Livelo tem ida e volta para Munique, Frankfurt e Paris a partir de 45 mil pontos

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 0 Flares ×

Segue o press release:

“A Livelo, uma das maiores empresas de recompensas do Brasil, lança nesta quarta-feira mais uma promoção no Mês do Consumidor. Até o próximo dia 20, clientes podem resgatar passagens de ida e volta para Munique, Frankfurt e Paris por a partir de 45 mil pontos Livelo.

Os resgates são para voos partindo de São Paulo e do Rio de Janeiro e estão disponíveis para ida entre os dias 15 de maio e 14 de junho e volta entre os dias 23 de maio e 24 de junho.

Todas as opções desta oferta podem ser encontradas NESTE LINK, onde os clientes podem selecionar os pontos de partida e filtrar as possibilidades de passagens, datas e valores. Os preços estão sujeitos à alteração, assim como a disponibilidade de assentos. Confira abaixo os destinos selecionados e condições:

  • Munique – a partir de 45.000 pontos ida e volta (taxas a incluir)

  • Frankfut – a partir de 45.000 pontos ida e volta (taxas a incluir)

  • Paris – a partir de 50.000 pontos ida e volta (taxas a incluir)

Vale reforçar que as taxas não estão inclusas nos valores e que, na Livelo, o cliente tem a liberdade de escolher pagá-las em dinheiro ou utilizando seus pontos. Além disso, os voos emitidos com pontos ou com a opção “Pontos + Dinheiro” – para quem não tiver pontos suficientes – na agência de viagens online da Livelo também são válidos para juntar milhas. Ou seja, além de trocar seus pontos pela recompensa, o participante ainda junta novos pontos no programa da companhia aérea escolhida por conta dos trechos voados”.

Conclusão

Semana do Consumidor? Dia do Consumidor? Mais uma data “comemorativa” comercialmente inventada para servir de mote para impulsionar as vendas do comércio num mês (março) em que não há nenhuma data comemorativa “fixa”.

Quanto à promoção da Livelo, pode interessar para quem já tinha viagens para os destinos em mente, nas datas elegíveis, e com pontos acumulados no Livelo, já que o Multiplus e principalmente o Smiles costumam cobrar no mínimo 30 mil a 35 mil pontos a perna.

Tagged as:
  • Henry

    Smiles normalmente cobra 45k a perna na Alitalia. .
    Simulei GIG/CDG deu 50k, ida e volta, com 1 mala despachada grátis… ida LH e volta Swiss. Mas as taxas aeroportuárias estavam R$ 563,00..
    É esse preço mesmo????

  • Henry

    HOT(*) do dia:
    Trump acaba de proibir o voo dos 737-MAX em solo americano…
    E aí, sobrou algum lugar do mundo onde se possa voar nessa aeronave ???

    Ah, sim, na Coréia do Norte.. só pra contrariar o gorducho maluquinho está autorizando que pilotos rebeldes do capitalismo possam pedir asilo aeronáutico no país dele..(literalmente falando… )
    Fonte: G1…
    (*) Henry Off Topic…

    • Henry

      Só lembrando ao Srº Guilherme: o Henry não deu no G1… a notícia é que deu por lá….. kkkkkkk

      • Guilherme

        rsrsrsrsrsrs….. tá certo, Henry, tá certo!

  • Henry

    O pedido partiu da própria Boeing e vale para todos os modelos MAX, 8 e 9..
    “…..
    Com a decisão, a FAA acata parcialmente um pedido da Boeing feito pouco antes. A fabricante solicitou que a agência recomendasse ao mundo inteiro a interrupção dos voos com o 737 MAX – e não apenas aos EUA.

    A própria Boeing escreveu que os modelos não devem voar enquanto durarem as investigações, medida que considera “zelo em excesso para assegurar a segurança da aeronave ao público”. “A Boeing continua a ter total confiança na segurança do 737 MAX”, diz o comunicado……”
    Texto acima retirado do G1….

    • Fábio

      E quem paga o prejuízo dos operadores da aeronave com essa interrupção? A própria Boeing? Imagino o desespero das empresas com parcelas vencendo do financiamento / leasing da aeronave, e sem poder faturar com estes ativos. E o pior, em alguns casos terão que alugar outros aviões pra cobrir essa brecha temporária (não se sabe por quanto tempo), sem falar do aumento dos custos operacionais (como, por exemplo, com a inclusão de paradas técnicas nas rotas de longa distância da Gol).

      • Fábio

        Norwegian já respondeu: “It is quite obvious we will not take the cost related to the new aircraft that we have to park temporarily… We will send this bill to those who produce this aircraft.”

      • Henry

        Isso é um problema da cia. aérea + empresas de leasing + fabricante do avião ( esse em maior parte )… eles que se entendam entre si…. muito provavelmente algumas seguradoras arcarão com prejuízos, pois o ramo deve ter seguro….
        O consumidor ñ pode ser penalizado, mas tb ñ é ético tentar tirar proveito da situação para se beneficiar….
        Agora é ter boa vontade para achar soluções aceitáveis para as partes…
        O importante é que o episódio sirva de lembrança constante para os fabricantes de aviões e para as cias. aéreas….

    • SirNiXXon

      Acrescentando: Canadá já havia também declarado a suspensão. E a Copa Airlines emitiu nota oficial (tá no site deles) dizendo que as operações deles com o MAX 9 também estavam suspensas

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 0 Flares ×