[Guest post] 51 Web Sites e Aplicativos que talvez não conheça para facilitar sua vida em viagens. Versão II. Parte 2: Dicas 11 a 20

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 0 Flares ×

Dando continuidade à nossa série high quality de guest posts de utilidade pública, o Celso traz mais 10 dicas de websites e aplicativos que podem facilitar sua vida em viagens.

A primeira parte, com as dez dicas iniciais, você pode conferir aqui.

Spoiler: janeiro promete muita qualidade em material de primeiríssima linha, já que teremos em breve mais guest posts tanto do Celso quanto do Carlos.  😀

………………………………………………

11. Road Trippers. Realizei longas viagens de carro no exterior. Para a Europa, o Guia Michelin resolve suas dúvidas. Mas o que existe no trajeto entre Sydney e Melbourne pela rota não litorânea, e entre Toronto e Charlevoix no Quebec? Este site maravilhoso – Road Trippers – lhe informa em detalhes o que pode encontrar, tendo cobertura mundial.

12. Diverbo. Se você domina inglês, aprecia tapas, um vinho espanhol, ou Cava, ou uma cerveja excepcional com batata e carne de porco, este site pode lhe ser útil. Diverbo patrocina viagem internacional para estrangeiros, que tenham fluência em inglês, conversar com locais na Espanha e Alemanha. Pagam inclusive a passagem. Conversação de duração semanal.

13. Yahoo. Se você for um viajante mundial e não pretende pagar para ter email, esqueça o Outlook, Hotmail, iCloud, Gmail, Google Drive. Todos sem exceção bloqueiam sua conta ao acessá-la em outro país. Eles enviam um SMS ao seu celular, que você não receberá se esquecer de ativá-lo para uso no exterior, pois seu chip da sua operadora estará inativo e, por outro lado, se tiver chip comprado fora, seu número é trocado e também não receberá o SMS.

O email do Yahoo é o único que emite o alerta de utilização da conta por acesso em país diferente de onde a conta foi criada, sem bloqueá-la.

14. CN Traveller. O Condé Nast Traveller pode não ser conhecido de muitos, mas é uma fonte de inspiração e informações de abrangência mundial, cuja visita vale sempre a pena.

…………

Google Maps: confira a seguir quatro dicas para aproveitar o Google Maps ao máximo.

15. Google Maps (1) Estacionamento marcado. Ao parar o carro na rua, pode ser desesperador esquecer onde ele ficou estacionado, não é mesmo?

Para ajudar, o Google Maps conta com uma função que guarda a localização do veículo.

Depois de estacionar, toque no ícone azul que indica a sua localização no mapa, e escolha a opção “Salvar estacionamento”.

O lugar marcado ficará com o ícone da letra “E”.

16. Google Maps (2) Mapas offline. Se você consulta uma área do mapa com frequência, ou apenas está procurando salvar um pouco da franquia de dados, é uma boa ideia fazer o download de mapas.

Para isso, toque no ícone representado por “três linhas” e entre em “Área off-line”.

Selecione uma das opções disponíveis, e realize o download.

Daqui em diante, você poderá utilizar o mapa desta região, sem precisar estar conectado à Internet.

17. Google Maps (3) Comparando preço do Uber, Cabify e 99. Economize dinheiro usando apps de transporte como o Uber, Cabify ou 99.

Em vez de abrir cada aplicativo para consultar quanto sairia a corrida, faça a busca pelo endereço no Google Maps para saber qual deles está com o melhor preço.

Em “Rotas”, toque no ícone de “passageiro acenando”, selecione um dos serviços disponíveis e o modo de transporte desejado, para obter uma estimativa de preço.

Por fim, pressione “Abrir app” para fazer o pedido de uma corrida.

18. Google Maps (4) Evitando multas de rodízio em São Paulo. Quem vive em São Paulo, ou passeia pela cidade de carro, deve ter cuidado com a área do rodízio, para evitar multas.

O Google Maps conta com uma opção que pode ajudar.

Toque no ícone representado por “três linhas”, e vá em “Configurações”.

Entre em “Configurações de navegação”, em “Evite multas de rodízio”, e selecione o “final da placa” de seu veículo.

As próximas rotas que você calcular serão alternativas para evitar a área proibida.

19. On the Grid. Se você pretende explorar o mundo, este site pode ser uma imensa dica, vale a pena.

20. Peek. Você começa a olhar para o dia perfeito de outras pessoas podendo planejar o seu também.

Há sugestões de residentes de conhecidos e respeitados das cidades, como designers de moda, e há ofertas e promoções de viagens para passeios, e ver como outros têm passado o dia em algumas cidades.

A proposta do Peek é encontrar as melhores coisas para se fazer nos locais, então sugiro dar uma olhada no site antes de planejar sua viagem”.

………………………

No terceiro guest post dessa série, traremos as dicas 21 a 30. Não percam!

Quer aprender mais? Então leia os demais guest posts do Celso:

Tagged as:
  • Henrique P. P.

    Obrigado novamente!!

  • Henry

    Excelentes dicas!!!!!! Vlw…
    Com relação ao e-mail, há anos utilizo o yahoo… nem sabia que os outros e-mails bloqueavam no exterior….
    O Celso vai acabar sendo “tombado” e declarado “… de utilidade pública…” rsrs
    Aguardado a “dica das dicas”, que é o site onde ele tira aquelas fotos bizarras… rsrs

    • Guilherme

      rsrssrsrs…… já solicitei ao IPHAN o início do processo de tombamento do Celso…..rsrsrsrs

      • Observando Fato

        AHHHH, agora a dupla se uniu para me zoar!!!!!!!!!!!!!!!!!!! Certo, estou so de olho! Isso deve ter sido arquitetado via mensagem privada do Querido la de Fortaleza!. kkkkkkkkk

  • Cristiano

    Quanto à dica 13, está obsoleta. Pelo menos Google e Microsoft (Outlook, Hotmail) oferecem a autenticação em duas etapas sem ser por SMS. A Google nativamente, basta ter um celular conectado à sua conta (com internet) que aparece uma tela pedindo para confirmar se é você mesmo, e depois libera. Para a Microsoft pode-se usar o app Microsoft Authenticator.

    • Observando Fato

      A dica náo esta obsoleta e ocorreu em Doha, em abril de 2.018, em Munich em Maio de 2018 e em varias cidades suicas em Maio de 2.018. Se voce náo tem cartáo de dados para uso no exterior, o que nunca precisei e julgo totalmente desnecessario frente ao wi fi , super fi e i fi o alegado é exatamente o que ocorre. A autenticação requer conexao a NET. Entrei em contato com a MICROSOFT e o suporte Brasil, em duas ocasioes diferentes, informou que a unica possibilidade disso não ocorrer seria ter conta OUTLOOK ou HOTMAIL corporativa, que tem tarifação anual ). Como voce deve conhecer mais que o pessoal do suporte da Microsoft fique a vontade para manifestar-se e poderia inclusive orientar ao suporte da Microsoft que não foi capaz de resolver meu problema ensinando seus conhecimentos ate hoje desconhecidos do pessoal do suporte. .

      sds

      • Fabio Assolini

        Grande Celso, grato por compartilhar seu conhecimento com a gente aqui no MMdM!
        Quanto ao tópico 13, o Cristiano tem razão: habilitar a dupla autenticação através dos aplicativos dos próprios fornecedores impede que sua conta seja bloqueada por um acesso suspeito realizado a sua conta.
        Mas a verdade é que além disso a conta pode sim ser bloqueada quando há uma tentativa de acesso desconhecido a partir de um dispositivo novo, em um país estrangeiro. Se você usa sempre o mesmo smartphone e notebook para acessar a conta, não terá problema, mas se usa outros dispositivos, em países estrangeiros (ou mesmo no seu próprio país), pode ocorrer esse bloqueio que você descreveu.
        Eu diria que o Yahoo não faz esse bloqueio por desleixo com a segurança do usuário – há um tempo atrás eles foram invadidos e a senha dos usuários foram todas roubadas. Esse recurso ajuda a impedir que alguém tenha uma conta invadida.
        Como eu sei isso? Viajo bastante a trabalho ao exterior e acesso sem nenhum problema todos os meus e-mails, inclusive no Hotmail, Gmail, entre outros. Além disso, ao estar no Brasil, uso VPNs com IPs de outros países e nunca tive nenhuma conta bloqueada. Tenho habilitado a dupla autenticação via app e isso reforça a segurança da sua conta, diminuindo a possibilidade de bloqueios.

        Grande abraço!

        • Observando Fato

          Fabio,
          Primeiramente causa-me surpresa que o proprio suporte da Microsoft, em duas ocasioes diferentes, com informaçoes de diferentes analistas tenha dado a mesma informação.
          Em segundo lugar, ao longo dos anos isso não ocorria, viajando por todos os continentes isso nunca tinha ocorrido comigo e sempre acessei as contas que possuo nos mais diferentes aparelhos e locais.
          Diante da sua afirmação, por favor, poderia ensinar a mim e aos demais leitores como isso é feito, num passo a passo.

          Situação real: Estou com meu Smartphone que entra no dia a dia na conta do Hotmail há anos. Chego com o mesmo, SEM CARTAO DE DADOS para uso no exterior, sem ter habilitado envio de SMS internacional na operadora no Brasil, sem ter habilitado roaming internacional na operadora no Brasil, e subo ao Jungfraujoch. No pico do morro tem wi fi. 1- Eles exigem cadastro via SMS para acesso, não consigo, como voce resolve isso? 2- Entrei no wi fi do hotel, ao acessar a conta da Microsoft bloqueio, como voce resolve isso? e 3- Uso o mac do hotel para acessar outra conta hotmail e a nova conta também é bloqueada, como voce resolve isso? 4- Como habilita a dupla autenticação via app? Nesse caso o que ocorre para não ocorrer o bloqueio? 5- Ao menos em principio há uma informação conflitante no que afirmou: ” uso VPNs com IPs de outros paises e nunca tive nenhuma conta bloqueada”, pois bem, se o IP é de outro país, em tese haveria obrigatoriedade do bloqueio. Porque nessa situação isso nao ocorre? 6- Como o acesso com PROXY pode funcionar?

          Dianrte dessa sua manifestação e da anterior do Cristiano, parece-me muito interessante ajudar a todos.

          sds,

          • pauloleo

            Usando o mesmo aparelho não haverá bloqueio, mesmo estando em wi-fis de outros países. O problema é acessar por aparelhos desconhecidos.

            Edit: minha experiência é com Gmail e não com Hotmail.

            • Observando Fato

              pauloleo,
              Vamos elucidar primeiramente a realidade sobre o HOTMAIL e OUTLOOK diante das informacoes dos foristas. Estou entrando novamente em contato com o suporte da Microsoft. Vejamos o desfecho.
              Sobre o G Mail o simples fato de lhe obrigar a usar o mesmo Smartphone ja lhe impede de comprar outro sem impostos legalmente.
              Esta situacao especifica ja me faz descartar o G Mail.

              abraco.

  • Vinicius Carneiro

    Esqueceram de falar do App Travel Money, excelente para anotar facilmente os gastos de viagem, principalmente em grupo, onde nunca se sabe quem pagou mais e quem pagou menos, ou em viagem por vários países, com mudança de moeda.

  • Newton Costa

    A dica 13 é no mínimo variável de acordo com o user, uso meu gmail em inúmeros países, até na china (com e sem vpn), em computadores estranhos também. Tudo que precisa é usar o google authenticator. E sim, ele funciona offline. E em caso de emergência nem precisa de celular, leve impresso os 20 códigos de emergência que o google fornece. Com a microsoft, igualmente, tem o autenticator que funciona offline.

  • Newton Costa

    Quanto ao SMS, podem habilitar sem dor de cabeça. Nem no meu tim pré é cobrado pelo recebimento de SMS no exterior.

    • Cristiano

      Concordo que em nenhum país fui cobrado para receber SMS. Mas num cruzeiro (roaming marítimo) é diferente… descobri da pior forma.

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 0 Flares ×