Como resgatar passagens para voar no fantástico Emirates A380 utilizando suas milhas Victoria TAP: as dicas do leitor Carlos! E mais: dica extra maximizando as (possíveis futuras) promoções do Livelo!

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 0 Flares ×

A chegada do A380 da Emirates para operar voos regulares saindo do Brasil deixou vários leitores entusiasmados.

EK A380

Como a nossa comunidade é de milhas e pontos, nada mais lógico do que utilizar as suadas milhas de seus cartões de crédito para resgatar passagens no metal do Oriente Médio, não é mesmo?

Pois o expert Carlos, velho conhecido dos leitores do blog, nos dá valiosas dicas de como fazer isso sem torrar fortunas de milhas com o Smiles (que é um dos programas brasileiros que emitem voos EK), sacrificando seus preciosos pontos do Amex (que transfere para o programa de milhagens da Emirates, mas exige vultuosas somas de milhas), ou gastando rios de dinheiro comprando milhas no Alaska Mileage Plan (que só emite EK para voos saindo dos EUA): utilizando a valiosa parceria Emirates-Victoria TAP!

Melhor: ele ainda nos deu uma dica extra de como fazer isso via Livelo, potencializando promoções que podem vir a surgir!

……………………

“Com este baita upgrade da executiva, eu resolvi investigar como funciona o Victoria para voar na Emirates. Primeiramente, o sistema da atendimento da TAP é horrível, diversas vezes a gravação da URA começava a tocar e depois ficava mudo. Devo ter precisado de umas 20 ligações para prosseguir no atendimento e digitar as opções. Não sei se é um problema temporário ou o padrão.

Passada esta dificuldade, achei o atendimento muito bom. A atendente me informava os vôos disponíveis para as datas indicadas e perguntava qual opção eu preferiria. Eu já havia pesquisado a disponibilidade anteriormente na Qantas e o inventário pareceu bater (sem destaque no original).

Pesquisei duas opções na executiva: na primeira, um open jaw GRU-SEZ (Seychelles) e retorno MLE-GRU (Maldivas). O valor informado foi de 250k pontos mais 72 euros de taxas mais 25 euros da reserva. O segundo, ida e volta à Tóquio, também ficou em 250k mais 84 euros de taxas e os 25 do serviço.

Como a Tap não publica mais uma tabela de valores e regiões, não dá para avaliar como é feita a cobrança. Mas, de qualquer forma, como ida e volta somente a Dubai sai a 220k pontos, estes 30k pontos a mais com certeza permitem uma emissão bem mais vantajosa.

Finalmente, com um pouco de paciência é possível fazer esta emissão por R$ 4.375. Primeiramente é necessário esperar uma promoção do Livelo vendendo as milhas com 50% de desconto, a R$ 350 reais 10k, e comprar 125k. E depois uma segunda promoção da Tap com 100% de transferência de bônus, transformando os 125k em 250k milhas Victoria. Se não me engano, ambos os casos aconteceram duas vezes no último ano”.

…………………….

Conclusão

Excelentes dicas, principalmente porque, pelo custo adicional menor pra ir pra Ásia, vale a pena tentar fazer uma viagem mais prolongada a um custo relativamente (e proporcionalmente) menor de milhas.

Vale destacar também que facilita as pesquisas você fazer uma pesquisa prévia utilizando o inventário do programa de milhagens da Qantas, a fim de garantir maior probabilidade de êxito para encontrar assentos disponíveis via Victoria TAP.

Quem ganha com essa parceria são, evidentemente, os clientes dos cartões de crédito brasileiros que transferem pontos para o Victoria TAP: BB e Bradesco (via Livelo), Caixa, Amex Membership Rewards, Porto Seguro e Itaú. Bola fora pro Santander, que, embora sempre faça boas promoções com seus cartões de crédito, decidiu encerrar a parceria, em janeiro de 2016, sem maiores explicações.

E você, tem alguma dica adicional para ter sucesso nos resgates dessas passagens? Compartilhe conosco sua experiência!

Agradecemos ao leitor Carlos pelo envio da dica!

  • Cainã

    Pessoal, com relação as formas de “compra” de pontos no Livelo, sabem por que ninguém menciona o Clube Livelo? Aderindo ao plano de R$ 200 recebemos 7000 pontos por mês mais 8000 no quarto e oitavo mês, totalizando 100k no ano por R$ 2.400,00, ou seja R$ 240,00 por 10k, transferindo com bônus de 100% sai R$ 120,00 10k.
    Claro, neste caso o acumulo se dá no longo prazo, mas na estratégia acima também teríamos que comprar os 125k pontos e esperar pela promoção de 100%.

    • Thiago

      Com certeza. Saquei isso assim que conheci a Livelo e aderi na hora. Inclusive, já usei 10k pra TAM, usando milhas que já tinha pra pegar de volta 15k (na prática, bônus de 150%).

    • FrC

      Tb saquei essa jogada. Sai pouco mais de 2.400 reais uma ida e volta na executiva da Emirates. Bom demais! Pena que parece que só dá certo no primeiro ano. Pois a Livelo diz que esse bonus será só no primeiro ano. Outro problema é que em uma das promocões de 100% do ano passado (junho) o Livelo não fez parte. Não lembro na outra. Mas estou arriscando assim mesmo.

  • Cristiano Andrade

    Eu já estou de olho nisso…
    Como ainda não decidi meus planos para 2018 (2017 já tudo decidido), estou colocando EK entre as opções (ainda pensando em Africa do Sul usando pontos Amigo Avianca nalguma transferência de 100%, mas acho que isso vai ficar para 2019 ou 2020). Estava pensando na Europa, e sempre tive vontade de passar uns dias nos Emirados Árabes.
    Então pensei (e agora mais animado com o A380), porque não não emitir ida GRU-LIS-DXB com stopover em Lisboa (aproveito uns dias pela terrinha que é sempre muito gostoso) e volta DXB-GRU direto de A380. Pelo que entendi dá para fazer essa combinação de bilhetes TP com EK (e na EK só dá para emitir Business via Tap Victoria).
    São 220k Business por pessoa, 3 pessoas 660k.
    Tenho umas 100 mil milhas já no Tap Victoria e migrando meus vôos a trabalho para Star Alliance posso juntar outras 100 mil esse ano.. já são 200 mil. Faltariam 460k, ou 230k dos cartões em transferência com 100% de bônus. Como tenho uns 100k hoje nos cartões, me faltariam outros 130k que não conseguirei juntar… Então a tentação do Livelo (comprar o restante nalguma promoção para transferir com 100% de bônus).
    Preocupações:
    1 – Preciso aderir ao Clube Livelo, se eu fizer isso eles podem pegar meu CPF e transferir meu Membership Rewards para Livelo? Posso aderir ao Clube Livelo sem nenhum cartão de crédito? A opção seria fazer no nome da minha esposa e transferir para o Tap Victoria dela, emitindo uma passagem no dela (só com pontos comprados) e outras 2 no meu (só de milhas acumuladas)…
    2 – Se eu for para Europa (2 adultos e 1 criança) voando TAP isso me sairá 250k, bem mais barato… vou pensar um pouco nisso.

    Alguém me ajuda no item 1?

    • Thiago

      Não é possivel aderir à Livelo sem associar um cartão.

  • André Mesquita Assunção

    Lamentando ate 2050 o fim da parceria Santander com a TAP

  • Carlos

    Pesquisar na Qantas vôos saindo do Brasil sempre dá erro (provavelmente por causa das taxas de combustível), então a saída e colocar vôo ida e volta a partir de Dubai e olhar a volta. Tem ainda alguns aeroportos que não aparecem, aí a pesquisa com a Alaska resolve.

    @ Cainã – No meu caso, por desconhecimento. Me pareceu uma opção interessante, já que mesmo a R$ 350 eu já acho o valor vantajoso por causa dos bônus de transferência. A R$ 240, é excelente. Minha única dúvida é: já teve alguma promoção ou bônus que melhore ainda mais esta oferta e valha a pena esperar?

    @ Cristiano – Precisa ter o programa ativo no Bradesco ou BB e, para isso, obrigatoriamente teria de ter um cartão de crédito vinculado. Os meus cartões do BB estão com a função do crédito bloqueadas e por isso o Ponto para Você fica inativo e, automaticamente, não consigo usar o Livelo. A solução é pegar qualquer cartão de crédito que não cobre anuidade apenas para poder usar o programa. O TPC poderia valer, mas acho uma perda grande passar do Membership para o Livelo.

    • Cainã

      Carlos, posso ter perdido alguma promoção, mas ainda não vi nenhuma que possibilite a compra por menos de R$ 240,00 10k, e nem transferência melhor que 100%, trazendo o custo final para R$ 120,00 10k.

      • Carlos

        O pagamento das transações no Livelo pode ser feito com qualquer cartão de crédito ou tem de ser com o cartão vinculado à conta Bradesco ou BB?

        • Cainã

          Eu utilizo cartão Santander para pagamento da mensalidade do Clube, e também já utilizei para compra de pontos.

  • Pingback: Giga post do leitor Carlos! Levantamento histórico de *TODAS* as promoções de bônus de transferências dos cartões de crédito para os programas de milhagens, no ano de 2016! | Meu Milhão de Milhas()

  • Pingback: [Guest post do Carlos] Melhores resgates de milhas Victoria TAP em classe executiva e primeira classe! | Meu Milhão de Milhas()

  • Pingback: Vamos ajudar o leitor Carlos? Dúvidas sobre remarcação de passagens Air Canada emitidas com pontos Amigo Avianca, em voos operados totalmente no exterior, em que houve alteração nos horários do voo em mais de uma hora! | Meu Milhão de Milhas()

  • renan

    Ola, alguem sabe me dizer se posso emitir gru/dxb/paris com a emirates tarifando como europa (120K Victoria Executiva)??e outra um pouco mais “indecente”, stop em dubai, sem chance n’e???eheheh
    obrigado

    • Valfrido Silva

      Também gostaria de saber, um stop over em Dubai e emitindo executiva Europa por 120K seria a jóia da coroa.

  • Pingback: [Guest post do Carlos] Impressões gerais sobre o Victoria TAP, após sua utilização efetiva… e intensiva ;-) | Meu Milhão de Milhas()

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 0 Flares ×