Status Challenge completado e milhares de milhas AAdvantage na conta: o excelente e detalhado Relat?rio do leitor Albino!

O leitor e editor-adjunto do blog Albino nos enviou um excelente e aprofundado relat?rio sobre o verdadeiro “caminh?o” de milhas que ganhou nas recentes viagens compradas na promobug da AA. Vale a pena conferir!

……………

“Amigo Guilherme:

Boa tarde. Gostaria de compartilhar com voc? e os leitores do seu blog a minha experi?ncia nas minhas duas ?ltimas viagens, ambas compradas no aben?oado dia 20/08/2015, o dia do bug da AA:
AA
Minha primeira viagem compreendia os voos REC-MIA-REC, sendo a ida no dia 30/12/2015 e a volta no dia 12/01/2016. Como o calend?rio de qualifica??o elite do AAdvantage se inicia em 01/01 e termina em?31/12, j? tinha ci?ncia de que essa minha ida n?o valeria para obten??o de status.
.
Desta forma, e tamb?m considerando que em dezembro o status match da AA tinha sido suspenso, fiz o voo de ida normalmente a bordo do sucat?o B757. Com isso, ele me rendeu 3.838 milhas base, mais 1.919 milhas b?nus por ser na executiva, mais 1.000 milhas b?nus extra tamb?m por ser na executiva, totalizando 6.757 milhas apenas nessa ida.
.
Saldo parcial = 6.757 milhas.
.
Por?m, devido a um atraso de 4 horas na sa?da do voo REC-MIA, a AA me creditou (ap?s reclama??o que fiz por e-mail) mais 10.000 milhas pelo atraso e ainda se comprometeu a me indenizar todos os custos que eu tivesse devido ao atraso. Top, n? ?
.
Saldo parcial = 16.756 milhas.
.
Ap?s a virada do ano, o status match retornou e aderi de imediato, pagando US$ 200,00 convertidos em Reais pela central brasileira da AA, o que deu aproximadamente R$ 805,00 ao c?mbio do dia, sem possibilidade de parcelamento. A partir da?, come?ou de verdade o meu mileage run.
.
Com a volta de 12/01/2016 novamente no B757, obtive 3.838 milhas base, mais 1.919 milhas b?nus por ser na executiva, mais 6.000 milhas b?nus extra tamb?m por ser na executiva (de acordo com a nova promo??o vigente em 2016), totalizando 11.757 milhas nesse trecho.
.
Saldo parcial = 28.513 milhas.
.
Iniciando a segunda viagem, e ap?s 4 modifica??es do itiner?rio original que comprei em?20/08, devido ? altera??es de hor?rios de v?rios voos, meu primeiro trecho que seria REC-MIA-ORD-NRT direto terminou sendo desmembrado com um stopover em Chicago. Achei at? melhor, pois iria descansar na metade da viagem at? T?quio, o que realmente ajudou muito a chegar l? sem nenhum cansa?o, bem diferente do que se tivesse ido direto.
.
Enfim, REC-MIA, mais uma vez no B757, me rendeu?3.838 milhas base, mais 1.919 milhas b?nus por ser na executiva, mais 6.000 milhas b?nus extra tamb?m por ser executiva?e MIA-ORD me rendeu 1.197 milhas base, mais 599 milhas b?nus por ser na executiva, mais 500 milhas b?nus extra tamb?m por ser na executiva, totalizando 14.053 milhas nesse trecho. A partir da?, somei as 15.000 EQMs para completar o challenge, me tornando Platinum.
.
Saldo parcial = 42.566 milhas.
.
Saliento que se eu tivesse feito direto REC-MIA-ORD-NRT, eu s? iria me tornar Platinum na chegada em T?quio, pois seria o final do primeiro trecho, mas com o stopover em Chicago, o primeiro trecho do voo terminava em ORD. Portanto, a? j? atingi as milhas exigidas no challenge.
.
No dia seguinte, ORD-NRT a bordo de um B787 com apenas 4 meses de uso. Foram 6.274 milhas base, mais 6.274 milhas por ser Platinum, mais 3.137 milhas por ser na executiva, mais 6.000 milhas b?nus extra tamb?m por ser na executiva, totalizando 21.685 milhas.
.
Saldo parcial = 64.251 milhas.
.
A volta come?ou em 14/01 com o voo HKG-DFW, a bordo de um B77W, me gerando 8.111 milhas base, mais 8.111 milhas por ser Platinum, mais 4.056 milhas por ser na executiva, mais 6.000 milhas extra tamb?m por ser na executiva, totalizando 26.278 milhas.
.
Saldo parcial = 90.529 milhas.
.
Em seguida, conex?o DFW-LAX a bordo de um A321 novinho, me rendendo 1.235 milhas base, mais 1.235 milhas por ser Platinum, mais 618 milhas por ser na executiva, mais 500 milhas b?nus extra tamb?m por ser na executiva, totalizando 3.588 milhas.
.
Saldo parcial = 94.117 milhas.
.
Comprei um trecho LAX-SFO avulso, fora do bug, por R$ 200,00, em um 737-800 bem velhinho (12 anos) o qual me rendeu 337 milhas base, mais 663 milhas b?nus. Confesso que n?o entendi o porque terem sido 663, uma vez que como Platinum acho que seriam apenas 337, mas tudo bem !
.
Saldo parcial = 95.117 milhas.
.
Iniciando a volta, fiz o trecho LAX-MIA a bordo de um 777-200 com 14 anos de uso (devendo uma remodela??o urgentemente), o qual me rendeu 2.342 milhas base, mais 2.342 milhas por ser Platinum, mais 1.171 milhas b?nus por ser na executiva, mais 500 milhas extra b?nus tamb?m por ser na executiva, totalizando 6.355 milhas.
.
Saldo parcial = 101.472 milhas.
.
Finalmente, o ?ltimo trecho MIA-REC, novamente a bordo do B757, me rendeu?3.838 milhas base, mais 1.919 milhas b?nus por ser na executiva, mais 6.000 milhas b?nus extra tamb?m por ser executiva, totalizando 15.595 milhas.
.
Vejam abaixo um resumo da saga, visualizado no mapa:
.
AA
.
Saldo final = 117.067 milhas
.
Conclus?o, foi ?timoooo !!!! ?
.
Se eu n?o tivesse feito o challenge, teria chegado no m?ximo a Gold e as milhas ficariam da seguinte forma:
.
REC-MIA = 3.838 + 1.919 + 1.000 = 6.757 milhas
MIA-REC = 3.838 + 1.919 + 6.000 = 11.757 milhas ( 7.676 EQMs )
REC-MIA = 3.838 + 1.919 + 6.000 = 11.757 milhas ( 7.676 EQMs )
MIA-ORD =??1.197 + 599 + 500 = 2.296 milhas ( 2.394 EQMs )
ORD-NRT =?6.274 + 3.137 + 6.000 = 15.411 milhas ( 12.548 EQMs ) virando Gold aqui
HKG-DFW =?8.111 + 2.028 + 4.056 + 6.000 = 20.195 milhas ( 16.222 EQMs )
DFW-LAX =?1.235 + 309 + 618 + 500 = 2.662 milhas ( 2.470 EQMs )
LAX-SFO = 337 + 85 = 422 milhas ( 337 EQMs )
LAX-MIA =?2.342 + 586 + ?1.171 + 500 = 4.599 milhas ( 4.684 EQMs ) virando Platinum aqui
MIA-REC =??3.838 + 3.838 + 1.919 + 6.000 = 15.595 milhas ( 7.676 EQMs )
.
No final, eu teria 91.451 milhas ( 25.616 milhas a menos ), 61.683 EQMs e status Platinum apenas no ?ltimo trecho.
.
Valeu a pena pagar R$ 805,00 por 25.616 milhas ? Pra mim sim, pois as milhas na AA s?o bem mais valiosas do que em outras companhias, pois al?m de s? poder transferir do Citi AAdvantage, um dos cart?es que menos uso por dar apenas 1,5 milha por d?lar (n?o tenho o The Platinum Card), as milhas da AA n?o expiram (desde que haja uma movimenta??o na conta a cada 18 meses) e o AAdvantage ainda tem uma das melhores tabelas de resgates, principalmente para voos internos no Brasil, EUA, Europa e ?sia.
.
Al?m disso, tive status Platinum desde minha sa?da de Chicago para T?quio, o que dentro dos EUA possibilita o check-in preferencial, franquia maior de bagagem e o direito de passar em filas preferenciais da TSA identificadas como TSA Pre-check.
.
Lembrando que a partir de mar?o deste ano, a tabela de resgates da AA vai mudar e os trechos dentro do Brasil operados pela Tam ir?o custar apenas 7.500 milhas cada. Ou seja, com minhas 117.067 milhas eu consigo comprar, pelo menos, 15 trechos dom?sticos no Brasil, no tempo que eu quiser. Bom demais !
.
Espero n?o ter sido muito prolixo, mas acho que o mais importante ? explicar direitinho os detalhes.
.
Forte abra?o,
.
Albino
.
——————–

Conclus?o

.

Parab?ns ao leitor Albino por essa maratona de excelentes viagens, que lhe proporcionaram mais de cem mil milhas resgat?veis, e status Platinum garantido por um bom par de meses (acho que at? fevereiro de 2017, confere?).
.
Agora, ? s? usufruir dos benef?cios elite e da possibilidade de emiss?o de dezenas de trechos gratuitamente! 😀
Tagged as: ,