Promoção Compra de pontos Livelo: em vez de desconto de 40%, bônus de 65%? (spoiler: ficou pior)

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 0 Flares ×

Diversos leitores notaram a “nova” promoção de compra de pontos Livelo: em vez dos usuais 40% de desconto (com o preço final de R$ 420 o lote de 10k), resolveram inovar e dar um bônus de 65%.

Mas os nossos leitores são mais inteligentes que os outros, e já notaram a pegadinha.

Vejam, a título ilustrativo, o comentário do João Pereira:

“Livelo anunciando até 65% de bonificação na compra de pontos.

À primeira vista, um baita negócio, SÓ QUE você faz a compra pelo preço cheio de R$ 70,00 o que te levará a um custo do milheiro a R$ 42,42, o que resulta num desconto de apenas 39,39% …

Como sabemos, já houve condições de compra melhores que essa!”

Por sua vez, o Carlos Araújo disse:

“A mais nova da Livelo é oferecer “65% de bônus na compra de pontos”. Levemente pior que os clássicos 40% de desconto e com a desvantagem de te obrigar a adquirir mais pontos. A galera do marketing criativo tá a todo vapor.”

E o Márcio arrematou:

“Para o mal não há limites. A sacada dos caras: trocam o nome do benefício de desconto para bônus, deixando no mesmo valor praticamente. Só que o pulo do gato é que, ao ser bônus, e não desconto, esse não precisa ser aplicado na hora e, como é bônus, colocaram 30 dias para creditarem, ou seja, para você não aproveitar a promoção e ficar com os pontos Livelo encalhados que você comprou pelos mesmos 40% de desconto! Aprenderam rápido, só que sou macaco velho já e não caio nessas ahaha!!”

Conclusão

Que feio, hein, Livelo? Por essa eu não esperava.

Quiseram “inovar”, achando que ninguém ia perceber, mas se deram mal.

Que fique a lição para a empresa, e que ela evite tomar atitudes como essa, que só desgastam a sua imagem perante os consumidores, fazendo-os mover na direção da concorrência.

E você, o que achou dessa “inovação”!!!??

Agradeço aos diversos leitores que notaram a “sutil” mudança…..rsrs!

Tagged as:
  • Michael Bastos

    Cada vez tenho a certeza que é melhor comprar as passagens aéreas no money .

    • Leandro Esteves

      Ainda existem bons casos, como emitir pela Latam com pontos e pedir upgrade, mandar pro Le Club Accor, resgate de combustível e as passagens emitidas com milhas que ganhamos do cartão. Pra comprar milhas está realmente arriscado.

      • Rafael Costa

        A propósito Leandro, salvo engano, você informou em outro post que usou pontos Le Club para ir ao Rock in Rio. Valeu a pena? Essa área VIP da Accor era boa?
        Quando tentei usar, só tinha sobrado o dia do Metal, que não é minha praia…

        • Leandro Esteves

          Usei sim. Valeu muito a pena. Comida boa, bebidas excelentes, tudo muito farto. Localização privilegiada.

          Se o Guilherme topar eu faço um post dizendo como foi do resgate ao evento. 👍🏻

          • Guilherme

            Topo!!!!!

            • Leandro Esteves

              Em breve na sua caixa de entrada

  • Henrique P. P.

    Guilherme, salvo engano da minha parte, conforme o regulamento, o prazo do bônus é o mesmo do principal, ou seja, não haveria como entrar o principal e o bônus só depois ao término da promoção com o parceiro aéreo. Acho que foi uma jogada de marketing a questão de ser um bônus, e não desconto. Abs.
    Segue o print do regulamento. Vejam o item 7:

  • Cristiano Andrade

    Ponto comprado só para completar o que falta num resgate. Cada vez mais e mais…. sejam em operações como essas ou nos tais clubes (ok, tem que gente que quer buscar status A ou B na cia A ou B, e pode ter seu valor).
    A questão do bônus tem um impacto que é no limite… como o limite é de 500 mil pontos, com o bônus na prática se tornam 825 mil pontos de limite, é isso?

    • Guilherme

      Acho que sim, Cristiano.

  • Nuno

    Estratégia típicados programas norte americanos. A % de bônus parece sempre maior que a % de desconto. Acho só que o Livelo poderia aproveitar o embalo e também copiar a ausência do prazo para os pontos expirarempara todos os clientes! #ficaadica

    • Guilherme

      Bem lembrado, Nuno!

  • Flying_B

    Pra mim cheira mais um jogada da Livelo para mostrar por parceiros aéreos que NÃO TEM DESCONTO na compra de pontos…. No regulamento dizia que ponto comprado não transferia para o parceiro internacional, que na prática é o bem diferente. Eu mesmo, cansei de comprar ponto e jogar na United.

    • Guilherme

      Eita!

  • Joao Maria Sena

    Infelizmente nao há concorrência pra livelo.

  • Henry

    Eita…
    Não tem virgem na zona… só put@ véia…. rsrs

  • GILMAR

    Não espere nada de bom numa empresa com BB, Bradesco e CEF, como sócios

  • Eu começo a compreender a plenitude da recomendação de boicote generalizado que o Henry nos dá. Parece utópico mas a verdade é que não há outra forma mesmo não. Já há tempos se observa que bilhetes executiva pagos em cash são mais atraentes (por diversas razões) que bilhetes emitidos com pontos, na maioria dos casos e das necessidades. Os bilhetes em economica podem ter seus atrativos mas quem precisa deles em tempos de dolar altíssimo, economia instável e poupança interna à mercê de doidos lunáticos no poder?!? Essa semana fiz com as mãos o que meus olhos não puderam: afofei o encosto das poltronas nos voos da LATAM. Que vergonha! Eu tenho 1,66m e fiquei encomodado com o aperto de determinado A319 (o passageiro de traz não me deixou “deitar” o meu encosto) e fui conferir porque além da falta do encosto reclinável o assento parecia tão desconfortal. Não existe alcochoado no encosto. Percebi o mesmo nas demais aeronaves em especial ao A321 que além de não ter padrão também é bem desconfortável… Deve ser por isso que surgiu o apelido Latão. Eu nunca fui muito fidelizado aos seus voos domesticos e nunca prestei muita atenção aos detalhes do conforto interno. Certo é que em meio a esse contexto, fica bem fácil entender o rigor do sugerido pelo Henry. Uma é Latão, outra é até boazinha em seu conforto mas um sapo bem dificil de engolir. Devo admitir que até me assustei essa semana ao voar num E195 depois de uns 2 anos e perceber o quao largo e espaçoso os assentos são em relação às demais porém não se pode dar a essa qualidades muito diferentes da GOL. Então fica a polêmica: somos mesmo consumidores de terceira categoria pra nos sujeitarmos a esse tipo de consumo de gado que se oferece pelas únicas aereas do pais? Eu acho que não. Nosso dinheiro, poupado, nos representa beneficio muito maior que a indignação e revolta que essas aereas nos submetem a cada experiência mal sucedida com cada um delas. O Henry tem razão. O bocote geral é o melhor a fazer. Compras de pontos só para aqueles que precisam especificamente e para o curtissimo prazo. Eu, em clubes, mantenho só o Livelo no maior acumulo e todos os demais no menor. É isso. Se não nos respeitam e nos valorizam, façamos nós mesmos… A proposito, a ultima frasezinha de efeito da LATAM a bordo: “uma empresa membro da One World”… Patético…

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 0 Flares ×