[Guest post] Os melhores cartões de crédito, programas de milhagens, bugs, lançamentos e mais… de 2017!

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 0 Flares ×

FELIZ NATAL A TODOS OS LEITORES DO BLOG!

Eis mais uma exclusividade do MMdM. Nesse post, o Carlos irá fazer uma retrospectiva do mundo das milhas e pontos nesse ano de 2017, destacando os melhores cartões de crédito, programas de milhagens, bugs, lançamentos etc. desse ano. Confiram! 😀

………………………………….

“Com a chegada do final do ano, também ocorrem os tradicionais caos em shoppings e aeroportos, especial do Roberto Carlos, e retrospectivas do ano que se encerra.

No mundo das milhas, houve acontecimentos relevantes, mas nenhum que tenha mudado significativamente, ao menos por enquanto, o mercado. Foi feito um levantamento com todos os bônus oferecidos pelos cinco principais programas de milhagem “luso-brasileiros” para os principais cartões de crédito do mercado brasileiro, de forma a permitir um planejamento estratégico para 2018 (post aqui).

Nunca é garantida a repetição do passado, mas a probabilidade de ser mantida trajetória semelhante é alta. Basta olhar o levantamento mais simples de 2016 (post aqui) para notar a semelhança.

Isto posto, achei que seria interessante fazer uma eleição com os eventos mais importantes, em 2017, deste mercado. Logicamente que serão opiniões pessoais e com algum grau de subjetividade, mas espero que, na caixa de comentários, sejam oferecidos outros pontos de vista para enriquecermos a troca de informações. 😉

Como é cada vez maior a audiência e relevância do Meu Milhão de Milhas, espero que no ano que vem possamos fazer uma eleição virtual, e divulgação dos resultados do Prêmio MMdM, acompanhados de um coquetel e evento em auditório, com o patrocínio das empresas envolvidas. 😀

Melhor programa de milhagens aéreas de 2017

Esta talvez seja a escolha mais complicada, já que o critério “melhor” depende das expectativas e usos. Com certeza todos têm seu programa favorito.

O Victoria TAP tem se tornado bastante popular, mas introduziu uma cobrança de taxas, provavelmente ilegal, que marcou negativamente o programa. O Multiplus Fidelidade merece destaque pela aparente facilidade em se retirar taxas de combustível de emissões oriundas em qualquer localidade, ao mesmo tempo em que dificulta a emissão dos bilhetes usando seus pontos.

O Smiles cada vez facilita mais o uso dos seus pontos, mas inflaciona ainda mais a pontuação das passagens. O Amigo Avianca anunciou que sua tabela nacional seria flexível e não mexeu, por enquanto, na tabela internacional, assim como não mexeu também no seu sistema, que continua apresentando bastantes dificuldades para emissão de passagens de parceiros. E o Tudo Azul continua sendo um programa mirim, de alcance limitado, útil apenas para voos Azul, já que a tabela dos únicos dois parceiros, TAP e United, tem valores muito salgados.

Como acho difícil definir o melhor de 2017, vou dar uma leve ampliada no conceito de programa de milhagem para escolher o programa que vejo, disparado, como o melhor programa brasileiro: Livelo.

Criado em 2016, o Livelo é um programa revolucionário. Apesar de não acumular pontos de voos, permite a transferência de pontos para os cinco programas citados anteriormente, com a vantagem de oferecer, para a maioria dos programas, a maior quantidade de promoções e a maior média dos bônus (vide as estatísticas aqui). Houve ainda, recentemente, a inclusão de mais parceiros de transferência, o que é bom, mas as condições não parecem ser vantajosas (análise completa aqui).

Mas a principal vantagem do Livelo é a facilidade de se adquirir pontos por valores muito atraentes, seja através da compra em promoções, seja através da adesão aos seus clubes de pontos. Como estes pontos ainda são bonificáveis, com maior frequência e valores, seus participantes conseguem fazer emissões de passagens por valores muito competitivos, e sem depender da espera no acúmulo de pontos com cartão de crédito.

Ainda falta, principalmente, resolver a esquizofrenia dos programas Livelo, Livelo BB e Livelo BRA, mas, se alguém tiver dúvidas sobre em qual programa seria melhor investir seu dinheiro em 2018, independentemente do destino, a resposta quase infalível seria o Livelo.

Melhor promoção de 2017

Pelo que me recordo, não houve nenhuma grande promoção de venda de passagens. Mas tivemos boas promoções de acúmulo de milhas com reservas de hotéis do programa Smiles (post aqui), e ótimos bônus de transferência: de 150% do Santander para Amigo Avianca (post aqui), de 120% do Livelo BRA para Smiles (post aqui), e de 100% do Livelo para o Victoria TAP (post aqui).

Teoricamente, a melhor promoção seriam os 150% de bônus para o Amigo Avianca (post aqui). Mas quando se compara os valores da tabela e a funcionalidade dos programas, os 100% para o Victoria TAP (post aqui) foram a melhor e mais imperdível promoção de 2017.

Melhor cartão de crédito de 2017

Os dois melhores cartões de crédito disponíveis no Brasil são o Porto Seguro (PS) Visa Infinite e o Santander Mastercard Unlimited. As principais vantagens do PS Infinite são, diferentemente do Santander, ter o Victoria TAP como parceiro e o menor custo do cartão, tanto pelos descontos de anuidade mais fáceis, quanto pela ausência de taxas ligadas à manutenção de conta em banco.

Neste ano, tivemos magros 50% de bônus do PS para o Victoria TAP, então esta parceria não foi tão vantajosa.

Os cartões Santander oferecem a grande vantagem de pontuações expressivas (até 6,6) mediante o cumprimento de altas metas de gastos, e a parceria com o Iberia Plus (que permite, por tabela, a transferências de pontos para o British Airways Executive Club (BAEC), sem deságios e sem custos adicionais).

Eu, pessoalmente, escolheria o Santander Mastercard Unlimited Black como o melhor cartão de crédito, mas novamente vou dar uma ampliada na disputa para acrescentar o que considero o melhor cartão de crédito de 2017 pela sua inovação: o Santander AAdvantage Mastercard Black.

O programa da American Airlines já não é mais tão atrativo quanto há poucos anos. Mas o lançamento do cartão foi significativo no mercado brasileiro, por oferecer um cartão topo de linha com a primeira anuidade grátis, e com ótimos bônus mediante gastos não muito elevados. O cartão de crédito com anuidade grátis ainda oferecia Priority Pass ilimitado, depois modificado para quatro visitas. Ainda assim, um lançamento que servirá de base de comparação para todos os cartões de crédito a serem lançados futuramente.

Melhor lançamento de 2017

Consigo lembrar de três lançamentos mais significativos no ano: os cartões de crédito Santander AAdvantage, e os cartões de crédito Visa Smiles, e o programa Mercado Pago.

Os cartões Santander AAdvantage foram ótimos lançamentos e mereceriam o prêmio, mas nesta categoria minha escolha vai para a opção que significou uma grande revolução no mercado, que foi o programa Mercado Pago.

Lançado inicialmente sem limites estabelecidos para pagamento de contas com cartões de crédito, o MP é um assombro. Desde o começo, o programa funciona de maneira instável e imprevisível. Não há lógica que se tente aplicar ao programa que resista aos relatos dos usuários. Por exemplo, o que funciona com uma pessoa sempre encontra outro que relata o contrário.

É necessário bastante paciência para usá-lo, mas as recompensas também são significativas: o acúmulo fácil de milhas e o cumprimento de metas de gastos sem maiores dificuldades.

Em outubro, foi estabelecido o limite de quatro mil reais para uso grátis do programa que, mais de seis meses após seu lançamento, continua instável e imprevisível. Mas quem consegue usá-lo ganha milhas grátis e, mesmo com o pagamento de taxas, consegue atingir metas de gastos que permitem gerar um acúmulo de milhas bastante interessante.

Melhor bug de 2017

Infelizmente, esta categoria não produziu nada muito relevante neste ano. Todos esperam, desde de 2015, uma nova edição de um bug como da American Airlines quando, por várias horas, era possível emitir passagens por 10% do valor oficial, e cujas passagens emitidas foram incrivelmente honradas (post aqui).

Pode ser que a contratação dos estagiários tenha ficado mais rigorosa :-P, mas a verdade é que cada vez menos aparecerão estas oportunidades. As empresas estão monitorando mais fortemente a Internet e, caso algum bug seja descoberto, sua divulgação significará o seu fim rapidamente. É até possível que tenhamos tido bugs relevantes, que podem até estar ativos, mas não ficamos sabendo.

Dentre os poucos que foram divulgados, o que achei melhorzinho foi um bug no Smiles que tornou possível emitir passagens em primeira classe na Qatar por 100 mil pontos, mesmo combinando vários trechos longos (tipo CDG-DOH-MEL ou JFK-DOH-BKK).

Maior decepção de 2017

Decepções só ocorrem quando se tem expectativas que são frustradas. Só consigo pensar em duas expectativas mais relevantes que tinha.

A primeira foi com o anúncio do cartão Santander Visa Smiles. Acreditei que teríamos algo semelhante ao Santander AAdvantage, como anuidade grátis e bons bônus por meta de gastos. Mas quando os cartões foram efetivamente revelados, ficou claro que isto jamais seria possível, já que as condições teriam de ser as mesmas para Santander, Banco do Brasil e Bradesco. Dá até para pensar que o Santander poderia ser mais ousado na sua versão se não tivesse que ficar amarrado à semelhança aos outros bancos.

A segunda decepção, maior e ganhadora, acredito que tenha sido mais universal por causa da tradição. Que Black Friday mais chinfrim que tivemos! Ou que não tivemos.

Amigo Avianca e Multiplus Fidelidade lançaram ótimas promoções antes e depois da semana, mas nada durante. Victoria TAP ofereceu um bônus pequeno e limitado. E Smiles e Tudo Azul, os programas que mais oferecem bônus do mercado, fizeram ofertas irrisórias dentro de suas médias anuais. Oferta de 50% do Tudo Azul contra média de 71% e oferta de 80% do Smiles contra média de 68%, normalmente associados a bônus adicionais (descontos em resgates ou compra de pontos). E poucas semanas antes ou depois da Black Friday, ambos programas ofereceram bônus de 100%. Antes ou depois. Não durante a Black Friday.

Eu acreditava que a Black Friday guardava boas oportunidades mas, para 2018, minha dica será ignorar o período e focar nas médias históricas para aproveitar as melhores ofertas.

Melhor uso das milhas de 2017

Este tópico é estritamente pessoal. O melhor uso de milhas que fiz e que me deixa com vontade de repetir foi usar milhas no Amigo Avianca para emitir uma passagem em primeira classe na Lufthansa e, ao invés de fazer um voo direto de Paris para Frankfurt, fazer outra emissão em econômica com longa conexão em Zurique para poder aproveitar o lounge da primeira classe da Swiss. Excelente design, ótimas vistas das pistas do aeroporto, maravilhosas suítes com camas muito confortáveis.

Mas o que é divino no lounge e me deixa com vontade de voltar é a qualidade da culinária. Fiz duas refeições completas e, em ambos os casos, tanto a apresentação quanto o sabor dos pratos estavam excepcionais, na minha lista de melhores da vida. Imagino que só o lounge da primeira classe Air France em CDG possa oferecer algo superior.

Conclusão

Bom, é isso. Provavelmente deixei passar alguns fatos importantes, mas junto com o levantamento dos bônus, acho que dá um bom panorama do mundo das milhas de 2017.

Apostas para 2018? Não faço nenhuma diferente do que está relatado aqui. Espero que ainda possamos ter mais uma reedição dos 100% Victoria TAP e, possivelmente, tenhamos novidades relativas aos cartões de crédito Amex “raiz” (Membership Rewards), com a reassunção das atividades pela própria Amex, ou outro banco.

Só não podem migrar para a plataforma Livelo e acabar com o principal diferencial destes cartões, que são seus parceiros internacionais que transferem pontos paritariamente ou, no máximo, com deságio de 20%.”

………………………………

E para você, quais foram os melhores do ano de 2017!? Deixe um comentário, participe dos debates, e enriqueça o compartilhamento de ideias e a circulação do conhecimento! 😀

………………………………

Quer aprender mais? Então leia os demais guest posts do Carlos:

 

Tagged as:
  • Sergio Gimenez

    Teve a promobug da Delta. Executiva partido de GIG/GRU para Dallas/Phoenix/Mia/PHL por R$2000.

    Teve a promobug da Smiles na black Friday que permitiu transferir pontos ganhando em dobro por R$100 cada 10.000 pontos.

    • Bruno Almeida

      Ia citar justamente esses dois casos. Consegui aproveitar ambos.

    • Rodrigo Rieger Maia

      Exatamente, estou indo em Janeiro para os Eua de Executiva graças a esse bug…

    • Carlos

      Bons exemplos mesmo, acho que colocaria o da Delta como o melhor de 2017.

  • PauloHCM

    Pessoal, estou numa dúvida tremenda. Pegar um TPC Livelo pontuando 2,2, provavelmente sem anuidade, ou continuar no Amex Gold pontuando 1,5 no MR? Gastos gerais em torno de 20 mil reais/mês contando os adicionais. Tenho muito interesse nas salas VIP e meu perfil é Nutella, apenas América do Norte e Europa. No máximo um Japão nos próximos 3 anos.

    • Carlos

      Não teria dúvidas para o TPC nutella, pontuando praticamente 50% a mais e dando acesso a salas vip. Mas com essa média de gastos, você também deveria conseguir upgrade para o TPC raíz, que tem a vantagem dos parceiros adicionais.

      • PauloHCM

        Eu não sabia desse upgrade mantendo os benefícios raiz. Tenta pelo banco ou pela central??

        • Carlos

          Central.

    • Rodrigo Rieger Maia

      Estou exatamente na mesma situação. Passar do Gold para o TPC, será que vale a pena? Acho dificil conseguir tirar a anuidade, estao cada vez mais rigorosos… mas ano que vem vou fazer uma viagem completa pela Asia, entao talvez vale a pena

      • PauloHCM

        Eu já não pago anuidade no Gold, e tenho ela há 10 anos, desde 2007, então espero que eles tenham pena de mim, rsrsrs.

        • Carlos

          Sem chance, no mínimo uma parcela de 400 reais vai ser cobrada. Agora, com o TPC nutella me parece ser mais fácil a isenção. Com média acima de 8k por mês, dá para tentar a isenção.

          • PauloHCM

            Como a média é de 12 a 20, acho que dá para pleitear. E se eu conseguir o TPC raiz, já fico até feliz.

            Só acho uma baita Sacanagem o TPC americano ter o PP e o brasileiro não. Eu nem me importo com os outros benefícios, mas este seria essencial.

            O problema é que o único concorrente é o MC Black Santander, mas.pra conseguir ele tem que ganhar na Mega Sena.

      • Rogerio

        Tenho o TPC desde 2002. Gastos entre 20 a 40.000. Nos últimos anos tenho sido liberado da anuidade. Só mantenho o cartão para poder utilizar a sala vip de GRU e poder tomar banho quando chego do exterior aguardando conexao para POA. No momento que o cartão me cobrar a anuidade eu cancelo e procuro outra opção que me atenda melhor na questão salas vip no exterior. Referente ao programa de fidelidade sou TAP Victoria e gostaria de saber quantas vezes no ano de 2017 a TAP fez a promoção de 100.000 dois passageiros em executiva.

        • Tarcísio Bezerra

          Tap Victoria é tabela de resgate fixo.

          • Carlos

            Ocasionalmente a TAP tem tabela reduzida para emissões em voos próprios. O arquivo do MMdM tem a relação das promoções, seria questão de ler e levantar.

  • Dorgival

    Acho que cabe citar que o cartão Elo ofereceu 4 pontos por dólar em alguns meses no fim do ano.

  • Adriano

    Carlos no próximo ano acho difícil conseguir negociar anuidade do AAdvantage,mesmo assim ainda seria uma boa opção?

    • Carlos

      Pessoalmente, acho que não. Eu já tenho o Priority Pass com outro cartão, então o acesso a lounges é irrelevante. Eu só pedi o cartão pelo bônus de 60k e já tinha encostado ele quando atingi a meta. Acabei usando novamente com sua inclusão no Bumerangue e estou gastando acima da maior meta, ou seja, em uma próxima promoção desta, minha meta vai vir altíssima e, provavelmente, inatingível. Teria de deixar encostado por um tempo maior, esperando baixar os valores. Pagar anuidade para o cartão ficar encostado é complicado.
      Entretanto, não sei se vai ser difícil conseguir desconto na anuidade. Como o Santander ofereceu ele grátis no primeiro ano para atrair clientes, se eles forem inflexíveis com a anuidade, a taxa de cancelamento do cartão vai ser altíssima e vai virar um mico para o banco. Acho bem possível, para quem teve bons gastos no cartão, conseguir um desconto de 50% no valor da anuidade. Ainda assim, eu ficaria dividido se vale a pena pagar 495 reais de anuidade no cartão. Talvez ficasse com o cartão somente com um desconto maior, que já não sei se ocorreria.

      • pauloleo

        Idêntica situação à minha. Porém, estava pensando que seria totalmente inegociável, como outros cartões cobranded. Se forem flexíveis assim como você disse, talvez eu mantenha ele sim!! 50% pra mim está ok, pois o AAdvantage ainda não é de todo ruim. E agora que eles incluíram esse cartão nas promos, passou a ser mais atraente em minha opinião.

        • Carlos

          Isso é pura suposição, mas para um cartão que foi oferecido de graça no começo e com 50% de desconto até há pouco, me parece que o Santander teria uma margem para negociação da anuidade, baseada nos gastos do cliente.
          Se for para cobrar 100% da anuidade, acho que a maior parte dos clientes cancela o cartão.

          • pauloleo

            Faz sentido mesmo!!!

  • pauloleo

    Achei a análise incoerente em um quesito: elege a Livelo como o melhor programa de fidelidade (com o que eu concordo), porém elege os cartões Santander Unlimited e Porto Infinite como os melhores cartões. Ora, se a escolha fosse dos melhores cartões ok, eu concordo, pelos benefícios agregados, como PP em ambos e pontuação em triplo no Santander e facilidade na isenção da anuidade da Porto.

    Porém, a relevância da análise aqui (por princípio deste site) é com relação às milhas e nesse caso o programa da Porto é fraquinho, se comparado à Livelo, Santander Esfera e Membership Rewards.

    E por esse exato motivo, por eu ser muito mais milheiro do que financista, eu tesourei meu Porto Infinite no mês passado e decidi manter a dupla Unlimited por conta do PP e promoções e o Amex TPC raiz como backup, tornando-se principal nos períodos fora das promoções do Santander.

    • PauloHCM

      Eu também notei isso, rsrsrs. Eu diria que é importante mencionar que o melhor para pontuar é o santander DURANTE as promoções boomerang, que pontual de 3 a 6,6, durante uns bons 5 meses, para quem consegue atingir a meta, tornado, no decorrer do ano, quase imbatível.

    • Carlos

      É exatamente a sua análise. PS Infinite e Santander Unlimited são os melhores cartões considerando todos os aspectos envolvidos em um cartão de crédito. Se for para considerar que o acúmulo das milhas é o mais importante, o cartão teria de estar inserido ou na plataforma Livelo ou Esfera, para aproveitar os melhores bônus de transferência (de acordo com o levantamento) e, no caso do Esfera, as promoções bumerangue.
      Neste caso, os melhores cartões seriam os Santander Unlimited e Uniques pois, além de contar com bons bônus, ainda conseguem ter sua pontuação majorada nas promoções (mas haja Mercado Pago, Recarga Pay e Pic Pay para sempre bater as metas). E depois viriam os cartões Livelo, melhores opções os Elos Nanquins (BB ou Bradesco).
      Juntando todos os aspectos (milhas e benefícios), o melhor cartão seria o Santander Unlimited.

      • pauloleo

        Perfeito!! Realmente o maior problema são as metas absurdas após o uso intenso do cartão!

  • Albino

    Maior decepção de 2017 pra mim foi a Tap começar a cobrar a taxa de combustível.

    Além dos bugs já citados, teve também aquele do Smiles que era do Brasil para Buenos Aires com conexão em Dubai.

    • Carlos

      Mas esse da Emirates, se não me engano, teve todos os bilhetes cancelados. Só conseguiu voar quem emitiu, fez check-in e voou de imediato (mesma coisa com os bilhetes de primeira classe da Air France).

      • Albino

        Na verdade não foram cancelados, foram alterados para conterem apenas o voo Brasil-Argentina.

  • Tlars22

    Carlos,
    Qual foi o lounge de ZRH que vc elegeu como o melhor que vc ja foi ?
    Ele fica em qual Terminal e qual as regras de acesso ?

    • Carlos

      First Class Lounge da Swiss, fica no terminal E e é acessível apenas para quem estiver voando/voado na primeira classe da Swiss ou Lufthansa no mesmo dia.
      Sete horas.

      • Guilherme

        Carlos, pra usar o lounge da Swiss, vc usou a passagem First da lufthansa, chegando em frankfurt por uma conexão em econômica via Zurique?

        • Carlos

          Exato.

          • Guilherme

            pelo que comentou emitiu pelo Amigo…
            Conseguiu emitir cabines mistas pelo programa Amigo, ou emitiu o trecho de econômica e o de first em 2 reservas separadas, e no lounge do Swiss bastou mostrar o cartão de embarque do voo que vc pegaria em frankfurt para poder ter acesso ?

            • Carlos

              Duas reservas e apresentei o bilhete do voo posterior na primeira.

          • Tlars22

            Carlos,
            Quantas vezes vc teve que ligar no Amigo para conseguir emitir cabines mistas no mesmo bilhete ?:P

      • Tlars22

        Ih Ferrou !
        Agora o PP vai ficar com ciúmes de vc pois ele nao tem nenhuma avaliação do First Class Lounge da Swiss em Zurique no blog ! Rsrs

  • Luís Henrique Big

    Carlos,
    Feliz Natal!
    Havia feito a pergunta no post anterior sobre as promo da TAP e você respondeu nesse resumão do ANO – EXCELENTE PARA RECORDAR!! PARABÉNS POR NOS AJUDAR SEMPRE!!

    Porém, se os colaboradores desse Blog/post puderem opinar e me ajudar, estou com uma tremenda dúvida de como realizar o feito para esse ano de em julho de 2018. ( Business ou first)

    Como podemos fazer para juntar + pontos + milhas, além dos gastos no cartão, ou utilizando o mercado pago ( diga-se de passagem; eu ainda não conferi mas já vi relatos de que pagamentos com o AMEX Platinum, não está refletindo, creio que tenha visto aqui, procede?), enfim vamos a minha duvida:

    Possuo o cartão de credito Amex Platinum e Amex Gold e Smiles Platinum ao qual transfiro sempre para livelo, ou smiles.

    Faço parte do clube smiles 2000 ( é pouco mas ja vi que seu mudar para o plano 10.000 nao terei o bonus de migração então terei de esperar até Julho 2018 para realizar isso).
    Não faço parte do clube Smiles e tao pouco de outros clubes somente Smiles.

    Já adquiri bilhetes para Julho/18 com intuíto do destino final ser Grécia (GRU X MAD X RAK) : esse trecho porque queremos ( somos em dois) ficar 3 dias no Marrocos.
    Emitimos esse trecho pelo programa parcerio da SMILE via Iberia.

    Em seguida queremos partir para Grécia, conhecer as ilhas gregas e voltar.

    E se der um stopover em Portugal, é pedir muito? É sonhar demais? rsrsrs

    Porém, sem a promo da TAP 100% creio que eu esteja cada vez mais longe de adquirir esse feito.

    Então eis o “gran finale”: O que fazer? Onde devo maximizar? para poder gerar mais milhas e emitir as business?

    Podem me ajudar?

    Sei que é pedir demais essa consultoria, ‘but’ esse é de longe o melhor blog com discussões sobre os feitos de emissões e experiencias aéreas que ja encontrei, ao contrario dos outros “vendidos” aos patrocinadores aéreos ou clubes.

    • Carlos

      Sua pergunta é meio complicada, tem mais de 10 respostas possíveis, todas válidas. Tem mais duas postagens a serem publicadas que podem te ajudar no planejamento geral, mas para julho agora, é mais difícil. Vou dar minha sugestão:
      Julho é alta temporada e as opções já são reduzidas. Como você não tem milhas ou, mesmo se tiver, não tem nenhuma promoção de transferência boa no momento, é necessário esperar, opção não muito boa. Eu tentaria achar alguma coisa no Smiles e emitir sem milhas. Até abril devemos ter algum bônus bom acontecendo para o Smiles. A única executiva que você pode achar deve ser TAP, que não é grande coisa mas é melhor que econômica. Stopover na volta não tem como, só fazendo duas emissões separadas.
      Do Marrocos para a Grécia é preciso pesquisar, mas acho que o Amigo pode ser uma boa opção (ou comprar a passagem mesmo).
      E como estratégia geral eu ficaria com o Clube Smiles mais barato (se você usar muito o programa) e investiria no Clube Livelo, mesmo se for para transferir para o Smiles. Com um bom bônus, as milhas saem mais baratas assim.

      • Luís Henrique Big

        Carlos,
        Muitissimo Obrigado pela sua atenção e dedicação ao BLOG!
        Vamos aguardar anciosos pelos seus próximos tópicos.

        Grande Abraços e vou relatar aos poucos nossa trajetória em busca da tão sonhada Bussiness ou First.

  • Fabio Henrique

    Parabens pelo guest post. muito bom

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 0 Flares ×