[Guest post] Comparando os programas brasileiros de milhagens aéreas com seus congêneres estrangeiros, para resgates em classe econômica: qual grupo é mais vantajoso?

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 0 Flares ×

O leitor Carlos mais uma vez brinda toda a comunidade de leitores e milheiros do MMdM com mais um fantástico guest post. 😀

Nesse texto, com qualidade ímpar, ele faz uma exaustiva e profunda pesquisa comparativa entre os programas brasileiros de milhagens e seus concorrentes estrangeiros, com foco específico para resgates de prêmios em classe econômica. Afinal de contas, qual grupo é mais vantajoso, na hora de decidir onde creditar e sobretudo usar suas suadas milhas e pontos? 🙂

O texto é, repito, específico para resgates de prêmios em classe econômica. Se quiser aprender mais sobre resgates em classe executiva, recomendo esse excelente guest post, também do Carlos.

Sem mais delongas, vamos ao post (os destaques ficaram por minha conta)! 🙂

…………………………….

“Lendo a notícia e os comentários publicados aqui no blog sobre a filha do Sílvio Santos viajando na classe econômica, me veio uma reflexão. Não exatamente sobre estilos de vida e escolhas financeiras, mas sobre um assunto que me interessa bem mais e à maioria dos leitores: milhas!

O meu foco neste mundo das milhas há muito é viajar com bastante conforto, e tenho utilizado os mais diversos programas para viajar na classe executiva ou primeira classe. Por este motivo, quando o assunto é uso das milhas, acabo escrevendo predominantemente (e o blog MMdM gentilmente publicando) sobre resgates em classe executiva.

Entretanto, percebi nos comentários da referida notícia que há uma parcela relevante de leitores deste estimado blog que preferem usar seus pontos para resgatar passagens em classe econômica.

Eu, há bastante tempo, tenho para mim que o uso das milhas é mais vantajoso, em termos de retorno financeiro, para resgate na classe executiva, pois o incremento da quantidade de milhas necessárias para este resgate, em relação ao resgate na classe econômica, é menor do que o incremento do valor real da passagem em classe executiva em relação à passagem na classe econômica. Mas será que é isto mesmo?

Então, para matar minha curiosidade e aproveitar para acrescer informações que possam ser úteis para uma gama maior de leitores, resolvi escrever este texto juntando dois tipos de comparações que escrevi sobre resgate na executiva: comparação entre os valores de resgate em classe econômica nos programas de milhagem nacionais e internacionais; e valores de resgate em classe econômica nos programas nacionais (Victoria TAP incluso) usando bônus de transferência e compra de milhas com desconto.

Devo alertar que não costumo fazer este tipo de emissão, então estou baseando os dados no que encontrei disponível, e em minha experiência em outras emissões. É possível que haja algumas complicações ou facilidades que desconheço, então peço, gentilmente, que acresçam, nos comentários, o que acharem que deixei para trás. 😉

Abaixo segue a primeira tabela com os valores de resgate para quatro regiões do mundo. Peguei os valores disponíveis em tabelas de resgate de parceiros aéreos (quando existente) e ignorei possíveis promoções ou resgates mais restritos (em relação a rotas).

Eco1

Olhando a região América do Norte, o que aparece segue mais ou menos o que havia achado nos resgates na classe executiva: as companhias estrangeiras possuem melhores valores que as nacionais, embora as diferenças para os programas Multiplus e Amigo Avianca não sejam tão significativas.

Já para a região Europa, duas surpresas: Multiplus possui o segundo menor valor e o Smiles possui o menor valor (!). O caso do Multiplus é mais tranquilo, pois como há tabela, é possível usar tais valores para voar de British Airways ou Iberia. E como também agora é possível resgatar voos nos parceiros diretamente no sítio da TAM (post aqui), dei uma rápida conferida e percebi que há este valor (40k) disponível e achei até mais baixo (35k) voando na própria TAM. O problema do Multiplus é que os valores voando TAM são extremamente variáveis, então não tenho ideia sobre a disponibilidade dos valores mais baixos. E achei estranho que os valores voando parceiras também são variáveis, não seguindo os valores da tabela.

Surpresa maior foi com os valores do Smiles. Neste caso, como o Smiles não publica tabela, acabei pegando o menor valor disponível, porque era significativamente mais baixo que os outros. Era voando Alitalia, e eu sei que há uma certa instabilidade no programa com os voos desta companhia. Talvez este seja um resultado ocasional, mas, pelo menos, a vantagem do Smiles é poder primeiro reservar a passagem e depois transferir as milhas (post aqui), evitando correr o risco de, enquanto a transferência é efetuada, sumir as vagas ou não conseguir emitir até o final o bilhete.

Para a Ásia, novamente o Smiles apresentou o menor valor (junto com Lifemiles e Mileage Plus) com o mesmo caso da Alitalia citado acima. E o Multiplus, novamente, veio em segundo lugar, com valores bem competitivos.

Para África Sul, o Multiplus apresentou o menor valor. Estes 25k seriam para voar pela South African Airways, que não aparece no sítio da TAM para resgate online. Não sei se há alguma restrição se resgatar por telefone, mas achei, de qualquer forma, boa disponibilidade de voos operados pela própria TAM a 30k.

Para minha surpresa inicial, os resgates de passagem em econômica já possuem valores bastante competitivos nos programas nacionais, sem levar em conta bônus de transferência de pontos, tornando totalmente dispensáveis os programas estrangeiros. No geral, o Multiplus se mostrou o melhor programa, pela média dos valores, sendo mais vantajoso até que o Victoria TAP, que levaria esta coroa nos resgates em classe executiva. E agora, para nenhuma surpresa, o Tudo Azul se mostrou o pior programa. Não peguei os valores voando exclusivamente Azul por serem as opções bem restritas.

Na segunda tabela, a seguir, coloquei os valores da emissão em classe econômica levando em conta os melhores bônus de transferência dos programas: 100% para Smiles, Amigo Avianca, Tudo Azul e Victoria TAP e 70% para Multiplus. Todos estes bônus estiveram disponíveis em 2016, exceto do Multiplus, que foi em 2015; em 2016 foi de 50%, mas usei o maior valor para manter os mesmos bônus que usei no comparativo da classe executiva. Só quando fiz o levantamento dos bônus de 2016 (post aqui) é que reparei neste detalhe.

Eco2

Levando em conta os bônus, os programas se mostram mais equilibrados, com maior destaque para o Smiles voando Alitalia para Europa e Ásia, Multiplus para África Sul e Amigo Avianca e Victoria TAP para América do Norte.

Finalmente, a última tabela leva em conta os valores da tabela normal e simula qual seria o preço delas comprando milhas baratas. A melhor opção para estas milhas baratas é comprar pontos no Livelo com 50% de desconto (como ocorreu recentemente) e depois transferi-los com o maior bônus possível (por exemplo compra de pontos Livelo com 50% de desconto, e subsequente transferência para o Smiles com bônus de 100%, isso ocorreu ano passado).

Utilizando os bônus citados anteriormente, o lote de 10k milhas sairia a R$ 175 para Amigo Avianca, Tudo Azul, Smiles e Victoria TAP e R$ 206 para o Multiplus. É possível adquirir estas milhas por um valor ainda mais baixo aderindo ao Clube Livelo, onde 100k milhas saem, ao final de um ano, a R$ 2.400. Aplicados os bônus, os lotes de 10k milhas dos primeiros programas saem a R$ 120 e do último por R$ 141.

TABELA EDITADA:

Eco3

Aguardando uma boa promoção e, posteriormente, um bom bônus de transferência, dá para emitir as passagens por valores mais baixos. R$ 963 (mais taxas) para a América do Norte ida e volta, R$ 1.225 (mais taxas) para a Europa ida e volta, R$ 1.750 (mais taxas) para a Ásia ida e volta e R$ 1.030 (mais taxas) para África Sul ida e volta são valores mais baixos do que costumam aparecer nas melhores promoções, mas, neste caso, é fundamental conferir o valor das taxas a serem inclusas e ainda avaliar se a eventual não acumulação das milhas (da passagem comprada versus passagem emitida com milhas) e maior dificuldade para a emissão (por necessitar de combinar duas promoções) valeria a pena.

Conclusão

Finalmente, o percentual de desconto no valor das passagens emitidas em classe econômica, comprando pontos promocionais e transferindo-os com bônus, se mostrou menos competitivo que o do levantamento em executiva.

Em termos da quantidade de pontos, eu ainda acho que o incremento da quantidade para a emissão em econômica para na executiva justificaria (na minha opinião) a executiva. Ida e volta América do Norte passa (bônus de transferência levados em conta) de 27,5 para 45; Europa de 35 para 60; Ásia de 50 para 125 (este não muito favorável) e África Sul 29,4 para 60.

Ao final deste levantamento, fiquei positivamente impressionado com os programas brasileiros (excluindo-se o Tudo Azul) para os resgates na classe econômica, embora tanto Smiles quanto Multiplus sejam famosos por alterações de preços e regras de resgate, então não sei até quando estes valores serão válidos”.

………………………….

Como analisado de forma magistral pelo Carlos, uma das grandes vantagens dos programas brasileiros é a quantidade enorme de bônus de transferências com percentuais bem altos, o que faz com que o custo da emissão das passagens-prêmio fique bastante competitivo, e torne até dispensável o uso de programas estrangeiros de milhagens aéreas.

Agradecemos ao Carlos por mais um fantástico guest post! 😀

……………………….

Quer aprender mais? Então leia os demais guest posts do Carlos:

25 Comments

  1. Maikon 19/03/2017 at 10:36 #

    Realmente hoje a melhor estrategia é o club Livelo acumular e esperar a melhor oportunidade essa é a dica.

    • Cayo 19/03/2017 at 23:04 #

      Maikon, com as milhas compradas via clube livelo é possível ganhar bonus de transferencia??

      • Carlos 20/03/2017 at 08:52 #

        Sim. Teoricamente, haveria três tipos diferentes de milhas no Livelo: as vindas do Bradesco, as vindas do BB e as compradas diretamente no Livelo. Algumas promoções das companhias aéreas são específicas para o Bradesco ou o BB. Como ficariam as milhas compradas diretamente no Livelo, neste caso?
        Ao que parece, quando as companhias recebem as milhas do Livelo, não há identificação da origem exata delas, somente da vinculação de sua conta do Livelo com a instituição bancária. Então, se sua conta Livelo for vinculada ao Bradesco (ou BB), todas as milhas que vierem de lá (com origem em cartão de crédito ou compra no Livelo) serão indicadas como sendo do Bradesco (ou BB). E se você tiver conta nos dois bancos, associadas ao Livelo, você terá imunidade para aproveitar todas as promoções, independente de onde as milhas vieram.
        É meio confuso, mas é assim que está funcionando. Pelo menos, não vi nada ainda diferente disso.

        • cayo 20/03/2017 at 10:15 #

          Muito Obrigado,Carlos, a sua explicação sanou minhas duvidas.

  2. Maikon 19/03/2017 at 10:42 #

    Outra dica esse mês foi combinar o código promocional de 30% + 50% na transferencia de pontos para Multiplus.
    Excelente resgastar o voucher de 40 Euros da Accor por 4.200 pontos.

  3. João Xavier Galt 19/03/2017 at 13:42 #

    Ótimo post, parabéns! Duas observações: – ficar de olho no calendário de baixa temporada das cias. aéreas, o que muda a quantidade de milhas; e faltou o programa Avios.

  4. Hugo 19/03/2017 at 14:11 #

    Excelente post. Porém quando foi calculado o valor das passagens foi somado o desconto duas vezes.
    Uma ida e volta para a Europa pela Smiles custaria 70×17.50 (70 mil milhas a 17.50 o milheiro aproveitando uma promoção de compra de pontos a 35 reais + bônus de 100%).
    O mesmo se aplica pra outros valores =)

    • Carlos 19/03/2017 at 14:25 #

      Haha, obrigado pela observação. Foi corrigir a tabela e, consequentemente, mudar minha conclusão.

  5. Claudio 19/03/2017 at 17:25 #

    Carlos parabéns pelo texto!!! excelente!!! Com textos como o seu que eu e muitas pessoas conseguem maximizar o valor de suas milhas e realizar sonhos, que são as viagens.

    Para mim que só viajo em classe econômica, já que eu nem consigo tantas milhas assim e aqui em casa somos 4 pessoas, o seu texto nos ajuda muito. Muito Obrigado!!!!

    • Carlos 19/03/2017 at 21:06 #

      Obrigado, Cláudio. Falta corrigir a última tabela, que não vai ficar com preços tão atrativos. Mas o resto da análise persiste e, para quem precisa emitir vários bilhetes, o planejamento se torna ainda mais importante.

  6. Rodolfo 19/03/2017 at 19:05 #

    Não estão invertidos os valores de cada trecho do Smiles 50K (am norte) e 35K (europa)?

    Emiti mês passado MCO X FLN para 29/12 e estava 35K o trecho!

    Outro ponto importante: o AAdvantage tem tarifas apartir de 17,5K e 20K para os EUA partindo de manaus…

    • Carlos 19/03/2017 at 21:16 #

      Rodolfo, foram estes os valores que achei. Como o Smiles não publica tabela, pesquisei algumas rotas em dias diferentes e não consegui achar valor menor para a América do Norte e achei este valor para a Europa facilmente. Não dá para saber (sem fazer consultas constantes durante longos períodos) se era promoção para a Europa e falta de opções baratas para América do Norte, ou se o seu valor foi promocional.
      De qualquer forma, eu não peguei valores mais baixos para rotas específicas para nivelar a análise dos programas e tentar ser mais genérico para abranger uma maior gama de possibilidades. Acho melhor que se encontre valores mais baixos em eventuais pesquisas do que colocar estes valores baixos nas comparações mas que serão de uso restrito.

      • Jota Bin 19/03/2017 at 22:39 #

        Também acho que Smiles para América do Norte é 35k (pelo menos EUA). Não é moleza achar mas tem para muitas cidades.

    • Tlars22 19/03/2017 at 23:51 #

      Rodolfo,
      Para vôos curtos o programa da British eh imbativel … MAO-MIA , por exemplo, sai por 12.500 (mais barato do que o AAdvantage) .

  7. Rodolfo 19/03/2017 at 19:17 #

    Quais cartões de crédito eu consigo transferir pontos para o victória?

    • Henrique 19/03/2017 at 21:59 #

      Tenho certeza dos cartões BB e Bradesco ambos via Livelo, Amex participantes do Membership Rewards e os cartões da Porto Seguro.

    • Jota Bin 19/03/2017 at 22:35 #

      Os cartões da Caixa transferem.

  8. Henri 19/03/2017 at 22:47 #

    Um ponto para arrumar, o valor da tabela da Multiplus para America do Norte é 25 mil, no dia 21/05 vai subir para 30 mil, mais o engraçado que na busca não tem mais as passagens de 25 mil, alguem tb percebeu isso?
    Alguém ainda acha as passagens? Ou a Multiplus aumentou faltando 2 meses.

    • Fernando 20/03/2017 at 15:47 #

      Percebi também!! Não tem mais nada a 25mil. Sacanagem com o consumidor aumentar antes!!

  9. Raf 20/03/2017 at 11:40 #

    Pessoal,

    Como encontrar estes trechos de 35k no Smiles para a America do Norte? Em qual o período estes vôos entram em promoção? Pois agora só encontro trechos de 70k ou 100k. Pretendo viajar entre junho e setembro.

    abs
    Raf

    • Rodolfo 20/03/2017 at 22:38 #

      Pesquisa no Google: como usar site da delta para encontrar passagem no smiles

  10. Guilherme 21/03/2017 at 09:21 #

    Pessoal, foram corrigidas a tabela 3, e as conclusões finais, conforme o pedido do Carlos, autor do guest post, com base nas informações dos leitores, a quem desde já agradecemos, a todos! 🙂

  11. Thiago 28/03/2017 at 10:06 #

    Carlos,

    Primeiramente parabéns pelo Post!! Excelente! Gostaria de saber qual companhia vc achou 50 k o trecho para a Ásia via Smiles? Quais cidades? Obrigado

    • Carlos 28/03/2017 at 12:48 #

      Alitália, voando para Tóquio e Pequim. Dei uma olhada de novo e consegui achar algumas datas, mas menos do que quando pesquisei.

Trackbacks/Pingbacks

  1. Vamos ajudar o leitor Carlos? Dúvidas sobre remarcação de passagens Air Canada emitidas com pontos Amigo Avianca, em voos operados totalmente no exterior, em que houve alteração nos horários do voo em mais de uma hora! | Meu Milhão de Milhas - 25/06/2017

    […] [Guest post] Comparando os programas brasileiros de milhagens aéreas com seus congêneres estrangei… […]

Leave a Reply

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 0 Flares ×