Afundando cada vez mais: Avianca Brasil encerrará voos para Santiago, Miami e Nova York

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 0 Flares ×

Que horror!

Segue o press release:

A Avianca Brasil informa que, para adequar sua operação à atual demanda de passageiros, irá descontinuar os voos diretos que partem de Guarulhos com destino a Santiago do Chile, Miami e Nova York, a partir de 31 de março de 2019.

A empresa segue focada em garantir a sustentabilidade do negócio e em manter a excelência do atendimento, que está em seu DNA. Reforça que TODOS os demais 26 destinos estão preservados e que continua operando normalmente, com mais de 240 voos diários. Ou seja, assim como em dezembro – mês em que foi a aérea com o menor percentual de voos cancelados do País – seguirá transportando em segurança milhares de passageiros até seus destinos.

Passageiros impactados:
A Avianca Brasil entrará em contato com todos os clientes que compraram bilhetes para voos posteriores à data mencionada e os casos serão resolvidos individualmente.

Conclusão

Para mim, está claro que a Avianca Brasil será a próxima VARIG.

Uma pena que a empresa tenha sido tão mal administrada. O Amigo Avianca que o diga….. 🙁

Queimem seus pontos Amigo Avianca o quanto antes, não dá pra confiar nessa empresa.

E só espero que honrem as passagens-prêmio já emitidas em cias. Star Alliance para voos a se realizar até o final do ano de 2019 e começo de 2020, e que todos que já usaram seus pontos possam desfrutar dos voos Star Alliance e viagens já marcados. Ou será que até isso vai dar perrengue?

Tagged as:
  • Flying_FlyerBBB

    Situação delicada. Da noite pro dia acabou o encanto e a Cinderela transformou-se em bruxa. O amigo, virou muyAmigo da onça. A cia não pagou os fornecedores. Certamente um caso de tragedia empresarial absurda, como poucos que conheço na história. Parecia que estava indo tão bem…

    • Cassiano

      Na história das companhias né? Porquê tem tanto caso de falência por aí… hehehe dureza.

    • Ricks007

      Por mais raiva que tenho da Avianca, Amigo e Cia. limitada (no caso os gestores) fico muito triste com o restante dos trabalhadores sérios da empresa e os familiares, nós que temos passagens/pontos lá, o mercado que terá menos uma concorrente…. enfim, torço muito para que a situação se reverta, mas acho que conseguir uma solução é o mesmo que tentar achar uma agulha no galinheiro…

      • Henry

        Torço muito para que alguém compre a cia..
        É ruim para nós consumidores, com a diminuição da concorrência, pela qualidade dos serviços deles e tb pelo pessoal que fica sem emprego.. claro, com exceção daquela tal Diretor Executivo, o tal do Angelin…
        Por falar em Angelin… o pessoal não se deu conta que “angelim” é um tipo de madeira…
        Bem o que tal diretor era “cara de pau” mesmo…. mentiroso contumaz….

      • Flying_FlyerBBB

        eu também torço, pq com 4 os preços já estão na lua, imagina só 3

    • Henry

      A empresa teve um comportamento meio que “travesti”…
      Todo mundo pensando que era uma linda mulher a na hora do “vamos ver”.. apareceram as “coisas desagradáveis”…. rsrsrs
      Eu confesso que não entendi até agora o que aconteceu… eles sempre foram muito cautelosos no crescimento da cia… tanto que a malha deles no Brasil só atendia capitais ou grandes cidades…
      E eles sempre mandavam pro mercado a mensagem que cresciam com as próprias pernas… de forma sustentável….

      • Guilherme

        rsrsrssr…. não sei o que é melhor: os gifs do Celso ou os comentários sarcásticos do Henry……rsrssrs

        • Observando Fato

          Noticia excelente!
          Quem estava com voo INTER da AVIANCA BRASIL após 31-03 emitido com pontos a empresa propoe apenas RETORNO dos pontos na sua conta!
          Vixi, vai entupir o Judiciário.

          sds.

  • Carlos Telles

    Tenho uma passagem emitida com a Adria Airways para o começo de março, espero que não tenha problemas.

    • Henry

      Colega.. torce bastante… porque acho que a Adria não tem filial no Brasil.. se não honrarem o bilhete vc fica com o mico na mão…
      Não vai dar para acionar o JEC daqui do Brasil….
      Tomara que tudo dê certo pra vc… acho mesmo, que muito poucas pessoas devem ter comprado passagens no Amigo pra voar na Adria.. então, acho que vc não vai ter problemas….

      • Carlos Telles

        Olha tomara, por que eu estou fazendo uma rota na usual Sofia x Ljubljana e se der merda eu não tenho outro voo para pegar, pois não existe, esse é o único voo direto da semana. Todas as outras opções tem escala de no minimo 5 horas.

        • Luiz De Freitas

          … compre outra passagem em dinheiro ou com milhas de outra parceira da Adria e peça o reembolso das milhas Amigo … após receber a devolução emita voos em rotas nacionais para voar no curto prazo … assim agindo vc não correrá o risco de ter uma baita dor de cabeça em sua viagem entre Sofia/Ljubljana …

          • Carlos Telles

            vou aguardar mais um pouco antes de cancelar, essa semana o call center deve estar abarrotado de ligações. Comprar a passagem em grana sairá a 750 reais, sendo que paguei 26.000 mil pontos + R$230,00 de taxas.

  • Lucas

    Todo a os aviões dessas rotas serão devolvidos. Eram todos de leasing.

  • Rodrigo Rieger Maia

    Pqp e eu com 330k de pontos nessa merda ainda! Alguém tem uma sugestão de resgate??

    • Cassiano

      Vendi 210 em dezembro, sem pena…
      A empresa até hoje ainda não emitiu 1 passagem sequer, imagino que tão no perrengue.

      • adriano

        como assim nao emitiu? voce pediu resgate de pontos e nao emitiram? isso nao é AUTOMATICO na mesma hora?

        • Cassiano

          A empresa que comprou ainda nao emitiu… Eu vendi pra uma empresa.

          • adriano

            mas te pagaram ja?
            vc qdo vende na vdd so da o login e senha da sua conta para eles entrarem e emitir?

            • Flying_FlyerBBB

              sempre foi assim. Pagamento adiantado

              • what_the_hell??

                Qdo vendi em novembro para o hotmilhas tinha 2 opções: pagamento antecipado (foi o meu caso, com um valor de milha em torno de 5% menor) ou com o pagamento só depois de eles emitirem. Quem escolheu essa última opção pode, de fato, ter problemas. Na época ainda consegui R$ 21 o milheiro (pelo q me lembro).

    • adriano

      se quiser agente faz um rolo com pontos ai, to querendo comprar umas passagens rs

    • Henry

      Tente, não sei se vai conseguir, emitir passagens em parceiros da Star Aliance e que tenham filial no Brasil (Avianca Internacional, TAP, Lufthansa etc)..
      Porque se o bilhete for emitir e a Avianca Brasil não pagar é problemas entre os parceiros..
      Se ele se recusar a honrar a passagem, vc aciona o parceiro no JEC com ótimas possibilidades de ganhar….

      • Bruno Pinho

        já li que bloquearam a emissão nos parceiros Star Aliance….

  • Cristiano Ali

    Tenho 05 passagens emitidas United em 07/2019……mas se já estão emitidas…não podem cancelá-las correto??

    • Rodrigo Rieger Maia

      Correto

    • Observando Fato

      Emitiu quando, antes ou apos recuperacao judicial ? Náo pode ser bem assim. Depende de outros fatores.

      sds.

      • Cristiano Ali

        Foram emitidas em 16/10/2018….antes da RJ

        • Observando Fato

          Nesse caso, em principio sua viagem estaria garantida, DESDE QUE:
          1- A Avianca Brasil tenha remunerado o emissor e caso nao tenha remunerado ele opere no Brasil. Nesse caso o emissor tem responsabilidade solidaria e voce viaja acionando o JEC mesmo que o emissor nao tenha recebido da Avianca Brasil.
          2- Proteja-se, solicite da UNITED documento em que a emissao esta confirmada ou de um print de tela do site da UNITED confirmando a reserva.
          3- Aguarde noticias e se necessario tome providencias.
          No seu caso especifico acho altamente improvavel problemas.
          sds.

    • Henry

      Cristiano…
      Quando a United, mediante acordo com a Avianca Brasil aceitou emitir os bilhetes em seu nome, a partir desse momento, vc tem direito às passagens…
      Porque o consumidor não tem como saber se a United tem “crédito ou débitos” com a Avianca Brasil… (porque por outro lado, pode ser que os passageiros da United usem os voos domésticos da Avianca, para emitir, p. ex: IAH SSA, sendo o trecho GRUSSA operado pela Avianca…
      Então, existe uma conta acerto de débitos e créditos entre as duas que o consumidor não tem acesso…
      Ora, se a United em 16/10/18 liberou a emissão dos bilhetes, a partir dessa data o devedor é a Avianca e não você..
      Como a United tem filial no Brasil.. se não quiserem honrar… vc entra no JEC e tem imensas chances de ganhar a causa…

      • Cristiano Ali

        Na vdd vou ter problemas sim…. meu voo é GRU-HOU porem escala em MIA e acabei de ver ..não me recordava…. o voo GRU-MIA é o operado atual da Avianca O68512 que deixará de existir..e o voo interno MIA-HOU é o da United…..ou seja…com certeza vou esperar por problemas….

        • Henry

          Aí, ferrou se esses voos forem depois de 31/03…
          Tenta antecipar um ou dois voos desses…
          Os que não puder antecipar, tenta cancelar no Amigo, sem custos, receber as milhas de volta e tentar usar em voos domésticos, caso a empresa sobreviva à RJ…
          É o que dá pra fazer no momento…
          Tenha em mente que vc vai ficar com um “ativo” altamente perecível, que são as milhas Amigo… de repente elas podem não valer nada…
          Mas.. se a cia. for vendida, lá pra frente vc tem a possibilidade de usá-las…

          • Cristiano Ali

            Complicadissimo…nao tem como antecipar..sao ferias escolares….. é aquela famosa questão de ver o que fazer….ou pagar pra ver..

            • Henry

              Colega… pelo menos as reservas de hotéis/ locadora de carro, etc são do tipo cancelável ?????

              • Cristiano Ali

                Não havia feito….ainda..rsrs

                • Henry

                  Acabei de receber e-mail do Amigo com “promoções” de trechos nacionais…
                  Com eles só dá pra fazer reserva de hotéis / rent a car, do tipo cancelável… porque se não honrarem a passagem, a pessoa pode cancelar as outras reservas sem custos….

        • Flying_FlyerBBB

          Provavelmente vc vai de Avianca via Argentina ou Colombia, com a Avianca International. Pelo menos foi que eu li no Panrotas

  • Observando Fato

    A Avianca Brasil tem serios problemas de transparencia administrativa e o mercado pune com severidade tais praticas.
    Ate final de janeiro tinha informado que receberiam imenso aporte da UNITED.
    A United nega que esteja aportando recursos na Avianca BRASIL.
    Estou sentindo um cheiro de Varig no ar.
    Ou as manifestacoes dos gestores torna-se transparente ou vai quebrar.
    Primeiro era o preco do leasing muito alto,
    Agora as operacoes internacionais sao deficitarias,
    Devolverao todos os A330 que gera receita em USD e continuam gerando receitas em Real com boa parte da despesa em dolar??????
    Esse caminho escolhido parece com voar no precipicio com asa delta sem vento.
    Vejamos as proximas noticias.

    • Henry

      Celso…
      Quanto a receita em dólar na rotas para os EUA… será que é assim mesmo ???
      Veja… se a imensa maioria dos passageiros que voam para os EUA pela Avianca, compram passagem de ida e volta, normalmente eles pagam em R$, não é ???
      Eu penso que os americanos devem voar muito pouco pra cá através da Avianca…. esses sim, gerariam receita em US$…
      Meu raciocínio está errado ????

      • Anderson Cunha

        Acredito que ambos os raciocínios estão parcialmente certos e parcialmente errados. A grosso modo, quando o passageiro compra o bilhete aéreo, seja ele brasileiro ou norte-americano, a receita gerada é em real – com o dólar gasto pelo segundo convertido para o caixa da companhia aérea em real e as parcelas do financiamento do primeiro integralizada por empresas financeiras. Na ocasião do voo, a Avianca Brasil assume os custos, grande parte atrelada ao dólar – seja leasing de aeronaves, combustível, contratos com prestadoras de serviços aeroportuários internacionais. No frigir dos ovos, independe do passaporte da cor do passaporte da pessoa: o que entra será sempre em real na data de compra da passagem e o que sai será uma quantidade considerável em dólar na data da viagem ou próxima a ela. A vantagem de se ter destinos internacionais no portfólio da companhia aérea é que, na competição do mercado, as tarifas tendem a se manter em níveis mais constantes, protegendo a geração de receita futura de eventuais desvalorizações do real.

      • Observando Fato

        Henry,
        O pagamento em reais, reflete uma precificacao em USD convertida a Reais na data da liquidacao do premio.
        Seu raciocinio nao procede.
        Eu quito um USD com X Reais. mas o valor esta pareado ao cambio.
        Numa operacao nacional o valor esta pareado a demanda e algum eventual indice que quando o servico e sobreofertado nao tem como repassar.
        sds

  • adriano

    sera q a empresa que comprar ela nao retomará essas rotas? deve ser so uma medida de curto prazo pra fechar o caixa?

  • adriano

    uma pena pq eu achava a avianca os melhores avioes e serviço de bordo ! era unica que tinha telinha, LANCHE na ponte aerea ..dava de 10 no resto (ao menos na ponte aerea SP RIO)

  • Andarilho Caotico

    Certeza de que quem quebrou a Avianca foi o seu programa Amigo! Os valores de resgates eram muito baixos e ainda tinham tabela fixa. Fora as promoções frequentes de 100, 120 e até 150% de bônus nas transferências. GRU-MIA 25.000 pts o trecho. GRU- SCL 8.000pts o trecho. Trechos nacionais por 4.000pts…
    Com 650 reais se compram 20.000pts livelo que no Amigo viram 40.000pts. Saia muito mais barato viajar por pontos.
    E ainda a tabela de resgate dos parceiros Star Alliance: 80.0000pts trecho de executiva e até de primeira classe. Passagens pagantes que custavam uma fortuna, por pontos livelo (clube 20.000pts) + Bônus de transferência saiam por 2.600 – 3.000 Reais. Todo mundo estava viajando por pontos…por isso mudaram radicalmente a tabela de resgates, mas já era tarde…

  • Henry

    Meio que humor negro, mas… avião afunda ??? rsrs

    • Guilherme

      hahahahahaha….. nem pensei nisso quando escrevi o título…..rsrs

  • Anderson Cunha

    Uai, cadê a avalanche de companhias aéreas estrangeiras interessadas em operar no Brasil. Não era só abrir a porteira que tudo viraria uma maravilha? O decreto presidencial que abriu 100% de capital estrangeiro no segmento já está em vigor há algumas semanas e não vi nenhum movimento nesse sentido. Acho que “a mão invisível do mercado” está dormente. Além disso, o novo governo assumiu, a euforia na Bolsa está acontecendo, mas por outro lado, a economia real – do dia a dia – vem soluçando.

    • Henry

      Setor aéreo, como qq setor, não pega grana e sai colocando assim no exterior…
      Muitos desses recursos que vêm do exterior, são de fundos de pensão e/ou investimentos….
      E lá nos EUA, se o gestor aplicar mal esses recursos, puxa uma cana braba.. não é igual em Banânia, onde um certo partido ficou 14 anos detonando fundo de pensões do BB – Banco de Banânia, ou da Petrobanânia.. o mesmo da ECB – Empresa de Correios de Banânia e tá tudo certo: deram prejuízo de bilhões de reais e tá todo mundo la em Miami gozando a vida…
      Então.. a coisa toda passa por estudos e auditorias antes do dinheiro pingar…
      Ainda mais num setor tão sensível como é o de cias. aéreas…
      Pensa aí, quantas cias. aéreas já faliram ou foram absorvidas por outras pra não quebrar ??? não é só Brasil.. é mundial…
      O caso mais recente: a Joon… não durou nem 2 anos e já foi pro espaço…

    • Windsor Mac

      Foi uma medida provisória. Ela tem validade de 120 dias no total. Se o Congresso não votar e aprovar, a medida cai e volta a ser o que era antes. Apenas 20% de capital estrangeiro. Provavelmente estão esperando o Congresso aprovar a medida provisória para fazerem movimentos mais agressivos no mercado brasileiro. A validade é 22 de maio de 2019. Torça pra aprovarem até la.

  • Bernardo

    Já eu tenho uma passagem emitida com pts amigo pela singapure em feveriero, será q corro algum risco?

    • Henry

      Claro que não…
      Faça uma consulta por e-mail (em inglês) para a Singapure e verifique se o bilhete está OK…
      Caso esteja tudo OK, vai fundo…
      Mas.. reservas de hotel, por favor, sempre do tipo cancelável… isso é regra geral.. né ??
      Caso a Singapure não honre, aciona ela no site do consumidor e, se não resolver, JEC nela.. ela filial no Brasil….

      • Henrique S

        henry, já faz um tempo que a Singapore nao voa mais para o Brasil. por que eles ainda tem filial aqui?

  • Carlos

    A melhor parte são os fake releases. Os voos foram cancelados apenas por uma questão de adaptação de demanda, não tem nada a ver com a falência/concordata/recuperação judicial da empresa.
    Acho que a integração das Aviancas nunca acontecerá. A Avianca Colômbia também parece não estar inspirando confiança, a junção provavelmente seria um abraço de afogados. Provavelmente a empresa será vendida, já que os slots e malha aérea são bastante atrativos, assim como as aeronaves, dependendo das condições contratuais. Acho que a empresa terá um destino melhor que da Varig, que foi adquirida pela Gol de maneira obtusa, ou da Transbrasil, que simplesmente fechou as portas.
    Tinha voo de NYC para GRU para maio, na executiva. Vou esperar um pouco para ver o que estão oferecendo aos passageiros. Pelo menos tem disponibilidade com milhas na Copa, embora seja uma econômica-prêmio. Voos da Air Canada ou United seriam opção melhor, mas não têm disponibilidade. Não sei se é melhor esperar até lá para ver o que acontece ou tentar garantir, de uma vez, uma opção menos confortável.

    • Daniel Gadelha

      Acredito que você será acomodado em cias parceiras desde que haja disponibilidade de cabine, independente da classe tarifária.

      • Carlos

        Seria ótimo, Daniel, mas eu só acreditaria nisso se até lá alguma outra empresa assumisse a Avianca e todos os seus compromissos. Há uma diferença bastante grande, para a O6, entre o valor de uma passagem disponível com milhas e outra somente pagante. Para quem está justamente com problema de caixa, duvido que poderia arcar com os custos adicionais destas novas passagens. Provavelmente vão tentar primeiro estornar os pontos, que para eles custo praticamente zero, e quem receber também é quase igual a zero.

    • Flying_FlyerBBB

      Os voos foram cancelados apenas por uma questão de adaptação de demanda, não tem nada a ver com a falência/concordata/recuperação judicial da empresa.

      Ueh eu tenho certeza que a “adaptação” da demanda é forçada devido a recuperação judicial. Já que a própria empresa não paga seus aviões…..

  • Rafael

    Em caso de falência da empresa, o que acontece com os pontos amigo?
    Se alguém comprar, assume esses pontos ? Se quebrar mesmo os pontos são perdidos? Tem possibilidade de recuperar o valor em R$ via JEC?
    Não me lembro o que aconteceu com os pontos Smiles da Varig, pois não era milheiro na época. Eles ficaram no Smiles da Gol?

    • Daniel Gadelha

      Dúvidas pertinentes.

    • Flying_FlyerBBB

      A Gol honrou 100% de todas as milhas, inclusive as vencidas.

    • Observando Fato

      Rafael,
      Se a empresa falir acabou tudo! Os credores da massa falida são habilitados numa ordem de tal forma que primeiro sao pagos os acidentes de trabalho, depois as dividas trabalhistas………………….. ou seja suas milhas viraram lenda. Tudo perdido.
      O Smiles foi comprado, diferente de ter sido decretada falencia. A Avianca Brasil e o Amigo sao uma única empresa.
      Não sejamos tão pessimistas. Não acredito que os donos da Avianca Brasil não injetem dinheiro no negocio, mas que aquilo esta pra la de obscuro esta!
      Nao vira dim dim da UNITED para a Avianca BRASIL!
      Aguardemos o noticiario!
      Imagino que o Guilherme esta tendo um prazer incomensurável, pois ama PERRENGUESSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSS.

      rsrsrss

      • Guilherme

        rsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsr

    • Henry

      O Observando Fato está equivocado….
      Se a Avianca falir, as milhas Amigo não estão perdidas..
      Dá pra fazer uma associação entre participantes do programa, juntar um milhão de milhas e, usando a opção milhas + dinheiro (no caso, com mais R$ 5,00),vc trocar tudo isso por uma Bala Juquinha…
      É igual a opção milhas + money do Smiles….
      O perrengue vai ser dividir a Bala Juquinha com tantas bocas…..rsrsrs

      • Observando Fato

        KKKKKKKKKKKKK o Guilherme estara nessa fila.

        • Guilherme

          hahahahaha

  • Khalil Chaves

    Tenho Star Alliance para maio (Turkish + TAP) e setembro (TAP + Austrian). Espero não ter problemas, acredito que esses bilhetes foram quitado pelo Amigo na emissão, não é assim?

    • Henry

      Khalil….
      Confirme isso com as cias… principalmente as que vc vai usar quando estiver lá fora…
      Envia e-mail e se tudo retornar OK, imprima esses e-mails e leve-os na viagem… qq problema no balcão, vc mostra o e-mail..
      De preferência, todas as consultas/perguntas/respostas, em inglês…. porque qq balcão de atendimento no exterior entende/resolve….

  • Henry

    Sugestões (passíveis de críticas/discussão, sem problemas), para suas milhas Amigo ou passagens compradas cash na Avianca:

    A- Se vc ainda tem milhas do Amigo para serem utilizadas..
    1- se vc conseguir, emitir passagens com parceiros da Star Aliance que tenham filial no Brasil (TAP/Lufthansa/Avianca Internacional/United etc), porque se o parceiro não quiser honrar o bilhete, vc tem o JEC para processá-lo. Esta é a melhor solução para usar suas milhas, mas não se sabe se vc conseguirá emitir…
    2- outra opção é emitir voos para voar pela Avianca Brasil, voos domésticos… Esta solução tem um problema: se a Avianca quebrar de vez, além de perder suas milhas Amigo, vc perderá o valor da tarifa aeroportuária, pois a Avianca provavelmente vai embolsar esses valores….
    3- outra opção é esperar para ver como fica… nesta opção, vc pode perder suas milhas Amigo..
    Entre as 3 opções acima, a melhor é a 1…

    B-Para quem já emitiu passagens para voar pelas parceiras:
    4- Se vc emitiu para voar pelas parceiras, tentem confirmar o mais rápido possível a validade do bilhete/passagem… confirmando, ok.. mas, não esqueça de imprimir o bilhete (guarde isso em arquivo “.pdf”.. vai que amanhã vc precisa como prova)…
    5- Se a parceira da Star não confirmar a passagem/bilhete, e se ela tiver filial no Brasil, verifique se ela tem convênio com o site do “consumidor ponto gov”. Se tiver, tente resolver administrativamente primeiro lá.. se não resolver, imprima tudo e depois acione o JEC… As seguintes cias. aéreas têm convênio com o site: Avianca Internacional/TACA/United/Lufthanse/Swiss/Turkish/Copa Airlines/Singapore Airlines/… A TAP não tem mais convênio com o site do consumidor…
    Veja que, em tese, qq uma dessas cias. aéreas vc pode tentar emitir pelo Amigo.. se conseguir, o bom é que todas elas têm filial aqui no Brasil… e podem ser demandadas no JEC…
    6- Se vc já emitiu passagens com as parceiras e ela não está querendo honrar, além dos procedimentos citados nos itens 4 e 5, vc tem que lembrar das reservas de hotel/rent a car/ingressos etc… Se forem do tipo não cancelável, vc pode ficar no prejuízo.. ou então, se ajuizar no JEC, pode pedir o ressarcimento do dano material destas despesas tb ao acionar a parceira do Amigo que não quis honrar o bilhete/passagem… mas, dano material tem que ser provado, isto é, vc tem que ter os comprovantes de despesas… aproveita, e pede o dano moral tb, né ??? e fique atendo aos limites das demandas no JEC – 20 Salários Mínimos sem assistência do advogado e 40 SM com advogado… o ideal é vc procurar o advogado de sua confiança e fazer através dele…
    7- Desde já, em qq caso, ainda que a Avianca quebre, os cartões de crédito não vão estornar valores de compras no seu cartão.. Cartão de Crédito só estorna / cancela valores a pedido do possuidor do cartão, quando envolve fraude, o que não é o caso de recuperação judicial / falência.. (por mais que o Amigo tenha sido fraudulento no método de venda dessas milhas, tecnicamente não foi uma fraude.. ou até foi, mas isto demanda comprovação anterior… e isso vai demorar muito…)

    C-Para quem já emitiu passagens para voar pela Avianca com eles (cash) ou pelo Amigo, nos voos internacionais que serão cancelados…
    8 – Verifique com o Amigo a possibilidade de vc ser realocado em voos das parceiras.. temo que isso não seja possível nas mesmas datas de eventuais reservas que item 6 acima… então.. veja o que dá pra fazer.. o importante é que, se eles conseguirem te alocar na parceira, e sua reserva for do tipo não cancelável… explique isso ao prestador (hotel/rent a car etc) e tente readequar a data em função da nova data de viagem… acho que, se vc comprovar a situação para o prestador, ele tentará te ajudar.. e não esqueça de falar que vc se compromete a divulgar isso sobre ele: que ele, como prestador de serviço, foi sensível à sua situação e mudou sem custos para vc (pode ser que haja pequenos custos decorrentes de valores diferentes de hospedagem… mas isso é melhor que perder tudo que já pagou.
    Por outro lado, se as suas reservas são do tipo canceláveis, vc não perderá nada com isso.. mas para fazer novas reservas, na nova data da viagem, pode ser que seja mais caro (ou mais barato)..
    9- Se vc não conseguir ser realocado em cia. aérea parceira.. aí, complica… porque a Avianca não vai mais voar para estes locais…
    Acho que aqui a solução é eles devolverem suas milhas ao programa Amigo, para vc tentar voar doméstico num futuro.. com risco da empresa quebrar adiante e suas milhas se perderem na falência…
    10- Se além de não conseguir ser alocado em voos de parceiras, vc já tiver feito despesas com reservas do tipo não cancelável, aí, será muito complicado…
    Como a Avianca já está em RJ, já tem lista de credores habilitados no processo.. se vc processar a empresa, vai ter que contratar advogado especializado para se habilitar… blá.. blá.. blá.. e isso não é operacional pra vc.. porque a empresa falindo, normalmente os bens não cobrem as dívidas…
    Então, o caminho é vc tentar negociar com o prestador a devolução do valor pago, ou ficar com o crédito (dias de hospedagem ou valor em R$ ou US$) para uso futuro… ou uma devolução de parte do que vc pagou…
    Se isto falhar, o que resta é vc tentar negociar com o Amigo comprovando que teve uma despesa de X, que vai se perder porque vc não vai mais viajar por culpa deles, e pedir que eles te reembolsem.. provavelmente não vai conseguir… em último caso, tente trocar esse valor X, por milhas Amigo… e vc informa que o valor da milha do Amigo é de R$ 0,022 no mercado…
    E vc vai ficar com essas milhas Amigo para uso futuro, com risco da empresa quebrar mais adiante ou não…

    D- Para quem já emitiu passagens para voar com a Avianca (cash) com eles ou com Amigo….para voos domésticos…
    Neste caso, DIFICILMENTE a Avianca irá fazer alguma coisa, pois a informação ao mercado deles é que eles estarão funcionando normalmente…
    Claro que a palavra deles, no momento, está valendo tanto quanto uma nota de R$ 3,00….
    Neste caso, vc pode acreditar que a Avianca estará funcionando no mercado doméstico, ou tentar usar os procedimentos informados acima e tentar reaver o que já gastou, seja cash ou milhas…

    E- Para quem emitiu passagens para voar pela Avianca (doméstico ou internacional) usando um CONSOLIDADOR (Decolar, Submarino, etc) pagando cash…
    Temos uma boa notícia para vc: neste caso, o problema é do consolidador.. será ele que terá que providenciar outra cia. aérea para vc voar..
    E mais.. nas mesmas datas inicialmente previstas.. claro que se for para viajar agora em jan/fev, talvez isso seja complicado…
    Mas.. o consolidador é a empresa que tem o primeiro elo de consumo contigo…
    Então. se ela não ia ( como nunca fez ) dividir o lucro da operação comercial contigo, então ela não pode querer que vc assuma o prejuízo…
    Legalmente ela é 100% responsável por resolver o imbróglio que te colocou ….
    E, Decolar, Submarino, Shoptime Viagens, Americanas Viagens, Viajanet são conveniadas ao site do consumidor..
    Comece a reclamação por lá.. e se não resolver… JEC neles….

    • Real

      Com tua expertise, qual teu diagnóstico real sobre a empresa? Sobrevive depois de 31/03?

      • Henry

        Não da pra arriscar nada porque eles não tem transparência/veracidade nos informes…
        Mas, mesmo devolvendo as aeronaves A-330, eles ainda devem muita grana…
        Se não forem vendidos ou tiverem uma injeção forte de capital, acho que ñ vão conseguir…
        O fluxo de caixa vai ficar cada vez mais apertado porque vão vender menos pelo receio das pessoas e porque novos fornecedores vão cobrar mais caro por conta do risco…
        Se não houver um fato que de um choque de credibilidade, eles não sobrevivem…
        A melhor solução seria a United encampar adquirindo o controle acionário…
        Ou alguma low-cost européia adquirir e mudar a estratégia da empresa…
        Uma vez vi dois pilotos conversando dizendo que a Avianca pagava os piores salários.. não sei se é verdade, mas se proceder até seria positivo porque permitiria realmente virar low-cost, acompanhando a low-fare que já praticam.. ..
        Ñ tem como equalizar o melhor produto doméstico com os menores preços que praticam..
        O Congresso tem que fazer a parte dele e aprovar a MP que autoriza 100% capital externo..
        E governo e Congresso tem que resolver o problema do querosene de aviação, porque afeta as 4 grandes cias. nacionais

  • Daniel Vaz Ferreira

    Caros amigos, trago boas e esperançosas novidades para vocês que assim como eu, possuem bilhetes emitidos para data posterior de 31/03:

    Agora a pouco realizei contato via telefone e talvez por sorte, fui muito bem atendido por uma funcionária simpática. Expliquei que havia emitido 2 bilhetes por pontos para miami em setembro, e contei que era meu mês de ferias no trabalho e que gostaria de ver a possibilidade de ser realocado em outro voo, que não gostaria de reembolso. Ela me pediu que aguardasse e foi verificar…

    Consegui ser realocado em novo voo da Avianca Colombiana para a mesma data, usando o mesmo localizador. Já recebi a nova passagem por email e entrei no site para ver se constava mesmo no sistema a atualização de itinerário. Graças a Deus tudo certinho!!!

    Então para aqueles que emitiram com pontos…existe chance SIM de realocar!!! Meu voo original era sem escalas, e este novo terá conexão de 1 hora. Mas tudo bem, diante da situação estou feliz e satisfeito. Desejo boa sorte a todos os colegas. Abraços!

    ps: o número que telefonei foi 08007226446

  • Real

    ÓBVIO que a situação está bem complicada, mas ainda acho que eles estão fazendo um aguaceiro desses para tentar drenar um pouco deste pântano (que eles próprios criaram) do imbróglio “milhas”. O passivo deles é de alguns BILHÕES de milhas, peso este que os impede de equilibrar suas contas, especialmente nas rotas internacionais, onde dizem que já houve vôo para Miami com 70% de passageiros “milheiros”.

    Essa empresa ainda vai se recuperar, que dê os 3 passos atrás necessários, e depois volte a fazer o feijão com arroz direitinho…

  • Henrique S

    Tenho 80 mil pontos em duas passagens que não usei ano passado, passagens pra voar Singapore (se arrependimento matasse…)
    Tenho que desembolsar 150 USD em uma e 170 USD em outra pra recuperar meus pontos.
    Acho que vou dar isso como perdido mesmo, o que se faz hoje com 80 mil pontos amigo da onça?
    Vocês pagariam 320 dólares hoje para recuperar 80 mil pontos ?

    • Henrique P. P.

      Xará m, se vc vender estas 80 mil milhas, receberá, na melhor das hipóteses, um valor próximo de R$ 1.600,00, isso hoje. Como eles devem demorar para devolver estas milhas, e até lá o valor no mercado deve cair, eu, particularmente, não pagaria. Abraço.

      • Henrique S

        Obrigado pela informacoes, xará,

  • Pingback: [Guest post] Guia: 12 sugestões para seus pontos Amigo ou passagens compradas em dinheiro na Avianca Brasil | Meu Milhão de Milhas()

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 0 Flares ×