Tutorial: como utilizar os pontos e vouchers Le Club para abater o valor das di?rias na rede de hot?is Accor

O chief Albino 😀 nos enviou uma d?vida que pode ser a de v?rios outros leitores do blog:

“Nunca utilizei o Le Club Accor, embora j? tenho cadastro nele h? alguns anos. Recentemente comecei a ler sobre a troca de milhas por pontos no Le Club Accor e gostaria de saber como fa?o para utilizar os pontos ap?s realizar a transfer?ncia.

Eu cheguei a fazer uma simula??o no site da Accor, mas n?o apareceu nenhuma op??o de hospedagem com pontos. ?Como funciona? Precisa ter os pontos antes de fazer a reserva pra aparecer as op??es ? Ou os vouchers s?o trocados na hora do pagamento l? no hotel? Todos os hot?is da rede aceitam o pagamento com os vouchers de ?40?

Chief, seu pedido ? uma ordem! 😆

Vamos mostrar abaixo como utilizar os pontos Le Club para abater o valor das di?rias na rede de hot?is Accor.

H? basicamente duas maneiras de utilizar os pontos, para essa finalidade: (a) atrav?s do pr?prio site oficial da Accor, no ato da reserva; e (b) atrav?s da apresenta??o dos vouchers no hotel, ou na chegada (Ibis) ou no checkout (demais hot?is).

Antes de tudo, para voc? poder visualizar a op??o de abater o valor das di?rias, voc? precisa ter no m?nimo 2.000 pontos. Essa ? a quantidade que?vale 40 euros. N?o s?o permitidos os abatimentos de fra??es desse valor (por exemplo, 3.000 pontos por 60 euros). As trocas sempre ocorrem em m?ltiplos de 2.000 pontos.

Ou seja, se voc? tiver 3.990 pontos, poder? fazer apenas um abatimento de 40 euros. Ao contr?rio de outros programas de fidelidade, o Le Club n?o permite ao cliente comprar pontos do pr?prio programa, at? porque n?o ? poss?vel fazer nenhuma esp?cie de “arbitragem”, como ocorre em outros programas de fidelidade, cuja precifica??o (custo monet?rio de cada ponto resgatado) somente ? definida no ato do resgate, quando confrontado com o valor da di?ria que se deixou de pagar.

O que eu quero dizer com isso? ? que 2.000 pontos sempre valer?o 40 euros. Seria at? il?gico o Le Club permitir a compra de pontos de seu pr?prio programa, pois ou o cliente teria vantagem (caso pudesse comprar 2.000 pontos por menos de 40 euros), ou teria desvantagem (caso o valor da compra fosse superior a 40 euros).

Antigamente, quando havia a op??o de se emitir 2.000 pontos em troca de 60 d?lares, at? havia a op??o de usar os vouchers em d?lares quando ele estivesse mais valorizado que o euro, na regi?o do hotel, mas essa op??o n?o existe mais.

Ali?s, para voc?s terem uma ideia, antigamente, um lote de 2.000 pontos podia ser trocado por 90 reais! Para voc?s verem como nossa moeda se desvalorizou nesses ?ltimos anos…

  1. Resgate online dos pontos no ato da reserva

Pois bem, tendo no m?nimo 2.000 pontos, ? poss?vel fazer o abatimento diretamente no ato da reserva. O problema ? que essa op??o somente aparece na ?ltima tela de confirma??o, ou seja, naquela tela onde voc? precisa digitar os dados do cart?o de cr?dito (caso queira que sua reserva esteja garantida depois das 18 horas).

Fiz uma simula??o de hospedagem no Ibis Paulista (deve ser o Ibis mais caro do Brasil, mais caro inclusive que muitos Mercures e Novot?is que ficam pr?ximos, quando eu fa?o a pesquisa em S?o Paulo):

Ibis Paulista 1

Uma hospedagem de final de semana sairia por cerca de 103 euros. Na ?ltima tela de confirma??o da reserva, aparece a op??o de utilizar os pontos:

Ibis Paulista 2

Bem simples, n?o!?

A vantagem de utilizar os pontos no ato da reserva ? que voc? economiza tempo no balc?o do hotel.

Na pr?tica, outra vantagem ? que voc? fica livre de eventuais problemas com o n?o c?mputo dos vouchers na estadia. Vou dar um exemplo: uma vez, fiquei hospedado num hotel e levei os vouchers. No ato do checkout, recebia a fatura “cheia”, e apresentei os vouchers para desconto. O recepcionista?aparentemente estava computando os vouchers no sistema, mas, quando eu fui pagar o valor complementar (saldo residual em dinheiro) que sobrou, eu verifiquei, no visor da maquininha do cart?o de cr?dito, que ele havia computado, mesmo com os vouchers, um valor maior do que aquele que eu deveria pagar.

Eu solicitei ent?o a recontagem dos vouchers, e a? sim, o recepcionista me mostrou o valor correto.

Eu n?o teria todos esses problemas se eu tivesse optado por queimar os pontos diretamente no ato da reserva.

H? relatos de outros casos mais graves, em que viajantes relataram terem usado os vouchers no exterior, pagando um pequeno valor complementar, e, ao chegarem ao Brasil, descobrirem que o hotel debitou o valor cheio da estadia.

Al?m disso, usar os pontos de forma antecipada garante a voc? tranquilidade na hora de fazer as reservas em hot?is do exterior, j? que voc? “trava” uma taxa de c?mbio, que, na minha experi?ncia pessoal, tem sido boa ao fazer a reserva pela Internet.

? claro que h? o outro lado da moeda tamb?m: ou seja, ser melhor utilizar os vouchers quando, durante a hospedagem, a taxa de c?mbio for mais favor?vel para o real no per?odo da viagem.

Eu deixo essa parte para os especialistas em Le Club narrarem, na caixa de coment?rios, suas experi?ncias positivas ou negativas, com essas estrat?gias. 😉

2. Troca dos pontos por vouchers impressos

A troca dos pontos por vouchers ? tamb?m super f?cil. Acessando sua conta Le Club, voc? ver? um menu, ? esquerda da tela, parecido com o da tela abaixo:

LC 1

A?, ? s? ir em “My Rewards”, ou “Minhas recompensas”, para, na tela seguinte, escolher a op??o “Solicitar seus vouchers Le Club”:

LC 2

Na tela seguinte, basta escolher a quantidade de vouchers desejada, sempre lembrando que as trocas sempre ocorrer?o na base de m?ltiplos de 2.000 pontos.

LC 3

? gerado um arquivo pdf, que voc? deve imprimir e levar consigo para a viagem.

Vale lembrar que ? poss?vel tamb?m utilizar os pontos para resgatar por outros servi?os de parceiros, mas, como eu nunca utilizei essa op??o, n?o sei se seria uma boa ideia.

E qual ? a vantagem da utiliza??o dos vouchers impressos sobre os pontos?

Para mim, a grande utilidade dos vouchers consiste no pagamento de refei??es, estacionamento, taxa de recebimento de encomendas (?til nos EUA, por exemplo, pois o Pullman Miami cobra USD 5 por cada pacote recebido) e outros extras que normalmente n?o s?o poss?veis de serem inclu?dos no ato da reserva. De acordo com o T&C do programa, qualquer despesa eleg?vel ao ac?mulo de pontos pode ser paga com vouchers.

Ali?s, esse ? um dos ?timos diferenciais desse programa de fidelidade: por meio dos vouchers, a estadia inteira pode efetivamente ser quitada com pontos, ao contr?rio dos programas Hilton Honors, Hyatt Gold Passport etc., onde s? ? poss?vel, basicamente, utilizar os pontos para abater o valor das di?rias.

No entanto, essa ? uma regra que comporta exce??es. Na Fran?a, ber?o do Le Club, h? uma lista enorme de hot?is que n?o aceitam o pagamento por vouchers nas refei??es de almo?o e jantar. A lista completa pode ser acessada aqui. Eles tamb?m n?o podem ser utilizados nos Ibis Budget, Ibis Styles e Ibis “normais” na China, nem nos Adagio Access. Havia uma proibi??o de seu uso em certos hot?is da Austr?lia, mas parece que essa proibi??o foi retirada.

Tirando isso, os vouchers podem ser utilizados em qualquer hotel da rede Accor, desde um Ibis em Araraquara, at? um Sofitel em Cingapura, passando por um Mercure na ?frica do Sul ou um Novotel em Moscou.

Outra vantagem ? que ele pode ser utilizado por outras pessoas. Isso vale muito a pena nos casos em que voc? queira, por exemplo, contemplar um parente que ir? se hospedar em um hotel da rede Accor – e esse parente tamb?m n?o precisa estar associado ao Le Club.

Por outro lado, um dos problemas?dos vouchers ? que eles, ao contr?rio dos pontos, t?m data de validade de seis meses, a partir da sua convers?o dos pontos, sendo que essa data ? estampada no voucher.

Conclus?o

Como se percebe, ? bastante f?cil utilizar os pontos do Le Club para abater o valor das di?rias.

Antigamente, ele s? permitia o abatimento via impress?o dos vouchers, o que ? um tanto quanto anacr?nico nessa era digital e que preconiza evitar, tanto quanto poss?vel, o uso de pap?is.

O sistema de utiliza??o dos pontos de forma online s? veio a ocorrer posteriormente, entre 2013 e 2014, e foi um grande avan?o. Na ?poca de ouro do Pague Contas, tinha gente que levava uma resma de vouchers para pagar estadias.

O que a Accor precisa implementar – e na verdade, padronizar – ? o valor do c?mbio do euro, de forma pr?tica e transparente, pois ?s vezes ? melhor utilizar os pontos online, e ?s vezes a cota??o do hotel parece que ? melhor.

Uma coisa ? certa: nos hot?is do Brasil, a cota??o do euro para fins de voucher tem sido, pelo menos nas minhas experi?ncias pessoais, bastante decepcionante, de modo que eu tenho preferido utilizar os pontos para abater das di?rias em hot?is no exterior.

Um ponto negativo ? que os vouchers e pontos n?o podem ser utilizados para abater o valor das di?rias nas promo??es de “Pre?os Malucos”, que oferecem de 40% a 50% de desconto sobre a melhor di?ria flex?vel. Nesses casos, n?o tem jeito: o pagamento tem que ser em dinheiro, e antecipado, e sem direito a reembolso.

Mas, de maneira geral, o sistema de pontos e vouchers do Le Club ? f?cil de usar, e apresenta alguns pontos positivos bem ?teis, como a possibilidade de pagar refei??es no restaurante do hotel, utilizando os pontos.

E voc?, que dicas tem para o uso dos pontos e vouchers? J? passou algum perrengue pelo fato de ter utilizado os vouchers no exterior, e, ao chegar no Brasil, perceber que eles tinham debitado o valor integral das di?rias? Prefere usar pontos ou imprimir os vouchers? Compartilhe conosco suas experi?ncias!

Tagged as: ,