[Guest post] Dicas e estratégias para planejar uma viagem em família à Ásia, na classe executiva (quatro assentos)!

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 0 Flares ×

Quais são os melhores programas para resgates de passagens para a Ásia em família, voando em classe executiva? 

Muitos leitores daqui do blog viajam em família, e a maior dificuldade, para esse grupo de pessoas, é achar disponibilidade para emissões com pontos para quatro (ou mais) passageiros! Se achar um único assento já costuma ser difícil, dependendo do programa, da empresa aérea, e da data-alvo da viagem, imagina então ter que conseguir achar quatro assentos vagos para emissão com milhas e pontos!

Mas isso não chega a ser problema se você for perspicaz nas buscas, escolhendo os programas mais adequados às suas necessidades. E chega a ficar divertido quando se tem o conhecimento e o cérebro de um Carlos da vida! 😀

Visando a te ajudar nessa empreitada, o Carlos, nosso Hércules das milhas e pontos, produziu mais um brilhante texto, onde ele discorre sobre as melhores estratégias para planejar uma viagem em família à Ásia, usando as milhas e pontos. Confiram!

………………………………………

“Estou planejando há algum tempo uma viagem em família para o Japão, sempre deixando milhas e um roteiro de prontidão para quando a viagem for efetivamente decidida, visto que encontrar quatro assentos na classe executiva para a Ásia não é uma tarefa das mais simples.

Ao longo deste período de planejamento, meus planos já passaram por Victoria TAP, Multiplus Fidelidade e Amigo Avianca, a depender da situação do programa e de meu saldo entre eles.

Mas, no fim das contas, percebi que há várias possibilidades de combinações de programas de milhagem para viagens à Ásia, podendo cada um adaptar para os seus programas de preferência ou de maior saldo.

As opções mais econômicas

Vou, então, apresentar as opções que considero as mais econômicas, utilizando os seguintes programas para acumulação (caso não se tenha saldo no programa):

  1. Amigo Avianca: já tivemos dois bônus de transferência de 100% este ano, somente para o Livelo. A melhor opção é acumular pontos no Livelo e esperar pelo bônus. É provável que tenhamos mais uma promoção destas até o final do ano, pelo menos para o Livelo. Para os demais cartões, podem ficar limitados a 50% ou 80%, como foi neste primeiro semestre.
  2. American AAdvantage: já houve ótimas oportunidades de acumulação de pontos com o cartão co-branded do Santander, tanto com o bônus do lançamento quanto com as promoções de metas de gastos. O cartão segue sendo a opção mais econômica para o acúmulo.
  3. Iberia Plus: ótima opção para transferência de pontos do Santander ou, caso dê certo, com a recente e generosa promoção de acúmulo de pontos com a comprar de passagens aéreas da Ibéria.
  4. Latam Multiplus: no começo do ano a combinação do Km de Vantagens com o Clube Multiplus permitiu o acúmulo de pontos por valores bem vantajosos. Também houve uma ótima promoção com o Livelo que, combinada com o Clube Multiplus, dava bônus indiretos de 117%. Para o futuro, estas mesmas opções devem continuar a ser as melhores para acúmulo de pontos, embora em condições bem menos favoráveis que no primeiro semestre. É importante ressaltar que já fazem dois meses que o funcionamento do programa está severamente comprometido pela impossibilidade de utilização da maioria dos parceiros aéreos, devendo seu uso ser seriamente avaliado antes da transferência de alguma pontuação.
  5. Gol Smiles: já foram algumas promoções de 100% de transferência este ano, a maioria para o Livelo e nenhum para Santander e Itaú. Mas a principal vantagem do programa é justamente não ser necessário ter saldo no programa para reservar a passagem. É praticamente certo que teremos mais 100% este ano, exceto, talvez, para os bancos citados anteriormente. Outro lado bom é que, nas opções indicadas, não há cobrança de taxa de combustível.
  6. TAP Victoria: opção válida apenas para quem acumulou e não gastou todos os pontos com os 100% do Livelo ano passado ou com os 100%, com limites, dados a CEF este ano. Baixa probabilidade de novas promoções.

Indicados os programas, três são, em termos de pontos, viáveis para emissões diretas para a Ásia. Victoria cobra 260k pontos para emissão ida e volta com parceiros da Star Alliance ou Emirates. Multiplus cobra 110k pontos por trecho mas, novamente, esta opção está inviabilizada desde a migração do sistema Amadeus para o Sabre. Caso o programa consiga resolver esta mega desvalorização técnica de sua tabela de resgates, havia boas opções de voos por Londres British/British ou com mistura com JAL ou Ibéria/Ibéria ou com mistura com Qatar. E Iberia cobra entre 94k e 102k, na baixa temporada, em voos próprios.

As combinações entre programas de milhagens

Para os demais programas, são necessárias duas emissões, e aqui entra a diversão a exploração das possibilidades. Vou indicar a região intermediária e, depois, as opções de combinação. Como nos deveres de casa, é só ligar as opções da 1ª coluna com a 2ª coluna (obs.: o texto a seguir foi convertido em imagem, para facilitar as visualizações propostas pelo Carlos: ligação entre as colunas da esquerda e da direita).

Agradecemos ao leitor Valfrido pela inclusão do Sul da África na tabela!

Em termos de quantidade de pontos, o menor valor para uma ida e volta seriam 188k com a Iberia, mas em termos de custo dos pontos e facilidade de obtenção e emissão da passagem, a dobradinha Amigo + Smiles pelo Oriente Médio é a opção mais indicada, tanto pela ocorrência habitual de bônus de transferência de 100% quanto pela simplicidade em fazer estas emissões online.

Esta dobradinha ainda pode servir para a Austrália, com custo, no Smiles, de 110k de Doha para Adelaide (80k no AAdvantage) ou 120k de Doha para Perth, voando na primeira classe da Qatar Airways (disponível para emissão por 100k no AAdvantage)”.

Conclusão

Enfim, o que para muitos pode ser um suplício, para mim é pura diversão montar várias possibilidades de viagens. Ter um bom saldo em mais de um programa ajuda, mas até para quem for começar do zero, não seria difícil acumular pontos no Livelo, com assinatura de clube e/ou compra dos pontos e esperar pelos bônus.

Mas, como é comum neste mundo das milhas, as condições de emissão sempre podem mudar, normalmente para pior, então usos alternativos para os pontos tem de ser considerados.

……………………………

Quer aprender mais? Então leia os demais guest posts do Carlos:

……………………………………………………….

E você, já conseguiu emitir passagens-prêmio pra família inteira viajar usando só as milhas e pontos? Onde decidiu concentrar seu acúmulo de milhas e pontos? Nos conte a sua saga, deixando um comentário aqui embaixo!

Agradeço ao Carlos por mais um excelente guest post!

  • Luis Gustavo

    Até antes da mudança do sistema da Latam e Multiplus consegui resgatar passagens da Air China por 110k executiva por trecho. GRU-Madrid com Iberia e depois Air China para China e Taipei. Depois da mudança sumiram tudo! Alguem se isso volta por ser erro no sistema ou acabou mesmo?

    • Ítalo Alencar

      Air china acabou a parceria.

      • Luis Gustavo

        Sim, eu sei. Mas depois da parceria eu tava vendo pela Cathay mas sumiu tudo estas opcoes.

    • Albino

      Pelo site agora só aparecem voos da American. Demais parceiros sumiram.

      • Tlars22

        Agora a Multiplus só tem parceria com a American Rsrs

      • Celio Martins

        Albino, estou com um protocolo na Latam para pedir para emitirem vôos Jal, ou British porque acham a disponibilidade, mas não tarifa… Sabe se alguma rota oneworld está emitindo? Lufthansa emite, mas Swiss também não..

        • Albino

          Não sei. Mas os relatos das pessoas é que estão havendo muitos problemas nos resgates, inclusive por telefone.

        • Carlos

          O protocolo funcionou?

          • Celio Martins

            Segue aberto… Abri uma reclamação no Reclame Aqui para ver se agilizam o protocolo
            Conseguem ver a disponibilidade mas o sistema não tarifa São problemas que acontecem desde a migração para a Sabre

            • Celio Martins

              Me responderam assim
              Informo que este caso está sendo tratado com nossa equipe de Princing, pois com a alteração de nossa plataforma de vendas, algumas tarifas com pontos de companhias parceiras não foram disponibilizadas para comercialização.

              Estamos tentando resolver o quanto antes esta questão, para que tais tarifas sejam publicadas e assim conseguirmos efetuar a emissão dos bilhetes.

              Neste caso específico, não é possível criar uma reserva manual, pois a tarifação com pontos está momentaneamente indisponível.

              Assim que houver uma atualização sobre este caso, retornarei o contato com o senhor para prestar mais informações.

  • Albino

    Faltou incluir a opção da Etihad saindo do Oriente Médio, pelos mesmos 40k para a Ásia. Um dos melhores resgates do programa.

    • Carlos

      Bem lembrado, me esqueci de acrescentá-la no AAdvantage.

    • Flying_N_tchan

      Albino qual seria o trecho com a Etihad? Tyo?

      • Albino

        Tem vários: HKG, SHA, PEK, ICN, NGO, NRT, entre outros.

  • Rodolfo França

    Mas o titulo fala em emissão para 4 ou mais pessoas. Tem certeza que a Qatar disponibiliza mais de 2 assentos, pq todas pesquisas que fiz ela tinha disponivel so 2 assentos via Smiles. Inclusive emiti Toquio-Doha-Madrid por 130k.

    • Carlos

      A maior parte das opções tem disponibilidade de 4 assentos, mas não todas. A Korean costuma liberar, no máximo, 2.
      Agora, na Qatar, não é difícil achar os 4 assentos. Inclusive nos voos para Tóquio, olhando bem avançado no calendário, praticamente todos os dias tinham 4 vagas.

      • Rodolfo França

        Korean eh apenas 1 unico assento!

    • Cinthia Rangel

      Emiti 3 assentos de Doha-ICN, em
      Business, mas com 11 meses de antecedencia, via Smiles.

      • Rodolfo França

        Qatar? Emiti 2 com 10 meses ant

        • Carlos

          Rodolfo, MAD-DOH-TYO tem 4 assentos disponíveis de 21/05 a 27/05, exceto no sábado. Para vários assentos, emitir no limite da abertura do calendário de emissões é a solução. No meio do calendário, é até possível achar estas vagas, mas as datas ficam bem mais restritas.

          • Rodolfo França

            Otimo entao, deve ser pq minha data foi final de abril, mas acah mas acabou dando certo, aguardando so os avios da promo para emitir madrid-gru

        • Cinthia Rangel

          Sim, Qatar. Emiti 3 assentos MAD-DOHA e mais 3 DOHA-ICN, em janeiro desse ano para voar em dezembro proximo.
          E consegui 3 assentos Hong Kong-MAD, voando Cathay, pela Multiplus. Isso em fevereiro desse ano para voar final de dezembro.

  • Carlos Telles

    Galera já estou planejando as férias do ano que vem, não tem relação direta com o post mas vai a dúvida: Com o amigo eu consigo emitir passagens com a SAS ? Pretendo ir para Islandia e Copenhague, IcelandAir and SAS são minhas únicas opções. trecho interno na Europa eu costumo pagar em grana mesmo, porém está sem condições + de 800 reais para um voo de 3 horas, então acredito que com pontos será mais vantajoso.

    • Celso Junior

      Nunca vi o amigo tarifar SAS… Sugiro emitir LX/LH ate CPH e de la continuar pela Wow Airlines (low cost) ate KEF pagante mesmo…voei MIA-KEF com eles num A330 reformado

      • Carlos Telles

        Obrigado Celso, vou dar uma olhada nas opções. Caso eu não consiga achar nada que se encaixe nos meus planos e horários vou acabar tendo que tirar CHP do roteiro e deixar para uma próxima. Encaixar a Islândia em qualquer roteiro que não seja reino unido ou Escandinávia é complicado.

  • Henrique P. P.

    Obrigado por disponibilizar todas estas opções Carlos. O difícil realmente é conseguir nos vôos 3 ou mais assentos. Mas, agora, com os possíveis caminhos, ficou mais fácil. Além disso, tenho pesquisado também as opções pelo Lifemiles via América do Norte com a ANA e Asiana por 68k de executiva e 85k de first. Embora o bônus atual seja pequeno (equiparação 1 por 1), a facilidade de emissão online e sem taxa de combustível me faz, particularmente, incluir tb esta opção, ou até mesmo os 140k que o Amigo cobra, mas, neste caso, viraria 70k pra quem aproveitou o bônus de 100%, e há datas com 3 ou 4 assentos disponíveis, mesmo em first. Abraço.

  • Sérgio Monção

    Muito interessante o post. Não é fácil conseguir executiva para família, que no meu caso somos em 5. Consegui em 2016 Miami em promoção da Avianca por R$ 1.700 cada e com a promoção livelo-tap 100% do ano passado consegui emitir pela swiss GRU-CDG e ZUR-GRU para agora em julho. Outro problema são os hotéis, que no meu caso são 2 quartos e a estratégia que tenho utilizado é o le-club, com custos razoáveis. Muito bom o blog, sendo a primeira vez que vejo post com foco em viagem de família. Emitir primeira classe ou executiva para 1 adulto sem restrição de datas é uma coisa, agora emitir para 5 em alta temporada é outra!

  • Henrique

    Estava simulando algumas dessas opções que o Carlos indicou e no Smiles tem que ficar atento a esse trecho MAD-DOH-Ásia. Você filtra por executiva e o valor está excelente (80k para BKK, por exemplo), mas quando você vai ver os detalhes do voo tem a infeliz descoberta que apenas o trecho MAD-DOH é em executiva, pois o trecho DOH-Ásia é econômica. Então você pagaria 80k para um único trecho em executiva. Agora se você separar os dois para ser dois em executiva o valor mudaria. Voltando ao exemplo de BKK, ficaria MAD-DOH a 55k e DOH-BKK também a 55k. Ou seja, 30k a mais.

    • Rodolfo França

      Correto, vi muito isso mesmo, quando iniciei as pesquisas a cerca de 15 dias tenho IMPRESSAO de ter visto os 2 trechos em EXEC Tokyo-doha-Madrid por 95k, porem logo depois so encontrava sendo 1 trecho EXEC e outro Econon. Enfim, os 2 trechos hoje custam 130k. Emiti via viaje facil.

    • Carlos

      Ótimo alerta. Confesso que pesquisei os preços no geral mas não cliquei em “detalhes do voo” para verificar as cabines. Mas estou achando estranho que o sistema, hoje, não está montando mais quase nenhuma executiva saindo da Europa para a Ásia, com exceção de Tóquio. Tendo vaga na executiva de MAD, BCN, CDG, FRA, ZRH para Doha e e lá para BKK, KUL, DPS, SIN, mesmo pesquisando um único assento só está mostrando opções na econômica. Há poucos dias atrás, as opções apareciam normalmente.

  • Valfrido

    Tem uma outra boa alternativa tmb.
    Brasil-Africa do sul por 60k amigo pela South Africa e de lá + 75k Amigo para Ásia, pela Singapore, ainda com possibilidade de stopover na África do sul.

    • Cinthia Rangel

      Excelente opção. Mas será que a Singapore disponibiliza mais de 2 assentos, em cabine premium, para emissão com as parceiras?

      • Valfrido

        Pois eh, me parece q só disponibiliza 2, mas tem a opção tmb de ir de South Africa para Hong Kong

        • Rodolfo França

          Eu ate pensei nessa possibilidade, porem preferi pagar mais e voar Qatar.

        • Cinthia Rangel

          O trecho JNB-Hong Kong é de Cathay? Se for, é perfeito! E ainda vou usar! ???????????? Só não sei qdo pq já tenho 4 viagens marcadas, a ultima pra junho de 2019!

          • Valfrido

            Pela South Africa, da pra fazer pela Cathay, so q teria q usar Multiplus, seria um pouco mais caro, 90k.

            • Cinthia Rangel

              Claro. Cathay é OneWorld e sout African, Star Alliance.

      • Observando Fato

        Singapore nao disponibiliza nenhum assento em cabine premium no A 380 E 77W em nenhuima rota, exceto para clientes de nivel top no programa Miles and More da Lufthansa.Nas rotas intra Asia ou operadas pelo 772 ha disponibilidade para parceiros.

        • Davi

          Na verdade, já vi disponibilidade Singapore no 777 entre SIN e HND. Aparentemente, o limitante pra disponibilidade premium na Singapore é a duração do voo: acima de 7h, não tem pra parceiros (ou seja, abaixo tem)

          • Gueropa01 Feee

            Ola, tem muita disponibilidade na rota IST-SIN pelo amigo ainda pode acrescentar qualquer destino do norte da Ásia por 30k one Way…. ah o avião e o 777-200

    • Carlos

      Excelente! GRU-JNB-HKG tem 4 vagas, relativamente fáceis, por 135k no Amigo. Por este mesmo preço e disponibilidade, também para ir a Perth, na Austrália. O Smiles também poderia ser uma opção saindo de JNB, mas não está mostrando opções na executiva com conexão em Doha.

      • Rodolfo França

        Sim, claro que é necessidade e planejamento, mas estou deixando meus 400 mil amigos para emitir Gru-Frankfurt de first Lufhtansa (100 mil pontos).

      • Cinthia Rangel

        Adorei! Ainda quero fazer a costa oeste da Australia!

        • Tlars22

          Vc tem algum blog de viagens pra nos contar como foi ?
          Queria fazer a Costa Oeste de Motohome nas próximas férias o/

          • Cinthia Rangel

            Eu fiz a Costa Leste, mas ficou faltando a Grande Barreira de Corais. Fomos até Noosa e Fraser Island. Não dava mais tempo de sumir.

            Ah, e fomos a Uluru tb e a Great Ocean Road, que amamos. Aliás, amamos a Austrália!
            Não tenho blog! Já tentei, mas não tive a menor paciência.

  • Méri Oliveira

    Parabéns!!! Sempre fico fazendo estas possibilidades, mas nunca tinha visto nada tão organizado, muito show!!! Vou guardar!

  • Flying_N_tchan

    Carlos parabéns. Ótimo post. Leitura de qualidade e vc é sempre gentil em compartilhar e generoso em tirar as dúvidas.
    Confesso que 6f ainda printei as dicas que vc me deu 4 meses atrás pro Japão !!!

    • Carlos

      Obrigado. O mais legal é a troca de conhecimento, eu aprendo tanto quanto compartilho aqui.

  • Paulo Guimaraes

    carlos como saber quais cias aéreas cobram taxa de embarque no amigo? todas as parceiras star do amigo cobram?

    • Carlos

      Taxas de embarque todas cobram, a questão é a taxa de combustível ou qualquer outro nome que usem para disfarçar. É questão de simular no próprio Amigo ou uma passagem real e ver as taxas. Se a empresa cobrar, o Amigo repassa, exceto em passagens com origem no Brasil.

  • Carlos

    Guilherme, baseado na dica do Valfrido, solicito a gentileza de acrescer a imagem abaixo à postagem. https://uploads.disquscdn.com/images/0ee407d4b7579e01c44cb19b8c1ba2e0f9e2895fab6083b00fa454542a95aca2.jpg

    • Guilherme

      Post devidamente editado!!!!!

  • Khalil Chaves

    Muito útil esse post, sensacional. Coincidentemente esses dias eu estava testando combinacões para Bali, e o que me pareceu melhor foi Amigo 70k até Doha (TAP + Turkish) e 75k smiles de Doha para Bali pela Qatar. Uma dúvida que tenho é sobre essas conexões. Qual seria o tempo razoável em Doha, por exemplo? 1 dia inteiro é suficiente para prevenir um possível atraso? E com relação a visto, tem algum HUB (Doha, Abhu Dhabi, Dubai etc) que é preciso tirar visto? Talvez esse seja um bom assunto para um post no futuro. Por exemplo, eu estava considerando ir pela Austrália, mas pelo que li, o visto australiano é caro e trabalhoso. Então teria que levar em consideração isso também na montagem do roteiro, o visto no país de conexão.

  • Viajante

    Que post cuidadosamente bem feito e extremamente útil, valeu gente!

  • Carlos

    Não, é uma taxa de serviço português. A taxa de combustível, se fosse repassada, seria de R$ 848.

  • Flying_N_tchan

    Olhando todas as possíbilidades x facilidade de emissão eu infelizmente consideraria o Smiles ( esse cobra absurdos 200 mil ida e 200 mil volta em cabine mista, voando AirCanada) seja com uma bonificação de 100% da Livelo, da 200 mil milhas, pegando uma promo de 50.% desconto em pontos livelo fica 7 mil reais. Não é bom, mas tb não é todo ruim. Mas é cabine mista, e o voo em executiva é feito no trecho Brasil x Toronto.
    Mas aqui eu considero somente facilidade de busca. O site Amigo é muito ruim pra isso, e a Multiplus não serve mais pra nada

    • Carlos

      Levando em conta isso, tem opção muito melhor: GRU-DOH-TYO por 200k na Qatar. Olhei só no limite do calendário, mas achei alguns dias com duas vagas. E ainda há alguma chance de um ou os dois voos receberem as novas e excelentes Qsuites. A volta, infelizmente, não funciona.
      Apesar de concordar que o sítio do Amigo é bem ruim, para a emissão Brasil – Oriente Médio ele funciona bem. Eu vejo como a principal vantagem do Smiles poder fazer esta emissão sem nada na conta e ir acumulando os pontos no Livelo até o próximo bônus de 100%.

      • Flying_N_tchan

        Carlos excelente tb. No dia que eu vi, nada de Qatar. Somente Emirates por 300 mil cada perna em cabine mista, foi também final do calendário.
        Realmente esse é o único atrativo do Smiles, poder emitir (reservar) sem saldo na conta.
        Abs

  • Carlos

    Mais outra opção.

  • Carlos
  • Felipe Mortimer

    Vou deixar aqui minha emissão, de antemão já agradeço ao post que foi de grande valia:
    Todos os trechos emiti para 2 passageiros

    GRU-DXB – Executiva (Ethiopian) – 70k Amigo
    AUH-SIN – First (Etihad) – 50 k AAdvantage
    HAN-DOH – Executiva (Qatar) – 55 k Smiles
    DOH-GRU – Executiva (Ethiopian) – 70k Amigo

    Amigo e Smiles com Emissões separadas (somente ida)e online Em nenhum dos trechos foi cobrado YQ. Na volta até tinha pela Turkish ou Swiss, mas as taxas inviabilizavam além do horário da Ethiopian ser melhor pra mim.
    AAdvantage emissão pela central depois de confirmar disponibilidade no site do Etihad Guest .

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 0 Flares ×