Mais uma da LATAM: tarifas, para voos internacionais, sem franquia de bagagem despachada, sem marcação de assentos e sem acúmulo de pontos

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 0 Flares ×

Dando continuidade ao seu processo para virar uma low cost, a LATAM instituiu novas regras para seus 4 perfis de tarifas: promo, light, plus (thanks, Daniel Gadelha!) e top.

Uma pequena comparação entre os extremos das tarifas, promo e top, já é suficiente para verificar a quantidade de itens extras que precisão ser pagos caso o cliente faça questão de tê-los:

Como se vê das imagens acima, para voos internacionais dentro da América do Sul, a tarifa mais barata não dá direito à franquia de bagagem despachada, não dá direito à marcação antecipada de assentos, não dá direito ao acúmulo de pontos.

Para voos internacionais para outros continentes, pelo menos, fica mantida a franquia gratuita de 2 malas de 23 kg (acredito que por haver uma norma da ANAC a respeito, ou não?).

Conclusão

LATAM ficando cada vez pior.

Eles deveriam sair da One World, extinguir o programa de fidelidade e assumirem de vez a identidade de low cost.

Faço minhas as palavras do Cristiano Andrade, que fez um comentário no contexto do mercado corporativo:

“Enquanto isso Latam inventa um assento + que não é mais espaçoso, depois do outros lança o wifi, não considera vôos One World (ok, 25% apenas) na conta de qualificação, tem os piores índices operacionais de atraso, carrega o problema dos 787 com soluções toscas (aviões da Wamos, cancelamentos em cima da hora, envio de bagagens via Latam Cargo e por aí vai).”

Quais serão os próximos passos dos chilenos? Cobrar pela água e fazer os clientes da tarifa promo embarcarem por último.

Nos EUA, a cia. aérea que mais tem se aproximado do jeito LATAM de ser está sendo a American Airlines, pelas notícias que andam sendo publicadas por lá (link).

Tagged as:
  • Leonardo

    Mais uma pá no caixão da TAM.

  • Cristiano Andrade

    Ahh Guilherme, eu vi o email deles ontem quase sem acreditar….
    Repare em um outro detalhe, os upgrades de cabine passam a ser válidos apenas para tarifas Top e Plus (ou seja, mesmo que você seja Black Signature, se comprar passagem Promo ou Light não pode ter upgrade). Então depois daquela “incrível” mudança anunciada no modelo de qualificação para 2019, eles ainda tiraram mais benefícios…
    Com relação a AA, realmente já vem de algum tempo a inconsistência de serviços e ineficiência operacional, e isso se reflete tanto no valor de mercado quanto na perda de participação de mercado… e a Delta dando show! Com a deterioração do AAdvantage a situação da AA só piorou, já que eles tinham disparado o melhor programa entre as 3 grandes, e desceram a um ponto de quase se igualar (ainda melhores, mas será que compensa a diferença de serviços prestados?).
    Mas Latam, cada dia mais Latão… eu passo longe!

    • Guilherme

      Pontos muito bem observados, Cristiano!

  • Fábio

    Nos últimos meses tenho fugido da LATÃO. Agora com tudo isso fugirei ainda mais. A única alternativa para usar seus serviços será em eventuais bugs e emissões pontuais com milhas.

    • Guilherme

      Verdade!

  • Flying_FlyerBBB

    OW: One Worst : AA/JJ/LA

    • Guilherme

      rsrsrsr.. bem isso!

  • PauloHCM

    As tarifas emitidas com pontos Multiplus tem quais benefícios acima da promo?

  • Joao Joseferreira

    pELO jeito ta parecendo que o Celso sabia muito mais coisa que a gente.

  • Estou em meio a viagem. Vim de Delta. So far, so good (com suaves ressalvas)… A volta será AA. Vou poder fazer uma pequena comparaçao ao menos no voo internacional. Entretanto, minha opinião sobre a AA nunca foi muito boa, sobretudo se comparada com a Delta. De todos modos, só dia 26 pra poder opinar melhor… Mas acho que a ideia de migrar para acumulos junto a AA não vai vingar não. E sobre acúmulos junto a Delta, já sabia que não valeriam muita coisa. Então, por enquanto, minha perspectiva continua a mesma… Logo logo não seremos mais fidelizados a nada…

    • Fábio

      Algum tempo atrás viajei pela American (trecho SP – NY). Achei melhor que a United (já voei SP – Chicago). Nunca viajei de Delta mas relatos recentes que vi da empresa são muito positivos. E tenho visto relatos recentes que afirmam que a qualidade da American caiu muito. Estou aguardando sua posição. Está na econômica ou executiva? Estou querendo resgatar um voo em executiva para os EUA e estou em dúvida entre essas duas empresas

      • Esta viagem está totalmente em Y. Sobre em qual empresa resgatar um bilhete C, isso vai depender dos destinos dos bilhetes. Há alguns meses relatei que a tablema de resgates Multiplus junto a AA estavam bem estáveis. Depois sumiu da noite pro dia, e agora está instável. Dependendo das cidades envolvidas, vc não vai encontrar os mesmos 75K cobrados como regra (tabela flutuante em voo de parceira que aplica tabela fixa? Acho que nem Froid explica!!!). O problema com a Delta, por sua vez, emitidos via Smiles, é a falta de oferta até mesmo pra onde ela voa diretamente. As vezes tem, as vezes não tem. Os preços também são diferentes, mas dada a facilidade com que se consegue obter milhas Smiles em relação aos pontos Multiplus, acredito que os 90, 92,5, 95 e até mesmo os 100K cobrados pelo Smiles em voos C na Delta, podem custar até menos que os 75K “fixos”na AA… Em ambos os casos você vai ter serviços similares porém ainda não sei dizer nada da AA especificamente sobre a oferta de wifi a bordo: a Delta oferece redes sociais gratuitamente durante o voo inteiro…

        • Fábio

          Pretendo ir para Los Angeles no início do próximo ano. Consigo achar executiva da Delta através do Smiles por 100 mil pontos. Não procurei na AA mas acredito que sejam os 75 que você mencionou. No segundo semestre também devo ir para NY, mas essa é outra história

  • Henry

    Existe alguma possibilidade da LATAM estar iniciando um processo de falência lenta e prolongada???? Alguém sabe alguma coisa sobre isso???

    • Só se for pra justificar sua fusao com a AA, mediante os esforços lobistas de praxe no congresso brasileiro…

  • Flying_FlyerBBB

    Bomba a caminho….
    Azul vai mexer regimento, limite de 20 resgates por ano, dentre outras maldades

    • Henrique P. P.

      Agora só restam o sorriso e o ex-amigo anunciarem suas mudanças para pior. Aliás, smiles nem precisa porque no geral já é péssimo e o ex-amigo, com a nova tabela que será divulgada dia 17, conseguirá ser promovido para inimigo, possivelmente. Que fase dos programas nacionais hein??? Imaginem o que virá em 2019…Socorro!!!

      • Flying_FlyerBBB

        Verdade vem aí :
        Sorriso cariado
        MuyAmigo da Onça

        Não duvido o Smiles começar a cobrar taxa emissão com milhas, a AzuldeRaiva vai aumentar a taxa de INcoveniencia também

        Tá complicado

  • André Silva

    A azul também vai mudar as regras, acabei de receber um e-mail,vão limitar a 20 resgates por ano para emitir passagem para terceiros.

  • Neuris

    A vantagem é que vôo para Chile Emirates Avianca e Gol com melhores serviços, Argentina tem todos melhores, Paraguai e uma viagem relativamente curta para encarar de amazonas ou gol, Colômbia e Perú tem Avianca’s…. Eu mesmo estou com 3 passagens marcadas para o sul e vou fazer gol e gol+sky, e emirates +sky

  • Henry

    O estrategista chefe da LATÃO deve ser o mesmo que traçou a brilhante campanha do chuchu…..
    O cara conseguiu a façanha de deixar o vegetal mais aguado e o LATÃO DE LIXO mais fud, quer dizer, fedido do que já é…rsrs
    Vai levar uma cia aérea a pique….

    • Henry

      Tem que ter muito talento pra fazer tanta zerda em tão pouco tempo…
      Tem algum segredo por trás…

      • Neuris

        Imagino que eles já perderam uma boa fatia em todos os mercados.

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 0 Flares ×