[Guest post] Avianca Brasil – relato de v?o nesta semana e reconhecimento a quem merece

A lenta e dolorosa morte da Avianca Brasil est? repercutindo e gerando in?meras consequ?ncias no ?mbito da avia??o comercial brasileira.

Por?m, ? preciso esclarecer que, mesmo em meio ao caos, ainda h? algo que mere?a ser compartilhado de forma a enaltecer, valorizar e dignificar o trabalho daqueles que se esfor?am em tornar mais amena a situa??o dos passageiros, passageiros esses que ser?o, ao lado dos empregados da Avianca Brasil que perder?o seus empregos, os mais prejudicados nessa hist?ria toda.

Dentro desse contexto de mostrar um pouco o que est? ocorrendo nos bastidores, especialmente do ponto de vista de quem est? “sentido na pele” tantos problemas, segue o relato do leitor Renato a respeito de uma experi?ncia vivenciada nessa semana.

…………………………..

Os fatos.

“Eu tinha v?o nessa semana, da Avianca Brasil, de Salvador para Congonhas, ?s 4h50. Tentei no dia anterior fazer o checkin online.

Deu erro informando status “Em espera” e recomendando ir ao aeroporto resolver. Liguei na Avianca, e me informaram que devia ser intermit?ncia do sistema, para tentar mais tarde. Tentei ao longo de v?rias horas, sem sucesso.O v?o era 4h50, e cheguei ?s 3h.

Fui informado que o v?o j? estava lotado h? algumas horas (provavelmente desde a 1a vez que tentei o checkin online), pois haviam reacomodado pessoas de diversos v?os de dias anteriores, e que eu deveria colocar o nome em uma lista e aguardar, que estavam reacomodando por ordem de chegada.

Ao longo de v?rias horas, funcion?rios vinham informar de reacomoda??o de pessoas de v?os para locais que a Avianca n?o est? mais operando, e alguns tamb?m para S?o Paulo, mas numa vaz?o obviamente muito menor que a necess?ria para escoar todos os passageiros.

Entre bagun?as, desorganiza??o, pessoas de v?os futuros passados na frente (n?o eram prioridade por lei), muita reclama??o e paci?ncia, enfim fui reacomodado em v?o da Latam das 14h40, chegando em S?o Paulo 17h15, 10h ap?s o que pretendia chegar, e perdendo compromissos que tinha.


Observa??es e reconhecimentos

A situa??o da Avianca ? lastim?vel.

? triste ver uma boa companhia se desfazer dessa forma.

Por?m, acho justo reconhecer o empenho dos funcion?rios da Avianca de Salvador, que mesmo havendo muitos com sal?rios atrasados e com risco de demiss?o a qualquer momento, se dedicaram a atender e auxiliar os passageiros.

Ainda que tenham havido confus?es, boa parte deles foi bem sol?cito, se mantiveram calmos e explicando na medida do poss?vel o andamento das reacomoda??es.

Obrigado a todos por terem conseguido na medida do poss?vel realocar os passageiros em v?os de outras companhias.

Aqui cabe uma explica??o: vai de as outras companhias disponibilizarem vagas para acomodar os passageiros da Avianca que ficaram sem v?o.?At? onde entendi, a Avianca n?o paga para essas reacomoda??es, ficando os passageiros sujeitos ? boa vontade das outras empresas para conseguirem voar.

Neste sentido, ao menos no aeroporto de Salvador no dia 02/05, vale elogiar a Latam, que desde a madrugada foi fornecendo vagas em seus v?os conforme disponibilidade. Infelizmente, enquanto estive l?, n?o vi quase nenhuma vaga oferecida por Gol e Azul, n?o contribuindo para reduzir o tumulto e o desconforto dos passageiros que aguardavam.

Por mais que eu entenda o cen?rio de concorr?ncia no mercado a?reo, n?o ? contra a Avianca que elas acabam jogando, e sim contra os passageiros que ficaram sem op??es e, em caso de urg?ncias e havendo condi??o financeira, tendo que pagar valores exorbitantes (vi v?os de curta dist?ncia por mais de R$ 2.000) para conseguir chegar minimamente a tempo a seus compromissos.

Vale tamb?m reconhecer o trabalho dos funcion?rios da Latam, pois houve certamente aumento de demanda em todas as etapas dos v?os, desde o checkin, passando pelo embarque (com restri??o de espa?o para malas de m?o e necessidade de despachar diversas malas direto no port?o para acomodar a todos), aeromo?as no atendimento durante o v?o e pilotos voando com avi?es mais cheios que de costume.?

Considera??es finais

N?o trabalho, n?o tenho participa??o nas empresas, nem tenho parentes nem amigos empregados por companhias a?reas, at? onde eu sabia.

Resolvi relatar o que passei na esperan?a de ajudar outras pessoas passando por essa situa??o, e tamb?m elogiar quem est? l? batalhando enquanto o navio afunda para salvar quem ainda conseguirem.

………………………………

E voc?, tamb?m tem um “causo” pra contar em rela??o a um voo da Avianca Brasil que precisou ser realocado?

Agrade?o ao Renato pelo envio de seu depoimento, bem como refor?o os parab?ns a todos aqueles funcion?rios (das empresas a?reas) que est?o se esfor?ando para minimizar ou atenuar o sofrimento dos passageiros nesses dias dif?ceis.

Tagged as: