American Airlines oferece viagens, em classe econômica, aos EUA, por 45 mil milhas AAdvantage ida e volta (25% de desconto), para portadores dos cartões de crédito Santander AAdvantage

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 0 Flares ×

Dica do leitor Emerson: pela tabela normal no prêmio MileSAAver, que é fixa, o preço da viagem BR-EUA, no AAdvantage, seria de 60 mil milhas – 30 mil por cada perna.

Nessa promoção, o valor total da viagem sai por 45 mil milhas – 22.500 milhas cada perna. Um valor bastante interessante, considerando que a AA tem voos diretos para muitas cidades dos EUA (ao contrário da Avianca Internacional e Copa, por exemplo, que sempre fazem conexão na América do Sul ou Central); com aeronaves, em sua maioria, também melhores do que as da LATAM; e que cobra, nessa promoção, também valores menores que os cobrados pelas suas concorrentes.

A reservas devem ser feitas somente até 10 de novembro, e as datas das viagens são bem restritas, mas abrangem os meses de abril e maio de 2018, o que permite um certo planejamento, se você tiver férias naquele período.

Termos & Condições

Conclusão

Descontos sempre são bem-vindos (embora eu ache que a AA deveria fazer uma promoção semelhante para a classe executiva), e esse tipo de promoção, que o AAdvantage costumava fazer com relativa frequência para os clientes dos cartões Citi, é uma das poucas coisas que me fazem pensar em continuar mantendo o cartão de crédito Santander AAdvantage.

Isso porque eu estou numa dúvida danada se mantenho ou não o cartão de crédito para 2018.

Apesar de o programa AAdvantage ter decaído muito nos últimos tempos, ele continua sendo uma boa “válvula de escape” frente aos programas brasileiros, em razão dos meus destinos particulares de viagens em mente no futuro, que contemplam resgates no AAdvantage.

Tais destinos não abrangem somente voos do Brasil para os EUA, mas também voos em suas parceiras na OneWorld (Qatar, Iberia, British etc.), além das parcerias unilaterais do AAdvantage com empresas aéreas que ainda estão no meu radar de interesses internacionais (Etihad, Fiji Airways, Air Tahiti), empresas essas cuja melhor via de acesso acaba sendo o AAdvantage (embora a Etihad seja parceira do Smiles, o programa brasileiro cobra valores tão astronômicos que acabam inviabilizando qualquer resgate, na prática).

O Santander deveria usar o poder dessa parceria para lançar promoções periódicas dirigidas especificamente aos portadores dos cartões Santander AAdvantage. Por exemplo, o banco poderia incluí-los nas promoções em dobro ou triplo de bônus, ou repetir a promoção de lançamento, de milhas adicionais.

O que é inviável é manter esse cartão de crédito, com uma anuidade salgadíssima, que ultrapassa R$ 1.000,00, sem quaisquer benefícios de viagens voando AA, e ainda por cima sem promoções de ganhos de milhas adicionais.

Fica a dica pro pessoal do Santander. 😉

Agradeço ao Emerson pelo envio da dica!

  • Márcio Peixoto Tibiriça

    Le club Accor lançou uma promoção em conjunto com o TAP Victoria onde ela dá o triplo de milhas para mais de dois dias de hospedagem em seus hotéis.

    • Guilherme

      Obrigado pela notícia, Márcio, vou tentar publicar! Abraços!

  • Carlos

    Interessante sua conclusão. Apesar de concordar com a questão das parceiras e do programa, em geral, não consigo enxergar vantagem no cartão.
    Apesar de não substituírem por completo, tanto Smiles quanto Multiplus acabam tendo um custo bastante inferior ao Aadvantage (em função dos bônus de transferência e facilidade de aquisição das milhas), não vendo eu futuro para o cartão (a não ser que promoções sejam uma constante, o que duvido).
    A 1000 reais de anuidade, sem nenhum desconto, acho injustificável o cartão, mais caro que Porto ou TPC, superiores, ao meu ver.
    Mas não sei se não estou enxergando alguns pontos mais ou menos óbvios.

    • Flavio

      Se o priority pass da versão black fosse com acessos ilimitados até poderia ser um ponto à favor do cartão

    • Guilherme

      Pois é, Carlos, de fato o cartão de crédito, em si, não tem lá quase nada de atrativos.

      Porém, ele é um grande acelerador de acúmulo de pontos no AAdvantage, ainda mais que o Santander resolveu enfim adotar o fator 1:2, no lugar do fator 1:1,5, do finado Citi. Além disso, dá 3 milhas por dólar, nas compras internacionais, o que também ajuda.

      Pensando em termos de diversificação de portfólio, o AAdvantage tem parcerias que me agradam na contemplação de possíveis rotas para o Pacífico Sul, com as parcerias via Fiji Airways e Air Tahiti. Embora pareça que o Alaska também tenha tais parcerias, no AAdvantage fica mais fácil emitir, em tese, porque para nós, brasileiros, é mais fácil acumular milhas no AAdvantage.

      Ainda que seja menos trabalhoso ir para o Taiti com a LATAM via SCL-IPC, esse voo é problemático e fonte de eternas irritações dos passageiros que trafegam nessa rota, além do fato de ser semanal, ou seja, só ter uma frequência semanal, o que obriga o sujeito a ficar sempre em múltiplos de 7 dias lá. Já via Air Tahiti, cujos voos partem de LAX, as frequências são diárias, o que permite a montagem de um roteiro bem mais flexível, e o serviço prestado é bem melhor, o que facilita muito a qualidade da experiência como um todo, fora o fato de poder estender a estadia com algumas compras nos EUA.

      Mesmo pensando estritamente nos voos BR-EUA, eu ainda prefiro o AAdvantage e a malha aérea da AA: serviços na média, voos diretos, e farta disponibilidade de emissões. Tudo mirando a favor de uma menos cansativa experiência de viagem.

      Agora, isoladamente falando, concordo que o TPC e o Porto valham bem mais.

      • Fala Guilherme, um dos motivos de eu não ter publicado essa oferta no Passagens top quando recebi por e-mail foi o fato dela ser muito restrita, tanto a clientes quanto às datas.
        Pensando num cartão qualquer e nas promoções que os programas de fidelidade têm oferecido, bastaria 46,6k pontos no cartão e uma promoção de 50% no Multiplus para fazer a viagem de ida e volta por 70k voando AA (tabela fixa Latam) e SEM RESTRIÇÕES de data (exceto pela disponibilidade da companhia, obviamente). Dessa forma, vê-se o quão fraca é a promoção do AAdvantage. Primeiro porque os clientes desse cartão não tem a liberdade de transferir os pontos ganhos para outras companhias. Segundo, porque eles também não tem direito a nenhum tipo de bonificação de transferência.
        Eu só estou mantendo o cartão pelos 60k bônus nos primeiros meses e por ter conseguido o PP na primeira “leva” promocional, o que proporcionou acesso ilimitado aos lounges, e não somente 4 entradas.
        Se for depender de promoções como essa atual, não acredito valer a pena manter o cartão não.

        Outra coisa, essa rota que você tem interesse é operada como voo Fifth Freedom pela Air France, onde são cobrados apenas 30k milhas o trecho no Flying Blue em econômica, que você pode transferir do TCP Amex.
        O voo da Latam de SCL para PPT é operado duas vezes na semana com escala em IPC, às segundas e terças. Então teria a opção de ficar 6 dias também rs.

        • Guilherme

          Paulo, excelentes comentários de um blogueiro top! 😀

          Você tem razão, não tinha me lembrado dessa opção via AF, nem da segunda frequência semanal para o IPC.

          Vocês estão me convencendo a não ficar com o cartão …..rsrsrsrs

          • Não é só a gente que está te convencendo, fala a verdade, o Santander também está ajudando rs.

            • Guilherme

              rsrsrsrs….. verdade, Paulo, o Santander também tá favorecendo….rsrs

        • Khalil Chaves

          Fala Paulo, sobre o PP, eu também pedi o cartão nos primeiros dias, mas até onde eu sei mesmo assim só são 4 acessos. Você tem alguma informação diferente dessa? Grato.

          • Fala Khalil, oficialmente não tenho essa informação não. O que afirmei é apenas experiência própria e de outros conhecidos com este cartão.

        • Jackson Luan Queiroz

          Eu pedi na primeira leva também. Como posso saber se meu priority pass é ilimitado? Tem algum site que eu possa acessar e ver quantos acessos eu ainda tenho?

          • Que eu saiba, somente usando mesmo, infelizmente. Tem até um app que você cadastra, mas não aparece a informação.

      • Bruno Almeida

        Peguei o cartão por ser Black e oferecer o PP ilimitado, mas a proposta mesmo é juntar pontos na AA para emitir com a Etihad, uma vez que a tabela do Smiles é absurda e muito restritiva.

  • Khalil Chaves

    O problema dessa promoção é que esse cartão é novo, e até onde eu sei, ninguém recebeu as milhas bonus ainda, ou seja, só se vc já tivesse milhas lá no Aadvantage, poucos meses não tem como ter juntado 45.000 pra aproveitar!

    • Geraldo Rezende

      O cartão antes era emitido pelo Citi, então tem alguns que possuem milhas ainda da época do Citi.

      • Khalil Chaves

        Entendi, tomara que façam uma promoção lá pra dezembro/janeiro, depois q entrarem os bonus!

    • Dependendo de quem voa com a AA, eu ja tinha milhas de antes de mudarem o esquema (qdo milha era realmente milha rodada.. e nesse ponto a enorme vantagem da AA é não expirar caso vc mantenha o programa ativo). Mas resalmente peguei o cartão no lançamento e nada dos bonus cairem ainda, pelas regras só dezembro e olhe lá.

  • Alguém sabe me explicar a diferença do MileSAAver para o AAnytime? Até hoje não entendi a diferença que justifique os preços diferentes.

    • Tlars22

      MileSaaver – Tarifa Promocional (restrita)
      AAnytime – Tarifa Irrestrita (sem restrição de datas)

      • Mas ai que está: sempre que pesquiso passagem tem as duas ofertas disponíveis quase todos os dias, então em tese eu posso optar pela mais barata, certo?

        • Tlars22

          Isso. Manda bala na Tarifa MileSAAver.
          Eh a que tá compensando.

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 0 Flares ×