Ganhe de 2 mil a 4,5 mil pontos Le Club Accor assinando a revista britânica The Economist

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 0 Flares ×

promoção é válida para novas assinaturas realizadas até 31 de maio de 2019, sendo que o valor dos pontos a receber é proporcional ao preço que se paga na assinatura.

Para acumular o valor de 4,5 mil pontos Le Club – que corresponde a 2 vouchers de 40 euros cada, e mais 500 pontos que equivalem a 10 euros (totalizando 90 euros) – é preciso realizar a assinatura mais cara, de USD 755, válida por 2 anos, que contempla as edições impressas + as edições digitais.

Conclusão

Uma boa oportunidade de acúmulo de pontos extras Le Club, para quem já pensava ou tinha em mente realizar a assinatura dessa revista.

Pena que a promoção de 2018 estava melhor.

  • Luiz De Freitas

    … não recomendo esse engodo a ninguém … assinei por 3 meses na campanha para ganhar Avios da Ibéria … nunca recebi os Avios e não havia qq aviso de ser uma oferta que seria continuada após 3 meses e desde então vivem tentando debitar meu cartão de crédito a despeito de eu ter usado um cartão virtual … há alguns dias mesmo com todos esses cuidados ainda assim conseguiram debitar US$39 no cartão … liguei no banco e não reconheci o débito e ainda cancelei o particular cartão de crédito e solicitei a emissão de um novo cartão … não recomendo a pessoas de bem …

    • Observando Fato

      Luiz,
      Independente do incorreto procedimento comercial contigo, algumas consideracoes.
      1- O que a revista The Economist tem de táo exclusivo que imediatamente não possa ler na internet, muito antes da edição chegar no seu endereço?
      2- USD 755 de custo para uma assinatura de dois anos, descontando-se os 90 euros da promoçao lhe dao algo como USD 650 de custo imediato.
      Em São Paulo hoje a VIVO por exemplo oferece conexao de 300 MB ilimitada por 28 USD/mes. totalizando USD 670 pagos em 24 parcelas.
      A cobertura da net é imensamente maior que a oferecida pela The Economist, mais barata , etc, etc, etc…………..

      Somente se for Venezuelano valeria a pena tal contratação.

      sds,
      Celso.

      • Luiz De Freitas

        … não me interessei pelo conteúdo da The Economist … somente fiz o click para ganhar os Avios que nunca foram creditados … inclusive não gosto do conteúdo e da linha editorial deles … manchetes sensacionalistas e com um claro viés esquerdista … e foi uma assinatura digital … não havia revista física chegando em casa!

  • Jorge Pizarro Revival

    400 dólares por 1 ano de assinatura? Devem estar com poucos assinantes, pois com esse preço alguns milhares já devem cobrir a folha de pagamento da publicação. Passo

  • Henry

    Por mim, em se tratando de The Economist, se eles derem 1 milhão de pontos Le Club para assinarem a revista deles pelo período de 10 segundos eu não faço..
    Quero mais que essa revista se exploda.. sempre que publicaram coisas sobre a economia brasileira foi com o claro viés de dar suporte à especulação selvagem, que, invariavelmente, causava prejuízo às pessoas e ao país…
    Que se detonem, se imolem em praça pública, com as revistas enf… no …..

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 0 Flares ×