Dúvida do leitor iniciante: consigo ir para a Itália usando minhas milhas e pontos?

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 0 Flares ×

Abrimos o espaço do blog para que os leitores ajudem o leitor Lucas a realizar seu objetivo de ir para a Itália usando suas milhas e pontos, ou melhor, as milhas e pontos das contas da mãe e do pai dele. 😉

Confiram!

………………………..

“Boa tarde a todos, sou iniciante no assunto “milhas”, porém pesquisei bastante e gostaria de uma ajuda sincera de vocês, que possuem larga experiência.

Vou contar o ocorrido: desejo realizar no ano que vem (26/06/19 a 16 ou 18/07/19) uma viagem para Itália. Descobri que meus pais possuem os “pontos” em seus respectivos cartões de crédito e, decidi pesquisar para escolher qual seria a melhor opção para resgate dos pontos.

Minha mãe possui 21.000 pontos no Banco do Brasil (Livelo).

Meu pai 25.000 pontos no Santander (Esfera).

Pesquisando, percebi que a melhor opção era adquirir pelos pontos a passagem de ida (de São Paulo para Milão) pela MULTIPLUS, já que exigem 33.000 pontos. Ocorre que o Santander exige 30.000 pontos para transferir para a Multiplus, o que inviabilizaria. Dessa forma, eu transferiria apenas os pontos de minha mãe (21.000) e compraria o restante pela própria Multiplus (12.000 pontos X 70 reais a milha = 840 reais). Porém, pelo que li aqui neste post e em outros, NÃO compensa.

Há a possibilidade de transferir os pontos de meu pai (Esfera) para a Azul, Smiles. O mesmo da para ser feito com os pontos da minha Mãe (Livelo). Porém, a Azul, Smiles, Avianca e outras exigem um numerário muito grande de pontos para passagens aéreas internacionais (sempre pensando São Paulo – Milão). Giram na casa de 45.000-120.000 pontos, o que inviabiliza muito.

Outro problema, que no caso eu não esperava, era essa situação da emissão do bilhete aéreo pela Latam (caso eu resgate os pontos pela Multiplus). Vi nos comentários que muita gente não vem conseguindo emitir os bilhetes, pois vem dando erros. Isso procede?

Para a viagem de volta (pretendo vir de Roma para São Paulo), pela Latam é inviável, já que a passagem está mais de 6 mil reais (ou 100.000 pontos). Nas demais companhias, também está bem acima (por ser Julho – alta temporada).

Então pesquisei e achei a Max Milhas e, a princípio, achei muito interessante. Afinal, a título de curiosidade: a passagem de ida de SP para Milão na Multiplus está 33 mil pontos; no site da Latam está R$ 3.300,00 e, pela Max Milhas, cerca de R$ 1.400,00. A passagem de volta (Roma – SP) girava em torno de R$ 2.500,00 – R$ 3.000,00. O PROBLEMA, é que pelo visto muita gente acha meio “fraudulento” ou algo do tipo o “Max Milhas”?

Vi agora, pelos comentários, a possibilidade de assinar o Clube Multiplus 10.000 (370 reais) e conseguir os 10 mil pontos, aí só precisaria comprar pelo site os 2.000 pontos restantes e, sairia mais em conta. Mas fiquei receoso de realizar todo esse procedimento e no final, não conseguir emitir o bilhete aéreo.

RESUMO: o texto ficou deveras extenso, peço perdão desde já. Ocorre que estou extremamente perdido sobre como proceder. Na prática, tenho os 25 mil pontos do cartão do meu pai (Santander – Esfera) e os 21 mil pontos do cartão da minha mãe (Banco do Brasil – Livelo) e, a princípio a melhor opção era a Multiplus, pois o trajeto de ida da viagem (SP – Milão) está na casa dos 33 mil pontos.

Gostaria de opiniões sinceras, de como posso proceder, tanto em relação aos pontos que possuo (para qual programa de pontos mandar) e sobre qual passagem adquirir (por qual programa – Latam, Azul, Smiles). Se puderem ao menos me dar dicas, ficarei enormemente grato.

Talvez, seja mais vantajoso assinar algum desses clubes (livelo ou multiplus) e cancelar no mesmo mês, só para obter a pontuação mensal de pontos (é possível? ou eles pegam os pontos de volta?).

Grato por tudo.

Lucas.”

Em seguida, ele complementou:

“Eu andei pesquisando bem e verifiquei que, pelo menos pela Multiplus (única que compensa pegar as passagens) só vem compensando se pegar ida e volta nos pontos, pois se eu pegar a ida, para pegar a volta em uma companhia aérea vai ser complicado. Ex.: Ida e volta de SP para Milão: 90 mil pontos ou R$ 4.400 reais (24/06 a 14/07). Se fosse pegar só a volta em $ na Latam = R$ 7.000,00. Fazem isso para você não ter escolhas.

Por isso nessa situação, pelo que pesquisei, o que compensaria era pegar a ida nos pontos (33 mil) e a volta, como em $ é um valor absurdo (7 mil reais Latam ou R$ 3.500,00 na decolar), teria que ser pela Max Milhas (sai R$ 2.200,00 a mesma passagem que é R$ 7.000,00 na Latam).

Só que pelo que li aqui, o Carlos não gosta muito do Max Milhas, só que não entendi muito bem porque, pois realmente o milheiro sai um pouco mais caro, só que é tudo mais “facilitado”.

O receio dos pontos é você finalmente conseguir toda a quantia necessária (90 mil pontos) e depois a passagem está mais cara ou, dá algum problema na emissão do bilhete.”

………………………….

Pesquisei no programa Amigo Avianca, e vi que ele está cobrando 50 mil pontos por perna, o que inviabilizaria a emissão mesmo com uma promoção eventual de 100% de bônus de transferência.

No Victoria TAP, outro parceiro do Livelo e do Santander Esfera, não encontrei disponibilidade para as datas desejadas.

Restariam somente o Smiles e a Multiplus, porém, como ambos os programas apresentam tabelas de resgates flutuantes, há o risco de os pontos serem transferidos e, uma vez transferidos, verificar que os valores de resgate já subiram.

Talvez, dentre os dois, o Multiplus seja o menos ruim, pelos valores que já foram pesquisados, mas isso não é garantia de que esses valores se mantenham no futuro.

Além disso, o próprio Lucas fez a pesquisa e notou os valores astronômicos cobrados pelos programas de milhagens aéreas.

Talvez a melhor alternativa seja mesmo comprar as passagens em dinheiro, já que a quantidade total de pontos acumulados – 46 mil pontos (somando os saldos do Livelo mais o do Santander) – seriam suficientes, no máximo, para a emissão de uma perna da viagem, e emitir a outra perna em dinheiro poderia custar mais caro que a própria emissão inteira – ida mais volta – com dinheiro.

E você, o que sugeriria ao Lucas? 

  • William

    Espera uma promoção com bônus de transferência (mínimo 80%), vende as milhas e paga a passagem em dinheiro.

  • Winicius Mendonca

    Para a mãe dele, assinaria o Clube Multiplus 10 mil ( 369 reais) e o clube 20 Livelo (649 reais ) somado com a pontuação que já tem no cartão (22k) após a transferência com os 30% de bônus do clube daria 54,6 pontos + 10 do Clube Multiplus = 64,6. Ainda assim vão ficar faltando 25,6k , que poderá ser acumulados através do KM de vantagens.
    Vai precisar juntar 3 mil km e trocar 2 lotes de 10 mil pontos ( os lotes q são bonificados com 30% para quem é do clube 10) vão gerar um total de 26k por 620 reais.
    Resumo.
    Clube Multiplus + clube Livelo + transferência de KM = 369 + 649 +620 = 1638 reais = 62k + 28,6k (os 22k com bônus de 30%) = 90,6k
    .
    Caso não queria acumular através do KM, a outra possibilidade é assinar o clube Livelo por dois meses , assim que cobrar a segunda mensalidade, assinar o Clube Multiplus e fazer a transferência.
    A conta ficaria
    369 + 649 + 649 = 1667 reais

    • A segunda opção me parece mais viável. Acumular 3000 KM ultimamente anda um sacrifício. Mas ele tem pressa. Como fazer pra minimizar ao máximo a aquisição desses 25,6k faltantes? Pensemos…

      • Pedro Viajante

        Dica para o acúmulo de KM aproveitando o limite máximo diário, abastecendo:

        – R$ 31,00 de combustível, pagando no cartão de crédito e receba 200 km;
        – R$ 32,00 de combustível, pagando no cartão de crédito e receba 200 km;
        – Abasteça qualquer valor pagando em espécie acumulando 160 km.

        Total: 560 km / dia abastecendo aproximadamente R$ 70,00.

        Obs1: Há um limite semanal de 3 acúmulos de 160 km, não sei como tá o limite pra acúmulo de abastecimento no cartão.

        Obs2: A sugestão de colocar 1 real a mais no segundo abastecimento é apenas para não correr o risco do cartão de crédito bloquear a segunda transação de valor igual. Tem frentista que não se importa em fazer esse procedimento “parcelado”, do contrário você precisa passar mais de 1x no posto. Mas geralmente com cortesia eles fazem.

        • Boa!!! Com a ajuda de uns dois ou três amigos, ele consegue os KM rapidinho, respeitados os limites de acumulo. É isso ai! Fechou! Habemus papa, digo, punctorum!!!

          • Guilherme

            Caramba, como eu aprendo como os leitores desse blog! A caixa de comentários é um verdadeiro manancial de inteligência! O nível de riqueza de detalhes das dicas é assombroso. Sempre aprendo alguma coisa nova (aquela dica preventiva do um real a mais é sensacional). Obrigado a todos!

        • Henrique

          Há uma opção muito mais rápida de gerar Km de Vantagens: Posto Ipiranga na Web. Você compra créditos de combustível para serem usados no Postos Ipirangas do seu estado e recebe os Km na mesma hora. As opções de pagamento são boleto ou cartão de crédito, cada uma delas com valores disponíveis diferentes. A grande vantagem nessa transação é gerar 5km para cada R$ gasto e mais ou 1km por R$ gasto se o combustível for resgatado no posto favorito. Ex: compra-se R$ 500,00 em crédito e ganha-se na hora 2500km. Se você resgatar todo esse crédito no seu posto favorito no final ganhará mais 500km, totalizando 3000km.

          • Pedro Viajante

            Ótima dica para adquirir os KM a curto prazo! E ainda dá pra colocar qualquer valor em real nessas idas ao Ipiranga e receber + 160km diário (3x por semana).

  • Adriano

    Amigo você já tem os pontos pra fazer essa viagem a custo zero, ma seria muito complexo explicar aqui.Entao vou dar minha opinião como fazer ao menor custo possível.
    Você já tem o trecho de ida com seus pontos do Santander 25k, transfere pra Iberia da Iberia pro Executive club e pronto terá 25k de Avios suficiente pra fazer o trecho São Paulo x Milao.
    Trecho de volta assina clube Livelo 7k R$229,00 , com isso terá 28k livelo ( 21 que já possui mas os 7 do clube)
    Espera uma promoção de 100% pra Amigo ( sempre tem já teve 2 esse ano e deve ter outra até o final do ano),e pronto 56k suficiente pra fazer o resgate pela Star Alliance custo da viagem R$229,00, espero ter ajudado.

    • Pedro Viajante

      Se o Lucas assinar o clube Livelo 7k hoje, ele receberá 14k por conta da promoção em dobro que tá rolando esses dias tb.

      • Adriano

        Show agora e custo zero ao quadrado 😂😂

    • PauloHCM

      Qual programa ele usaria para ficar com custo 0?

    • Mas e a variável tempo? De nada adianta ter todas as outras joias do infinito se estiver faltando a do tempo…

  • Igor B.

    Já que vc tem datas praticamente fixas pra viagem, use o aplicativo/site Voe Livre ou Oktoplus, que podem monitorar a quantidade de milhas necessárias. Vc vai ter uma ideia melhor da flutuação dessas milhas (max e min) e o momento exato para poder comprá-las. Boa sorte.

    • O fator tempo ainda é um problema porque não tem tempo suficiente para avaliar o mercado por tempo suficiente pra conseguir identificar o que pode esperar dos limites máximos e mínimos das oscilações. Além de, também, correr o risco com as tendências que andam imprevisíveis etc etc etc. Tem que ter as milhas agora e emitir agora ao menor custo possível…

  • Henry

    Melhores Desatinos agora tem uma filial
    E uma filial de primeira…rsrs
    “Melhorou pra pior”
    Isso que da colocar a gestão nas mãos de um estagiário..
    Pelo menos assumiram a que vieram e de que lado e$tão

    • Carlos Telles

      Qual a treta com o PP ? sempre vejo comentários sejam aqui ou em outros blogs que sigo mas nunca entendi o motivo. Entendo que tem coisa que é merchan, mas boa parte das dicas dadas pelo menos para mim são muito úteis.

      • Henry

        Carlos…
        Sem problemas em fazer propaganda… coloca a área específica pra isso e a vida segue em frente..publica tudo, até mesmo casa de massagens…..
        Agora, fazer propaganda disfarçada de matéria jornalística, não dá né ???
        Matéria jornalística tem que ser isenta, sincera…e direcionada para os interesses dos leitores, não dos patrocinadores…
        E, veja bem.. vc, eu e boa parte dos colegas que têm mais experiência, consegue separar o joio do trigo…
        As vezes eles dão dicas boas, sim…
        Mas, tem muita gente que procura esses sites justamente para se INFORMAR…
        E são pessoas que ainda não tem conhecimentos para julgar se a opção A é realmente a melhor ou se tem outra forma de gastar menos R$ ….
        Quando um site prioriza o anunciante, tem-se que colocar o pé atrás…
        Vc tem conhecimento pra saber isso, eu tenho… mas pensa naqueles que estão como nós estávamos há alguns anos atrás..
        A coisa é simples: divide a tela em duas áreas: numa área ficam os anúncios/propaganda… ali o anunciante pode até dizer que 2+2=5… sem problemas…
        E na outra área ficam as matérias jornalísticas: ali, não dá aceitar que os textos direcionem os leitores a uma decisão que atenda os interesses dos anunciantes…ali é a área do leitor, e como tal, deve atender sempre o melhor pra ele…
        Só isso…
        No mais, já aprendi muito com as dicas do “né nom”… sempre gostei do trabalho dele.. mas, desde que o estagiário-dono entrou lá, o foco comercial nos leva a ter esse cuidado em analisar bem o que eles escrevem, que por sinal, não dá mais pra assinar embaixo….
        E sinceramente, ter dois “melhores desatinos”, não leva a nada….

        • Carlos Telles

          Entendi. Sim existem muitas publicações nesse estilo lá ultimamente, mas eu vejo muito mais num tal mestre ai e o “hate” não é o mesmo, por isso não entendia. Eu acompanho todos, pois sempre tem alguma coisa que dá para salvar, dou mais foco aqui e no blog da Beatriz por achar que são os mais imparciais.

  • Habemus miglia. Veja o tread iniciado por Winicius Mendonça. Buon viaggio!

    • Em tempo… Filhote, diretao pra Roma por 33mil e diretao de Milão por 54mil. Eu sei, eu sei. £udeu com seu roteiro. Mas a vida é assim mesmo. Lembre-se que mamãe tem que assinar o clube multiplus 10mil em primeiro lugar, antes de transferir qualquer milhagem pra la…

      • Lucas

        Esse é o melhor roteiro que pesquisei via Latam/Multiplus.
        O preço na última quinzena se mostrou 100% estável nos trechos:
        SP-MILÃO = 33 mil
        SP-ROMA = 33 MIL
        MILÃO-SP= 54 ou 57 mil.

        Se na hora de tentar finalizar a compra e der algum erro, e após isso na segunda tentativa, o valor cobrado for maior, claramente haverá uma “fraude”…. bem proposital convenhamos.

  • Carlos Telles

    Estava querendo ir no Carnaval pra Europa, saída dia 01/03 com volta no dia 09/03 pela multiplus, achei rio x barcelona ida e volta por 66.000 em econômica com a Latam, fui emitir, deu pau, fui tentar emitir de novo 240k agora PQP

    • Henry

      O site do MULLATÃO tá ruim, mas tão ruim que fica até parecendo que isso é proposital, pras pessoas não usarem suas milhas…

      • Eu sou fidelíssimo a teoria da conspiração mundial… Nunca descarto essa possibilidade… Reparou que as emissões com AA puros sumiu? Bem, até ontem (domingo), hoje nao vi ainda…

    • Chuta que é macumba!

    • Lucas

      Boa tarde Carlos. É justamente esse o meu medo… Fazer todos esses procedimentos para obter os pontos e na hora, o valor ser mais alto. Ou, caso seja o mesmo, no momento da emissão da passagem aérea dar esse erro.
      Como funciona esse erro na emissão do bilhete aéreo? Simplesmente da algum erro na página e as milhas/pontos não são creditadas? Ou ainda corre-se o risco de ter os pontos “presos” por algum período de tempo?

      • Carlos Telles

        No meu caso eu fui até o final da emissão, digitei os dados de pagamento, após digitar ficou processando e informou que não foi possível concluir, não debitou os pontos e nem as taxas do meu cartão. Fui tentar emitir novamente, ai os valores foram pra estratosfera. Nem tentei ligar pro call center pois não tirei print de nada e já sei como está um difícil conseguir qualquer coisa lá. Estou vendo que vou ter que comprar com grana mesmo e pagar quase 4k pra ir econômica =/

  • Lucas

    Andei pesquisando mais, e está tendo (até hoje) a o bonus para mandar os pontos para smilles.. No entanto o preço dos trechos lá estão bem elevados.
    Na Multiplus pensei no seguinte:
    OBS: a conta está no nome de minha mãe e é mês de aniversário dela, assim, o clube multiplus 10000 sai 333 reais e a compra do milheiro sai 35 reais (50% de desconto). Então:
    Com a transferencia dos 20k da livelo para Multiplus (com o clube 10k) serão obtidos: 20k + 6k (bonus de 30%) + 10k (do clube) = 36k.
    Para os 90k faltariam 54k. Comprando 54k no proprio site (35 reais o milheiro) = 1890 reais.
    Total: 1890 + 333 = 2223 reais.

    Até aí tudo ok, o problema é que verifiquei que recentemente a LATAM está “Penando” para emitir bilheres aéreos por milhas, talvez o problema tenha se intensificado pela promoção fornecida no final de semana passado. Mas, caso eu obtenha a pontuação exigida e não consiga concluir a compra, se houver o aumento da pontuaçao exigida para obtençao das passagens por milhas, claramente será por má-fé dos envolvidos.
    Dessa forma, já me informei e poderei pedir a devolução do valor pago pelas 54k milhas adquiridas, claro, desde que eu requeira a devolução dentro do prazo de 7 dias (a contar do recebimento das mesmas):

    Se eu decidir agir dessa forma, preciso do tempo ao meu lado, pois a partir do momento que as 54k milhas pingarem na conta, preciso tentar emitir os bilhetes aéreos e, não dando certo, pedir a devoluçao do valor pago.
    Só não sei se caso dê esse erro na compra, se as benditas milhas ficarão de alguma forma “atreladas” e, assim, não seja possível nem mesmo pedir o estorno, já que elas nao podem ter sido utilizadas (ora, elas nao foram, afinal nao consegui concluir a compra).

    Outra possibilidade:
    Comprar a ida (33k) aderindo ao clube multiplus 10k e transferindo os 20k da livelo. E, a volta, teria que pegar na Max Milhas…

    São as 2 possibilidades “mais simples” e, com certeza, podem não ser as melhores, nem as mais baratas.
    Nestas duas possibilidades não utilizaria os 25k esfera do cartão de meu pai.

    Possuo números dos protocolos das ligações na multiplus e e-mails, confirmando a possibilidade do estorno da quantia paga.

    Mas, infelizmente, não estou confiante que venha a dar certo, muitas sao as reclamações de impossibilidade de emissão dos bilhetes aéreos pela Multiplus/latam recentemente… Meu meu é que todo esse valor que venha a ser pago, seja “perdido”, e as milhas fiquem la encostadas e, ao final, eu tenha ou que desistir da viagem ou desembolsar um valor ainda mais alto para adquirir as passagens no dinheiro.

    Talvez, seja melhor pegar ida e volta no $: R$ 4.400,00 a R$ 5.000,000 – dependendo dos dias que eu escolher. A diferença é de praticamente R$ 2.000,00 a mais em relação à 1ª possibilidade. Porém, pode ser que consiga emitir os bilhetes aéreos ou, nao sendo possivel, que eu consiga a devolução dos pontos comprados, desde que, solicite no prazo de 7 dias.

    Muito obrigado e vou continuar acompanhando as dicas!!

  • Lucas Fc

    ATUALIZAÇÃO:
    Tentei comprar 116k de pontos na Multiplus (Milheiro = R$ 36,00).
    RESULTADO: foram 2 tentativas e ambas não concluíram a compra.
    Liguei na administradora do cartão e nada, falam que nem apareceu no histórico.
    Na multiplus também não souberam explicar e abriram uma reclamação.

    Problemas enfrentados na Multiplus:
    Número do celular cadastrado – corrigido.
    Obtenção do desconto na compra de pontos no mês de aniversário – corrigido.
    Obtenção do desconto na assinatura do clube multiplus no mês de aniversário – corrigido.

    Porém, sempre foi necessário ligar la e abrir uma reclamação.

    Ou seja: essas tal de milhas, em tese, no papel, funcionam bem. Mas são deveras trabalhosas…..

    Max Milhas ou 123 Milhas?! O que dizem sobre? Menos dor de cabeça? Ou pelo contrário: AINDA MAIS?

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 0 Flares ×