Preparem seus milhões de milhas: vem aí a parceria Smiles com a Emirates! :-0

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 0 Flares ×

Direto da fonte: a Gol e o Smiles assinam parceria com a Emirates, que permitirá não só um acordo de compartilhamento de voos, mas também – e isso interessa diretamente aos milheiros – a possibilidade de uso de suas (milhões de) milhas Smiles para resgatar passagens na Emirates. Confiram o teor do comunicado divulgado para a imprensa:

“A Smiles S.A. (BM&FBOVESPA: SMLE3) (“Companhia”)  (“Companhia”), a Gol Linhas Aéreas Inteligentes S.A. (“GOL”) e a Emirates anunciam hoje um novo acordo de compartilhamento de voo (codeshare), além de acordo de Frequent Flyer Program (“FFP”), que permite aos membros dos programas Skywards, da Emirates, e Smiles, da GOL, acumularem e resgatarem milhas nos voos das duas companhias.

A parceria foi protocolada nesta data junto à ANAC (Agência Nacional de Aviação Civil). Os primeiros voos deverão ser aprovados nos próximos dias e a previsão é que entre em vigor no final de outubro/início de novembro.

Por meio deste codeshare os clientes terão mais facilidade para comprar trechos conectados de ambas as companhias aéreas usando uma única reserva e uma emissão de bilhetes, além de check-in, embarque e verificação de bagagem integrados durante toda a viagem. Os passageiros que reservarem voos de diferentes destinos no Brasil com a GOL, incluindo Porto Alegre, Salvador, Belo Horizonte, Curitiba e Brasília, poderão se conectar em São Paulo ou no Rio de Janeiro e voar com a Emirates para muitos destinos em todo o mundo.

“Estamos contentes em reforçar a nossa parceria com a GOL e acreditamos que nosso novo codeshare trará conectividade melhorada e um programa de fidelidade totalmente integrado dentro do Brasil, inicialmente, e, numa fase posterior, em toda a América do Sul e Caribe”, disse Hubert Frach, vice-presidente Sênior – Operações Comerciais no Ocidente. “A extensa malha aérea da GOL na América do Sul, combinada com a escolha e a conveniência de oferecer aos clientes cerca de 800 voos por dia, complementa perfeitamente os nossos 14 voos semanais de e para o Brasil que conectam a nossa rede global.”

“Temos investido em parcerias que oferecem benefícios cada vez maiores para os nossos clientes. Com a Emirates entregamos exatamente isso, além de reforçar a nossa presença em mercados internacionais”, disse Ciro Camargo, gerente de Alianças da GOL.

Resgatando milhas

Como parte da nova parceria de codeshare, os membros do Emirates Skywards e do programa de fidelidade Smiles da GOL poderão acumular e resgatar milhas em ambas as companhias. Com mais de 16 milhões de membros Emirates Skywards e mais de 12 milhões de membros do programa de fidelidade Smiles da GOL, cerca de 30 milhões de membros em todo o mundo se beneficiarão desta parceria de codeshare. As milhas acumuladas serão baseadas na distância percorrida com bônus de classe de serviço.

“A parceria com a Emirates, que foi eleita a melhor companhia aérea internacional do mundo, ampliará a nossa disponibilidade de assentos para a Ásia, entre outros destinos, e será uma vantagem competitiva exclusiva para a Smiles no Brasil”, afirma Leonel Andrade, CEO da Smiles. “O aumento de parcerias aéreas internacionais fortalece ainda mais nossa posição de liderança no segmento de programas para viajantes.”

Membros Skywards que voam na GOL Premium Economy ganharão um bônus de milhagem de 125% ou 150% de milhas voadas, dependendo da tarifa. Membros Smiles voando Emirates ganharão um bônus de milhagem de 150% de milhas voadas quando nas categorias First Flex Plus e First Flex, e um bônus de 125% em Business Flex e Business Saver”.

Conclusão

emirates

Já vou logo avisando que as quantidades de milhas a serem cobradas para voos na Emirates certamente seguirão o “padrão Etihad”, e não o “padrão Qatar” de valores de resgates. Ou seja: esperem valores astronômicos e exorbitantes, principalmente para voos nas cabines premium.

Meu palpite é que os voos no metal Emirates de Guarulhos para Dubai fiquem em torno de 60 mil a 80 mil milhas Smiles na classe econômica, por trecho; de 200 mil a 300 mil milhas Smiles na classe executiva, por trecho; e de 300 mil a 500 mil milhas na primeira classe (se for disponibilizada essa classe de serviço para resgates no Smiles), por trecho.

Resta saber quais serão os valores de milhas Smiles a serem cobrados em outros trechos em que a Emirates voa, principalmente nos trechos intra Ásia, em que era possível ter algumas sweet spots na Qatar utilizando milhas Smiles. Mas eu não acho que deva haver alguma sweet spot: eles devem ter programado bem o sistema para cobrarem valores absurdamente altos, e não deixarem brechas para oportunidades.

Bom, mas a notícia não é de todo ruim. O fato de as passagens contendo uma combinação de trechos domésticos (operados pela Gol) e internacionais (operados pela Emirates) num único código localizador trará, sem dúvida, facilidades em termos de franquias de bagagens e, talvez, preços.

E você? Qual seu palpite para os valores em milhas Smiles a serem cobrados nos voos Emirates? Dê a sua opinião, escreva um comentário, e participe!

Tagged as: ,
No comments yet.

Leave a Reply

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 0 Flares ×