Resposta oficial do Santander sobre compras em moeda estrangeira na promoção Quero Mais Prêmios

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 0 Flares ×

Ontem, o leitor Marcelo suscitou uma dúvida interessante a respeito dessa promoção:

Dúvida:

Regulamento antigo da promoção no item 1.6:
“1.6. Apenas as compras originalmente realizadas em reais ou dólares norte-americanos com os Cartões de Crédito Santander são válidas para atingir as faixas de compras estabelecidas. Demais transações realizadas com os Cartões de Crédito Santander, como por exemplo pagamento de contas, parcelamento e financiamento de fatura, SuperCrédito, saque e lançamento de tarifas, encargos, seguros e assistências de qualquer natureza, títulos de capitalização e eventuais estornos, não serão considerados para verificação do atingimento das faixas de compras estabelecidas nem para a geração de Bônus Extras. ”

Novo regulamento disposto no site da promoção a partir de hoje em seu item 1.6 (mas quando se baixa em PDF vem o antigo, mas já com inserções do novo, inclusive sobre a 4ª faixa):
“1.6. Apenas as compras realizadas com os Cartões de Crédito Santander são válidas para atingir as faixas de compras estabelecidas. Demais transações realizadas com os Cartões Santander, como por exemplo pagamento de contas, parcelamento e financiamento de fatura, SuperCrédito, saque e lançamento de tarifas, encargos, seguros e assistências de qualquer natureza, títulos de capitalização e eventuais estornos, não serão considerados para verificação do atingimento das faixas de compras estabelecidas nem para a geração de Bônus Extras.”

Ou seja, um indica compra originária em dólar e o mais novo, disposto apenas no site, não.

E agora?

Entrei em contato com o Santander Esfera, e recebi a seguinte resposta do banco:

“Olá, Guilherme. As compras internacionais também valem para atingir as faixas de compras, desde que realizadas originalmente em dólares norte-americanos”.

Conclusão

Bem, é isso. Prevalece a redação do item 1.6 do regulamento original. Somente compras realizadas originariamente em dólar valem para a promoção.

quero-mais-premios

É uma pena que isso ocorra, já que muita gente viaja para o exterior, em países que vão além dos EUA, nessa época de final de ano, e eles poderiam incrementar o saldo dos pontos realizando as compras no cartão de crédito.

Eu só não entendi muito bem a lógica que está por trás dessa restrição. Li uma vez na Internet que alguns bancos costumam cobrar uma taxa de conversão de moeda estrangeira para o dólar, mas não sei se isso teria relação com essa restrição.

 

  • PB

    Todas as compras internacionais, quando mantidas em suas moedas de origem, são automaticamente convertidas para USD, por norma do BC e a uma taxa neutra. Assim, não importa se a compra ocorreu nos EUA, Europa ou outro continente o valor será convertido para dólar dos EUA.

    Existe uma exceção: Muitos comerciantes oferecem a “facilidade” ou serviço de conversão de compra internacional para a moeda do cartão a ser utilizado. Neste caso o banco do comerciante e o comerciante utilizam uma taxa inflada para conversão, que é o custo do serviço, e lançam aquela compra diretamente em reais na fatura do cartão.

    Entendo que são as compras efetuadas, como descrito no segundo parágrado, que o Santander visa evitar porque o lucro da conversão da transação internacional foi dividido entre o comerciante e o banco do comerciante que ofereceu ao cliente a conversão dinâmica. Ao Santander Brasil não lhe cabe nada.

    Assim, para se manter nas regras do Santander e utilizar o câmbio USD do Santander, basta ao cliente informar que pretende que suas compras internacionais sejam lançadas na moeda de origem (USD, Euro, etc).

    • Guilherme

      PB, grato pelos esclarecimentos!

  • Marcelo

    Santander, diante da resposta apresentada, utilizarei nas férias europeias apenas o TPC…

    Bradesco Cartões (administrador do TPC), bem vindo de volta!!!

    • Guilherme

      😀

  • Albino

    Sinceramente acho que há uma confusão nessa regra. Veja que a resposta do atendente é bem normal de “call centers” e similares, ou seja, uma resposta robótica. Na dúvida, melhor não arriscar caso a pessoa tenha outro cartão mais vantajoso em mãos.

    Outra coisa: apenas compras em real ou dólar serão válidas pra atingir as faixas de compras. Vejam bem que é só pra faixa de compras. Se você atingir a faixa de compras com despesas em real ou dólar e usar o cartão em euro ou outra moeda que teoricamente não estaria incluída, você vai ganhar os pontos bônus por aquelas compras também.

    Apenas se sua meta for alta e você não a tiver atingido, aí é que ela, mais uma vez digo teoricamente, não ajudaria a compor o cumprimento da meta.

    Me corrijam se eu estiver errado, mas acho que é por aí.

    • Guilherme

      Pontos muito bem observados, Chie! Endosso suas conclusões.

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 0 Flares ×