Quem diria: American Express matando Membership Rewards *tamb?m* nos Estados Unidos

Pelo visto a pol?tica de extin??o definitiva do Membership Rewards (MR) n?o ? um fen?meno exclusivamente tupiniquim.

Not?cia publicada hoje no Frugal Travel Guy d? conta de que existe uma tend?ncia forte de o MR tamb?m vir a enfraquecer, quem diria, no cora??o da Am?rica: os EUA.

Segundo Joe Cortez, 3 fatos d?o sustenta??o a essa tese:

  • O MR vem perdendo v?rios parceiros importantes para transfer?ncia de pontos nos EUA;
  • Os lan?amentos de novos cart?es Amex por l? t?m privilegiado parcerias com programas espec?ficos, tais como Hilton e Delta, com transfer?ncia autom?tica para esses programas. Ou seja, nenhum novo cart?o est? vindo com o Membership Rewards;
  • O MR teria tamb?m as piores precifica??es para resgates de pontos, dentre seus pares e (fortes) concorrentes nos EUA, como o Chase Ultimate Rewards (que seria o equivalente, no Brasil, guardadas as devidas propor??es, ao Livelo ou Santander Esfera, seria isso mesmo, Carlos? …..rsrs)

A pr?pria autora do blog n?o s? d? alternativas ao MR (dirigidas especificamente ao p?blico americano, claro), mas tamb?m comenta que ela pr?pria fez um downgrade de seu Amex: saiu do The Platinum Card e foi pra um Gold – provavelmente devido, dentre outros motivos, ao p?ssimo valor da anuidade, 450 d?lares inegoci?veis.

Panorama americano

O Carlos trouxe alguns dados interessantes sobre o Amex, num post em que se abordava a not?cia do cart?o Aethernum do Bradesco:

Vi a not?cia no OMAAT?que a Amex vai reduzir a taxa cobrada dos comerciantes, que normalmente ? maior que de Visa e Mastercard. Isto talvez tenha a ver com a decis?o da Suprema Corte (fonte: TPG), proibindo cl?usulas nos contratos da Amex onde o comerciante n?o pode sugerir que o pagamento seja feito com Visa ou MC, para escapar das taxas mais elevadas.

De qualquer forma, tamb?m tinha um link com apresenta??o da Amex para investidores (link aqui). Algumas curiosidades da longa apresenta??o:

.12: ? um cart?o predominantemente americano, com 65% de seus consumidores dos EUA.
.23: de todas as regi?es do mundo, a Am?rica Latina ? a que tem a menor previs?o de crescimento no mercado at? 2021. Deixar o Bradesco controlando a opera??o brasileira pode estar relacionado.
.114: dos mercados mais importantes, n?o aparece o Brasil.
.123: no Jap?o, UK e ?frica do Sul as opera??es s?o tamb?m geridas por bancos como o Bradesco. Ser? que l? tamb?m mataram o membership rewards e est?o definhando a marca?

Conclus?o

Uma pena a Amex estar matando, paulatinamente, e em n?vel global, aquele que era considerado o melhor cart?o de cr?dito do mercado, em termos de benef?cios de viagens.

N?o d? pra entender como uma empresa que tem uma marca extremamente forte como essa deixa as coisas degringolarem a esse n?vel.

Pelo visto o Membership Rewards n?o ser? apenas extinto aqui no Brasil: nos EUA, ele tamb?m parece caminhar para o ostracismo.