Tudo Azul, ou melhor, o Itaú, lança acelerador de pontos para o cartão de crédito Tudo Azul: não caiam nessa!

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 0 Flares ×

Como tudo o que é ruim pode ficar ainda pior, o Itaú lançou, para os cartões de crédito Tudo Azul, um grande “pega ratão” pro pessoal que é viciado em milhas e ao mesmo tempo burro financeiramente: o acelerador de pontos.

Mediante o pagamento de 4% sobre o valor da fatura, os pontos são dobrados.

Tudo Azul Acelerador

Ótimo isso. #SóQueNão

Façamos os cálculos. Com o dólar Itaú a R$ 3,60, e utilizando um cartão de crédito Itaú Tudo Azul Platinum, o que pontua mais, uma compra na Azul (que também pontua mais) de R$ 10 mil geraria 6.944 pontos.

Pagando 4% sobre os R$ 10 mil, ou seja, R$ 400, obtém-se mais 6.944 pontos.

Com isso, o custo de um bloco de 10.000 pontos acaba saindo, com esse acelerador, pela bagatela de R$ 576,03 – e isso considerando compras só na Azul (o que mais pontua), com o cartão que mais pontua (o Platinum).

Considerando que esse mesmo bloco de 10.000 pontos costuma ser vendido promocionalmente pela própria Tudo Azul por valores que vão de R$ 275 a R$ 350, vê-se claramente que pagar quase R$ 600 pelos mesmos 10k pontos é algo que só serve pra jogar dinheiro fora.

Conclusão

Não vale a pena. Simples assim! 🙂

Agradeço ao leitor Fábio Póvoa pelo envio da notícia!

Tagged as: ,

8 Comments

  1. Tlars22 27/06/2016 at 23:36 #

    Guilherme,
    E com relacao a promocao de pontos turbinados dos cartoes Citi/Aadvantage ?
    Neste caso, compensaria contratar este servico para maximizar o acumulo de pontos no Aadvantage comprando na American?

    Fonte : https://www.citibank.com.br/cartoes/cartoes_de_credito/aadvantage.html

    • Guilherme 28/06/2016 at 10:35 #

      Tiars, também não vale a pena, pois o custo da aquisição dos pontos é maior ainda, uma vez que o Citi só pontua no máximo 1,5 ponto por cada dólar. Acho até que sai mais caro que comprar as milhas da própria AA, naquelas promoções sazonais que eles vivem fazendo. 😉

  2. Fernando 28/06/2016 at 01:17 #

    Guilherme, talvez possa valer a pena para quem acaba tendo milhas expiradas porque nunca consegue juntar para emitir uma passagem. Mas no geral não vale mesmo. No fundo eles querem que você pague pelas milhas que eles te “dão”. Aproveitei a crise para cancelar todos os meus cartões e só mantenho um do Santander. Itaú estou fora. Minha namorada tinha esse platinum da azul. Fiz ela cancelar também em troca de um par de sapatos no dia dos namorados kkkkk

    • Guilherme 28/06/2016 at 10:38 #

      Boa, Fernando! rsrsrsrsrs

      Eu também estou num processo de “limpa geral” dos meus cartões de crédito. Já se foram: Diners, Santander Free, Itaucard etc. etc. etc.

      Estou aliviado, pois a economia de dinheiro tem sido monstruosa…..rsrsrs

      Abç!

  3. CRISTIANO ANDRADE 28/06/2016 at 09:08 #

    Esse cartão TudoAzul só é uma boa opção se você compra passagens Azul com frequência, aí os 10% de desconto são um grande benefício.
    Para acúmulo de pontos não é a melhor opção, pois com um pouco de paciência você pode dobrar os pontos TudoAzul em cartões “normais” do Itaú fazendo transferências com bônus de 100% que eles promovem algumas vezes ao ano (no cartão TudoAzul você não se beneficia disso).
    Quanto a esses “turbinados” vejamos a melhor hipótese:
    – se você tiver o Black Itaú tem o acúmulo de 2 pontos/dólar, o acelerador lhe custará 4%, ou USD0,04 por 2 pontos, USD0,02/ponto. Na melhor das hipóteses você irá transferir com 100% de bônus (TudoAzul ou Tap Victória), fazendo esses pontos custarem USD0,01/ponto.
    Nessa melhor hipótese pode valer a pena especialmente no Tap Victória (mas não joguei aqui o custo financeiro de antecipar essa “compra” antes do uso efetivo), mas é um caso extremo e o bônus de 100% eles tem feito uma vez por ano apenas.
    Se você pensar em transferência para o Multiplus ou Smiles que frequentemente lhe dão 40% de bônus, cada ponto lhe custará USD0,014.
    Se for o caso do Citi AAdvantage custará USD0,03/milha, muito ruim!
    Em resumo, só “vale a pena” combinando um acúmulo alto (cartões Black) com um programa de bônus altos, ou seja, quase nunca.

    • Guilherme 28/06/2016 at 10:39 #

      Excelente, Cristiano!

      E ainda temos que considerar o custo de oportunidade do dinheiro gasto, que poderia ser utilizado para compras de passagens aéreas de outras cias. que tenham serviços e “hardware” de melhor qualidade. 🙂

      Abç!

  4. Daniel 28/06/2016 at 16:39 #

    Para mim a Azul tem o melhor serviço do Brasil, o problema é que apesar de tentar não consegui ficar só nela pois os preços são bem maiores que das outras e não existe uma tabela padrão para resgate das milhas.

    Gostei bastante do serviço de transfer e os espaços Azul gratuitos, só isto já vale a anuidade, se vc conseguir pelo menos 50% de desconto.

    O cartão também é bom para usar para pedir Statusmatch em outros programas de fidelidade.

    Mas se não fosse o transfer já teria cancelado.

    • Guilherme 30/06/2016 at 07:03 #

      Concordo, Daniel, os preços são muito altos.

Leave a Reply

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 0 Flares ×