Chupa essa manga: despacho de bagagem custando 54,60% do preço da tarifa aérea!

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 0 Flares ×

Foi-se o tempo em que a tarifa da cia. aérea e a taxa de embarque eram os únicos valores que você tinha que desembolsar pra viajar de avião.

Hoje em dia, as cias. aéreas estão cobrando tanto, mas tanto, pelos serviços extras fora o transporte aéreo em si de você, que no final das contas você tem que usar uma calculadora e fazer um monte de contas pra saber qual a cia. aérea tem o preço total mais barato.

Hoje, é impossível você confiar somente no valor da tarifa, ainda que só vá com a roupa do corpo, pois tem aérea por aí cobrando pra você marcar um reles de um assento.

Leiam o relato do leitor Assolini:

“Olá Guilherme,

Essa semana fui fazer uma cotação de uma possível viagem familiar com a Passaredo, pequena companhia aérea que serve o interior de SP e cidades de MG, MT, MS, GO, BA, RJ etc.

Pra meu espanto, em uma passagem de 293 reais (o menor valor tarifário do trecho oferecido), a companhia cobrava estonteantes 160 reais para despachar a maleta. Um absurdo!

Como a ANAC liberou geral, quem fica com o prejuízo é o cliente.

Se quiser despachar a mala por valores menores, tem que escolher a tarifa mais cara…”

Abaixo a prova:

Conclusão

Tá achando que é pouco? Pois em alguns casos de passagens ainda mais promocionais, o preço dos serviços extras pode ultrapassar os 100% da tarifa aérea.

O que impressiona no caso demonstrado pelo Assolini é o exagero na cobrança de bagagem, ou seja, a desproporção entre o preço pra transportar um objeto e o preço pra transportar… um ser humano… 🙁

Tenho certeza de que muitos leitores já fizeram essa conta ao planejar a viagem, e tiveram que excluir a tarifa mais barata, ou mudar de cia. aérea, a fim de que o custo efetivo total ficasse menor – p.ex., viajar numa cia. onde você tenha algum status no programa de fidelidade, que serve pra amenizar os custos extras que você teria se fosse viajar por uma cia. aérea onde não tivesse status. É ou não é?

Agradeço ao prestativo Assolini pelo envio do alerta! 

Tagged as:
  • Flavio

    Mas se comprar a tarifa “basica” que da direito a bagagem, o aumento fica em 30% o que teoricamente valeria mais a pena à comprar a promo + pagar pelo despacho de bagagem

    • Henry

      Antes da PALHAÇADA ANAC 400, era mais barato voar, inclusive com / sem bagagens despachadas…
      Depois da porno-portaria, subiram as tarifas e ainda por cima paga pelo despacho das malas..

      • Fernando

        o que impedia as aereas de aumentar o preço dos bilhetes antes??

        Nada.

        • Henry

          Sim… sempre houve liberdade para aumentar as tarifas…
          É que na época em que a ANAC começou aquelas “audiências públicas” fajutas, muitas pessoas (talvez “plantadas” nos sites pelas próprias empresas que depois se beneficiaram da Portaria 400), estas pessoas diziam que não queriam pagar mais caro para viajar porque no preço tinha embutido o preço das 2 malas despachadas..
          Essas “pessoas” alegavam na época que, se tirassem a franquia de 2 malas, as cias. aéreas iriam baixar o preço das passagens..
          Não baixaram.. aumentaram as tarifas e ainda por cima cobram o despacho das malas…
          Além do mais, existe todo um universo de pessoas que são surpreendidas com a cobrança da franquia de malas na hora do check-in…
          Aquelas “pessoas” alegavam que a liberação para cobrar o despacho de malas iria permitir que as empresas low-cost viessem para o Brasil..
          Na época eu disse que isso não ia rolar..
          Que para termos cias. aéreas, REALMENTE low-cost, tem que fazer o seguinte:
          – aumentar o número de slot´s nos aeroportos brasileiros, mas não para as atuas 4 cias. aéreas… senão, continua a mesma coisa;
          – incentivar o uso de aeroportos alternativos, com custo mais em conta… não adiantaria muito SÓ liberar slot´s em GRU/CGH/VCP, porque esses aeroportos têm custos altos de manutenção… tem que incentivar o uso de aeroportos com despesas de manutenção mais em conta;
          – incentivar a vinda de cias. aéreas estrangeiras, mas que não tenham o controle acionário no exterior com participação nas 4 nacionais…
          Resumindo tudo (e meio mundo sabe disso, não precisa ser gênio): só concorrência real entre cias. aéreas permitirá reduzir o preço das passagens…

          • Gabriel Cirqueira

            Não precisa mesmo ser gênio para identificar como a interferência governamental é prejudicial. Monopólio aéreo assim como o monopólio de telefonia nos fornece serviços ruins a preços exorbitantes.

      • Tchô Mondego

        Zardox? rsrs

        • Henry

          Sim…. Zardox e Henry são irmãos gêmeos…. nasceram no mesmo dia, hora, minuto e segundo…
          Vc descobriu o mistério…
          Mas… Zardox, geralmente uso lá no site do Gabriel… mas somos a mesma pessoa….

          • Tchô Mondego

            Desvendado o mistério! kkkkkk

            Apesar de tudo o Henry e Zardox são diferentes. Um é revoltado, alucinado porém me aproximo bastante de suas considerações. O Zardox é mais comedido, poderia facilmente trabalhar no OMP… kkkkkkkkkkkkkkkkkkk

            E quem é o criador dos 2 personagens? rsrsrs

  • Henry

    Após as mangas: espada, haiden,carlotinha, palmer, surgiu no mercado um novo cultivar.
    Manga Sender…. foi cultivada/lançada no mercado pelos chilenos e está, literalmente, quebrando a TAM… ou o que restou dela…
    O cultivar apresenta acidez extrema, baixa doçura (que, inclusive propaga nos ramos/brotos/subordinados), o que torna uma manga extremamente azeda…
    Realmente, tá “flórida” de chupar essa manga…

  • Alexandre Badra

    Em breve, super promoção. Passagem de graça. Pague apenas as taxas de embarque, taxa de marcação de acento, taxa de bagagem, taxa de bom dia do comissário, etc

    • Albino

      Como já acontece no exterior. Também faz parte de planejamento tributário, pois os serviços agregados podem ter uma tributação menor do que a passagem em si.

      • Fernando

        Exato.. antes as aereas já poderiam aumentar o preço da passagem..

  • Paulo

    Alguns ganharam MUITO dinheiro com essa porcaria, digo, portaria…

  • Rodolfo França

    Nesse exemplo do Print é melhor comprar a tarifa basica por 80 reais a mais e incluso 1 peça de 23 kg.

    • Fernando

      Pra você ver como brasileiro não sabe fazer conta e adora reclamar..

      • Flying_FlyerBBB

        É vc ta “S”erto!!!

    • Guilherme

      Exato!

      Pois é exatamente isso que coloquei na conclusão do post!

      Confira: “Tenho certeza de que muitos leitores já fizeram essa conta ao planejar a viagem, e tiveram que excluir a tarifa mais barata”. 😉

  • Anderson Cunha

    Acredito que tenha sido alguma falha na informação da companhia aérea. Isso porque pesquisei agora mesmo no site da Passaredo, essa rota e outras (de diferentes origens e destinos), marcando tarifas promocionais. Ao avançar as telas para as respectivas emissões surge a página de inclusão de bagagem despachada. Para TODAS as pesquisas idêntico valor: R$ 50. Diante disso, imagino que “cada peça com até 23 kg será taxada em 160.00 BRL” teria referência a cobrança no check-in. Até porque, a seguir da frase aparece: “A taxa de excesso de bagagem é de 25 BRL por kg.”

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 0 Flares ×