Dúvida do leitor: onde eu devo creditar as minhas milhas de voos pagos com dinheiro?

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 0 Flares ×

Segue a dúvida do leitorJosé de Almeida Barreto Junior:

“Caro Guilherme, bom dia.

Antes de mais nada é um prazer estar de volta.

Não sei se este é o canal, mas preciso de uma ajuda quanto ao acúmulo de milhas.

Tenho:

6 trechos da Copa (1 => GRU – PTY // 1 => PTY – SFO // 2 => SFO – PTY // 2 => PTY – GRU), todos em executiva;

2 trechos Lufthansa (1 => FRA – PEK // 1=> PVG – FRA), todos em executiva;

4 trechos Ethiopian (1 => GRU – ADD) – econômica e (1 => ADD – PVG // 1 => PVG – ADD // 1 => ADD – GRU), todos iniciaram como econômica, mas fiz upgrade, pagando, para executiva.

Todos os trechos foram comprados com dinheiro.

A ajuda que preciso é para me orientar nas possíveis opções, pois esqueci de pontuar e os prazos para pontuar já expiraram nas duas primeiras, ficando apenas a Ethiopian ainda ativa.

Fiz uma pesquisa e o programa Amigo ainda permite o acúmulo (12 meses).

Sei que como não me resta opção…….mas gostaria de uma opinião sua, inclusive sobre o programa e como deveria ser minha saída.

Desde já, agradeço sua sempre pronta ajuda.

Abraço

Paz e bem

Barreto Junior”.

Eu havia pedido a classe tarifária onde foram comprados os voos, e a resposta do José foi a seguinte:

“Vamos lá:

6 trechos da Copa:

29/04/18 – (1 => SFO – PTY // 1 => PTY – GRU) – Tarifa “J” os dois trechos.

09/06/18 – (1 => GRU – PTY // 1 => PTY – SFO) – Tarifa “D” os dois trechos.

19/06/18 – (1 => SFO – PTY // 1 => PTY – GRU) – Tarifa “D” os dois trechos.

2 trechos Lufthansa:

19/07/18 – (1 => FRA – PEK) – Tarifa “P”
02/08/18 – (1 => PVG – FRA) – Tarifa “P”

4 trechos Ethiopian:

14/09/18 – (1 => GRU – ADD) – Tarifa “K”
14/09/18 – (1 => ADD – PVG) – Tarifa “K” – fiz up grade para a executiva antes do voo – mas não sei qual a tarifa que passou a ser
21/09/18 – (1 => PVG – ADD // 1 => ADD – GRU) – Tarifa “K” – fiz up grade para a executiva antes do voo – mas não sei qual a tarifa que passou a ser

Estes três últimos trechos da Ethiopian eu mandei um email, para a central deles, em ADD, perguntando qual a tarifa. O escritório de SP não conseguiu me dar esta informação. Em SP eles procuraram pelo número do bilhete mas só encontraram a Tarifa “K”. Alegaram que eu poderia pedir as milhas que ao confrontarem com o upgrade eles automaticamente já fariam a conversão, mas não senti segurança na fala deles (SP).

Caso você tenha alguma outra sugestão….

Desde já meu muito obrigado pela sua sempre pronta disposição.

Abração.

Paz e bem

Barreto Junior”

Conclusão

Quanto às duas primeiras viagens (Copa e LH), seria preciso verificar se algum programa ainda aceita os créditos retroativos, tendo em vista a data de realização das viagens mencionadas. Provavelmente já deve ter expirado o prazo em todos os programas, como disse o leitor.

Já para os voos na Ethiopian, de acordo com o Where To Credit, a classe tarifária K rende 50% de milhas nos programas Amigo Avianca e Victoria TAP, que seriam as primeiras opções que me vieram em mente, dada a facilidade de complementar o saldo de milhas com transferências de pontos de cartões de crédito.

Contudo, penso que a resposta final dependerá dos tipos de resgates que o leitor quiser, se ele usa bastante ou pretende usar o Amigo, por exemplo. O Victoria TAP me parece uma opção menos arriscada, mas ainda assim dependeria da vontade do leitor de resgatar milhas por esse programa.

Por último, vale lembrar que a situação da Avianca Brasil está cada vez mais complicada, conforme relatos dos leitores nos comentários aos últimos posts, o que confere certa insegurança na transferência para o Amigo.

E você, o que acha?

  • Cainã Lopes

    Também estou na dúvida em uma passagem Latam, poa-gru-fco-gru-poa, classes y e g. Acumulando na Multiplus serão cerca de 2000 milhas que no meu caso acabam sem muita utilidade. Pontuando na Finnair são pouco mais de 11mil milhas. Posso transferir Finnair Le Club por 3500 = 500. Ou seja, pouco mais de 1500 pontos no Le Club que me rendem 30 euros. Estou correto? Alguma ideia melhor? Claro que a quantidade de milhas não é significativa, mas ainda assim gosto de saber que fiz o melhor uso possível..

  • Lucas

    Depende do objetivo.. se o objetivo for status, poderia pontuar no programa da Asiana que é o mais generoso, dá 2 anos para qualificação e requalificação. A tabela de resgate também é boa, porém não temos como complementar com pontos de cartão de crédito e qualquer emissão tem que ser feita no call center da Coréia do Sul rs. Outra opção é o da United caso vc tenha um perfil de viajar para os EUA.

    Se o objetivo for resgate, eu sigo o Guilherme e adiciono o Avianca Lifemiles, que é um parceiro Livelo mas tem um deságio na transferência 1,3:1. Pode sempre aparecer uma promoção.

  • Rico

    A calculadora do wheretocredit é confiável? Porque ela mostra melhor os valores a se receber; a EVA e Aegean encabeçam. Porém, entretanto, todavia, é como Lucas falou aí: depende do objetivo (Status? Voos avulsos? Médio prazo?)

  • Rico

    A propósito, como foi sua experiência com a Ethiopian, José? Passou a noite em ADD? E por quanto conseguiu a mudança de econômica para executiva? 🙂

    Como diz Guilherme, a caixa de comentários é um tesouro. 🙂

    • Nuno

      Acompanho a pergunta: como fez o upgrade da classe K para executiva?
      Com milhas, na Star Alliance, normalmente só com as tarifas mais caras (e aí mais vale procurar um vôo em executiva e creditar muito mais milhas)
      Imagino que tenha sido paga.

  • VLB

    Aproveitando o post, onde ficar melhor pontuar Air euro e KLM ? Tenho dois tickets GRU – AMS que ainda não pontuei. Sugestões são bem vindas.

  • Daniel Gadelha

    Eu pontuaria na United ou LifeMiles.

  • Fábio

    Pior o meu caso no ano passado. Comprei uma passagem pagante pela Royal Jordanian entre Amã e Sharm el Sheik no Egito.

    Uns dez dias depois do voo cheguei ao Brasil e com o comprovante em mãos fui preencher o cadastro para pontuar pela Latam Brasil, onde era necessário preencher aquele formulário padrão. O problema é que na p**** do formulário é necessário preencher o aeroporto de origem e destino, porém não constava nas opções o aeroporto de destino (Sharm el Sheik). Então, como não era possível mandei uma mensagem ao atendimento ao cliente explicando a situação, anexando o comprovante do voo, e perguntando como deveria proceder. Umas duas semanas depois recebo a resposta de minha mensagem de uma funcionária que obviamente não havia lido meu e-mail anterior. Repeti tudo, abri outro chamado, etc. Conclusão: acabei desistindo pela incompetência da LATAM e porque os poucos pontos que ganharia não compensariam o trabalho e stress

  • Thiago Soares

    OFF TOPIC:

    Azul com bonus de 80% para Clientes Tudo azul e 200% para Clientes clube tudo azul na compra de pontos. e parcela em 3x

  • lucas gama

    Há casos em que o bilhete continua pontuando na classe original e os benefícios do upgrade são apenas durante o voo.

  • Rico

    O josé quer ajuda, mas não ajuda os outros. 😀

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 0 Flares ×