Comentário do leitor: “Quem acha que milha é moeda forte que fique com elas”

Um dos grandes diferenciais do blog é a qualidade superior dos comentários, com construções e reflexões críticas que ajudam todos a pensar de maneira mais independente e, assim, tirar proveito das milhas e pontos de uma maneira racional, controlada e sistematizada.

Apesar das notícias sobre promoções, algumas novidades, e retomadas graduais de voos, a pandemia ainda está ceifando vidas e causando incontáveis prejuízos a bilhões de pessoas no mundo todo.

No plano do turismo e da aviação comercial, ainda pairam grandes incertezas, e ninguém sabe ao certo quando a vida voltará ao normal.

Do mesmo modo, ficar estocando milhas e pontos sem algum objetivo em mente também não é atitude das mais recomendáveis, em vista do futuro incerto das cias. aéreas – vide o caso da Latam Brasil.12

Nesse contexto, vale a pena destacar aqui o comentário do leitor Carlos Araújo (a quem desde já agradeço!):

“Peguei o máximo que ia usar de combustível no período na promoção da Shell e nessa também vou participar. Vou só desovando tudo que tenho. Quem acha que milha é moeda forte que fique com elas. Tô zerando é tudo. Só piora a situação.

Depois dos aumentos nos resgates da Accor em quase todas as companhias, não sinto nenhuma segurança em manter pontos, por menor quantidade que seja. A transferência pra Accor pra mim ainda ERA uma alternativa pra dar tranquilidade numa eventual quebradeira. Agora que não tem mais, não to deixando acumular nem o mínimo.

Se tiver de manter algo, nem que seja pra usar pontos com dinheiro que as vezes compensa, será na Smiles, que é a empresa que parece ainda ter o mínimo de respeito com o consumidor, pioraram algumas coisas mas estão dando alternativas.

Latam é a pior de todas nesse quesito. SÓ TEM PIORA e ainda tem quem defenda…”

Conclusão

Com o mundo da aviação em modo “stand by”, o negócio é procurar controlar o estoque de passivos de milhas e pontos, aproveitando as oportunidades enquanto elas estiverem disponíveis, como tem feito o Carlos e inúmeros outros leitores.

Nesse intervalo pandêmico, vocês também têm resgatado seus pontos e milhas por outras alternativas? Se sim, quais?

Tagged as: