Citi encerrará operações com cartões de crédito no Brasil. E os cartões Citi AAdvantage?

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 0 Flares ×

Desanimador:

O banco americano Citigroup anunciou nesta sexta-feira sua intenção de vender suas atividades bancárias destinadas a particulares no Brasil, assim como na Argentina e Colômbia, mas manterá as atividades institucionais nestes países.

“O Citi manterá uma presença forte” nestes países “para continuar servindo aos seus numerosos clientes corporativos e institucionais nestes mercados”, indica um comunicado do banco.

As atividades que serão cedidas, que incluem operações bancárias a particulares e de cartões de crédito, serão transferidas do braço Citicorp ao Citi Holdings. Esta transferência se incluirá nos resultados para o primeiro trimestre de 2016.

“Estas ações simplificarão ainda mais nossa atividade bancária a particulares no mundo e nos permitirão implementar nossos recursos de maneira mais eficiente”, explicou Michael Corbat, citado no comunicado.

O Citigroup registrou em 2015 seus maiores lucros em uma década, beneficiando-se de emendas legais significativas e de uma forte redução de seus custos (destacou-se).

Conclusão

O que me preocupa é a tendência cada vez maior de concentração no segmento bancário no Brasil, diminuindo as opções para os consumidores.

Citi

Tá certo que os cartões do Citi não são lá grandes coisas, mas é ruim saber que nem essa opção mais teremos em breve.

Além disso, fica a dúvida: e os cartões de crédito Citi AAdvantage? Será que eles serão descontinuados? Alguém aí arrisca um palpite?

Tagged as:

16 Comments

  1. PB 19/02/2016 at 15:06 #

    A American Airlines possui acordo global de exclusividade; Não é possível ofertar um cartão de crédito co-branded AA, sem a presença do Citi…

    Provavelmente os cartões Citi serão transformados em um dos programas próprios do mercado brasileiro, o que impede o caminho mais fácil para manter a conta AA ativa, que requer pelo menos uma transação a cada 18 meses.

    • Guilherme 19/02/2016 at 15:18 #

      Verdade, PB.

      Nesse caso, parece que, para quem quiser cartões de crédito brasileiros que pontuem no AAdvantage, a hora é agora. Depois, parece que será impossível.

      • Albino 19/02/2016 at 15:23 #

        Esse cartão tem anuidade ?

        • Guilherme 19/02/2016 at 15:37 #

          Sim, Albino, e me parece que o melhor custo/benefício é o Visa Platinum, pontua 1,3, e anuidade facilmente negociável, de R$ 408 por R$ 204.

  2. Albino 19/02/2016 at 15:09 #

    Lembrando que o Diners também é Citi ! Olha o preconceito hehehe

    • Guilherme 19/02/2016 at 15:18 #

      Hahahahahahaha

      Nem me lembrei do Diners, meu caro co-editor Albino. 😆

      • Albino 19/02/2016 at 15:23 #

        “Tamo junto !” 😉

        • Guilherme 19/02/2016 at 15:38 #

          Valeu! 😀

    • PB 19/02/2016 at 15:42 #

      Albino,

      A bandeira Diners pode ser comercializada por outra Instituição Financeira interessada em comprar a bandeira do Citi, sem qualquer problema; algo similar ao que ocorreu com a Amex quando vendeu seus direitos de bandeira no Brasil para o Bradesco.

      O que deve perder-se no Diners é a possibilidade de transferir pontos para o programa da AA, após a saída do Citi do Brasil, de seus negócios de varejo.

      • Guilherme 19/02/2016 at 17:30 #

        Verdade, PB.

        Brasileiros ficando com cada vez menos opções na hora de transferir seus pontos.

        Abraços

      • Albino 20/02/2016 at 19:47 #

        Verdade. Ia comentar exatamente isso agora. Acho que realmente o braço de cartões será vendida. Vamos ver o que acontece.

  3. Raphael 20/02/2016 at 12:21 #

    Bah logo agora que abri minha conta no citi… Por isso tá demorando para vir o cartão citi…

  4. Eder 21/02/2016 at 22:24 #

    Extremamente triste.
    O Citi era um banco com uma serie de defeitos – como qualquer outro – mas ainda sim, seus correntistas tinha status.
    Seus serviços e seu atendimento era bastante diferenciado.
    Uma pena este banco sair do país. significa que a economia do Brasil não tão cedo voltará a ficar boa. E o pior de tudo, o Citi saindo, dificilmente voltará um dia.

  5. Paulo Pereira 05/10/2016 at 12:23 #

    Cada vez maior a concentração de bancos no Brasil: Foram-se o Bamerindus, depois seu sucessor o HSBC; depois o Real; depois o Unibanco;agoro varejo do Citi. Dizem que mesmo lá fora a maioria dos bancos vem se livrando do varejo, que só valeria se concentrado em pouquissimos bancos, como no Brasil no Bradesco e Itaú – bancos estatais não contam e Santander não é dos grandes do varejo. Se Itaú comprar o varejo do Citi, mantera o nome do Citi nos cartões ? Não confundam BANDEIRA com nome de banco ou de cartão. Citi não é bandeira; ele usa Visa e Master Card. American Express, p.e., é bandeira e nome de cartão, assim como Dinners e Elo.Os dois primeiros famosos, mas que poucos comerciantes brasileiros aceitam !Curioso saber, nessas aquisições entre bancos, o que acontece quando o cliente do banco que está sendo vendido tem credito e no banco comprador ele tem divida !

Trackbacks/Pingbacks

  1. Saiu: Itaú compra as operações de varejo do Citibank no Brasil :-( | Meu Milhão de Milhas - 08/10/2016

    […] O Itaú bateu o martelo e vai incorporar ao seu patrimônio todas as operações de varejo do Citibank, que decidiu encerrar sua atividade no Brasil, como anunciamos tempos atrás. […]

Leave a Reply

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 0 Flares ×