Vem aí o cartão de crédito Bradesco Aeternum Visa Infinite, com anuidade de R$ 1.500,00. Possível exclusão dos cartões Amex Gold e TPC às salas VIP do Bradesco Cartões Lounge?

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 0 Flares ×

Depois de enterrar o Amex TPC, o Bradesco parece estar querendo compensar com o lançamento de um novo cartão de crédito Visa Infinite, denominado de Aeternum.

O diferencial – e bota diferencial ni$$o! – é a anuidade de R$ 1.500,00.

Ainda não se sabe muita coisa sobre o cartão, como pontuação, validade dos pontos etc., mas, nesse pdf disponível no site oficial, já dá pra perceber que não será lá grandes coisas:

No máximo, ele teria como diferencial o LoungeKey, que presumo ser com visitas cortesia ilimitadas, pra uma anuidade desse tamanho, LoungeKey gratuito esse que já é oferecido, por exemplo, pelo Porto Seguro Visa Infinite.

Porém, olhando com mais atenção aquele PDF, verifiquei uma coisa que, numa interpretação literal, pode preocupar.

É que o acesso às salas VIP Bradesco Cartões Lounge (existentes nos aeroportos de Guarulhos, Congonhas, Curitiba etc.) somente é mencionada de forma expressa para 2 cartões de crédito Bradesco: o Aeternum e o Elo Nanquim. O que deixa no ar a seguinte questão: será que o Bradescão pretende no futuro excluir do acesso às salas VIP Bradesco Cartões Lounge os titulares (e adicionais) dos cartões American Express Gold e TPC?

Conclusão

Se a resposta à pergunta acima for afirmativa, então não temos dúvida (se é que ainda resta alguma): pelo visto o Bradesco está decidido a enterrar de vez o Amex TPC.

Mas ele pode fazer pior: inabilitar o acesso dos titulares (e adicionais) do Amex TPC brasileiro às salas VIP Amex Centurion Lounges do exterior, como, por exemplo, as localizadas nos aeroportos de Miami, Nova York, Las Vegas…

Torçamos para que a administração Bradesco não chegue a esse ponto. 🙁

  • Rodrigo Rieger Maia

    Não me surpreenderia, bem típico do Bradesco. Conseguiram enterrar uma marca tão preciosa como Amex!

  • Henry

    Bradesco age como um autêntico parasita:
    Ao longo dos anos, comprou o AMEX Brasil e, numa relação simbiótica, usou a fama do cartão para angariar associados/usuários…
    Mas, a sanha do banco é propagar sua imagem… então.. eles acabam com o TPC e lançam esse troço aí…
    Agora eles vão querer ter uma relação idiótica….
    Só que as pessoas não têm memória tão curta..
    E já rola na internet um ditado para quem um dia teve cartão TPC:
    Bradesco, we never forget…
    Bradesco, never more…

    • Guilherme

      Verdade, Henry!

  • Assolini

    Com o Gold Card foi assim. Lembro de acessar salas em GRU com ele, hoje isso não é mais possível. Começaram retirando o benefício de entrar com um acompanhante gratuito nas salas. Depois tiraram várias salas da lista das que você poderia acessar. Hoje ele é aceito em pouquíssimos lugares…
    Mudanças silenciosas e sem alarde, pode ser que façam o mesmo com o TPC.

    • Rodrigo Rieger Maia

      Não pode mais entrar em Gru??? Em entrei em congonhas faz 7 dias…

      • Assolini

        Em GRU nao pode. Em CGH pode, mas sem acompanhante

  • Carlos

    Vi a notícia em http://onemileatatime.boardingarea.com/2018/03/12/amex-reducing-merchant-fees/ que a Amex vai reduzir a taxa cobrada dos comerciantes, que normalmente é maior que de Visa e Mastercard. Isto talvez tenha a ver com a decisão da Suprema Corte (https://thepointsguy.com/2018/02/supreme-court-antitrust-claims-amex/) proibindo cláusulas nos contratos da Amex onde o comerciante não pode sugerir que o pagamento seja feito com Visa ou MC, para escapar das taxas mais elevadas.
    De qualquer forma, também tinha um link com apresentação da Amex para investidores (http://ir.americanexpress.com/Cache/1001233287.PDF?O=PDF&T=&Y=&D=&FID=1001233287&iid=102700). Algumas curiosidades da longa apresentação:
    .12: é um cartão predominantemente americano, com 65% de seus consumidores dos EUA.
    .23: de todas as regiões do mundo, a América Latina é a que tem a menor previsão de crescimento no mercado até 2021. Deixar o Bradesco controlando a operação brasileira pode estar relacionado.
    .114: dos mercados mais importantes, não aparece o Brasil.
    .123: no Japão, UK e África do Sul as operações são também geridas por bancos como o Bradesco. Será que lá também mataram o membership rewards e estão definhando a marca?

    • Guilherme

      Ótimas observações, Carlos!

      O mais triste é que o Bradesco tinha feito um contrato de 10 anos com a Amex EUA, em 2006, prorrogável por mais 10. Pelo visto a saga dos Amexzeiros brasileiros vai até 2026… 🙁

  • Lee

    Espero que o Bradesco não desça a tal ponto, pois mal recebi o cartão e já estou quase arrependido com tantas notícias ruins.

    • ederson locatelli

      Aproveita o solicita o Visa Infinite da Porto Seguro. A fatura do TPC pode ser um comprovante na hora da solicitação quase funcionando como um match. Dependendo dos gastos mensais, a anuidade pode sair pela metade R$ 600.

      • Henri Michel

        Eu recebi o TPC e vou para minha primeira fatura, vc já fez esse tipo de solicitação?
        eu tenho que mandar para qual email? Tem o procedimento? Teria que mandar uma fatura com qual valor gasto no mês?

        • ederson locatelli

          Eu primeiro tive o visa platinum, depois de seis meses eles concederam o infinite. Para solicitar, eles pedirão pra fazer um contato com um corretor de seguros, ele vai te mandar um formulário pra preencher. Não lembro o valor da fatura, mas não era alto.

      • Ederson, eu tenho um master black da Multiplus. Será que funciona?

        • ederson locatelli

          Não custa tentar. Até porque eles têm MB tb.

  • ederson locatelli

    Eu tenho o TPC mas está com os meses contados pelo fato de tantas notícias ruins, poucas salas vips, etc…. Estou experimentando o Visa Infinite da Porto Seguro e acredito que no meio do ano devo ficar somente com este.

  • Pingback: Quem diria: American Express matando Membership Rewards *também* nos Estados Unidos | Meu Milhão de Milhas()

  • Jair Batista

    Colocar o LoungeKey como único benefício em uma anuidade de R$ 1.500,00 é até piada. Com esse valor dá pra assinar o Priority Pass Prestige. O mínimo que teriam que colocar é uma pontuação realmente diferenciada, e algum outro benefício exclusivo que nenhum outro cartão brasileiro tenha. Se não, só vale a pena se reduzirem muito a anuidade em uma possível negociação.

    • Carlos

      É até pior, na verdade, já que serão apenas 6 visitas gratuitas por ano, e não ilimitadas. Pontuação de 2,3.
      Basicamente o Bradesco lançou um cartão caríssimo que é uma versão ligeiramente melhorada do cartão da CEF.

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 0 Flares ×