Itaucard diminui quantidade mínima de transferência de pontos para o Multiplus Fidelidade: de 20 mil para 5 mil pontos

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 0 Flares ×

Não dá pra chamar isso de promoção, mas é algo no mínimo curioso que essa redução ocorra exclusivamente para o parceiro Multiplus Fidelidade, com o qual o Itaucard tem um forte vínculo comercial. Vai fazer isso com o Smiles…..rsrs….

A notícia não deixa de ser boa para quem concentra seus acúmulos nos cartões Itaucard e seus resgates no Multiplus, haja vista que, em muitos outros programas, os valores mínimos de transferência são bem altos: 15 mil no Porto Seguro, e inacreditáveis 30 mil pontos no Santander Esfera.

Conclusão

Difícil é saber de quem partiu a iniciativa, se da Itaucard ou da Multiplus, pois há razões de ambos os lados.

Por parte do Itaucard, tenho percebido algumas iniciativas para tentar dar um gás nos seus cartões de crédito, como oferecimento de primeiro ano com bônus (p.ex., Multiplus Itaucard, que chegou a ser objeto de envio de proposta por correspondência, para alguns correntistas do banco), e benefícios extras em outros cartões (p.ex., Itaucard Tudo Azul Platinum com franquia de 2 malas na Azul em voos domésticos).

Parece que eles estão querendo recuperar o terreno perdido nos últimos anos, que assistiu a um crescimento nos cartões de crédito vinculados ao Livelo, Santander e Porto Seguro.

Já por parte do Multiplus, não precisa nem falar muito: a empresa tem apresentado lucros cada vez menores, reflexo de ações desastradas em diferentes frentes de batalha – instabilidade nas migrações de sistema, dificuldades para os clientes usarem o site para fazer resgates, extinção das boas promoções com o KM de Vantagens – e agora a empresa está tentando reverter o quadro.

Parafraseando o nosso participativo leitor Henry, “estamos de olho”….rs

  • Emmanuel Kalispera

    O objetivo é estimular transferência para Multiplus em detrimento dos outros programas, cujo custo para o Itaú deve ser maior.

    • Henry

      Sim.. vc tem razão…
      E não se esqueça que a Gol, quando precisa de grana/recursos, não vai no banco pegar dinheiro.. vai no Smiles… melhor banco do mundo, porque não cobra juros e não ficam ameaçando colocar o nome da cia. aérea no Serasa/SPC.. na verdade, a Gol vende “direitos futuros de emissão de passagens”, cujo preço em milhas ela controla lá no Smiles… por sua vez o Smiles, comandando pela Gol, não tem a menor pressa em pagar mediante a emissão de passagens…
      Já a LATAM sinceramente não sei se utiliza o mesmo procedimento… acho que não.. aí, tem que pegar dinheiro em banco.. com os “módicos” juros cobrados pelo nosso sistema bancário…
      Uma das formas de pagar o valor da parcela do empréstimo, pode ser vendendo milhas pro banco, sem receber nada em troca, apenas deduzindo o valor nas parcelas..
      De repente é por aí….
      O Itau e o Bradesco são muito fortes em empréstimos para empresas…..

  • Daniel Gadelha

    Isso é sazonal. Diminuem o limite mínimo e logo em seguida sobem novamente.

    • Henry

      Nada como um leitor com memória e experiência… catimbado nas Manhas & Manias das empresas e suas redes de Marketing de Captura…
      Esse filme “nóis já viu”, né mesmo Daniel ???

      • Daniel Gadelha

        Hahahaha, vou entender como sendo um elogio, caro Henry 😊

        • Henry

          Ué… pareceu ser outra coisa que não um elogio ??? rsrs

          • Daniel Gadelha

            Só estou te zoando rs.

  • Carlos

    Isto vale para a CEF também, já tinha saído no relatório do balanço do segundo semestre da Multiplus.

  • Henry

    Isto comumente se chama de: “… o abraço dos afogados….”
    Itaú, detonou seu programa de milhagens, transformando-o num programa de pilhagem…
    Multiplus, embora não seja o pior programa nacional (não tem como concorrer no quesito Zosta & Zerda com o TudoAzul e o Smiles… deveriam se fundir, pra não usar outro termo menos educado… se merecem…), o programa nos últimos 3/4 meses está no olho do furacão por conta de uma migração/fusão/confusão de programas Multiplus/LATAM/LANPASS… e da decisão (que eu particularmente acho benéfica para quem utiliza programas de fidelidade para fins pessoais, e ruim para quem vê nesses programas uma forma de aferir vantagens financeiras) de limitar em 25 passageiros diferentes por ano… com o sistema/site do programa (qual dele ?? afinal isso virou uma sur/uba de sistemas/sites) com problemas técnicos, o que impediu a emissão da passagens… além disso, piorou sensivelmente o site que já era uma zosta…
    Por outro lado, só para “inglês ver” (uma vez que, tecnica/operacionalmente está difícil de emitir passagens), apresentou qtdes. razoáveis de para resgate de passagens, principalmente para Europa…
    Enfim… poderiam simplificar o processo de pesquisa/emissão de passagens, com um único site para todos os clientes.. afinal, temos uma única LATÃO, ou vão querer continuar com a fragmentação de processos LAN e TAM ??? ah, sim, inclusive no tratamento diferenciado para chilenos e brasileiros, fato que, cada vez, é mais notório, apesar dos esforços da empresa de tentar acobertar isso….

  • Igor

    às vezes tenho a impressão que o Itau ligou o foda-se pra os cartões deles… recepcionaram os clientes do Citibank Cashback no Credicard… cliente Citibank, em tese, tinha uma renda maior… porque não oferecer, sei lá, um Personalitte, ou até mesmo um Uniclass?

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 0 Flares ×