Tudo Azul dá 30%, 50% e 60% de bônus nas transferências de pontos dos cartões Itaucard… inflacionando o programa Tudo Azul!

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 0 Flares ×

Dica dos leitores João Carlos e Cristiano Andrade: o percentual varia conforme a quantidade de pontos transferida. A promoção termina dia 17 de fevereiro de 2017.

Tudo Azul 60

Vamos ver o T&C:

Regras da Promoção:

1. Promoção válida para clientes do Itaú que realizarem transferências para o TudoAzul exclusivamente no site www.itau.com.br/fidelidade entre 14/02/2017 a 17/02/2017;
2. Transferências entre 100 e 29.999 pontos para o TudoAzul serão bonificadas em 30%;
3. Transferências entre 30.000 e 59.999 para o TudoAzul serão bonificadas em 50%;
4. Transferências acima de 60.000 pontos para o TudoAzul serão bonificadas em 60%;
5. Para garantir o bônus, o cliente deve cadastrar-se na promoção (0996OPMF60) via e-mail ou site antes de realizar transferência;
6. A bonificação será inserida juntamente com os pontos transferidos;
7. Os pontos bônus tem validade de 2 anos;
8. A promoção não é cumulativa com outras promoções;
9. Os pontos qualificáveis para upgrade de categoria serão considerados na proporção padrão (15:1) somente sobre o montante de pontos transferidos, sendo assim, não serão considerados os pontos bonificados para a contagem de qualificação de categoria;
10. Caso haja algum problema operacional no processamento do resgate ou na inserção dos pontos no programa TudoAzul o cliente terá até 10 dias corridos, após o término da promoção, para regularizar a solicitação dos pontos junto ao Parceiro Emissor. O programa TudoAzul resguarda-se ao direito de avaliar a elegibilidade e terá até 5 dias úteis para conceder o benefício/bônus.

Regras Gerais:

1. A inserção dos pontos transferidos do parceiro será efetuada na conta do Programa TudoAzul em até 5 dias úteis.
2. Os pontos só serão convertidos em créditos na conta do Programa TudoAzul de mesma titularidade do Cartão de Crédito e uma vez inseridos, não há estorno de pontos para o programa de recompensas de origem.
3. A partir de 02/01/2014, para realizar troca é necessário ter saldo mínimo de 100 pontos no Programa Sempre Presente Itaú.
4. Informações sobre o Programa Sempre Presente, consulta de pontos e resgate, acesse o site https://www.itau.com.br/fidelidade/ ou entre em contato com a central de atendimento Itaucard.

5. As promoções não são cumulativas.

Link da promoção: aqui.

Conclusão

O Tudo Azul caminha para inflacionar seu programa de milhagens, a la Smiles.

Daqui a pouco, vão cobrar 60 mil pontos por um trecho domésticose é que já não estão fazendo isso. 🙁

Agradeço ao sempre prestativos leitores João Carlos e Cristiano Andrade pelo envio da dica!

Tagged as: ,
  • Vanderley

    E 20% NO RESGATE DE PASSAGENS PRÊMIO,PARA ASSOCIADOS AO CLUBE!

  • Thiago

    Não concordo com o “inflacionando” vinculado à promoção de bônus. E a Avianca, então, o que dizer a respeito? Três promos de 100% bônus seguidas, significa imediatamente a inflação dos resgates?

    Azul tem coisa boa também. Principalmente os bugs, que são relativamente frequentes, e trechos cheios de conexões e com partidas / destinos a aeroportos regionais, que vira e mexe têm preço bom.

    • Carlos

      Também não entendi a inflação. Se for assim, toda promoção com bônus de transferência vai inflacionar o programa, então o melhor é não dar bônus nenhum?
      A venda de milhas é que seria uma espécie de inflação do programa, já que não seria limitada a uma poupança de pontos dos cartões de crédito.
      E, de qualquer forma, com bônus ou venda ou nenhum dos dois, os programas sempre dão um jeito de eliminar seus pontos vantajosos.

  • flavio

    Ja inflacionaram um trecho Campo Grande x congonhas (via curitiba) por 78.000 milhas…. INcrivel.

  • Albino

    O pessoal não entendeu o comentário do Guilherme, que foi uma crítica.

    O Smiles, há tempos atrás, cobrava valores razoáveis pela maioria das passagens domésticas, variando entre 8.000 e 12.000 por trecho.

    Após uma série de mudanças no seu regulamento, principalmente em não ter mais tabelas fixas para resgate e, inclusive, com a venda de milhas e os frequentes bônus que eles vêm dando, os valores dos trechos, tanto da própria Gol quanto de parceiros, aumentaram muito.

    Daí a crítica: não adianta dar 30%, ou 50%, ou 100% de bônus quando os preços (em milhas) das passagens também sobem.

    Azul, pra mim, é uma caixinha de surpresa: tem horas que têm bons resgates, tem horas que não. Pra algumas pessoas que moram em determinadas cidades e regiões é bom, para outros nem tanto.

    Eu, que moro em Recife, raramente uso pontos da Azul para viajar. De acordo com os meus tipos de viagens, os pontos do TudoAzul são os que menos costumo utilizar, daí que neste programa é o que tenho menos concentração e transferência de pontos. Repito: pra mim, de Recife, e para o meu tipo de uso, ela é ruim. Primeiro, pela falta de opção de resgate em parceiros (as opções que tem são ridiculamente caras) e os voos domésticos, pra mim, ou são extremamente caros ou não me atendem.

    Sem mais delongas, esperamos (todos) que a Azul não inflacione ainda mais os preços em milhas das passagens, seja com bônus ou sem.

    • Carlos

      Albino, eu acho que a dinâmica acaba sendo exatamente o contrário: os programas primeiro aumentam os custos de emissão e, com a queda das emissões com milhas (que também são receita para as empresas), aumentam os bônus de transferência.
      Vamos pegar o exemplo das duas principais. O Fidelidade em 2012 massacrou sua tabela de emissão. Depois vieram 3 perfis diferentes de preços (promo, flex e top) e então a tabela flexível para vôos nacionais. Os bônus de transferência vieram bem depois disso e a venda de milhas, mais ainda.
      Mesma coisa com o Smiles. Primeiro reajustou a tabela em 2013, novamente em 2015 e depois veio com os valores flexíveis para todas as emissões. Os bônus e venda de milhas vieram depois.
      O aumento dos valores da Azul vai vir com ou sem bônus de transferência. Os bônus e a venda de milhas em promoção são uma maneira de aumentar a capitalização das empresas. E quanto mais a empresa aumenta seus preços, mais precisa tornar atrativas as promoções.

    • Vanderley

      Concordo com você Guilherme.

  • Joao Carlos

    Guilherme, tem algum email ou mensageiro instantâneo que eu possa fazer contato privado com vc?

  • Joao Carlos

    .

  • Fernando

    Voo 5155
    1 Conexão
    16:07
    CGB
    22:25
    SDU
    SKY ao vivo
    50.000pts

    5.000pts + R$ 1.133,00

    15.000pts + R$ 881,00

    27.500pts + R$ 755,00

    32.500pts + R$ 629,00

    • Thiago

      Caro ou barato, depende:

      I – do preço em reais
      II – do custo de aquisição das milhas.

  • Daniel

    Os custos de emissão com milhas da azul estão tornando o programa inviável, que exige 50.000 pontos em trechos domésticos em que a concorrência pede menos da metade.

    Só nos raros bugs é razoável emitir passagens com a azul.

    Tenho 150.000 no Tudo Azul, e me arrependo muito de ter transferido para ele.

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 0 Flares ×