Dica do Carlos: evoluções no programa Amigo Avianca!

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 0 Flares ×

Segue a dica do Carlos:

“Enquanto aguardamos a divulgação do boletim médico do moribundo Victoria TAP, resolvi fazer um teste. Já sabia que o Amigo Avianca estava fazendo emissões ida e volta e com classes mistas, o que não ocorria há um ano e meio, quando fiz uma pesquisa mais longa sobre como o programa funcionava. Um amigo comentou comigo a mesma coisa esta semana e resolvi testar. Resultado?

Emissões ida e volta estão funcionando, testei duas: GRU-ZRH-GRU na executiva, teve custo de 160k pontos e taxas de R$ 229. Se fosse no jeito antigo, haveria cobrança de mais de R$ 1.100 de taxas de combustível que a Swiss coloca nos voos originados na Europa.

GRU-FRA-GRU na primeira classe a mesma coisa, 200k pontos mais R$ 454 de taxas, evitando pagar mais de R$ 1.000 da taxa de combustível da Lufthansa.

Agora, não consegue fazer funcionar as cabines mistas. Nos exemplos acima, tentei colocar saída e volta de Salvador no voo para Zurique, já que tinha disponibilidade de voos diretos Avianca SSA-GRU-SAA nas datas, mas não funcionou. De acordo com o atendente, não aparecia no sistema a opção SSA-GRU-ZRH misturando econômica e executiva.

Tentei também acrescer o destino Munique nos voos para Frankfurt, misturando executiva e primeira classe. Atendente diferente, mesmo resultado. Não aparecia a opção misturando classes, somente opção executiva pura voando por Zurique.

Conclusão

Enfim, pelo menos uma evolução no sistema do Amigo.

Não sei se alguém conseguiu fazer estas emissões de cabines mistas sem aumentar o preço da viagem, sem que fossem o preço de duas emissões no mesmo localizador. Também não olhei se ANA, Asiana e EVA estão funcionando normalmente no sistema.

No dia que estes problemas estiverem resolvidos, o programa vira o melhor nacional e pode abrigar os órfãos do Victoria TAP, já que sua tabela tem valores bastante razoáveis e emite bilhetes somente de ida”.

Agradeço ao Carlos pelo envio da dica! Tomara que o Amigo Avianca continue evoluindo, a ponto de se tornar um programa realmente competitivo face aos demais. 

Tagged as:
  • Thiago R.

    O problema é que nenhum quer ser o melhor nacional.
    Assim que eles percebem que estão sendo o mais benéfico, eles pioram para igualar aos concorrentes.

    • Observando Fato

      Isso no mundo capitalista chama-se concorrencia. Porque precisam dar mais ao consumidor se dando menos tambem ha consumo e ficam com lucro maIor?
      sds
      Celso

  • Carlos

    A edição do comentário ficou meio estranha, eu não sabia destes fatos, tinha lido a respeito em comentários, mas não entendi porque foi editada a simples menção de que vi em alguns lugares.

    • Guilherme

      O objetivo da edição foi dar destaque e ênfase às principais informações contidas no texto, relativas aos custos (taxas) e cabines mistas.

      Ou seja, direcionar a atenção e o foco do leitor na principal parte do conteúdo da excelente matéria. 😉

      Abraços!

  • Lucas

    O amigo é o programa mais estável entre todos. Poucas mudanças de regras. Para emissão na *A tem sido muito eficiente e prático todas as vezes que tentei. Acho que aquelas instabilidades diminuíram.

  • Tlars22

    Já foi definido a data que ocorrerão as mudanças na tabela de resgate do LATÃO FIDELIDADE ?
    Será que eles darão um prazo mínimo razoável para os clientes torrarem estas milhas ou farão igual o programa da TAP?

  • GUSTAVO

    OFF TOPIC

    Saiu a nova tabela TAP

    América Central e Sul
    90000Milhas
    África Central, Ocidental e Oriental
    210000Milhas
    Ásia
    260000Milhas
    Canadá, EUA, México, Caraíbas
    100000Milhas
    Europa e Norte de África
    230000Milhas
    Médio Oriente
    260000Milhas
    Oceânia
    260000Milhas
    África Austral
    210000Milhas

    aBS!

  • Marcos

    Sobre o Victoria TAP, veio o resultado do vendaval… Por sorte, só subiu 10k um round-trip de Executiva América do Sul – Central para EUA, Canadá, México ou Caribe. Foi para 100k.
    Pra Europa, ficou inviável… 230k o round-trip de Executiva… Melhor usar o Amigo, daqui em diante. Dos programas que temos a disposição, é o menos pior…
    Também aumentou EUA, Canadá e México a 230k para Ásia. Acabou com aquela vantagem que havia, de você fazer uma executiva Brasil – EUA (90k), depois EUA – Ásia , por (145k), que na soma, ficava mais barato que fazer uma Brasil – Ásia (250k), e ainda ganhava um stopover a mais na viagem…
    Por fim, outro que aumentou absurdamente foi América Sul – Central para América Sul – Central. Foi de 35k para 60k na econômica e 50k para 90k na executiva! Balaço…
    Único resgate que vi diminuição do valor exigido foi First de América do Sul – Central – para EUA, Canadá, México ou Caribe, que passou de 130k para 135k. Mais fácil ver um duende do que conseguir um bilhete Award na First da United…

    Enfim, vou usar o que tenho no programa pros EUA agora (único resgate ainda competitivo), porque pra Ásia, que não aumentou muito (foi pra 260k o round-trip, ante 250k), não tenho planos de ir tão cedo. Pra Europa, houve o enterro oficial do programa, para as três classes ao meu ver, exigindo 140k, 230k e 320k para econômica, executiva e primeira classe, respectivamente.

    • Tlars22

      Estao permitidos os resgates one-way agora ?

      • Marcos

        Tlars22,

        Deu a entender que sim, porque retiraram nas regras gerais aquela menção de que emitiriam um bilhete de ida, cobrando o valor do round-trip… Mas, só ligando no Call Center para confirmar…

      • Eduardo Menezes

        Não houve qualquer mudança nas regras de emissão, somente alteração das tabelas.

  • Eduardo Rodriguez

    Preciso juntar milhas no programa Amigo. Percebi que rarearam as promo de transferência de pontos da Livelo, ano passado ocorreram várias com bonificação de 100%, este ano até agora nada. Será que a Avianca mudou a política de relacionamento com a Livelo? Alguma explicação pra isso?

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 0 Flares ×