Chip pré-pago Vodafone de Internet em Portugal: 30 GB em 15 dias, por 15 euros

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 0 Flares ×

Essa dica vai para quem está prestes a embarcar para Portugal para os próximos dias/semanas/meses e tem dúvidas sobre como se conectar à Internet durante a viagem: a Vodafone Portugal tem planos específicos para os viajantes.

São duas as espécies de chips vendidos: os chips de ligações e os chips de Internet. Especificamente quanto a esse último, os preços são os listados abaixo:

A velocidade é boa tanto para downloads quanto para uploads, e com esse chip garante-se a conectividade durante as viagens.

Ainda há a possibilidade de comprar um hotspot mobile WiFi 4G, que faz o compartilhamento de Internet com até 10 aparelhos simultaneamente (laptops, tablets e celulares), que custa 50 euros e vem com um chip de 1 GB para ser usado até às 23:59 do dia da ativação:

O melhor é que esse modem 4G é desbloqueado, ou seja, quando você retornar ao Brasil, poderá utilizá-lo normalmente para servir de hotspot WiFi de um chip 4G de Internet brasileiro (TIM, Claro, Vivo etc.).

E mais: para facilitar a vida dos viajantes que desembarcam no aeroporto de Lisboa, a Vodafone tem um quiosque no piso de desembarque, ou seja, já é possível pedir o Uber e usar a Internet assim que sair do aeroporto.

Conclusão

Achei o custo/benefício bastante atrativo desse serviço, e sem dúvida mais barato do que comprar chips pré-pagos de Internet vendidos por aqui.

E você, já usou esse chip da Vodafone em Portugal? Como costuma agir para garantir o acesso à Internet no exterior?

Tagged as: ,
  • Pedro Viajante

    Comprei um chip da Vodafone ainda no Aeroporto de Lisboa em Fevereiro, por 10 euros, com conexão válida por 15 dias. Entre Lisboa e Porto, de carro, passando por várias cidades, pude contar com conectividade praticamente o tempo todo. Essa promoção aí ainda tem um melhor custo benefício, vale a pena.

    • Fleco

      Tb comprei esse de 10 euros e me atendeu super bem.
      So uma dica, no aeroporto de Lisboa tem essa loja da Vodafone que há uma fila bastante grande e no embarque (que fica meio lance de escada acima) há uma outra loja que nunca tem ninguem

  • Pepeu

    Consigo utilizar em outros países da União européia com a mesma franquia e velocidade?

    • Albino

      Esse plano não.

    • what_the_hell??

      Eu comprei agora em Junho o chip vodafone para celular de 10GB por 20 euros e usei sem problemas, além de Portugal, na Bélgica, Holanda, Alemanha e Inglaterra! Pelo que ouvi falar tem uma legislação nova que exige isso, mas não tenho certeza!

  • Carlos Telles

    Toda vez que eu vou pra Europa dou preferencia pra Vodafone devido aos preços e cobertura, funciona de boa em toda união europeia, nunca tive problemas.

  • Raul

    Eu viajei mês passado e comprei um desse de 15 euros para usar em Portugal e outro para usar fora de Portugal, de 20 euros. Ambos cumpriram o prometido. Antigamente, mesmo que você comprasse o mais barato, com maior pacote de dados, ele também funcionava em outros países da Europa. Mas esse de 15 euros só funciona em Portugal, tentei usá-lo na Inglaterra e na Italia e não funcionou. Já o de 20 euros, que tem um plano de dados menor e inclui ligações, funcionou normalmente.

  • Flávio Mendes

    Site está com problemas, não estou conseguindo entrar p comprar!
    Pessoal vou para Portugal, Espanha e Itália, qual chip comprar p ficar 20 dias?

    • what_the_hell??

      Se vai descer primeiro em Portugal, o chip internacional da vodafone é a melhor pedida!

  • Observando Fato

    CONTRA PONTO.

    Viajo com relativa frequencia e sinceramente nao vejo nenhuma necessidade da compra desses chips.
    Wi fi e I fi em paises do primeiro mundo em muitos centros urbanos sao liberados,
    Nos hoteis ha internet de alta velodidade……….
    Como GPS sao muito mais falhos que GPS especifico e há locais no mundo que nao ha sinais de antena telefonica…..
    Ao colocar o chip seu numero de celular é desativado e eventual mensagens, inclusive de companhias aéreas nao as receberá.
    Enfim, gostaria de apreender para que essa despesa é efetivamente uti?
    Nos ultimos 5 anos estive 2 vezes em Portugal nao contratei nenhum desses chips e nao me fez nenhuma falta.

    sds

    Celso

    • Guilherme

      Celso, ótimo contraponto!

      Vai virar assunto de um post próprio, já que os debates nessa área podem ser muito produtivos.

      Apenas uma observação em relação a um trecho específico de seu comentário: não é preciso colocar necessariamente o chip no celular. Basta inseri-lo num hotspot mobile 4G que não se perderão eventuais mensagens recebidas em roaming.

      Abraços!

    • Fábio

      Antes de viajar para qualquer destino tenho padrão de baixar os mapas offline do Google. Assim, mesmo sem conexão, meu celular fornece a rota de um ponto A para o ponto B. Claro que essa rota não incluirá variáveis como o trânsito e pode não ser a mais rápida, mas ajuda a não se perder em um local desconhecido

      • Observando Fato

        Exatamente, em breve isso estara explicado num Guest post que acredito o Guilherme nao ira me boicotar.
        Sou ainda mais previdente, em alguns casos, imprimo em papel mesmo. La no futuro post entendera porque.

        sds

        • Fábio

          Eu não chego a imprimir no papel, mas antes de alguns trajetos costumo estudar a rota no mapa e tirar prints e fazer anotações dos principais pontos no caminho.

          Já percebi que o mapa offline muitas vezes não dá a melhor rota, e em alguns casos caso você opte por um caminho diferente ou tenha problemas no GPS pode acontecer de fazer você andar em círculos. É bom usá-lo como referência, mas não uma verdade absoluta

    • Rogerio_USA

      Sempre utilizo pois cada um tem sua necessidade ou não, porém seu ponto é bem relevante, por isso que tenho um aparelho com dois chips, a fim de manter o numero Brasil ativo.

      • Observando Fato

        Rogerio_USA,

        Como meu aparelho so tem possibilidade de 1 chip, nem avalio esse tipo de aquisiçao.
        Entretanto, se tivesse possibilidade do segundo chip, nao consigo ver no que isso é realmente útil.
        Querendo me ensinar estou aberto a novos conhecimentos.

        sds,
        Celso.

        • Rogerio_USA

          Caro Celso, longe de eu ter essa pretensão…. afinal, sou novato em viagens, e desde já agradeço muito tudo que já compartilhou e pude aproveitar com suas dicas preciosas, muitas informações!
          No caso específico do chip de dados, e no meu caso particular, portanto avaliação exclusivamente pessoal, para não ficar dependente de wi-fi dos centros urbanos e hotéis (eventual indisponibilidade ou inatividade), considero melhor adquirir um chip de dados ilimitado (claro que pode ocorrer mau funcionamento também), porém, entendi seu argumento, seria um custo, talvez, desnecessário.

          • Observando Fato

            Estimado Rogerio_USA,

            Entao diante do que disse estamos em total sintonia.

            sds,
            Celso

    • Carlos Telles

      Isso depende de cada um, eu também viajo com relativa frequência para Europa (pelo menos umas 5 vezes ao ano) e não consigo ficar da dependência de wifi, se o valor do chip for plausível eu compro. O fato de estar viajando sozinho conta muito também, pois gosto de poder me comunicar a qualquer momento. Um exemplo onde fiquei sem 4G foi em israel, onde um chip com 1gb de dados custa 60 euros, falo absurdo e Tel Aviv não é tão coberta por wifi assim, e me fez falta. Sobre a questão de não ter o numero e deixar de receber um sms, isso pra mim não tem importância pois todas as empresas que podem me enviar sms possuem aplicativos, logo a mensagem chegaria para mim de qualquer forma.

      • Observando Fato

        Carlos,
        Como deseja ter possibilidade de comunicar-se a QUALQUER MOMENTO, parece-me nesse caso o custo beneficio do chip aceitavel.
        Como isso nao me afeta tanto nao vejo real necessidade para mim do chip.

        sds,
        Celso

    • Nuno

      Por outro lado, quando o celular tem dois slots para chips, um pode ser o principal para chamadas,e o outro apenas para dados ntão não se perde conectividade.
      Usei na última viagem a Portugal e valeu a pena, especialmente quando se viaja bastante de carro, tem filhos para entreter durante a viagem, ou é preciso viajar de noite e saber que se tem conexão à internet no meio da planície Alentejana dá uma paz de espírito que, pelo preço, vale a pena.

      (Disclaimer: a Vodafone Portugal não pagou um centavo a este tuga aqui! – mas aceito começar carreira de digital influencer!!)

      • Observando Fato

        Nuno,
        Apple nao tem dois slots e i phone X é coisa dos Guilhermes da vida.
        Xing Ling nao compro de jeito nenhum.
        Meu i phone 3 me atende totalmente.
        No caso especifico dos filhos pode ser uma boa relaçao custo beneficio dispor do chip com dual slots.

        sds,
        Celso

    • Cristiano Andrade

      Aliás para GPS é só baixar o Google Maps offline. O problema é que o off-line não funciona direito para caminhos a pé ou de transporte público, mas aí é entrar num hotspot e fazer o caminho.
      Quanto a utilidade, só se você realmente precisa ficar conectado 100% do tempo

    • Leandro Godinho

      Eu entendo que para algumas pessoas não faça falta, mas tem que ser um tipo muito específico de viagem. Grandes centros, muito tempo dentro do hotel, tudo MUITO planejado ou decidido e/ou resolvido por terceiros. Acho muito fácil encontrar vários motivos para comprar um sim card.
      Wi-fi é liberado, como vc disse, em muitos centros urbanos, mas não em todos, e sempre há pontos cegos. Nessa hora, vc pode simplesmente estar em uma vizinhança sem cobertura de wifi e quer achar um bom restaurante, um café legal, o transporte público de volta pro hotel…
      Na estrada, então, justifica muito o (pouco) investimento. Por 10 euros vc tem GPS a viagem toda, contra uns 10 euros por dia do GPS alugado com o carro (esse sim eu vejo como um investimento que não entendo nos dias de hj). (Tb uso mapas offline, por precaução. Ajudam, mas são apenas um plano B.) Já usei até em sítios arqueológicos para obter mais informações sobre algo que me interessou pontualmente, sem ter que pagar os tubos por um guia. Já usei no meio do deserto, tb em deslocamento de ônibus entre cidades, tb em praias distantes pra encontrar uma possível praia próxima maneira.
      Quanto ao chip do seu número doméstico, é realmente um problema se o seu telefone é de apenas um chip. Mas aéreas sempre mandam email tb e pessoas mandam zap. SMS não faz assim tanta falta.
      Enfim, cada um com suas necessidades e estilos ou manias de viagem. Eu, particularmente, vejo como um investimento tão baixo, mas que te dá uma liberdade tão grande, que sequer cogito a possibilidade de não ter internet no celular quando viajo.

  • Henry

    Nos EUA eu tenho um celular (custou uns US$ 50.00, se não me engano) que só funciona com o chip da T-Mobile…. aí, ele funciona como modem para todos os celulares da família.. e assim eu não fico sem receber mensagens no meu celular…
    Realmente não faz muito sentido ficar sem o seu celular(número) principal….
    Quanto a ter internet free a todo momento, lá nos EUA não isso não.. nos hotéis sim, mas nos outros lugares não… mesmo que vc tenha aquele aplicativo que localiza wi-fi´s pela área…

  • Flying_B

    Seria legal SIM, se houvesse o plano para E-Sim Card (Apple) , compatível para os novos Iphones (XR, XS). Muito mais prático de que ficar comprando chips e planos. Basta assinar o plano e pegar o código e habilitar no celular. Pronto, a linha tá e o plano na hora. O legal é que seu chip original fica no telefone, e vc pode deixar ele desabilitado. Costumo usar o serviço da GIGSKY (cobertura mundial) para o novo E-SIM (chip eletrônico da Apple).

    • Observando Fato

      Flying_B,

      Em teoria voce esta corretissimo.
      Na pratica, NUNCA tive problemas com uso de redes publicas, porém tomo alguns cuidados.

      sds,
      Celso

  • Nuno Meireles

    A NOS disponibiliza 20 € por mês 60 GB

  • Observando Fato

    Gente,

    Isso nem o perrengueiro do Guilherme deve saber!
    Quem tem MASTERCARD BLACK tem direito ao uso de 1.000.000 de Hot spots ao longo do mundo , com alta velocidade e GRATUITO, vejam isto.

    https://www.mastercard.com.br/pt-br/consumidores/encontre-seu-cartao/cartoes-credito/mastercard-black/viagens/boingo.html

    Requer cadastro e uso ILIMITADO WORLD WIDE!

    Mata a pau qualquer chip!

    Sds Guilherme! kkkkkk

    • Flying_B

      Visa Infinity também, através da Boingo.

  • Andre Finanças

    Acabei de chegar de Lisboa, comprei um chip da MEO, um forte concorrente por indicação dos meus amigos portugueses. CUSTO 3€, validade 15 dias. Usei a internet e roteava o sinal com o aparelho da minha mulher. Excelente conexão, além do autocarro e do comboio como já comentaram. Iria comprar Vodafone, mas vi que podia usar essa diferença pra usar no cartão Lisboa tour.
    Bom passeio pra vocês.

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 0 Flares ×