Dica do leitor: Siesta Box – descanso no aeroporto entre conexões em BSB

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 0 Flares ×

Mais uma preciosa dica do leitor Ricks007:

“No Aeroporto de Brasília tem uma tal de Siesta Box.

Não sei se já divulgou isso, mas pode ser uma boa para quem quer descansar entre conexões…”

Busquei mais informações, e o site oficial diz que está presente em Recife e Campinas também. Eis a proposta do serviço:

No SIESTA BOX você poderá encontrar um alojamento de qualidade internacional em um ambiente com temperatura controlada, silêncio e total acesso a Internet.

Aqui você poderá usar o tempo entre vôos para descansar ou trabalhar com conforto, segurança e privacidade. Dispomos de quatro cabines isoladas contra ruídos, WiFi, TV a cabo, controle de temperatura e tomada universal. Equipado com um moderno sistema de controle, oferece autonomia e usabilidade aos seus ocupantes.

 Veja os alguns serviços disponíveis

  • Cabines com 1 e 2 camas

  • Aparelho de TV

  • Wi-Fi com acesso a Internet

  • Ar condicionado”

Tabela de preços:

Conclusão

Pode ser um serviço útil para quem prioriza privacidade, e não quer ou não pode sair do aeroporto, entre conexões.

Agradecimentos ao Ricks pelo envio da notícia!

 

Tagged as:
  • Edgard Souza Junior

    mas o preço, meio salgado, os aeroportos tem muita área ociosa, poderiam fazer até hotel dentro…

  • Henry

    Me lembrei de uns hotéis japoneses, tipo cápsula/gaveta de cemitério suspenso… rsrs..
    A ideia é realmente ótima.. já o preço não….
    Mas… como tem cabine com 2 camas.. de repente a galera que trabalha no aeroporto e quer “dar um soninho rapidinho acompanhado”, pode se beneficiar…
    Resta apenas saber se o isolamento acústico é bom……rsrs…

    • Observando Fato

      Henry,

      Há mais dois outros aeroportos no Brasil com o serviço, além da capital federal.

      Achei como voces o preço irreal pelo serviço. Nao usaria.

      sds.

      • Henry

        Se fosse na opção:
        “dar um soninho rapidinho acompanhado”, dependendo da pressa de “tirar o soninho”, eu pagava qq valor….
        É uma ideia apenas…. rsrs

  • Guilherme

    Concordo com vocês, achei o preço caro.

    • Henry

      Sim.. o preço é.. mas a opção não deixa de ser ótima…
      Pior é o cara dormir direto lá dentro… além de perder o voo, vai pagar uma baba de estadia…. rsrsrs…

    • Ricks007

      Achei interessante a ideia, mas o preço longe de ser algo atrativo. Acho que se aplica mais para uma emergência (tipo pais com filhos com necessidade de dormir um pouco antes de pegar um voo), mas mesmo assim o preço é bem salgado.

      • Guilherme

        Sim, Henry e Ricks, aproveitaram as áreas ociosas e inventaram um serviço.

        A ideia em si é bacana, mas é preciso diminuir os preços, para o serviço ter mais atratividade. Fica a dica para os administradores do Siesta!

    • Daniel Gadelha

      Poderia ter uma parceria com o Priority Pass, não acha?

      • Guilherme

        Realmente, e parece que nos EUA o Priority tem convênio com as Minute Suites, com proposta parecida!

        • Daniel Gadelha

          Exatamente. Sendo que o Minute Suítes tem uma estrutura de quarto mesmo, estilo o Sleep Inn Slaviero que tem em GRU.

          • Guilherme

            Hum, interessante! Fica aí a sugestão pro pessoal que gerencia o Siesta Box!

  • Guilherme

    olha, se for usar a cabine como se fosse um motel o preço tá bom

    • Henry

      Que isso… motel nunca…
      Mas.. se for usar para “…..dar um soninho rapidinho acompanhado….”, aí tudo bem…
      Vc economiza dinheiro com o Uber e/ou estacionamento do aeroporto ..
      E economiza tempo, podendo resolver o seu “problema de sono acompanhado” ali mesmo…. ou seja, vc poderá ter mais tempo para “dormir acompanhado”…rsrs
      Motel.. que isso ?? dentro do aeroporto ???
      Pra quem tem medo de voar e tem o fetiche de “dormir acompanhado” em banheiro de avião tb é uma boa…. rsrs

      • André Mesquita Assunção

        Nesse caso o empreendimento em questão é falho por nao haver chuveiros e nem sanitários, obrigando seus usuários a embarcarem com o conforto e higiene comprometidos

        • Henry

          Rapaz… o empreendimento não falhou não… parece que eles disponibilizam aquelas toalhinhas úmidas, que se usa pra limpar bebê…
          Parece até que, em cima da prateleira onde tem a caixinha com os lenços umedecidos, têm uma placa com os dizeres:
          “… Usou Pampers, tá novo…..”
          Além do mais, aquilo lá não é motel.. mas sim um lugar para “….dar um soninho rapidinho acompanhado….”, ou seja, os “anjinhos” vão lá pra dormir…. rsrs…

  • Sílvio Carneiro

    Achei boa a opção. Fiquei naquele hotel em GUA antes de uma conexão, era muito claustrofóbico e caro. Para ficar em um lugar
    claustrofóbico pelo menos pago a metade do preço.

    • Sílvio Carneiro

      Consertando: GRU, em vez de GUA.

  • Daniel Gadelha

    Já tinha visto essas cabines em BSB, interessante!

  • Alison Pinheiro

    Usei este serviço em Campinas, apesar de achar caro (como acho quase tudo dentro de aeroporto), foi bem útil, então no final das contas achei que valeu a pena.
    Uma coisa que achei bem problemático foi ter um caixa de som bem alta pertinho das cabines, toda hora acordava de susto escutando: fulado de tal, última chamada. O som era muito alto.

  • Bruno

    Prefiro usar essa grana na cadeira de massagem rs

  • Carlos Telles

    Já tinha visto em campinas em 2017 e sempre estava as moscas.

  • Davi

    O preço não é baixo, mas, pra quem vai está entre conexões (especialmente se for de madrugada), é uma ótima opção.

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 0 Flares ×