Pontos Realizando Sonhos #1! Usando pontos Multiplus para viajar para a Oceania, voando British Airways, Cathay Pacific e Iberia. Bônus! Macetes extras para usar melhor o Multiplus Fidelidade!

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 0 Flares ×

Vou inaugurar mais uma série aqui no blog: Pontos Realizando Sonhos!

Sim, esse é o slogan do blog, e, graças às dicas que publicamos aqui, diversos leitores têm conseguido realizar o sonho de viajar para lugares incríveis ao redor do mundo.

Viagem com milhas

Minha maior satisfação é o fato de esse blog ser ÚTIL. O bem mais precioso das pessoas hoje em dia é o tempo, e, quando escrevo os artigos no blog, o faço com o objetivo de que você tenha o máximo aproveitamento do conteúdo aqui postado para benefício próprio, seja de você, seja de seus familiares e amigos.

Hoje, o leitor Viajante irá narrar a emocionante emissão de passagens-prêmio utilizando o Multiplus Fidelidade para viajar para a Oceania, graças a um post cujo conteúdo é crédito total do leitor Daniel (link aqui).

Como brinde, você terá, nesse post do Viajante, dicas extras e inéditas de como explorar melhor as pesquisas no LATAM Fidelidade.

Sem mais delongas, vamos ao guest post! 😀

……………………………………

“Olá, Guilherme.

Começo esse comentário agradecendo a vocês por terem divulgado essa disponibilidade no site da Multiplus. Com essas dicas de vocês, acabei de fazer emissões para a Oceania e gostaria de compartilhar as minhas impressões:

1) Mesmo este post sendo de 15 dias atrás, as disponibilidades continuam aparecendo, o que leva a crer que talvez não seja bug (ou seria um bug bem longo, o que não é de todo impossível…).

2) Antes de tudo, esclareço que o meu objetivo era encontrar vôos para Ásia ou Oceania em 2018, preferencialmente voando em parceiras da LATAM, como Cathay, British, Iberia ou Qatar. E pelo que pude perceber, há alguns macetes não muito óbvios para encontrar esses vôos.

3) Depois de simular muitos trechos, comecei a perceber que sempre que a LATAM estava presente em alguma das opções de viagem, duas coisas aconteciam, isoladamente ou combinadas: a primeira delas é que opções apenas com parceiras deixavam de aparecer, e a segunda é que os vôos combinados com a Latam sempre apareciam mais caros que o preço normal de tabela (exceto vôos exclusivos LATAM, que apareciam com preço de tabela).

4) A solução, então, seria evitar pesquisas em que a LATAM retornasse em um dos resultados, pois o simples fato de ela aparecer no resultado faria com que as opções que eu queria não aparecessem.

5) No caso da Ásia é mais fácil, já que ela não voa para a Ásia diretamente. Então basta evitar opções em que ela apareça combinada com outras cias.

6) Mas no caso da Oceania é mais difícil porque ela voa pra lá, diretamente ou com escala (Auckland, Melbourne, Sydney, Papeete). Então a solução foi pesquisar vôos bem distantes no tempo, lá pra fevereiro e março de 2018. E voilá! Como a LATAM ainda não liberou vôos para essas datas, os vôos das parceiras aparecem.

7) Outro macete é que nem sempre os dias que aparecem como “esgotado” no calendário estão realmente esgotados. Não dá pra clicar em dias “esgotados”, mas basta colocar cada dia manualmente e rodar novamente a pesquisa. Emiti trechos para dias que estavam constando como “esgotados” no calendário, mas que quando pesquisados diretamente, mostrou exatamente as opções que eu queria.

8) Um último macete é que faz diferença pesquisar “econômica” e “premium/business”. Na primeira opção aparecem muito mais resultados, inclusive em classe executiva, o que é estranho, mas é assim que funciona.

Por fim, minha emissão foi para a Oceania, classe executiva, ida para Sydney pela British e Cathay fazendo conexão em Londres e Hong Kong, e volta de Auckland pela Cathay e Iberia, fazendo conexão em Hong Kong e Madrid.

Nunca voei em nenhuma dessas cias, então vai ser tudo novidade, além de poder conhecer duas aeronaves que tenho muita curiosidade: o A380 da British e o A350 da Cathay.

Além disso, pude optar por conexões longas em Londres na ida e em Madrid na volta, um bônus que permite fazer um giro express pelas cidades. Tudo foi feito pelo site e o valor cobrado foi o preço de tabela (110k por trecho), mesmo fazendo conexões em regiões diferentes da origem e de destino.

É isso, valeu mais uma vez pelas dicas que me ajudaram a fazer essa emissão”.

…………………………………

Parabéns ao Viajante pela emissão realizada com sucesso, e parabéns (novamente) ao Daniel pelas dicas enviadas ao blog, que tornaram possível essa emissão.

É muito gratificante, repito, saber que esse blog tem sido útil para leitores realizarem seus sonhos de viagens.

Agora, essas dicas extras para pesquisas ajudam muito, né!? Por exemplo, normalmente nem cogitamos de pesquisar num dia específico cujo calendário aparece como “esgotado”. Parafraseando outra frase famosa aqui no blog, “quem espera sempre alcança”… ou melhor, “quem pesquisa mais sempre alcança (ou, ao menos, aumenta as chances de alcançar)”…..rsrss 😆

Viajante, tenha uma excelente e inesquecível viagem! 😀

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 0 Flares ×