Iberia Plus oferece 25% de descontos nos resgates com Avios em várias rotas regionais e transcontinentais – Brasil não incluído :-(

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 0 Flares ×

O programa de milhagens da Iberia está oferecendo uma promoção com descontos de 25% nos resgates com Avios em várias rotas intra-Europa, bem como intercontinentais.

“Reserva tus vuelos antes del 31 de enero y disfruta de hasta un 25% de descuento en Avios.

Si no tienes suficientes Avios o no quieres gastarlos todos, puedes comprar tus billetes combinando Avios y dinero con Avios&Money y así volar lo lejos que quieras. No pierdas la oportunidad de volar pagando solo las tasas”.

Rotas dentro da Espanha, e dentro da Europa:

Infelizmente, as rotas de/para o Brasil não foram incluídas.

Termos & Condições

Oferta de descuento en utilización de Avios válida para nuevas reservas en las clases seleccionadas realizadas a través de Iberia.com y call centers de Iberia Plus entre el 18 de diciembre del 2017 y el 31 de enero del 2018 para volar exclusivamente en las fechas y trayectos indicados en Iberia.com.

Oferta válida para vuelos directos seleccionados comercializados y operados por Iberia, Iberia Express y Air Nostum. Más información en Iberia.com.

Ofertas no acumulables a otras de utilización de Avios vigentes en el mismo periodo y destino. Esta promoción no se aplica a los vuelos fuera de las fechas mencionadas. Para más información por favor visite nuestra página web www.iberia.com. Esta promoción es personal e intransferible, válida salvo error tipográfico u omisión.

Conclusão

Boa oportunidade para resgates de voos a preços mais baratos, para quem pretende estender a viagem original (presumivelmente com destino final a Madrid, que é o hub principal da Iberia), para conhecer novos lugares.

O blog Ultima Llamada fez uma matéria onde disse que, por essa promoção, é possível resgatar um trecho ida e volta de Madrid para Chicago ou Boston, em classe executiva, pela bagatela de 51.000 Avios + 179 euros de taxas.

Fonte: Ultima Llamada

E aí, alguém vai nessa!? 😀

Tagged as:
  • PauloHCM

    Infelizmente o Brasil só tomando bomba hoje… Primeiro a notícia da bateria do iPhone, que caiu de 79 para 29 dólares mundialmente, exceto aqui (estamos em Marte, talvez??), e agora sem descontos na Ibéria…

    • SwineOne

      Onde você leu que é exceto aqui? Curiosidade genuína de alguém que pretendia usar pelo preço mais baixo. O que eu li é que é mundial e ponto, o único detalhe é que vai passar a valer no final de janeiro, então se você ligou na Apple hoje e perguntou o preço, claro que ainda vai valer o preço antigo.

      • PauloHCM

        A Apple Brasil lançou um comunicado, após ser questionada pela revista Exame, de que aqui continuará por 449 reais para a troca de bateria do iPhone e pronto. Simples assim.

        • SwineOne

          Desculpe, mas eu SABIA que essa informação TINHA que estar errada, não havia outra possibilidade, é que ontem já estava tarde e não quis procurar, mas foi até fácil achar um desmentido:

          https://macmagazine.com.br/2017/12/29/e-a-exame-errou-mesmo-troca-de-baterias-de-iphones-no-brasil-tera-reducao-de-preco-ate-maior-que-nos-estados-unidos/

          Sou usuário fanático da Apple desde que comprei um computador deles em 2005. Acho melhor nem contar todos os produtos que tive da Apple, senão o Guilherme nunca mais vai dar valor a qualquer comentário sobre educação financeira que eu fizer aqui ou no outro blog dele — mas digamos que é o único luxo que eu me dou, e também nunca pago o preço cheio abusivo que é cobrado aqui no Brasil.

          Por esse motivo, acompanho com afinco notícias sobre a empresa, e posso afirmar categoricamente: está para nascer o dia em que a Apple vai afirmar que fará algo a nível global (especialmente de uma forma tão pública como foi feito esse anúncio recente, e deixando bastante explícito que é global), e depois alguém vai descobrir que o Brasil está escolhido (ou outros países). Se a Apple afirmou que é global, é porque é global e ponto.

          O que aconteceu é apenas aquele tipo de exemplo contundente de porque o Brasil é a escória do mundo: a Exame ligou para alguém dentro da Apple Brasil, provavelmente pegou algum zé mané que nem estava sabendo desse anúncio, mas pra não ser pego de surpresa e precisar dizer essa frase que tanto envergonha o brasileiro que é “não sei, vou pesquisar”, prefere inventar uma lorota qualquer e afirmar que tem certeza absoluta daquilo. E a Exame fez a parte dela, aceitando uma informação absurda sem questionamento algum — se fosse, eu já devolvia na testa do sujeito que logo que desligasse o telefone, ia ligar pra matriz da Apple e confirmar que eles estavam mentindo sobre ser global, e ia dar o nome de quem afirmou essa besteira (que provavelmente seria demitido no dia seguinte para aprender a não contar lorotas que ferram com a imagem da empresa). Ou a gente não está cansado de ligar em call centers de empresas e escutar abobrinha dos atendentes, que afirmam categoricamente coisas sobre as quais não sabem, e que ao serem escaladas para um superior, são desmentidas?

          • Guilherme

            rsrsrsrsrs……. olha, eu também sou suspeito pra falar, pois também gosto muito dos produtos da Apple que possuo…..rsrsrsrs

            Quanto à informação da Exame, é mais uma amostra do jornalismo ruim praticado em “terra brasilis” pelos grandes grupos de mídia, que botam qualquer coisa pra ser publicado, sem averiguar a veracidade da informação.

          • PauloHCM

            Mas a informação não estava errada. Esse mesmo site fanático em Apple lançou uma comunicado irritado com a posição inicial da empresa. Talvez isso tenha sido o estopim para a mudança de posicionamento no Brasil. A exame não iria informar nada diferente do que a acessoria de imprensa, que é a porta-voz da Apple, disse oficialmente.

            Vc pode querer uma realidade diferente e ir buscar uma resposta que venha de encontro com a sua vontade (que deve ter sido a postura do macmagazine), já a EXAME tinha como obrigação repassar a informação que ela averiguou, e não ficar forçando a Apple brasileira a seguir a recomendação da Apple internacional.

            • Décio Luiz Gazzoni Filho

              “Mas a informação não estava errada”

              Estava errada sim. Acompanhei a história desde o começo (poucas horas depois de a Apple lançar o comunicado em inglês no seu site oficial, e portanto bem antes de ser publicada a matéria da Exame). Lá constava bem claramente o seguinte:

              “Apple is reducing the price of an out-of-warranty iPhone battery replacement by $50 — from $79 to $29 — for anyone with an iPhone 6 or later whose battery needs to be replaced, ***available worldwide*** through December 2018.”

              (grifo meu)

              “Esse mesmo site fanático em Apple lançou uma comunicado irritado com a posição inicial da empresa”

              Pra ser mais específico, irritado com a informação (que agora sabemos ser incorreta) obtida pela Exame, que preferiu sair correndo para publicar um suposto “furo” que na verdade consistia em uma informação evidentemente incorreta, bastava dar uma faisquinha entre o Tico e o Teco na cabeça oca do “jornalista” da Exame para perceber isso, se é que um sujeito desse tipo chega a ter dois neurônios.

              “Talvez isso tenha sido o estopim para a mudança de posicionamento no Brasil”

              Errado, nunca houve mudança de posicionamento no Brasil, pois a decisão de reduzir o preço já estava tomada desde antes de a Exame entrar em contato com alguém, uma vez que a Apple afirmou desde o início que a mudança seria global.

              “A exame não iria informar nada diferente do que a acessoria de imprensa, que é a porta-voz da Apple, disse oficialmente.”

              Por favor releia meu comentário inicial sobre a incompetência do brasileiro médio, que foi evidentemente o que aconteceu aqui (um sujeito que, embora trabalhasse na Apple, não procurou se informar sobre o que acontece dentro da própria empresa que trabalha, e visto que daria muito trabalho confirmar com a matriz, preferiu defecar pela boca para o sujeito que escreveu a matéria da Exame), e que mostra mais uma vez por que nosso país é a escória do mundo. Inclusive, o jornalista é outro que contribuiu para demonstrar que nosso país é a escória do mundo ao não se comportar como um jornalista decente, que faz questionamentos ao escutar algo que claramente é uma besteira.

              “Vc pode querer uma realidade diferente e ir buscar uma resposta que venha de encontro com a sua vontade”

              Por “resposta que venha de encontro com a sua vontade”, creio que você queira dizer “a única resposta possível e evidentemente correta, dado que a Apple já havia assumido anteriormente o compromisso público que a redução de preço seria global”.

              “já a EXAME tinha como obrigação repassar a informação que ela averiguou, e não ficar forçando a Apple brasileira a seguir a recomendação da Apple internacional.”

              Não sei se é pedir demais (sei sim; nessa piada de país que vivemos, é pedir demais sim) que um jornalista pratique, sei lá, bom jornalismo? Que exerça um mínimo de senso crítico e pressione as pessoas que estão falando algo que claramente é besteira? De outra forma, sugiro à Exame colocar na rua todos os seus jornalistas e substituí-los por papagaios que meramente repetem a informação obtida.

            • SwineOne

              “Mas a informação não estava errada”

              Estava errada sim. Acompanhei a história desde o começo (poucas horas depois de a Apple lançar o comunicado em inglês no seu site oficial, e portanto bem antes de ser publicada a matéria da Exame). Lá constava bem claramente o seguinte:

              “Apple is reducing the price of an out-of-warranty iPhone battery replacement by $50 — from $79 to $29 — for anyone with an iPhone 6 or later whose battery needs to be replaced, ***available worldwide*** through December 2018.”

              (grifo meu)

              “Esse mesmo site fanático em Apple lançou uma comunicado irritado com a posição inicial da empresa”

              Pra ser mais específico, irritado com a informação (que agora sabemos ser incorreta) obtida pela Exame, que preferiu sair correndo para publicar um suposto “furo” que na verdade consistia em uma informação evidentemente incorreta, bastava dar uma faisquinha entre o Tico e o Teco na cabeça oca do “jornalista” da Exame para perceber isso, se é que um sujeito desse tipo chega a ter dois neurônios.

              “Talvez isso tenha sido o estopim para a mudança de posicionamento no Brasil”

              Errado, nunca houve mudança de posicionamento no Brasil, pois a decisão de reduzir o preço já estava tomada desde antes de a Exame entrar em contato com alguém, uma vez que a Apple afirmou desde o início que a mudança seria global.

              “A exame não iria informar nada diferente do que a acessoria de imprensa, que é a porta-voz da Apple, disse oficialmente.”

              Por favor releia meu comentário inicial sobre a incompetência do brasileiro médio, que foi evidentemente o que aconteceu aqui (um sujeito que, embora trabalhasse na Apple, não procurou se informar sobre o que acontece dentro da própria empresa que trabalha, e visto que daria muito trabalho confirmar com a matriz, preferiu defecar pela boca para o sujeito que escreveu a matéria da Exame), e que mostra mais uma vez por que nosso país é a escória do mundo. Inclusive, o jornalista é outro que contribuiu para demonstrar que nosso país é a escória do mundo ao não se comportar como um jornalista decente, que faz questionamentos ao escutar algo que claramente é uma besteira.

              “Vc pode querer uma realidade diferente e ir buscar uma resposta que venha de encontro com a sua vontade”

              Por “resposta que venha de encontro com a sua vontade”, creio que você queira dizer “a única resposta possível e evidentemente correta, dado que a Apple já havia assumido anteriormente o compromisso público que a redução de preço seria global”.

              “já a EXAME tinha como obrigação repassar a informação que ela averiguou, e não ficar forçando a Apple brasileira a seguir a recomendação da Apple internacional.”

              Não sei se é pedir demais (sei sim; nessa piada de país que vivemos, é pedir demais sim) que um jornalista pratique, sei lá, bom jornalismo? Que exerça um mínimo de senso crítico e pressione as pessoas que estão falando algo que claramente é besteira? De outra forma, sugiro à Exame colocar na rua todos os seus jornalistas e substituí-los por papagaios que meramente repetem a informação obtida.

  • Gueropa01 Feee

    Bom dia, antes o desconto era de 50% principalmente para os portadores do cartão IberiaCards, porém a Iberia tem planejado seguir os demais programas, resgates mais difíceis e dificuldades na aquisição de pontos… essa promoção e um retrato disso, quando vc encontra disponibilidade as taxas são altíssimas, e comparando com outras cias e mais fácil vc comprar um bilhete nelas que gastar seus avios. Mês passado oECBA estava oferecendo voos saindo e chegando a Londres com 50% em avios porém com a taxa altíssima, um exemplo: para o Brasil estava 22,5k i/v + 460€ de taxas, mesmo valor para Tokyo ou Hong Kong, e se vc pesquisar vc encontra valores similares sem precisar gastar seus avios, e para Ásia mais barato que as próprias taxas cobrado pela cia…. melhor opcao e pesquisar…..

  • adrián

    Hola Guilherme y prezados lectores. Feliz año para todos!!!

    Inauguramos el año con una buena promo de Gol SÓLO POR HOY 10% de descuento en todos sus vuelos con algunas excepciones abajo detalladas, con el código GOL10.

    Recuerden que el período de venta es sólo hoy de 10 a 22 hs.

    Termos e Condições

    • 10% de desconto inserindo o promocode GOL10 na hora da busca da passagem.

    • Tarifa: Familia Light

    • A tarifa Light não dá direito à bagagem despachada gratuita.

    • Tipo de viagem: Ida ou ida e volta.

    • Período de voo: de 01/02/2018 até 29/05/2018. Exceto 08/02/2018 até 18/02/2018, 28/02/2018 até 05/03/2018, 29/03/2018 até 02/04/2018, 27/04/2018 até 02/05/2018 e viagens realizadas às terças, quartas, quintas ou sábados

    • Período de venda: das 10h as 22h de 01/01/2018.

    • 10% de desconto sobre o valor da passagem de ida ou ida e volta na tarifa regular, família light. O desconto não é valido para taxas de embarque e outros itens contratados.

    • Promoção válida para todos os destinos nacionais operados pela GOL, exceto Fernando de Noronha e Jericoacoara.

    • Canais de venda: Website GOL e lojas VoeGOL. Não é válido para compras em lojas de aeroportos.

    • Acúmulo de milhas Smiles: 2 (Duas) milhas a cada R$ 1,00 (Um Real) gasto, com base no valor da tarifa, acumuladas somente em voos GOL (G3).

    • Cancelamento e Alteração: R$ 170,00 (Cento e Setenta Reais) ou 100% do valor da tarifa, o que for menor – por passageiro e por trecho. Além de eventuais diferenças tarifárias, se houver.

    • No-show: R$ 250,00 (Duzentos e Cinquenta Reais) ou 100% do valor da tarifa, o que for menor – por passageiro e por trecho. Em caso de não comparecimento no voo de ida, a volta será automaticamente cancelada, salvo se o passageiro, até o horário da partida do voo, comunicar a Companhia que não utilizará o trecho de ida e que deseja manter o voo de volta. Nesta situação, não haverá penalidade para manter o voo de volta, podendo ser aplicadas penalidades para o cancelamento do voo de ida conforme regras de Cancelamento e Reembolso correspondentes a tarifa do voo de ida.

    • Reembolso: não reembolsável

    • Não se aplica desconto para menores entre 02 e 12 anos incompletos.

    • Assistência ao menor desacompanhado (05 a 12 anos incompletos): será cobrado R$ 149,00 por passageiro menor e por trecho. Para efetuar emissões para menores desacompanhados, entrar em contato com o Call Center, Lojas GOL ou Lojas VoeGOL.

    • Esta tarifa esta sujeita a alterações sem prévio aviso.

    • Tarifas sujeitas a disponibilidade de assentos na aeronave. Quantidade mínima por trecho: 10 assentos.

    • Tarifa válida por trecho (ida ou volta).

    • Taxa de embarque inclusa.

    • Franquia de bagagem não inclusa.

    Abrazos!!

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 0 Flares ×