólares ou 1200 milhas por bloco de 10000 milhas, é uma saída mas 6 meses na atual conjuntura não sei não; e se for fazer a prorrogação pagaria com milhas a postergação do vencimento, com dinheiro jamais . Hoje vou entrar para ver se posso gastar com produtos no Krisshop, existe a possibilidade de reservas de hóteis da rede Sangri-La, de reservas de outros hóteis e de locação de automóveis também. Sobre a transferência para a Accor não achei nada.

        • Henry

          Nesse valor não sei se vale a pena, até porque sairia por US$ 0,012 cada milha com duração de apenas 6 meses… e, realmente, não dá pra prever como o mundo estará daqui a 6 meses… estamos no meio de uma das maiores crises de credibilidade da história… com os interesses econômicos e políticos se imiscuindo com a ciência… isso pra não falar de políticos travestidos de “cientistas” … rsrs
          Eu tinha visto o shopping deles… mas tudo muito caro e tb tem o detalhe do frete… como seria ??
          Reserva em hotéis da rede Sangri-la, esbarra na mesma incerteza de se voar… até porque, talvez não tenham hotéis por aqui no Brasil…
          Enfim… 160.000 milhas que tem um baita valor de troca, quando é para se voar, deve doer no coração…
          Se eu fosse você questionaria muito pelo telefone, eles não prorrogarem a validade das milhas..
          Em último caso, converse com algum advogado de sua confiança, porque existe uma boa chance de vc conseguir judicialmente recuperar suas milhas…
          Vc não voa porque não quer… você não voa porque está impedido de fazê-lo… pelo menos nos destinos onde eles voam, saindo do Brasil…

  • Carlos E. Araujo

    Pessoal, para tentar acalmar o coração de todos: aparentemente a questão do problema de integração com o Giftty era verdade. Abri uma reclamação diretamente com o Giftty e eles acabaram de me ligar informando que de fato a Latam estava com um problema de integração(acho dificil o Giftty se queimar pra proteger a Latam, mas ai fica a cargo do julgamento de cada um). A moça me informou que a situação foi regularizada na sexta e eles foram de fato informados do meu resgate na sexta, porém como o prazo pra cair o valor é de 7 dias(esse prazo é do Giftty) me foi informado que o voucher deve cair a qualquer momento.

  • Alexandre Porto

    [IRONIA – só pra descontrair um pouco] Li todos o artigo e todos o comentários. Demorei pra entender. Minha conclusão é que o vírus foi criado pela Latam pra derrubar a concorrência. Pra quem quer investir o melhor é comprar pontos Livelo, transferir pra Passaredo e viajar pra Miami.

  • Luis Ghivelder

    Esse post já é antigo mas acho que o assunto interessa. Eu tinha vários vouchers da Latam referente a viagens canceladas entre março e julho. Com a medida provisória eu não esperava nada antes do ano que vem. E eis que para minha grata surpresa, ontem pagaram todos. Valor total da ordem de 5 mil Reais divididos em 8 vouchers diferentes. Que alívio, agora eles podem até falir que eu não me importo mais.

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 0 Flares ×