[Guest post] Comparativo atualizado de emissões – resgate das passagens em classe econômica ou classe executiva do Brasil para o resto do mundo!

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 0 Flares ×

Continuando nosso especial de final de ano com o Roberto Carlos, 😀 agora temos uma atualização do comparativo de emissões, com resgate das passagens em classe econômica ou executiva do Brasil para o resto do mundo, abrangendo todos os principais programas de milhagens luso-brasileiros. Confiram! 😀

……………………………………..

“O texto a seguir tem a leve pretensão de servir como um referencial para o planejamento do uso de milhas em resgates de passagens aéreas. Estão listados na tabela os cinco principais programas de milhagem “luso-brasileiros”, as principais regiões do mundo e o valor, em milhas, para resgate das passagens em classe econômica ou executiva do Brasil para estas regiões.

Para efeito de comparação, estão listados apenas os valores de tabela para companhias parceiras, tendo sido ignorados valores promocionais ou muito restritos. Por exemplo, o Tudo Azul tem resgates em voos Azul somente para Flórida e Lisboa, então estas opções não foram levantadas. A definição de regiões também é bastante variável entre programas, então quando havia mais de um valor disponível para a mesma macro-região, peguei os valores maiores. E no caso do Smiles, por ser o único programa que não publica tabela de resgates, peguei os valores médios que encontrei sem muita dificuldade.

Como são muitos os programas, regiões e classes de voo envolvidos, certamente há vários aspectos que devem ser considerados e que podem não estar indicados aqui. Solicito, então, que acrescentem nos comentários o que considerarem relevante.

Resgate de passagens em classe econômica

Para resgates em classe econômica, fica bastante evidente que o Multiplus Fidelidade possui os melhores valores para, praticamente, todas as regiões. A princípio, o programa tarifa por destino, então este seria o valor das passagens mesmo transitando por outra região. Mas não é sempre que isto ocorre, então é bastante importante, antes de fazer qualquer transferência de pontos, checar se o valor que será cobrado será o mesmo desta tabela.

Resgate de passagens em classe executiva

Para resgates em classe executiva, a situação já fica um pouco mais equilibrada entre três programas, Multiplus Fidelidade, Amigo Avianca e Victoria TAP. O melhor uso de cada um depende da região e se serão emitidas passagens só de ida ou ida e volta. No geral, use Multiplus Fidelidade para Ásia e Oceania, Amigo Avianca para Oriente Médio e Sul África, e Victoria TAP para Europa e América do Norte.

As considerações acima baseiam-se no valor dos pontos já disponíveis nas contas dos programas de milhagem, obtidos através de crédito de voos ou transferência de cartões de crédito.

Entretanto, é praticamente um crime transferir pontos do cartão de crédito sem aproveitar algum bônus de transferência, e uma contravenção transferi-los sem aproveitar os bônus mais polpudos que acontecem com alguma frequência.

Neste ponto, vale conferir o levantamento com todos os bônus que foram oferecidos no ano de 2017 (giga post aqui) para ter uma noção da frequência, valores e período em que os mesmos ocorrem.

Resgates com bônus de transferências de cartões de crédito – classe econômica

Para nova comparação, são apresentadas as mesmas tabelas anteriores e, nos valores das passagens, estão embutidos os melhores bônus de transferência obtidos com alguma regularidade. Para o Multiplus Fidelidade, foi considerado um bônus de 60%, disponível para assinantes do Clube Multiplus quando é ofertado bônus de 40%. É possível assinar o Clube mais barato (R$ 28 por mês) apenas para fazer a transferência e após ter sido concretizada, cancelar a adesão. Para os outros programas, foi considerado um bônus de 100%, sendo que sua obtenção pode estar condicionada à associação ao Clube Livelo ou ser correntista premium (Estilo, Select…) das instituições bancárias.

Para passagens na classe econômica, quando os bônus de transferência são levados em conta, o predomínio do Multiplus Fidelidade já não é tão evidente. O programa Amigo Avianca já passa a ser mais vantajoso para o Oriente Médio e Sul África, e o Victoria TAP para América do Norte e Europa (semelhante à tabela executiva cheia). Neste caso, vale repetir dobrado o alerta sobre a necessidade de checar, antes de transferir pontos, se estes valores estarão realmente disponíveis, sobretudo com o programa Amigo Avianca, que possui alto índice de retorno de “passagem não-tarifada” (post aqui), isto é, até conseguem localizar os assentos disponíveis mas não conseguem utilizá-los efetivamente. O programa até tarifa por destino, mas conseguir tarifar é que costuma ser problemático.

Também é interessante verificar o valor das taxas que serão cobradas em cada emissão pois, dependendo dos valores, pode ser interessante gastar um pouco mais de milhas para economizar muito nas taxas. Multiplus Fidelidade costumam retirar taxas de combustível com facilidade, Victoria TAP e Amigo Avianca cobram estas taxas em voos originados fora do Brasil (e o Amigo Avianca não emite passagens ida e volta juntas, ou seja, sempre será cobrado o adicional na volta para o Brasil, mesmo que se emita a ida saindo do nosso país).

Resgates com bônus de transferências de cartões de crédito – classe executiva

Para passagens na classe executiva, o Multiplus Fidelidade já deixa de ser tão interessante e fica um certo predomínio dos dois programas filiados à Star Alliance, Amigo Avianca e Victoria TAP. O Amigo Avianca é MUITO vantajoso para emissões para Oriente Médio e Sul África, e o Victoria TAP é bastante vantajoso para emissões ida e volta para América do Norte e Europa. Para Ásia e Oceania, Multiplus Fidelidade ganha em passagens só de ida e Victoria TAP, passagens de ida e volta. Como a diferença entre os dois, para passagens de ida e volta, não é tão significativa (em torno de 10%), a questão de disponibilidade ou horários pode ser decisiva.

Novamente, é necessário conferir os valores que serão efetivamente cobrados e suas respectivas taxas.

Compras de pontos

Por último, vamos considerar que é bastante difícil, para o viajante comum, juntar muitos pontos em programas de milhagens ou cartões de crédito, principalmente para resgatar passagens para viagens familiares. Nesta hora, vale a pena analisar se a compra de pontos pode significar economias consideráveis em relação ao preço normal das passagens.

Em relação à compra de pontos, há um programa que é praticamente imbatível neste quesito, o Livelo. Sua principal vantagem é que, ao invés dos pontos comprados diretamente nos programas de milhagem, os pontos do Livelo ainda podem receber os bônus de transferência oferecidos ao programa, tornando-os mais baratos que os concorrentes.

Para aquisição destes pontos, há duas boas opções. A primeira é a adesão aos Clubes Livelo 7k ou 20k. No primeiro caso, ao final de um ano se obterá 100k pontos a um custo unitário de R$ 27,60 o milheiro (R$ 276 o bloco de 10k) e, no segundo, 240k pontos a R$ 32,50 o milheiro (ou R$ 325 o bloco de 10k).

A segunda é a compra de pontos, vendidos com desconto de 50%, a R$ 35 o milheiro (R$ 350 o bloco de 10k). Em 2017, estas promoções ocorreram nas seguintes datas, e sob as seguintes condições:

. 30/01 Para associados ao Clube Livelo (post aqui);

. 10/03 Para clientes BB Estilo (post aqui);

. 24/03 Para clientes BRA afiliados ao Clube (post aqui);

. 13/04 Para associados ao Clube Livelo (post aqui);

. 25/04 Para associados ao Clube Livelo (post aqui);

. 01/06 Para associados ao Clube Livelo 7k ou 20k (post aqui);

. 27/10 Para associados ao Clube Livelo 7k ou 20k (post aqui).

Pela tendência, parece que a opção da compra de pontos vai acabar ficando disponível somente para os associados ao Clube Livelo, então a sugestão seria se associar ao Clube 7k ou 20k, de acordo com sua necessidade e, se for gastar muitas milhas, fazer a compra adicional de pontos.

Resgates com bônus de transferências de cartões de crédito + compra de pontos: classe econômica

Com a compra de pontos e transferência com bônus, temos os seguintes valores:

Para viajar em classe econômica, a compra de pontos é vantajosa em poucas opções. Fica a critério pessoal avaliar os preços das passagens no período pretendido, verificar a disponibilidade de vagas com milhas e fazer as contas, lembrando que as passagens compradas têm maior disponibilidade de datas e ainda acumulam algumas milhas.

Resgates com bônus de transferências de cartões de crédito + compra de pontos: classe executiva

Já para viajar na classe executiva, a possibilidade de economias significativas é bem maior. Com uma conjunção astral dos fatores (melhores bônus de transferência, venda de pontos em promoção e disponibilidade de assentos), é possível pagar valores semelhantes ou até inferiores a bilhetes comprados em classe econômica. É claro que todos os fatores dificilmente ocorrerão simultaneamente, então fica a critério pessoal avaliar os riscos envolvidos antes de investir seu dinheiro neste tipo de emissão.

Conclusão

Juntando estas tabelas com o levantamento dos bônus (post aqui), tem-se um panorama dos custos de cada programa e uma base para planejar o melhor uso de suas milhas. Ficam pendentes considerações a respeito de disponibilidade, quesito fundamental mas variável, e algumas observações sobre os programas citados. Vou escrever umas ideias gerais, mas estes pontos serão os que mais precisarão de participação colaborativa dos leitores do MMdM para agregar as experiências efetivas de uso dos programas de milhagens aéreas.

Nota: o próximo e último guest post do Carlos tratará justamente das “ideias gerais para melhor uso das milhas e pontos envolvendo os programas de milhagens luso-brasileiros”. Não percam!

…………………………..

Quer aprender mais? Então leia os demais guest posts do Carlos:

Agradeço ao Carlos pelo trabalho de altíssimo valor agregado, realizado nessa pesquisa!

  • SwineOne

    Uma pergunta aos mais experientes do blog: estou dando uma “consultoria” para ajudar a emitir uma passagem GRU-NRT-GRU na executiva através da Multiplus, mas estou sofrendo para achar disponibilidade (maio/2018). Existe alguma ferramenta pra ajudar a achar as datas que tem disponibilidades, e é possível depois emitir pelo site da Multiplus ou precisa ligar na central?

    • Valfrido

      Geralmente o pessoal usa o site do Executive Club da British airlines para encontrar disponibilidade na oneworld. A emissão, até onde eu sei, é somente pelo call center.

      • SwineOne

        E se eu encontrar disponibilidade na British, por exemplo, é garantido que consigo emitir a mesma passagem pelo Multiplus, ou vai depender da disponibilidade que a Multiplus tem de passagens da British (ou outra companhia da Oneworld)?

        • Valfrido

          Garantido garantido nunca é, mas é bem mais provável q tenha a mesma disponibilidade tmb na Multiplus.

    • Carlos

      Melhor pesquisar na British mesmo. As opções mais prováveis devem ser voos Latam até Europa, British ou Ibéria e depois JAL, British ou Cathay, ou Latam ou American até NYC e depois JAL.

    • Cristiano Andrade

      Oi Swine
      O pessoal já falou da busca pelo site da BA. Existe uma extensão do Chrome que torna isso bem mais rápido e simples (um app chamado award flights finder): https://chrome.google.com/webstore/detail/awardflights-awardfinder/dkmdpdpnihcmgndoolimdhfmljfpgnif?hl=pt-BR
      Você precisará de um cadastro no programa da BA (para fazer login e o robô buscar), mas pode ser que o programa da Qantas funciona também (eu sempre uso login nos 2 programas e voltam quase sempre a mesma coisa, mas o da Qantas retorna também opções da Emirates que podem dar ideia de disponibilidade no Smiles).
      Enfim, o maior problema é que a emissão é para Maio/2018 quando boa parte da disponibilidade já está bem reduzida e seria necessário muita flexibilidade de datas.
      Depois é ligando na Central (caso a disponibilidade não apareça no site, nem assim é garantido).

      • Guilherme

        Ótima dica, Cristiano!

  • Valfrido Silva

    Ótimo post! Parabéns.
    Só faltou incluir na tabela o AAdvantage, pois agora com o cartão santander, acredito q ele deve ser considerado uma nova opção de emissão​ para os brasileiros.

    • Ricardo Lucena

      Perfeito, recebi o cartão e ainda estou voando, teria algum post esclarecedor para me passar Valfrido? abraço!

  • Henri Michel

    Quais países do Oriente Médio que compensa emitir pela Multiplus ? Achei bom o valor em milhas.

    • Valfrido

      Somente a Qatar (Doha) q faz voo direto saindo do Brasil.

  • Carlos Casarin

    A azul não emite para outros destinos pelo site viajanet? Não serviria para comparação?

    • Neto Marquis

      Carissimo, não vale a pena.

      • Carlos Casarin

        Sem querer criar confusão, mas 75k, Guarulhos – São Francisco, ida e volta mais R$ 340,00 de taxas de embarque, é muito??? Esse é o valor da azul pelo Viajanet. Estava achando interessante esse preço, estou fora da realidade???

        • Neto Marquis

          Carlos, são situações muito especificas, geralmente emissões no viajanet são bem caras, e esse post está generalizando. Azul tem voo pra FLL por 50k comprando com antecedencia, mas não está contemplado na analise porque ele considerou voos pra MCO por exemplo, e com antecedencia media.

          Eu não concordo que multiplus seja o melhor programa pra economica porque no MEU PERFIL azul ganha disparado exatamente por causa do planejamento que faço e compro com 50k, mas isso vai muito do perfil de viagens da pessoa, pra maioria o multiplus deve ser melhor.

          Sem saber que esse post iria sair eu fiz minha analise 3 dias atras, pra mim ficou nessa ordem:

          ECONOMICA:
          1) Amigo 150% (24k)
          2) Tudo azul 100% (25k)
          3) Victoria 100% (27,5k)
          4) Smiles 100% (37k)

          BUSINESS:
          1) Victoria(Star Alliance) 80% 45k
          2) Amigo(Avianca BR) 120% 52k
          3) Amigo(Star Alliance) 150% 56k
          4) Latam 60%+ (considerando compra em economica e uso de upgrade black) 44k

          Tudo depende do perfil da pessoa e viagens que ela pretende fazer.

          • Maikon

            Realmente se comprar com antecedencia tipo 10 meses a frente Lisboa e Orlando via Azul é a melhor opção.
            Comprei recentemente 62k Lisboa +217 de taxas.

          • Tarcísio Bezerra

            Exato, a TAP, se mostra excelente na executiva para América do Norte.

        • Carlos

          Não tem como usar os dados do Viajanet, já que não tem como precificar um trecho genérico Brasil – América do Norte. Melhor olhar a tabela com o levantamento dos custos e comparar com o que se consegue por lá.
          Este preço parece que está bom, principalmente porque é como se fosse um bilhete comprado, ainda vai render as milhas a serem creditadas no programa escolhido.

          • Ricardo Lucena

            Galera, onde leio algo sobre esse azul viajanet? geralmente uso apenas o app da azul para pesquisar os valores dos resgates…

    • Rafael Nunes

      Pessoal, acabei de receber um email da Azul com a possibilidade da busca com milhas direto no site VoeAzul em toda a malha TAP e United, os preços estão melhorando: 100k GRU-MCO-GRU para junho/2018 com a United. Busca no site e “paga” no call center. Acho um movimento interessante da Azul..

      GRU-BCN-GRU em junho tb por 130k. via TAP.

  • Carolina Mello

    Faltou destacar que a tap está cobrando taxa de combustível mesmo para voos saindo do Brasil, ficou muito menos atraente que as outras!!!!

    • Ricardo Lucena

      Isso a TAP pura, mas no caso do post creio que ele esteja falando no resgate com as parceiras Carolina, que no call center cobram apenas uma taxa de 25 euros para emissão das passagens, recentemente emiti ida e volta para Chicago saindo de João Pessoa e voltando por Recife por 55k victoria mais 25 euros de emissão e taxa de embarque, esse valor é imbatível, já que peguei os 100% livelo em junho.

  • Miriam Da Roz

    Parabéns pela publicação. Com certeza essa série de posts é o material mais completo existente na internet a respeito de emissão de passagens com milhas. Cabe a cada um adaptar as informações ao seu perfil de viagem e aproveitar o máximo as oportunidades. Obrigado pelo esforço e dedicação em ajudar nós leitores a viajarmos com menor custo.

    • Guilherme

      Obrigado, Miriam!

  • Jony Nossol

    Excelente post, parabéns!!
    Alguém já emitiu Dubai com o amigo na executiva a 140k? Em qual empresa?

    Valeu, abç ✌️

    • Guilherme

      Valeu amigo!

    • Ricardo Lucena

      Tenho a mesma curiosidade, pois vou pra Dubai esse ano e recentemente peguei o trecho DXB-SP na emirates ao voltar da Asia em classe econômica e confesso que não pretendo repetir, pois são 14 horas inacabáveis, acho que é mais fácil ter nesse valor pela Ethiopian, mas queria saber quanto fica na executiva da emirates com os pontos amigo, agradeço desde ja.

      • Carlos

        Muito provavelmente Turkish via Istambul e talvez Swiss misturando com Turkish ou Austrian.

  • Tarcísio Bezerra

    Parabéns, cada dia que passa me orgulho mais, em fazer a leitura diária desse blog, que inicialmente achei meio que acanhado, e logo percebi que eu não quem não fui a fundo, pois nesse blog, existe pesquisas e um conteúdo muito completo, desmitificando esse mundo das milhas, excelente, estão de parabéns!

    E felizmente, por contas do acaso, sem antes de artigos, como o de vocês realmente embasados, conseguir emitir via Victoria, Para EUA Canadá, com open-Jaw e Stopp over. Mas tudo isso sozinho, sem muitas dicas, mas com essas comunidade, existem muitas dicas e vejo que é comum passar pelas dificuldades que passei, para qual programa emitir, que emissão via call center da muito trabalho mesmo, acrescentando isso a um novo post que vocês fizeram com programs internacionais, e meios de conseguir transferir pontos para eles, foi mais fantástico ainda, vejo que esse mundo de milhas, vai me proporcionar muitas e muitas viagens, agora já estarei voando pela primeira vez em executiva.

    Parabéns para toda equipe!

    Disparado, melhor blog de milhas, e o melhor são imparciais.

    • Guilherme

      Tarcísio, muito obrigado! São mensagens assim que nos motivam caminhar a cada dia cada vez mais energizado, produzindo e entregando um conteúdo de primeira linha!!!

      Abraços!!!!

    • Ricardo Lucena

      Poderia mandar o link do post dos programas internacionais, Tarcisio ou Guilherme ?

  • Cristiano Andrade

    É um guia ótimo para quem acumula pontos e milhas via cartão/compra de pontos.
    E serve como base para quem também acumula pontos em vôos. Não inclui o Life Miles ou AAdvantage que podem ser muito boa opções para viajantes frequentes entre as Américas e com opções de cartões brasileiros para complementar emissões (Membership Rewards e AAdvantage Santander respectivamente).
    Um detalhe importante que serve para todos é a disponibilidade.
    Um exemplo para quem viaja em 3 ou 4 pessoas em Business:
    – Multiplus que dá mais disponibilidade em vôos Latam, além de BA (sempre muito boa), eventualmente Iberia… não sei muito de outras parceiras como Qantas ou JAL.
    – Victoria Tap tem ótima disponibilidade para vôos TAP, Avianca, Copa, SAA… muito eventual de Air Canada e Swiss. Nunca vi 3+ lugares em Lufthansa, Turkish ou United, ou mesmo Avianca Brasil.
    – Amigo eu não tenho ideia, mas imagino que seja similar a Victoria Tap, porém com a disponibilidade de Avianca Brasil.
    – Smiles é uma roleta russa, já vi disponibilidade na Delta, na Aeromexico, na Qatar, na Emirates e Copa. Mas é muito incerto, estou cada vez considerando apenas para vôos domésticos em feriados com o limitador de 25 mil pontos / trecho para Smiles Diamante.
    – Azul tem boa disponibilidade nos vôos próprios, mas tem que emitir separadamente, senão o valor do trecho aumenta (!!)

    Outra coisa, em geral 10/11 meses de antecedência para conseguir emitir com alguma flexibilidade.

    Minha estratégia acho que continuarei a manter AA como cia principal para vôos internacionais (para emitir passagens em parceiras, pois somo muito mais pontos do que no Latam Pass e tem uma tabela de resgate muito melhor) e Gol em domésticos (para emitir para feriados domésticos com Smiles). Complementarei com transferências do cartão para TAP Victoria (posso emitir ida pra Europa com TAP e volta com AAdvantage) ou Multiplus (se precisar completar algo para viagens para EUA).

    • Guilherme

      Excelentes dicas!

    • Daniel

      E com 10/11 meses voce já consegue ver os vôos disponibilizados? Companhia aérea costuma ser com 8 meses para aparecer os vôos, ou estou enganado?

      • Cristiano Andrade

        Daniel, 330 dias em adiante em todos os citados, alguns 360 dias. Por exemplo, vôos Latam no Multiplus você enxerga 360 dias adiante, mas no AAdvantage apenas 330 dias.
        Isso não quer dizer que todas as cias disponibilizem com essa antecedência, mas a maioria sim (Latam, TAP, BA, Copa, Avianca, e muitas outras).

  • Viajante

    Post espetacular, parabéns!

  • Daniel Goncalves

    Ola, alguém tentou emitir passagens Victoria Tap recentemente? Tenho procurado passagem de GRU-AGP e não encontro nenhuma data, desde Março até Novembro…. em nenhuma classe…simulei saindo de outros lugares e dificilmente se encontra algo…somente poucas opções saindo de Fortaleza…. que é longe de GRU…liguei no call center e me falaram que os voos estão cheios…mais alguém com dificuldades? Alguma dica como proceder? Agradeço desde já…

    • Carlos

      Olhei por alto duas passagens em setembro e está muito ruim mesmo, não aparecia nenhum voo disponível de GRU, CNF, SSA, GIG, POA…
      Pagando um pouco mais caro (120k na executiva por pessoa), talvez haja disponibilidade voando com a Swiss, mas não sei se vão até Málaga ou teria de escolher outro aeroporto próximo, como Sevilha.

    • Tarcísio Bezerra

      Tenta mudar os aeroportos, creio que você já esteja fazendo isso, outra opção é tentar com parceiros Star Alliance, é um pouco mais caro, é outra questão do call center é que ligar uma vez é pouco, para emitir minhas passagens, para fevereiro (emitir ínicio de dezembro) liguei 5 vezes para conseguir, pois só a 5ª atendente localizou disponibilidade.

    • Cristiano Andrade

      Busque trecho a trecho: GRU-LIS, LIS-AGP, AGP-LIS, LIS-GRU…
      Fiz uma busca rápida e achei GRU-LIS-GRU indo dia 11/11 e voltando dia 19/11 (para 2 pessoas), tem outras datas também….
      Se o problema for nos trechos intra-europa. Você tem 2 opções:
      1 – Tente Sevilha como opção (olhei e tem disponibilidade), são 200 km de distância…
      2 – Emita passagens separadas, com o trecho intra-europa pagante (um vôo de 1:30, acho que não vale pagar por Business, pode ir de econômica), vai lhe custar uns 150 euros para o casal.
      Boa sorte!

    • Daniel Goncalves

      Obrigado pelas respostas! Consegui com a Swiss em Abril/Maio…120 mil milhas em business….usei uma dica já deixada neste blog de fazer a busca no site da United e informar o atendente da Tap os voos…. Ao final foram 3 ligações, pois na segunda não tinha todos os dados de passaporte comigo (eles pedem o número, data de validade). Acho que uma ligação é pouco mesmo… 🙂 🙂

  • Ricardo Lucena

    Parabéns pelo post e pelo blog Guilherme !

  • Daniel

    Essas tabelas valem para qualquer lugar do continente especificado?
    Por exemplo, cotei GIG-SJO(costa rica) pra abril e cobraram 30k o trecho pelo amigo avianca. Na tabela indica 20k para destino na América do Sul. Posso pedir para eles respeitarem a tabela?

    • Carlos

      Está certo, a tabela é para Am. do Sul e Costa Rica fica em Caribe / Am. Central na tabela do Amigo.

      • Daniel

        Exato, falha minha Carlos. Tô mal de geografia kkk

  • Fabio Henrique

    Nossa! Esse guest post ficou muito!!! Parabéns pelo trabalho.

  • Cicero Bezerra

    Para Guilherme e os PHDs das milhas: a azul já fez alguma promoção de “points back” para emissão de passagens, nos moldes do que o Smiles e o Multiplus já fizeram (ex.: emita uma passagem e receba 20% de volta). Se sim, esta promoção se aplicava para voos internacionais e/ou classe executiva?

  • Pingback: [Guest post] Ideias Gerais: sobre nichos de oportunidades no Smiles e no Tudo Azul (existem?), disponibilidades de passagens-prêmio nos programas luso-brasileiros de milhagens, e assuntos correlatos! | Meu Milhão de Milhas()

  • Pingback: Livelo oferece compra de pontos com 40% de desconto para assinantes dos Clubes 7.000 e 20.000. 10k pontos por R$ 420. | Meu Milhão de Milhas()

  • Pingback: Eu sabia! Victoria TAP irá inflacionar tabela de resgates na Star Alliance :-( | Meu Milhão de Milhas()

  • Pingback: [Guest post] Dicas e estratégias para planejar uma viagem em família à Ásia, na classe executiva (quatro assentos)! | Meu Milhão de Milhas()

  • Pingback: [Guest post] Amigo Avianca: dois anos depois, os perrengues continuam :-( | Meu Milhão de Milhas()

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 0 Flares ×