Private Sales (Preços Malucos) Accor no Brasil: descontos de 30% a 40%. Finalmente vouchers (pontos) podem ser abatidos no valor da reserva!

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 0 Flares ×

A promoção vale para reservas efetuadas até 3 de julho de 2018, conforme o descritivo abaixo:

PERÍODO DE RESERVA DA OFERTA DE 25 JUNHO 2018 ATÉ 03 JULHO 2018

PERÍODO DE HOSPEDAGEM DA OFERTA DE 15 JULHO 2018 ATÉ 16 DEZEMBRO 2018

Sabe aquela tão sonhada viagem pelo Brasil? Chegou a hora de torná-la realidade!

Aproveite nossa oferta especial e reserve seu hotel pagando menos. Economize 30% na hospedagem nos melhores destinos de norte a sul do país. E associados Le Club AccorHotels ganham até 10%¹ de desconto adicional, economizando ainda mais! Ainda não é associado? Inscreva-se nosso programa de fidelidade gratuito e aproveite essa e muitas outras vantagens!

E você ainda pode parcelar online sua reserva em até 6X sem juros².

A oferta é sujeita à disponibilidade dos hotéis participantes, então reserve o quanto antes! Você tem só até 03 de julho para garantir seu hotel mais barato.

Uma coisa que eu notei é que, diferentemente das promoções anteriores, agora é possível (fiz o teste e confirmou) o uso dos pontos para abater do valor das diárias.

Até então, todas as Private Sales anteriores exigiam o pré-pagamento integral em dinheiro, sem possibilidade de abater os pontos disponíveis – veja aqui, e tecle CTRL + F digitando “Private Sales” ou “Preços Malucos” no campo de busca.

Não sei se isso se deve ao fato de a promoção ser válida somente no Brasil, mas já representa um grande avanço para quem tem pontos na conta, e quer aproveitar o euro nas alturas pra descontar no valor da hospedagem mesmo aqui no Brasil.

É claro que, se você não comparecer ao hotel, perderá todos os pontos usados para fazer a reserva, assim como perderia todo o dinheiro, caso a reserva fosse paga integralmente em dinheiro, já que esse tipo de promoção exigem pré-pagamento integral, e não é passível de cancelamento em caso de reembolso.

Quanto ao parcelamento em 6 vezes, não sei se ele se aplicará ao valor da promoção, já que o valor total parcelado costuma ser maior até que o valor da melhor diária flexível.

Termos & Condições

Conclusão

A novidade implementada agora – possibilidade de abater os pontos para pagar a hospedagem – representa um ponto positivo desse tipo de promoção.

Agora, é preciso comparar os preços com outros sites e hotéis, para ver se o preço realmente compensa.

Tagged as: ,
  • Henry

    Boas notícias…
    Mas nem tudo são flores no Le Club..
    Primeiro eles mudaram a sistemática de utilização…antes nós podíamos pagar com o voucher em papel… realmente, como o papel era ao portador, se fossem perdidos, vc ficava no prejuízo..isso sem falar na hora de pagar a conta: hilário em 2015… ficamos uma semana no Novotel Manhattan, 2 suites.. na hora de pagar, um dia antes simplesmente joguei uma resma de voucher no balcão… a mulher do hotel: “…. Oh, My God!!!!”..
    Hoje em dia, vc paga antes e já debitam da conta ou paga lá na hora, eles enviam um código para seu e-mail, que vc digita na maquininha no balcão e paga…
    Mas, antes, vc podia pegar os voucher e dar para alguém de sua família ou amigos e eles usarem.. agora não… a reserva tem que estar em seu nome e outra pessoa não pode se hospedar…
    Ou seja, obrigatoriamente o titular dos pontos tem que fazer o check-in e se hospedar…
    Eles podiam fazer igual ao Executive Club que permite criar uma conta família com até 6 pessoas + 6 amigos… qq uma dessas pessoas pode “compartilhar” e usar seus pontos… mas, o Le Club não faz isso…
    Segundo… há três meses já reclamei que não consigo transferir pontos para os parceiros aéreos… em fev/18, consegui com muito custo transferir para Iberia e, de lá pra cá, não consigo transferir 4.000 pontos para o Lifemiles…só pra revalidar minhas milhas lá… vão vencer agora em 31/07 e vou acabar tendo que comprar, tendo 600 mil pontos intocados lá no Le Club…
    Terceiro… putz.. o sistema dele podia ser um pouco mais estável… é muito bonito, excelente apresentação, mas, toda hora mudam, e vc tem que ficar aprendendo a navegar, perdendo tempo e tb, muitas vezes ficam fora do ar.. enfim.. eles podiam dar uma melhorada no sistema..
    Eu gosto muito da Accor/Le Club, mas a limitação / obrigação de uso dos pontos somente com a presença o titular no check-in é algo inaceitável… as pessoas, normalmente, têm família e amigos, aos quais gostam de presentear com suas conquistas… uma delas, são os pontos disponíveis para hospedagem…

    • Guilherme

      Sempre aprendendo com os textos muito bem escritos e articulados do Henry! Uma verdadeira aula!

      • Tchô Mondego

        Henry the opposite kkkkkkk

        Muito boa explicação ????????

        • Henry

          É cara…
          Segundo palavras “….sempre do contra….”
          Vou mandar a conta do psicanalista pro cara… isso caiu muito mal na minha “psiquê”…rsrs..
          Chego em casa, até meu pastor alemão está rosnando pra mim… querendo me morder porque eu não compro a ração que aparece na propaganda da TV, com um monte de cadelas no cio, popozudas, comendo a ração, que é muito cara e tem muito menos teor de proteína e sais minerais da que eu compro, mas cujo fabricante que não fica gastando fortunas fazendo propaganda nas TV e nos sites especializados de pet´s, like …Cão de Primeira….Melhores Caninos… por aí vai…rsrs…

          • Tchô Mondego

            Horas vc me dá uma aula, agrega conhecimento. Em outros momentos, como esse ai de cima vc me diverte… PQP
            kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

      • Henry

        Vlw…
        Meu lado “a favor agradece…”
        Já o lado “contra” reclama que você podia ter sido mais efusivo nos elogios…rsrsrs….
        Fui!!!! (indo pro psicanalista tratar o lado “contra”)….

    • Luiz Carlos Costa

      Meu sonho era ter 600 mil no Le Club, dá pra se divertir nos hotéis da Ásia!!!

    • Leandro Esteves

      Pra mim o pior e tudo foi não valer mais pra aumento de status os pontos transferidos. Até concordo que estava fácil demais, porém deveriam fazer alguma proporção 10:1 nos pontos transferidos. 60 noites pra virar platinum é inviável para a maioria dos viajantes comuns.

      • Henry

        Sim… é uma ótima ideia o 10:1…
        Se o cara enviar 140.000 pontos reward´s ( = 14.000 pontos qualificáveis) pra lá, que é um valor expressivo em milhas (140k x 4 = 640k, vindos do Smiles/// 140k x 3 = 520k do Multiplus), e acho que é uma excelente fonte de receita pra eles, porque na prática eles vendem esses pontos para os outros programas…
        60 noites de hospedagem, acho que nem o pessoal que tem sites especializados (FDV, PP, MdM, MMM (Bom dia Guilherme…kkk), Melhores Desatinos, Milhas & Destinos, etc faz num ano…
        Como o Guilherme afirmou acima, Gold é um bom status…pra mim, os benefícios mais importantes é ter o upgrade de quarto, early check-in, late check-out… usar o lounge do hotel a galera gosta muito, mas é um benefício que, particularmente, quase não uso e isto, acho que só mesmo no Platinum…

  • Leandro Esteves

    Só um alerta: Não São todos os hotéis que estão aceitando pagamento com voucher não. Pelo menos no Rio de Janeiro, a grande maioria não aceita. Segue exemplo. https://uploads.disquscdn.com/images/a2ac2e1470aea8c3d2da71e0cb0ae7c8299ffb6d8fb466d641ee3ee3144c125f.jpg https://uploads.disquscdn.com/images/265a8c8906c97be62db3e5c1149722cbb60ab5e9ca0bbde65f8e0670326c7d49.jpg

    • Henry

      Leandro.. no exemplo que vc postou aí, no primeiro caso, não é possível pagar com pontos ??? lá aparece a mensagem “…Você pode usar seus pontos de recompensa”…

      • Cesar Santos

        Nos hotéis que pesquisei as tarifas de resgastes com pontos são mais caras que as da promoção – que não permitem o resgate com pontos.

        • Leandro Esteves

          Eu fiz uma média em relação a isso nos hotéis do Rio de Janeiro. Principalmente nos finais de semana ( onde membros Le Club Accor tem até 50% de desconto ) o valor da tarifa paga apenas com dinheiro sempre é menor que o da tarifa mais baixa que aceita pagamento com pontos. Comparando o Euro a R$ 4,44 com a utilização dos pontos em relação a tarifa mais barata pagante, seria como se o Euro fosse no valor de R$ 3,54. Então vale fazer as contas e realmente ver se vale a pena utilizar os pontos. no meu caso na maioria das vezes vale, visto que passei a maioria dos meus pontos pra Smiles com 100% de bônus após a compra com 50% de desconto na Livelo e em seguida utilizei a proporção 3×1 na Accor, que estava vigente no ano passado. Na prática meu custo ficou em 105 reais para resgatar 40 euros ( 6000 smiles x R$ 0,0175 ).

      • Leandro Esteves

        No primeiro consegue e no segundo não consegue.

    • Guilherme

      Óitmas observações, Leandro! Grato por compartilhar!

  • Felipe Meyer

    Accor era muito boa ate o dia que resolveram nao contar mais os pontos transferidos para status, so compensa ser Accor se for platinum e agora e’ praticamente impossivel conseguir isso pois exigem mais de 60 diarias no seu nome por ano…

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 0 Flares ×