Acumule 15 pontos Livelo a cada dólar gasto no Hoteis.com. Bônus! 4 alternativas de uso do Hoteis.com (fora da promoção da Livelo), fornecidas por nossos leitores.

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 0 Flares ×

Dica do Carlos: a promoção é válida para reservas efetuadas até 3 de junho de 2018, para viagens realizadas até 31 de julho de 2018.

Termos & Condições

Cupom válido para reservas pagas no ato da reserva através do site da parceria www.hoteis.com/livelo nos hotéis participantes. Esse código de cupom é promocional para a campanha Dobro de pontos Livelo, válida durante o tempo da promoção (consultar site Livelo e hotsite da promoção).

Esse cupom não dá descontos nos valores das diárias.

Limitado a 500 resgates durante o período da promoção. Visite http://www.hoteis.com/pagina/br-hotel-exclusions/?pos=HCOM_BR&locale=pt_BR para uma lista de hotéis não participantes.

Não é possível acumular noites nem utilizar diárias do Hoteis.com™ Rewards quando utilizar esse cupom. Use este cupom para ganhar o dobro de pontos Livelo (8 pontos por USD sobre o valor da hospedagem, excluindo taxas e impostos) reserva em um hotel participante da Garantia do Melhor Preço quando você se hospeda por um período entre 1 e 28 noites.

Será necessário pagar o valor total no ato da reserva. Para usar este cupom, você deve ter mais de 18 anos e ser residente no Brasil. Este cupom somente pode ser usado para reservas feitas até 3/6/2018 na versão brasileira da Hoteis.com, para estadia a ser concluída até 31/07/2018. As reservas estão sujeitas a disponibilidade e aos termos e condições do hotel.

A Hoteis.com é a promotora desta oferta. Estes termos e condições são governados e interpretados de acordo com a lei regente no estado de Washington.

Conclusão

E aí, vale ou não vale a pena?

Para te auxiliar na decisão, registro como conclusão do artigo o que há de melhor nesse blog: o conteúdo produzido pela nossa própria e qualificada comunidade de leitores.

O Leandro Esteves disse:

“Tenho um uso melhor pro hoteis.com, principalmente nas diárias baixinhas.

Entra na Multiplus, se inscreve na missão de hotéis, na missão de 2 parceiros e na missão do Cabify.

Entra no Clube Multiplus, faz uma reserva via site da Multiplus no hotel e, durante a viagem, usa o Cabify.

Vai ganhar 1.500 pontos da missão “hotel”, 500 pontos da missão “2 parceiros” e 300 pontos da Cabify e, por você ser do Clube, vai vir tudo dobrado.

Ou seja, serão 4.600 pontos da missão + 1.000 pontos do Clube por 42 reais, menos de 1 centavo por ponto”.

Já o Vinícius Carneiro assinalou:

“Não acho uma boa, visto que você não pode pontuar no programa de milhagem deles, onde dão 1 diária a cada 10, ou seja, equivale a 10% de desconto.

Você ainda pode combinar com o cash back de 2% (que em promoções já chegou a 6%) do Meliuz”.

E, por fim, o Albino:

“Pela Beruby o cashback do Hoteis.com é 4,8%”.

Enfim, como se pode ver, há outras alternativas igualmente positivas para o uso do sistema do Hoteis.com.

Vale destacar, por fim, que essa promoção da Livelo pode ter ainda alguma utilidade residual, para quem tiver em mira algum resgate específico em um programa de milhagens, combinado com um bônus de transferência.

Por exemplo, uma reserva de hotel de 1.333 dólares, por essa promoção, daria direito a 20 mil pontos Livelo, os quais, transferidos a 100% para o Amigo Avianca, renderiam 40 mil pontos Amigo, o suficiente para uma ida e volta em classe econômica para Miami (ou um trecho de ida ou de volta, em classe executiva), em promoções como a que foi divulgada semana passada. É claro que essa é uma operação de risco, que envolve a ocorrência de diversas variáveis, portanto, é preciso avaliar bem a entrada em uma determinada promoção.

Agradeço ao Carlos, Leandro, Vinícius e Albino pelas dicas!

Tagged as: ,
  • Flying_N_tchan

    Bom dia pessoal #offtopic, mas nem tanto assim offtopic kkk..

    Alguém tem alguma dica pra hospedagem em Nova York (Manhattan ou arredores), nunca fui, mas emiti a passagem via Amigo pra 19/29 dezembro e to de boca aberta de como a cidade é cara. Mais cara que Tokyo e Londres que eu conheço.
    Se alguém tiver experiências ou indicações eu agradeço antecipadamente.

    • Flying_N_tchan

      Eu tenho reserva para East Manhattan (região de ChinaTown e Little Italy) e também para Queensboro Bridge (Long Island) é o que meu bolso vai aguentar… heheh

    • Rodrigo Rieger Maia

      Olha amigo! NY hospedagem barata é só rezando! O “barato” de NY em super promoções você consegue hospedagem em hotéis bons em Manhattan por algo em torno de 170 dólares. O que eu fiz as vezes que fui pra lá é reservar um hotel mais ou menos que tenha cancelamento grátis para me garantir, e ficar caçando promoção diariamente, eu literalmente entrava todo dia para verificar se os preços caiam, e por sorte consegui na época pegar o Hilton que tem diárias média de 350 dólares em uma promo de 24h caiu para 170… mas é pura sorte NY! Nessa época de fim de ano então, boa sorte!

      • Flying_N_tchan

        Obrigado Rodrigo , to usando a mesma estratégia. Hehehe, mas caso não role tenho que deixar um hotel na manga. Aí entra o Chinatown ou Long Islsnd

    • Guilherme

      Olá, Fly, realmente NYC é complicado de hotel. Já tentou ver os preços no AirBnB?

      • Flying_N_tchan

        Guilherme Airbnb em NY eh meio que proibido. Pois só podem locar com morador dentro. A oferta é ínfima .
        Já pesquisei e não rola
        Valeu

        • Guilherme

          Vc tem pontos na rede IHG?

          Pesquisei em dezembro, e há diárias na região sul de Manhattan por 40 mil pontos a noite. Dá pra usar menos pontos, usando a combinação points + cash.

          • Flying_N_tchan

            Infelizmente não tenho Guilherme

    • Gustavo

      Hotwire. Consegui uma diaria abaixo de 200$ com taxas inclusas pra um 4* proximo do Rockfeller em agosto.

      • Flying_N_tchan

        Gustavo valeu sempre uso o Hotwire, mas pra Natal num rola o preco é até mais caro.
        Da pra tentar 3 dias do embarque e ver se acha algo, mas vc deve ter uma reserva na não caso não de certo

  • SwineOne

    Pessoal,

    Um semi-offtopic, mas tem a ver com viagens, e pode servir de aviso para alguém.

    Meu pai viajou para o Peru recentemente, e nós temos celulares da Claro (cada um em seu plano). Ele contratou o Passaporte Américas, então estávamos tranquilos de que poderia usar o celular no exterior sem tarifas adicionais. Pois bem, sabendo disso, eu fiz algumas ligações para ele durante a viagem. Qual não foi a minha surpresa ao ver, na minha conta, cobranças referentes a essas ligações, e estranhamente discriminadas como “Ligações Recebidas no Exterior – Deslocamento” — quem estava no exterior era ele, não eu!

    Para além disso, vejo que essa cobrança é indevida. O telefone que eu liguei era um número aqui do Brasil. Se eu ligo para um número de celular que seja aqui do Brasil, inclusive do mesmo DDD, não tenho como saber em que lugar da cidade, estado, país ou mesmo no mundo a pessoa está. Nesse caso, tudo bem, sabia que ele estava no Peru, mas e outras pessoas que não soubessem? Vejo que a única pessoa que pode arcar com um custo diferente em função do lugar que está é o próprio dono da linha, pois é a única pessoa que com certeza sabe onde está; quem liga para ela pode não saber que ela estava viajando, e não é justo que arque com esse custo extra.

    Enfim, estou ligando na Claro agora para reclamar. Dou notícias se vou conseguir um estorno do valor, mas como imaginam, não estou esperançoso. Próximo passo: Anatel.

  • Vinicius Carneiro

    É nóis!

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 0 Flares ×