As esmolas de milhas: caso PayPal e Tudo Azul

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 0 Flares ×

Gastar mais dinheiro pra ganhar esmolas de milhas!!!??? Fala sério……

Em épocas de crise econômica aguda e profunda recessão macroeconômica, me surpreende a atitude de algumas pessoas louvando com estardalhaço promoções que só fazem iludir os clientes, fazendo-os crer que estão realizando “bons” negócios.

O PayPal iniciou uma promoção de parceria com o Tudo Azul, oferecendo 1.000 pontos adicionais para passagens aéreas compradas através do PayPal.

PayPal Tudo Azul

Agora eu pergunto: de que adianta ganhar 1.000 pontos de bônus, se o Tudo Azul cobra valores exorbitantes para qualquer trecho nacional?

Vejam um exemplo de passagem REC-VCP para o dia 23.11.2015:

Tudo Azul REC VCP

34.000 pontos por um simples trecho nacional? Fala sério, Tudo Azul!

Quanto ao parcelamento, não caiam nessa armadilha. Pra quem já está endividado até o pescoço, o parcelamento não irá fazer o preço total da viagem cair; só irá prolongar o sofrimento de quem já está endividado até o talo.

Conclusão

É por essas e outras que eu prefiro transferir meus suados pontos de cartões de crédito para programas de fidelidade estrangeiros: além de os pontos estarem alocados numa moeda forte, ainda há maiores possibilidade de extrair o máximo de valor monetário para cada milha/ponto gasto. 😉

Tagged as: ,

20 Comments

  1. Rodrigo Resende 01/10/2015 at 21:14 #

    Pois é, o curioso do Programa Tudo Azul, agora com a parceria com o Mileage Plus da United, é que pelo Mileage Plus a gente consegue emitir o mesmo bilhete da Azul por um valor bem mais reduzido e até padronizado, se não me engano são 10K ou 12,5K. Tem até para Fernando de Noronha nesse montante, uma barbada. Ou seja, emitir por empresa parceira é mais conveniente do que pela própria operadora do vôo, uma vergonha que não encontra explicação razoável em lugar algum.

    Por falar nisso, alguém sabe se algum cartão de crédito nacional transfere pontos para o Milleage Plus?

    • Guilherme 01/10/2015 at 21:56 #

      Excelente observação, Rodrigo!

      Inacreditável a falta de respeito do Tudo Azul com seus próprios clientes!

      No âmbito do mercado nacional, não há nenhum cartão de crédito que transfira para o Mileage Plus. Antigamente, havia um cartão Itaucard que permitia isso (eca!), mas ele foi descontinuado.

      Uma pena, pois o Mileage é considerado um dos melhores programas na rede Star Alliance.

  2. Barreto 01/10/2015 at 21:56 #

    Tenho 270.000 pontos no múltiplus, tenho a oportunidade de gastar 56.000 para um viagem internacional na econômica ou 260.000 na executiva…..o que fazer?? Partindo da hipótese acumule e gaste…..ou guardo para usar em outras viagens…

    • Guilherme 01/10/2015 at 21:59 #

      Barreto, depende dos fatores que você prioriza, bem como dos destinos e da quantidade de viagens que está disposto a fazer. Para onde é? A viagem é longa? As milhas expiram quando?

      Há vantagens e desvantagens em ambas as opções. Me parece que o gasto em Executiva está um pouco fora do normal – 4x o preço da econômica. Nesse caso, eu faria as viagens em classe econômica.

      • Barreto 01/10/2015 at 22:12 #

        Obrigado pelo retorno. É a volta de Paris para Sampa. Queria fazer uma surpresa à minha esposa e voltar de executiva. Elas valem até 02/2017. Não pretendo realizar viagens em 2016.

        • Guilherme 02/10/2015 at 09:15 #

          Barreto, nesse caso, então, não há dúvida: volte de executiva, e surpreenda sua esposa! 😀

          Ela irá te agradecer pelo resto da vida dela. 😉

          Abraços!

          • Barreto 02/10/2015 at 10:31 #

            Boa!!! Obrigado!!

  3. Barreto 02/10/2015 at 10:41 #

    Você tem alguma notícia sobre problemas no Banco do Brasil sobre as milhas do cartão de débito? Olhe o que aconteceu comigo: No regulamento anterior, registrado em cartório, ao que está vigente atualmente no Ponto para Você (24/08/15 – atual), estava descrito que a validade para pontuar os gastos com o cartão de débito era até dia 22/08/15. Meus pontos com o referido programa, relativos a pagamentos efetuados no dia 21/08/15 ainda não caíram. Liguei no 4004-0001 e eles me disseram que o prazo de vencimento foi dia 20/08/15. Minha pergunta é: tem um documento oficial do BB, registrado em cartório (Brasília), dizendo que o prazo findo é dia 22/08/15, por que o atendimento diz dia 20/08 e o Banco se nega a repassar meus pontos? Sem contar que demorei quase 1 hora no telefone com o atendimento. A ligação caiu 5 vezes e tive que reiniciar todo o processo novamente. Um horror.
    Esta reclamação eu fiz em 14/09/15 e até agora não resolveram, apenas me ligaram duas vezes para informar dois protocolos…

    • Guilherme 02/10/2015 at 12:57 #

      Barreto, nesse caso, eu sugiro uma reclamação no SAC, informando os 2 protocolos.

      Geralmente, nesses casos, o SAC consegue resolver.

      Boa sorte!

      • Barreto 02/10/2015 at 13:14 #

        Já reclamei no SAC…..nada..

        • Guilherme 02/10/2015 at 13:34 #

          Barreto, nesse caso, protocole a reclamação na última instância administrativa: Ouvidoria do BB.

          • Barreto 02/10/2015 at 14:40 #

            Ok!! Muito obrigado mais uma vez.

    • Rodrigo Resende 02/10/2015 at 12:57 #

      Se a regra é assim tão clara, inclusive documentada, e a quantidade de pontos que eles estão te boicotando é grande, ajuize uma ação no juizado especial cível com obrigação de fazer (creditar os pontos).

      Já fiz isso com a TAM, que insistiu em negligenciar alguns pontos de uma viagem à minha esposa. Mesmo depois de condenada, ela deixou de creditar os pontos, ignorando a decisão judicial. Mas a sentença continha multa diária por falta de cumprimento no prazo de 15 dias. Resultado: só de multa nós recebemos R$18k e ainda os pontos outrora boicotados.

      Sempre repito uma frase que ouvi: “Quem perdoa é Deus. Consumidor lesado não deve perdoar nunca.”

      • Guilherme 02/10/2015 at 12:59 #

        Excelente, Rodrigo, concordo com você!

        E essa TAM é uma piada de mau gosto, hein!? Incrível como essa empresa é ruim na hora de cumprir o que manda os contratos e regulamentos que ela própria cria.

        É por essas e outras que para mim tem sido um prazer inenarrável não viajar com essa empresa…..rsrsrs

        Abç!

        • Rodrigo Resende 02/10/2015 at 16:03 #

          Essa do prazer inenarrável que você acabou de falar tá excelente, bem pertinente ao momento marketing da referida cia. aérea. Dá pra rir um bocado…

          • Guilherme 02/10/2015 at 17:16 #

            Rsrsrsrsrsr……verdade, Rodrigo! 😀

            Até quando “inventa moda” a TAM não se dá bem……rsrsrs

            Abç!

    • FairiesWearBoots 02/10/2015 at 15:00 #

      Barreto,

      Dia 22 de agosto caiu em um sábado.

      Não me lembro exatamente como a regra é, mas o débito aparece no extrato com data do primeiro dia útil subsequente, não?

      Se for isso, seu extrato apontará que a data do débito foi 24/8/15.

      Além disso, o que diz exatamente o regulamento? Você escreveu “validade para PONTUAR”. É isso mesmo? Você já deve saber que os pontos referentes a um débito NÃO são assinalados na mesma data do mesmo. Parece-me que o são 2 dias úteis depois. Daí, 2 possibilidades:
      débito no extrato: 22/8 => crédito hipotético dos pontos: 25/8
      débito no extrato: 24/8 => crédito hipotético dos pontos: 26/8

      • FairiesWearBoots 02/10/2015 at 15:07 #

        Opa, opa, opa! Aprimorando o sentido do meu comentário logo acima: o débito em data não útil (como o sábado da questão) aparece no extrato com data do primeiro dia útil subsequente.

  4. FairiesWearBoots 02/10/2015 at 15:26 #

    Putz, perdão! Não estou bem hoje! Rsrsrs…

    Guilherme, se achar melhor, favor apagar os meus 2 comentários logo acima.

    O Barreto escreveu claramente que a compra foi dia 21/8!!!

    Nesse caso, meu comentário deveria ter sido o seguinte…

    O que diz exatamente o regulamento? Compras até 22/8 ou, como você escreveu, a “validade para PONTUAR” é 22/8?

    Acho que você já sabe que os pontos referentes a um débito NÃO são assinalados na mesma data do mesmo. Parece-me que o são 2 dias úteis depois, não?

    Daí, teríamos: débito no extrato: 21/8 => crédito hipotético dos pontos: 25/8

    Em minha opinião, não vai ter jeito!

    • Guilherme 02/10/2015 at 17:17 #

      Olá, Faires,

      Penso em manter os comentários anteriores, para acompanhar o desenvolvimento de sua linha de raciocínio.

      Do meu ponto-de-vista, são válidos para crédito dos pontos as compras efetuadas até 22/08.

      Ou seja, mesmo que o crédito seja feito posteriormente, o que vale é a data do “fato gerador” dos pontos, que é o dia das compras.

      Não custa nada tentar até a última instância administrativa, a Ouvidoria.

      Abç!

Leave a Reply

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 0 Flares ×