Modificações no programa de milhagens KrisFlyer, da Singapore Airlines

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 0 Flares ×

Recebi um comunicado por email sobre mudanças no Krisflyer, da Singapore Airlines.

SK Changes

Em resumo, eliminaram os 15% de desconto no resgate de milhas pelo website, removeram as sobretaxas de combustível para resgates de voos no metal Singapore Airlines, e modificaram a tabela de resgates.

Abaixo, o inteiro teor do comunicado:

Thank you for your support as a KrisFlyer member.

We conduct regular reviews to keep the KrisFlyer programme updated. Following a recent review, we will be making these changes:

    • Revisions to Saver Award levels in the Singapore Airlines and SilkAir Award Chart have been made to ensure that flight rewards remain sustainable yet competitive. We had last made adjustments to award levels in various zones in 2012.
    • The 15% discount for redemption and redemption upgrade bookings made through our website and mobile channels will be discontinued, and the same redemption fare will be applied across all channels.
    • Fuel and insurance surcharges will be removed from all redemption award tickets on Singapore Airlines and SilkAir operated flights.

The above changes and the revised Award Chart will be effective for redemption and redemption upgrade bookings ticketed on/after 23 March 2017.
What does this mean for me?

In this latest update, there will be an increase in the number of miles you will need to redeem for selected flights in certain zones. However, you can also expect to enjoy cash savings from the removal of fuel and insurance surcharges from the cost of your redemption ticket.

We have included some examples below to further illustrate what this may mean for you. You can also find more information and FAQs here.

Example 1: Singapore-Bangkok (one-way)
Example 2: Singapore-London (one-way)
We thank you for your support and we look forward to welcoming you onboard soon.

Conclusão

Felizmente, as mudanças não foram de todo ruim. A eliminação do desconto para resgates online (ponto negativo) foi compensada pela extinção da cobrança das sobretaxas de combustível (ponto positivo). Acabou ficando elas por elas. 😉

Vale lembrar que o Krisflyer é parceiro dos cartões de crédito American Express participantes do programa de recompensas Membership Rewards, e é parceiro também de vários programas de recompensas de redes hoteleiras, como SPG, Le Club Accor Hotels etc.

Aqui no blog, acho que o leitor Carlos é um dos que o usavam como principal – ou um dos principais – programa(s) de milhagens, o que mostra que esse programa pode ser uma alternativa aos programas brasileiros de milhagens, ao menos em se tratando de Star Alliance.

  • Carlos

    Boa memória, Guilherme! Realmente o Krisflyer ficou sendo meu programa principal depois da mega desvalorização da TAM em 2013. Fiz excelentes resgastes no programa, como GRU-BCN na primeira por 56k e SYD-SIN-BCN-GRU também na primeira por 120k. Confesso, entretanto, ter ficado um pouco decepcionado com a companhia depois de ler tanto que era figurava entre as melhores (se não a melhor) e não ter visto grandes diferenças para Lufthansa, JAL ou Qatar (a mesma coisa ocorreu com a Cathay).
    Entretanto, o programa já tinha subido no telhado, para mim, com a eliminação do vôo para o Brasil. Ainda havia a possibilidade de alguns resgastes interessantes (como SIN-SYD, SIN-NRT e IAH-DME, este último também eliminado). Por mais razoável que tenha sido este aumento, acabou sendo a pá de cal para mim, a TAP ou Amigo com 100% de bônus são agora o meu alvo.
    Com isso, também começo a questionar por quanto tempo permanecerei com o TPC. Tenho um Porto Infinite como backup, mas a cada dia que passa vejo-o com cara de principal. O que ainda salva no TPC são o FHR (que uso bastante), a British e a transferência de poucos pontos. Se continuar pagando 400 reais por ano, ainda acho razoável, mas se arrumar um visa platinum barato, troco o Porto para Black e pronto, já que o platinum permite usar o Visa Luxury Collection (um substituto razoável para o FHR) e fico com as duas bandeiras mais aceitas (MC e Visa). Quase que isto aconteceu, o Citi/Itaú me ofereceram o platinum grátis (sem anuidade e sem pontuação, uma troca justa) e depois me negaram na análise (para um simples platinum foi muito estranho, parece que se arrependeram da oferta).

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 0 Flares ×