Urgente! Accor muda regras para status elite no Le Club: só gastos em estadias contarão. Para ser Platinum, gastos de 5.600 euros!

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 0 Flares ×

Acabou-se o que era doce.

A partir de 2017, para alcançar status elite no Le Club, da Accor, somente pontos ganhos por estadias qualificadas contarão. Pontos transferidos de cartões de crédito não contarão para obtenção do status elite, embora possam ser utilizados normalmente para resgatar vouchers.

Para ser Platinum, será necessário acumular nada mais nada menos do que 14.000 pontos em estadias qualificadas.

Mudanças LC 1

De acordo com o blog The Shutterwhale, 1 euro equivale a 2,5 pontos qualificáveis, de forma que, para ser Platinum, será necessário gastar a exorbitante quantia de 5.600 euros!

Mudanças LC 2

Conclusão

Péssima notícia, principalmente para quem ganhava o status elite somente transferindo os pontos dos cartões de crédito.

Certamente a Accor deve ter feito isso por conta da facilidade de obtenção de status elite por parte dos brasileiros que faziam transferências de pontos de cartões de crédito. Em 2017, esse atalho vai acabar! 🙁

Tagged as: ,

17 Comments

  1. Fernando Gama 31/03/2016 at 10:18 #

    Eu sou platinum desde 2010. Na época, era só dar um número do cartão Platinum do Itaú que vc virava Platinum na Accor. Desde então tenho mantido o status com transferência de pontos. Mas, não vi nenhuma, nenhuma vantagem em ser platinum em nenhum dos hotéis que fiquei: Sofitel, Pullman, Mercury, Ibis, Ibis Styles, etc… Ou seja, eles fingiam que davam o status e a gente fingia que recebia. Para mim, não vai mudar nada. Espero que ao menos eles continuem com a parceira de pontos com a TAM/Smiles.

    • Guilherme 31/03/2016 at 11:03 #

      Na minha experiência pessoal, o maior problema do staff dos hotéis Accor é a falta de uniformidade no tratamento.

      Em alguns locais, consegui benefícios tangíveis e que realmente valiam a pena, indo desde duas garrafas de água mineral repostas diariamente, chocolates, e upgrade simples para apartamento superior (Mercure) até um upgrade duplo para uma suíte, minibar cortesia e cestas de frutas repostas diariamente (Sofitel), e passando por descontos nas refeições dos restaurantes (Novotel) e late checkout até às 18 horas (Ibis).

      Mas em outros locais, não havia conseguido obter benefícios extras além daqueles já oferecidos “por padrão” (estou me referindo ao welcome drink).

      O que a Accor precisa fazer é (a) melhorar o treinamento do staff de atendimento, a fim de torná-lo mais uniforme (o que imagino que deva ser difícil, dada a enorme capilarização da rede, em nível mundial); e (b) oferecer benefícios melhores para os associados Platinum, como café da manhã gratuito, e upgrade confirmado para suítes.

  2. Gabriel 31/03/2016 at 10:38 #

    Realmente o status Platinum para mim nunca serviu para nada.

    No entanto, o Gold serve, e muito: early check-in, late check-out (isso já tem no silver) e upgrade.

    Acessei agora minha conta na rede Accor e diz que meu cartão é válido até 2017. No site diz o seguinte: “Em 2016, qualquer novo status obtido será prolongado até 31 de dezembro de 2017”.

    Ou seja, pelo menos teremos status Platinum por mais quase dois anos.

    • Guilherme 31/03/2016 at 11:03 #

      Bom saber dessa extensão do status atual!

  3. Cristiano Andrade 31/03/2016 at 11:09 #

    Acho que a diferença entre Gold e Platinum é pequena, basicamente o acesso ao Lounge nos poucos hotéis que possuem Lounge (maioria dos Sofitel e Pullman, mas já usei no Novotel de Hong Kong também), o que é um grande benefício se você usa esses hotéis. Ou seja, com o status Gold já fica bem “coberto”, inclusive com a política de “upgrades” que não é muito consistente.
    O programa acaba valorizando mais o viajante frequente e exclui o viajante apenas eventual. Uma questào de escolha, mas que pode ter relação com a compra do Swissotel, Fairmont and Raffles. Isso talvez seja um passo para harmonizar políticas entre as redes. Além disso, acredito que a Accor seja a única rede com tamanha facilidade para obtenção de status. Acho que a partir de 2018 terei que me “contentar” com o Gold, ou então realmente concentrar minhas estadias na Accor.
    Quanto aos “exorbitantes” 5600 euros, acho que são muito se comparados com a facilidade que temos hoje para obter o status apenas mandando milhas do cartão de crédito, mas até que razoável se considerarmos os concorrentes (SPG, IHG, HHonors etc).

    • Guilherme 31/03/2016 at 12:04 #

      Oi Cristiano, realmente, essa mudança no programa pode ter a ver com a compra dessas outras redes de hotéis.

      Sobre os 5.600 euros, é isso mesmo, minha base de comparação foi com a facilidade atual. Está mais ou menos em linha com os concorrentes (me parece que o HH exige 10 mil dólares para o Diamond). A dúvida é se eles vão melhorar os benefícios, para acompanhar essa dificuldade na aquisição do status.

  4. SwineOne 31/03/2016 at 19:14 #

    O único benefício que eu usava de verdade era a promoção de 50% de desconto nas estadias de final de semana no Brasil. Vou precisar me certificar de ficar pelo menos 10 noites por ano em hotéis da Accor para não perder esse benefício.

    Sinceramente, já estou ficando cansado desse joguinho de milhas e pontos, ainda mais com o dólar nas alturas, e os bancos e programas de fidelidade mudando o regulamento (invariavelmente para pior) com frequência. Pedi um cartão Santander Reward, que devolve 2% dos gastos em dinheiro vivo, nada de pontos que a cada dia valem menos. Quando muito vão ser os 10.000 pontos Multiplus por R$ 100 da Ipiranga uma vez por ano, para mandar para o Le Club. Isso até a Ipiranga eliminar essa opção de transferência ou aumentar o preço, e a Multiplus piorar ainda mais a conversão, coisas que não devem demorar para acontecer. De resto, estou fora desse joguinho.

    • Guilherme 31/03/2016 at 21:20 #

      Swine, será que precisa ficar 10 noites por ano para conseguir os 50%?

      Também considero esse um grande diferencial do Le Club, mas acho que até quem não tem status algum tem direito a esse benefício.

      Sobre o joguinho das milhas e pontos, eu também estou cansado. Em algumas situações pontuais, quando tenho dinheiro na mão, tenho preferido pagar a compra no ato, sem utilizar o cartão de crédito, fato esse que seria considerado inimaginável há alguns anos.

      Abraços

      • SwineOne 31/03/2016 at 23:54 #

        Achava que era só a partir do status Silver.

        • Guilherme 01/04/2016 at 12:00 #

          Ser membro já é suficiente. 🙂

          Aliás, esse é o grande chamariz do Le Club para atrair quem ainda não se inscreveu.

          Eu já utilizei bastante essas tarifas de 50% de desconto nos finais de semana, e são uma verdadeira “mão na roda”.

  5. Darlan 01/04/2016 at 08:31 #

    A vantagem em se ter o status platinum da accor é que sempre saem status match de outras rede que podem aceitar o da accor como comprovação.

    • Guilherme 01/04/2016 at 12:00 #

      Tem razão, Darlan! Uma ótima utilidade!

  6. Leonam 01/04/2016 at 08:55 #

    Bom, pelo menos essa questão de prorrogar o status até 31/12/2017 e do rebaixamento gradativo… assim tenho status gold até 31/12/2018. Pessoal pode aproveitar as promoções de transferência esse ano.
    Quem sabe agora o Le club não melhora os benefícios dos associados com pelo menos o café da manha cortesia para os Platinum

    • Gabriel 01/04/2016 at 10:47 #

      Não tinha verificado essa questão do rebaixamento gradativo. Então menos mal que teremos um bom status até pelo menos o final de 2018.

      • Guilherme 01/04/2016 at 12:01 #

        Realmente, menos mal esse “soft land”!

  7. Albino 03/04/2016 at 16:08 #

    Amigos, como funciona isso ? O Le Club Accor considera pontos transferidos de companhias aéreas pra dar status ? Não precisa ser se hospedando ?

    Tem alguma outra rede que tem isso também ? Obrigado

    • Guilherme 03/04/2016 at 16:32 #

      Sim, Albino, na verdade, pontos transferidos de cartão de crédito até agora dão status elite. A partir do ano que vem, somente pontos ganhos por estadias qualificadas darão status elite.

      O Le Club era o único que fazia isso.

      Abraços!

Leave a Reply

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 0 Flares ×