Como conseguir upgrade gratuito de quarto de hotel: a melhor dica (do leitor) que já recebi

1 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 1 1 Flares ×

Um blog de viagens, já dizia o saudoso mestre Rodrigo Purisch, é um local por excelência de troca e circulação de conhecimentos, entre diferentes pessoas unidas por um objetivo em comum.

Nos primórdios da existência desse blog, lá pelos idos de 2014 ou 2015, um leitor (tenho 99% de certeza que é o Cristiano Andrade, mas só ele mesmo vindo aqui pra confirmar essa informação 😉 ) num dos inúmeros comentários de altíssima qualidade que ele costuma redigir, escreveu aquela que considero a melhor dica para conseguir um upgrade de quarto em hotel participante de programa de fidelidade.

Todos nós sabemos que os programas de recompensas de redes hoteleiras – Le Club Accor, Hilton Honors, World of Hyatt, SPG etc. – oferecem, aos seus clientes elite (top tiers), como um dos benefícios mais apreciados e mais difíceis de conseguir, o upgrade gratuito de quarto, para um quarto de categoria superior.

Porém, esse upgrade é sempre acompanhado do famigerado asterisco *, que significa: “sujeito à disponibilidade”, mas que deveria ser lido mais como “sujeito à discricionariedade do gerente do hotel no ato do checkin”, pois, não raras vezes, existe disponibilidade de quarto de categoria superior no período da estadia (vacância), mas ela muitas vezes não é oferecida ao cliente top tier, detentor das categorias elite nos programas de fidelidade hoteleira, sabe-se lá por quais motivos.

Bom, o Cristiano deu uma dica simples, porém, muito eficiente, para aumentar as chances de upgrade de quarto durante a estadia, se você for membro elite da rede hoteleira.

E a dica é essa: mande um email ao hotel, com uma semana de antecedência, pedindo esse benefício.

Muitas vezes, nós achamos que o simples fato de ser detentor de uma categoria elite já seria suficiente para conseguir o tal do upgrade – e de fato deveria ser, em tese. Eu mesmo não costumava enviar email ao hotel pedindo esse benefício (nos casos em que eu me hospedava em um hotel participante de programa de fidelidade, e nos casos, evidentemente, em que eu possuía algum nível elite).

Porém, não custa nada “reforçar esse lembrete” à gerência do hotel, quando estiver se aproximando a data da estadia.

Minha experiência pessoal utilizando essa dica nos hotéis Hilton, Accor, Hyatt

Desde então, após a dica dada pelo Cristiano, passei a utilizar essa estratégia em minha estadias em propriedades participantes de programas de fidelidade hoteleira, nas quais eu possuía algum nível elite, e… voilá! A taxa de sucesso nos upgrades aumentou exponencialmente, próximo dos 100%.

O que eu faço é o seguinte: eu sempre reservo o quarto mais simples, o standard, na maioria das vezes na MTF – Melhor Tarifa Flexível – ou BAR (Best Available Rate), e, próximo da data da estadia, eu envio o email ao hotel. Não são todos os hotéis que dispõe de email para contato, por incrível que pareça (algumas propriedades do Hilton nos EUA não oferecem o contato por email), mas a maioria possui, na página oficial do hotel na Internet.

Ultimamente, tenho utilizado algumas variantes do período de uma semana, isto é, tenho enviado o pedido cerca de 4 a 5 dias antes do checkin.

Algumas vezes eu recebo email de resposta, e em outras ocasiões não, porém, o impressionante é que, em praticamente todos os casos, a taxa de sucesso é de quase 100%.

Em quais redes isso tem funcionado? Vou descrever minha experiência nos hotéis Hilton (sendo Diamond), nos hotéis Accor (sendo Platinum), e nos hotéis Hyatt (sendo Diamond, atual Globalist).

A experiência mais consistente – e mais gratificante – tem sido na rede Hilton, com os hotéis (principalmente os de categorias mais elevadas na rede, como Conrad e Hilton) quase sempre respondendo às minhas solicitações, e com uma taxa de sucesso, no ato do checkin – beirando os 100%. E isso independentemente de uma região específica: fui bem atendido tanto na América quanto na Europa e Oriente Médio, e Ásia.

Um exemplo concreto de sucesso no upgrade: ter conseguido um upgrade de quarto (do King Superior para o King Deluxe) no Conrad St. James de Londres, na altíssima temporada do Reveillon, e ainda por cima utilizando pontos!

Conrad London St James Fachada

Detalhe da fachada do Conrad London St. James: excelentes serviços, excelente localização (créditos da imagem: retirada do site oficial). Se não fossem os pontos acumulados no Hilton Honors, eu não teria ficado em Londres no Reveillon: os preços dos hotéis são absurdamente altos na Inglaterra, na região onde se situa o hotel. E se não fosse o status elite, eu não teria obtido o upgrade gratuito. Concretizando o lema do blog: são pontos realizando sonhos!

Na rede Accor, dificilmente eu recebo resposta no email, mas os upgrades têm vindo também (novamente, principalmente os de categorias mais elevadas na rede, como Sofitel). Não há restrições geográficas, mas fui bem atendido, em questões relacionadas aos upgrades, na América (do Norte e do Sul), Europa (principalmente Inglaterra), e Oceania.

Pullman Miami

Fachada do Pullman Miami. Na época em que era Sofitel, era tranquilo conseguir os upgrades, até para a suíte. Não sei como está hoje.

Na rede Hyatt, sendo Diamond (atual Globalist), os upgrades para as suítes tinham que obrigatoriamente que passar por um pedido expresso à rede, mas a taxa de sucesso foi de 100% em todos os casos (até porque eles eram de fato e de direito garantidos por contrato, ao menos em se tratando das DSUs – Diamond Suite Upgrades).

No caso específico do Hyatt, uma grande surpresa foi ter recebido o upgrade para a melhor suíte disponível, no caso de uma estadia em Abu Dhabi, no belo hotel Capital Gate. Eu poderia ter sido alocado para a Capital Suite, mas o gerente-geral me disse que se empenhou pessoalmente em liberar a Executive Suite. 😀

Hyatt CG Abu Dhabi

Detalhe da Executive Suite (ou parte dela) do Hyatt Capital Gate Abu Dhabi (arquivo pessoal). Uma inesperada surpresa na viagem ao Oriente Médio. 🙂

Se eu fosse fazer um ranking entre Hilton, Hyatt e Accor, no tema dos upgrades, o Hilton ficaria em primeiro lugar, o Hyatt em segundo lugar, e o Accor em terceiro lugar. O grande problema do Hyatt, que não tem nada a ver com os upgrades, é o preço: geralmente, nas cidades em que viajei, ele sempre tinha os preços mais caros. A rede do Hyatt também é pequena, quando comparada às do Hilton e da Accor.

Vale destacar que eu não me importo em não ter upgrade para a suíte (verdadeira tara de muitos blogueiros norte-americanos, e que vai ser objeto de um post à parte). Ser realocado para um quarto de categoria superior já é sinônimo de upgrade, e fico satisfeito com isso, ainda mais considerando que eu sempre faço a reserva no quarto standard, o mais simples disponível. Se vier a suíte, ótimo. Se não vier, mas vier outro quarto melhor do que o standard, não tem problemas, até porque eu não viajo para um destino para passar o dia no quarto…..rsrsr 😛

Uma dica importante é o modo como você faz o pedido de upgrade. Pode parecer um tanto óbvio, mas não custa lembrar: não seja ríspido no email, “exigindo” o upgrade, como se fosse um direito automático e garantido. Não é (nem nos casos dos DSUs do Hyatt, se o hotel estiver com ocupação total incluindo as suítes, o upgrade não será garantido, lembre-se da cláusula de sujeição à disponibilidade).

No email, seja gentil, diga que você possui o status X no programa de fidelidade do hotel, e que seria legal se um upgrade fosse fornecido.

Outra coisa que eu passei a fazer recentemente nesses emails é também fazer algum pedido específico em relação à estadia. Por exemplo, se o hotel não fornece frigobar nos quartos, solicitar ao hotel que providencie um aparelho desses para ser instalado, “se possível” (lembre-se de ser educado e gentil). Na maioria das vezes, a solicitação é atendida.

Também não vá dar uma de bobo alegre, e fazer pedido de upgrade em hotéis que são incompatíveis com tal tipo de pedido, como os Ibis na rede Accor….rsrsrs…. 😛

Conclusão

Upgrade de quarto é um tema polêmico quando o assunto é “benefícios oferecidos às categorias elite dos programas de fidelidade hoteleira”. Bonito de ser ver no papel, mas muitas vezes não aplicado na prática, principalmente quando o hotel exerce o direito ao asterisco (que muitas vezes não existe na prática). E olha que eu não vou nem entrar no mérito do upgrade para as suítes, que os blogueiros norte-americanos tanto amam discutir (isso vai ficar para um post à parte).

Quanto à esse tema, eu já me considero escaldado o suficiente para não ficar fantasiando.

Minha dica é: baixe as expectativas. Não ache que você irá ter upgrade gratuito a um quarto superior 100% das vezes em que você for se hospedar no hotel da rede X e for membro elite Y. Repito: baixe as expectativas.

Se você tiver mandado o email, e o upgrade vier: ótimo. Se não vier, e se você tiver motivos para ficar chateado (por exemplo, existência de vacância em quartos superiores durante sua estadia), descarte o hotel em questão – e seu respectivo programa de recompensas – em suas futuras viagens.

Ah, e não esqueça de responder à pesquisa de satisfação que chega ao seu email, após concluída a estadia, e que muitas vezes mandamos direto para a lixeira. Pela minha experiência pessoal respondendo a esses questionários, eles levam muito em conta o que você escreve em tais pesquisas, mais até do que as avaliações publicadas em sites de avaliação e reserva de hotéis.

E você, que dicas mais têm para aumentar as probabilidades de sucesso no pedido de um upgrade de quarto? Quais foram suas melhores experiências nesse tema?

25 Comments

  1. Guilherme Barbieri 14/04/2017 at 12:26 #

    Guilherme, poderia criar um e-mail padrão para compartilhar aqui conosco? Ou um exemplo de e-mail que enviastes a algum hotel… obrigado! Um abraço.

    • Guilherme 14/04/2017 at 12:49 #

      Claro, xará! Vou providenciar e fazer isso em breve.

      Abraços!

    • Guilherme 14/04/2017 at 13:37 #

      Aqui vai um exemplo de email que pode ser usado como base:

      “Good evening!

      I’ll be staying at this property next week, between …. and…..

      As a XXX member of YYYY (nº 1111111), I’d like to receive a complimentary room upgrade.

      I know that room upgrades are subject to availability, but it would be nice if this property could arrange a room upgrade.

      Best regards!”

      Uma coisa que eu sempre faço é copiar o email de confirmação da reserva logo abaixo da mensagem principal. Melhor dizendo: sabe aquele email de confirmação da reserva que a gente sempre recebe, de forma automática, assim que concluímos uma reserva de hotel?

      Pois bem, eu “puxo” aquele email dos meus arquivos, escolho a opção “Encaminhar”, e faço o pedido escrito de upgrade acima daquele email que está sendo copiado. Acho que isso facilita a localização da reserva por parte dos funcionários do hotel. 😉

      Abraços!

  2. Carlos 14/04/2017 at 14:06 #

    Engraçado que quando faço reserva com Amex FHR ou Visa LHC, o upgrade é previsto também mediante disponibilidade, mas eu sempre me esqueço de checar isto.
    Mas o que achei mais interessante da sua postagem foi a amostra dos hotéis, talvez a sua idéia de publicar avaliações das suas viagens possa trazer material bem diverso do que estou habitualmente acostumado a ler. Só quero ver se vai ter selfie no espelho usando roupão do hotel. 😉

    • Guilherme 14/04/2017 at 14:16 #

      Hahahahahahaha,

      Rachei de rir aqui com sua última frase! 😆 😆 😆 Que comecem as apostas…..rsrsrsrsrs 😀

      Quanto às reservas com Amex FHR, acho que você faz ótimas escolhas ao optar por esse programa, pois, pelo que eu li no Flyertalk, a taxa de sucesso tem sido bastante alta; já li relatos de gente conseguindo até um duplo upgrade, isto é, a acomodação não somente para um quarto de nível superior, mas também para um quarto dois níveis acima.

      Nunca tive oportunidade de me hospedar via FHR, ou mesmo via LHC, mas é uma curiosidade que tenho. Dizem que esse é o principal benefício dos cartões Amex TPC, e eu não duvido mesmo que seja, dadas as quantidades de benefícios oferecidos, tanto em tese, quando os efetivamente dados aos hóspedes nos diversos trip reports que já li de gente do mundo afora.

      Abç, meu caro! (e continuando a dar gargalhadas com a selfie de espelho com roupão…..rsrsrsrss)

      • Carlos 14/04/2017 at 16:36 #

        Fiquei curioso e fui dar uma conferida nos trip reports que escrevi no Flyertalk. Em vários casos, pode ser que eu tenha recebido algum upgrade, mas se recebi não foi nada muito significativo ou não percebi a diferença para o que tinha reservado. No Visa LHC foram 6 estadias sem grandes diferenças e no Amex FHR foram 5, porém uma com upgrade para uma suíte (em Taipei) e outra com um mega upgrade de um quarto standard para uma suíte John Jacob Astor no St. Regis Doha.
        A principal vantagem que vejo nos programas é, mesmo pagando um pouco mais caro por ser a tarifa flexível, como não tenho status em nenhum programa, ganho o café da manhã, late checkout, possível upgrade e U$25 de crédito no Visa LHC ou U$100 no Amex FHR. Como minhas estadias costumam ser de uma noite, o crédito quase sempre é superior à diferença de tarifa.

        • Guilherme 14/04/2017 at 17:38 #

          Excelente depoimento, Carlos!

          Concordo com você: o FHR (assim como o LHC e congêneres, incluindo o Virtuoso) são ótimos, porque têm benefícios equivalentes aos concedidos aos membros top tier dos programas de recompensas.

          Aliás, o FHR tem uma coisa que acho um diferencial e tanto, que é o late checkout garantido às 4 da tarde. Isso é de grande valia para quem tem voos programados somente para a noite.

          Os créditos adicionais para usar em restaurantes, spas etc., também são super valiosos, e todos esses extras, por si sós, podem “se pagar” nos casos de estadias curtas.

  3. Guilherme 14/04/2017 at 15:32 #

    Cara, isso que eu chamo de transmissão de pensamento. Foi só o Carlos falar do FHR, e eu responder, que o OMAAT publicou um post a respeito, há alguns minutos => http://onemileatatime.boardingarea.com/2017/04/14/amex-platinum-card-benefits-fine-hotels-resorts/

    Estamos todos sintonizados na mesma frequência…..rsrssrs 😆

  4. FLAVIO 14/04/2017 at 17:25 #

    Oi? VISA LHC? AMEX FHR?

    • Guilherme 14/04/2017 at 17:43 #

      Visa LHC: Luxury Hotel Collection:

      https://pt.myvisaluxuryhotels.com/
      http://www.visa-infinite.com/br/visa-luxury-hotel-collection

      “O Visa Luxury Hotel Collection é uma coleção composta por algumas das propriedades mais intrigantes e de maior prestígio no mundo. Um portfólio escolhido a dedo, desenvolvido exclusivamente para os portadores dos cartões Visa Infinite. Reunidas a convite da Visa e avaliadas anualmente, todas as propriedades oferecem aos hóspedes serviços exclusivos e únicos, planejados especialmente para proporcionar uma experiência incomparável.

      O Visa Luxury Hotel Collection oferece aos portadores dos cartões Visa Infinite o mais completo programa de benefícios para os melhores hotéis do mundo:

      • A melhor tarifa disponível
      • Upgrade automático de quarto na chegada, quando disponível
      • Café da manhã continental como cortesia
      • Check-out às 15 horas, quando disponível
      • Status de hóspede VIP
      • Voucher de comida ou bebida de $25
      • Serviço de Internet no quarto, quando disponível
      • Wi-fi gratuíto complementar no quarto, quando disponível”

      Amex FHR: Fine Hotel and Resorts:

      http://www.americanexpress.pt/particulares/nossos-cartoes/Platinum/descubra-platinum/viajar/hoteis/Pages/fine-hotels-resorts.aspx

      “O Fine Hotels & Resorts junta acima de 500 dos melhores, mais luxuosos e conceituados hotéis e resorts do Planeta.

      Através do Fine Hotels & Resorts, os Titulares de Cartão American Express Platinum beneficiam de:

      Taxas preferenciais de alojamento
      Upgrade no tipo de quarto, quando disponível
      Pequeno-almoço Continental para dois
      Late check-out (até às 16 horas)
      Comodidades especiais personalizadas*”

      • Felipe 16/04/2017 at 10:44 #

        Utilizando o Amex FHR: Fine Hotel and Resorts ou Visa LHC: Luxury Hotel Collection será que acumula pontos nos programas de fidelidade dos hoteis?

        • Guilherme 16/04/2017 at 14:24 #

          Felipe, sim, pelos relatos lidos em sites estrangeiros, acumulam pontos.

  5. Bruno 14/04/2017 at 17:34 #

    Em minha última viagem consegui upgrade no DoubleTree Hilton por ser Diamond (solicitei o upgrade grátis no momento da reserva por causa do status e consegui outro no check-in) e no Sofitel por ser Platinum (no check-in, mas creio que não foi pro quarto imediatamente superior). Em nenhum dos casos enviei e-mail solicitando, apesar que no Sofitel eles enviam um e-mail antes perguntando se gostaria de pedir algo, que horas pretende chegar, etc…

    • Guilherme 14/04/2017 at 17:39 #

      Ótimo depoimento, Bruno!

      O Sofitel tem esse ótimo ponto positivo na questão do atendimento.

  6. André Mesquita Assunção 14/04/2017 at 18:33 #

    Eu só não peço upgrade como também digo que é aniversário de casamento! Batata, além do upgrade ainda deixam varios mimos nos quartos.

    • Guilherme 14/04/2017 at 18:35 #

      rsrsrsrsrs….. mitou, André!!!! 😆

  7. Pedro 15/04/2017 at 00:12 #

    Excelente post! vou passar a mandar o email tambem pra ver se a minha taxa de sucesso aumenta.

    só pra exemplificar: sou platinum no leclub e em setembro/2016 me hospedei no pullman de miami. quando fiz o check in eu precisei perguntar sobre o upgrade na recepção, mas me foi negado pelo fato do hotel estar cheio pois tinha um time de futebol americano hospedado la. mesmo assim a moça me disse que no proximo dia eles sairiam e que eu poderia conseguir meu upgrade. no outro dia a moça da recepção me ligou informando que o upgrade estava disponivel, porém deixei por menos e naquele momento dispensei o upgrade pois ja estava instalado no quarto standard e passava o dia fora, praticamente chegava no hotel só pra dormir.

    • Guilherme 15/04/2017 at 08:58 #

      Obrigado, Pedro!

      Muito legal sua narrativa de experiência com o Pullman, deu pra perceber que o padrão de bom atendimento continua, apesar do downgrade na categoria!

      E realmente, muitas vezes não fazemos tanta questão do upgrade quando passamos a maior parte do tempo fora do hotel mesmo!

      Abraços!

  8. Joao 15/04/2017 at 12:54 #

    Pessoal, eu sempre faço minhas reservas pelo hotéis.com pela questão do parcelamento (12x sem juros) e bônus de 10% de desconto (ou 1 diária grátis a cada 10 hospedagens). Entretanto, nunca consigo acumular pontos no Le Club Accor, pois informam que se trata de uma reserva promocional. Está certo isso? Alguém já consegui reservar pelo hotéis.com e ganhar pontos no Le Club? Valeu!

    • Bruno 15/04/2017 at 13:32 #

      As redes só pontuam quando as reservas são feitas pelos seus próprios sites. Isso vale para Accor, Hilton, IHG, etc..

  9. Gabriel 15/04/2017 at 19:33 #

    Olá pessoal,

    Tenho experiência apenas com o Le Club da Accor, e não lembro a última vez que não ganhei upgrade, mesmo pedindo apenas no ato do check-in, tanto no Brasil quanto no exterior, logo, não tenho nada a reclamar.

    Além do upgrade, sempre que precisei consegui o early check-in e o late check-out.

    Recentemente estive na Ásia, e consegui em todos os países que passei upgrade para o quarto executivo com acesso ao lounge, que é um grande diferencial (café da manhã, café da tarde, bebidas sem álcool ao longo do dia e coquetel com comida e bebidas alcóolicas no final do dia, além de outros benefícios como lavanderia grátis e salas de reunião). Pena que tirando casos, os hotéis com o lounge se concentram basicamente na Ásia. Aproveito para encaminhar lista dos hotéis de rede em que existe lounge (a lista está um pouco desatualizada, mas serve como base):

    Exceto Sofitel – http://www.flyertalk.com/forum/accorhotels-le-club-accorhotels/1508570-accor-master-lounge-thread-not-sofitel.html

    Sofitel – http://www.flyertalk.com/forum/accorhotels-le-club-accorhotels/1508546-sofitel-master-lounge-thread.html

    • Guilherme 15/04/2017 at 19:37 #

      Excelentes dicas, Gabriel!

      É sempre bom termos por aqui pessoas que somam, contribuindo com informações úteis, que agregam valor ao que está sendo discutido. 🙂

      Leitores assim devem ser sempre prestigiados e devidamente valorizados! 😉

      • Gabriel 15/04/2017 at 23:37 #

        Valeu Guilherme!

        Estou sempre lendo, tanto que já me beneficiei das dicas em muitas oportunidades, mas acabo que nem sempre comento, até porque as vezes não tenho muito o que contribuir, mas pode ter certeza que sempre que possível auxiliar com alguma coisa, me manifestarei.

        Parabéns pelo trabalho!

        • Guilherme 16/04/2017 at 14:24 #

          Muito obrigado, Gabriel!

  10. Cristiano Andrade 25/04/2017 at 10:45 #

    Eu sumido dos comentários… estava lendo o blog, mas não dava para comentar muito. Não sei se fui eu que comentei, mas muitas vezes eu entro em contato para pedir upgrades, quarto com vista ou algo assim.
    No Sofitel de Copacabana só recebo o tratamento de Platinum se avisar antes, senão eles nem se lembram de falar que tem o lounge e pedindo antes sempre garanto um quarto com vista pro mar.
    Outro que vale a pena no Rio é Mercure Botafogo, se ligar lá antes eles reservam um quarto com vista pro Cristo.
    O problema da Accor é que eles não são consistentes, coisa que Hilton e IHG dão show, você sempre é reconhecido e eles sempre garantem algum “mimo” logo no check-out.
    Tem o Holiday Inn Golden Gateway em San Francisco que sempre me dão quarto com vista pra Ponte, mesmo que parcial (tem que ser andar alto e no lado com vista para o lado da ponte).

Leave a Reply

1 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 1 1 Flares ×